#TBT - A Onda (Die Welle)

#TBT - A Onda (Die Welle)


Já faz alguns anos que eu assisti a esse filme (talvez uns 3?) e peguei ele bem ao acaso, quando zapeava pelos canais da TV. A princípio não quis assistir por se tratar de um filme europeu e eu realmente gosto de entender o que eles falam enquanto leio a legenda (por isso prefiro filmes nacionais ou estrangeiros em inglês), mas dei uma chance porque eu realmente não tinha mais nada para fazer.

E fui muito bem surpreendida, obrigada.

#TBT - A Onda (Die Welle)




A Onda (Die Welle) é um filme Alemão de 2008 dirigido por Dennis Gansel e eu achei o diretor muito corajoso por tocar em um tema que é tão sensível na Alemanha, que ainda deixa um estigma muito forte e deixa um sentimento amargo na sociedade: o nazismo.

Ele conta a história de um professor que, durante o curso de uma semana sobre governos autocratas, depara-se com alunos incrédulos ao falar sobre a autocracia. Para seus alunos, a sociedade jamais se subjugaria aquele tipo de governo, dado ao que já viram dele no passado. Para, então, provar se eles estavam certos ou não, o professor propôs um projeto escolar: A Onda.

A Onda seria um governo autocrata, um experimento feito em sala de aula, onde o professor seria o supremo governante. Os alunos teriam de seguir regras como usar uniformes, terem um cumprimento para o movimento, entre outros. O que começa como um aprendizado forte e intenso logo foge do controle do professor. E é ai que as coisas podem realmente ficar feias.

#TBT - A Onda (Die Welle)
O cumprimento oficial d'A Onda
O experimento começa a tomar a vida dos alunos fora da sala de aula, agressões físicas a membros contrários as ideias centrais e uma extrema devoção de alguns membros podem levar o experimento a extremos perigosos e o professor não sabe se pode ser capaz de controlar suas crias.

Lembro que depois de assistir comentei sobre o filme com o meu irmão e ele me explicou que já tinha assistido ao filme no colégio e foi ai que eu percebi a força que ele tinha. É realmente incrível o questionamento central do filme - será que realmente não nos colocaríamos em uma sociedade autocrata novamente? Não sucumbiríamos a um líder supremo? A história não pode se repetir? - e ainda mais ele ser discutido tão abertamente em uma sociedade tão marcada.

#TBT - A Onda (Die Welle)

Não senti que a história ficou "presa" tentando minimizar impactos. Ela foi crua, realista, sem medo. Se desenvolveu em seu próprio tempo, abordou os temas certos, mostrou o conflito interno de alguns alunos, questionando-se o quanto daquilo era real e o quanto era falso.

O filme é inspirado no livro de mesmo nome de Todd Strasser (publicado sob o pseudônimo de Morton Rhue) que, por sua vez, foi baseado no experimento feito por um professor em Palo Alto, na Califórnia de 1967, nomeado de Terceira Onda (Third Wave) - e que felizmente teve um final diferente do filme.

#TBT - A Onda (Die Welle)


Sempre que alguém me pede algum filme para fazer refletir, eu indico A Onda - entre outros - por ser o tipo de filme que questiona verdades que já nascem com a gente. Por sermos a terceira/quarta geração após a última grande guerra, tomamos nossa liberdade e a incredulidade de que atrocidades como aquela possam acontecer de novo, como certezas. Mas o filme toca em um lugar bem específico, mostrando que o sentimento de fazer parte de um grupo pode ser avassalador, como é fácil perder a nossa personalidade quando inseridos em um grupo "igualitário" e como a manipulação das massas não é assim impossível não.

Acho que ele é, na verdade, um tapa na cara da sociedade! E que deveria sim ser assistido por todos - e muito especialmente por quem ainda está no segundo grau.

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

14 comentários:

  1. Conhecia o filme de nome, mas a premissa é bem interessante. Adoro filmes com essa temática, no geral, são sempre muito reflexivos. Assistirei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme excelente, Ingrid. Dou cinco estrelinhas para ele, recomendo muito, mesmo!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  2. Esse filme/livro eu não conheço, fiquei extremamente interessada no assunto. Esse tipo de experimento é mto polemico, mas muito importante pra percebemos que gera fanatismo e rebeldia, coisas que normalmente sao meio q opostas e se chocam radicalmente. São comportamentos que vemos em muitas coisas no nosso dia a dia. Vou tentar encontrar, alguma dica de onde é mais facil?
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, um experimento bastante polêmico, assim como a reação do professor, e a importância dele é absurda, ainda mais para deixarmos de lado a arrogância de que "se fosse eu não teria sido assim". Olha, Sabrina, eu sei que o filme está no netflix! Mas acredito que também seja fácil de encontrar no torrent, indiquei essa semana para uma amiga e ela achou lá - mas como eu não uso e nem sei mexer no torrent, não sei onde e nem como :P Espero que consiga achar!

      Obrigada pela visita, flor.

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  3. Faz muito tempo também que assisti esse filme, nem lembro direito das cenas, só lembro que foi muito bom mesmo haha, vou aproveitar sua resenha pra tentar ver de novo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Vem conferir o Especial de Halloween que tá rolando na Caverna!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala, Carol! Descobri que ele está no netflix, estava só esperando o final de semana chegar para poder assistir de novo UHASUHASUHASUHAUSHASUH
      Obrigada por passar pelo blog.

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  4. Não tinha ainda ouvido falar deste filme.
    Parece ser muito bom mesmo!!
    Vou separar para assistir este final de semana...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é excelente, Vic! Me conta o que achou depois :)

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  5. Parece um excelente filme! Verei. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele, o filme é excelente, acho que tu vais gostar muito!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  6. Bianca!
    Carecemos de assistir filmes desse tipo, para ficarmos alertas!
    Reviver uma sociedade autocrata é o fim da picada, principalmente para nós que temos a democracia como ponto alto. Nasci em uma época em que a ditadura e o militarismo ainda mandava no país e a revolução das Diretas Já foi um marco, não podemos nos deixar influenciar novamente por uma sociedade dominada apenas por uma pessoa, embora saiba que o inconsciente coletivo possa ser manipulado.
    O diretor foi realmente corajoso em falar sobre o nazismo em seu país de origem...

    Final de semana e início de mês carregadinhos de paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de ver o povo indo pra rua pedir intervenção militar no último sábado, acredito que a nossa sociedade precisa MESMO assistir a filmes assim, Rudy!
      Obrigada pela visita e uma ótima semana para você!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  7. Oi Bianca!

    Este filme é muito comentado, até em eventos literários, mas ainda não vi! Parece ser muito bom e genial, daqueles com grandes sacadas sobre manipulação das pessoas, que é bem presente na mídia atual. Um assunto bem polêmico e interessante, ainda mais se tratando do nazismo.

    Quero muito ver e sua resenha me lembrou dele, obrigadaaa! Super curti!!

    Beijos!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cah!
      Depois que eu assisti eu descobri que o filme é bem conceituado e realmente acredito que tem mérito para tanto. Não esquece dele não :P
      Obrigada pela visita!

      bjos,
      Bianca

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!