Abandonei: Garoto encontra Garoto


Nada pior do que o sentimento de fracasso que bate quando me vejo obrigada a abandonar um livro. Como blogueira, sempre acreditei que se deve prosseguir arduamente até o final da leitura, que devemos isso ao autor e principalmente aos leitores do blog. Afinal, é isso que fazemos.

Mas como leitora... Ah, como leitora eu confesso que as vezes prefiro largar de mão. Mesmo que seja só por um tempo.

O livro que eu abandonei é um que, até iniciar sua leitura, eu queria muito ter em mãos. Preciso explicar que a temática abordada, a causa LGBT, em muito me agrada. Vivo sempre à procura de um bom casal gay para ler, ou de um livro que trabalhe o tema. Se tiverem sugestões, ficarei mais do que feliz em recebê-las.


Pois bem, Garoto Encontra Garoto tem autoria de David Levithan, que escreveu também Will & Will em parceria com John Green. Confesso que, se eu tivesse lido a sinopse mais atentamente, talvez poderia ter evitado boa parte da decepção que o livro foi. Infelizmente não posso falar muito sobre o mesmo, tendo em vista que mal ultrapassei a página 50. O problema é que nada, absolutamente nada no livro me cativou. Estou sem motivos para dar sequência à história, e isso me chateia.

Provavelmente o obstáculo maior foi o fato de ser mais um livro se passando na high school, e eu estar tão terrivelmente farta deles não ajudou em nada. Mas, principalmente, culpo o universo criado por Levithan pela minha falta de conexão com o livro. A história se passa em um mundo tão diferente do atual que a causa gay já não é um tabu, e isso é algo lindo não me entendam errado, mas onde também existe uma drag queen que é capitã do time de futebol da escola e adorada por todos, e onde as cheerleaders fazem suas coreografias em cima de potentes motocicletas Harley Davidson. Conseguiram entender o que eu quero dizer? Levithan pegou todos os elementos que costumo odiar nos YA books e os modificou de uma forma que não consigo nem assimilar.

Enfim, gostaria de poder dar uma chance para a leitura. Gostaria de poder me apaixonar pelos personagens e suas histórias. Mas infelizmente isso vai ter de esperar para uma futura tentativa, sabe-se lá quando...

E quanto a vocês, me contem, que livros abandonaram e por que?

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

24 comentários:

  1. Nossa, eu queria tanto esse livro. Ainda bem que você expôs aqui que não gostou, pois assim não gasto dinehiro, haha

    O único livro que abandonei foi Frankenstein - Mary Shelley, porque sempre que tento dá uma nova chance me bate um sono terrível. Eu nunca consigo terminar de ler uma página sem me irritar e ficar com sono.
    Eu até gosto dos filmes/web-séries que abordam a história, mas o livro eu não consigo continuar :(

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gisele, imaginei que tu iria querer ler o livro pelo mesmo motivo que eu. hahaha
      Mas, sim, infelizmente ele não rolou pra mim. Fiquei muito chateada. :(
      Sobre Frankesntein, nunca tentei ler. Na verdade, nunca me interessei muito pela história. :P

      Att.,
      Eduarda Henker.

      Excluir
  2. É péssimo quando a gente se decepciona assim com livros, mas acontece de os autores se empolgarem demais na ideia e acabarem viajando na batatinha. Também tenho essa insistência de não querer interromper um livro, por mais que não esteja gostando, mas quando vou ver, já passei outro na frente e deixei aquele de lado D:

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "Eleanor & Park" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não gosto de abandonar, mas quando vi já parei e comecei outros e dai já era. hahaha
      E, sim, infelizmente o David viajou na batatinha nesse livro! :P

      Obrigada por comentar!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  3. Fico realmente muito triste por ter que ler isso. Eu ainda não li o livro, mas teu post me deixou com um pé atrás agora. Realmente entendo os motivos de tu ter largado o livro e acho que, agora, se fosse eu, também largaria. Eu abandonei dois livros na minha vida: Garotas de Vidro e Seraphina. Espero algum dia retomar a leitura.

    Beijos, Vanessa
    http://portras-daslinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine como eu fiquei triste, Vanessa. Tinha taaantas expectativas sobre o livro, pulei de felicidade quando comprei, mas então fui ler e... :(

      Mas darei uma chance pra ele novamente, no futuro!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  4. Eu amo ler, mas se eu não gosto do livro, eu abandono mesmo sem dó nem piedade :p.
    Uma vez comecei a ler a série House of Night, e já no segundo estava de saco cheio, mas insisti até o 6º (O.O) ai não aguentei, por isso nem insisto mais.
    Além desse já abandonei: Sex and the city (escrita muito chata, a série é muito melhor), Big Bang a Teoria (não falava nada de interessante sobre o seriado), Eu Cristiane F. (eu era nova e mama que me deu para ler, ai como me senti na obrigação de ler, acabei não curtindo) e O ladrão de raios (história chata e não simpatizei com os personagens, alias dormi no filme também rsrs.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dó nem piedade? Adoooro! hahaha
      Cara, sobre HoN... eu também abandonei a série! No começo eu gostei, mesmo, eu era apaixonada por aquele professor que ela pega depois, sabe? Só que dai virou uma putaria, todos querendo ela, e não me leve a mal porque eu adorava que ela pegava geral, mas começou uma confusão louca e eu simplesmente larguei de mão. Nem sei direito qual o livro que parei. Sem falar que as autoras fugiram muito do livro inicial, tipo o namorado humano dela que era pra ser um babaca no primeiro livro e depois foi virando um herói, do nada, só pra rolar drama. aiai

      E como assim tu abandonou Percy Jackson? To chocada, hahahaha

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
    2. Rsrs pois é, achei que o personagem não era muito convincente :p

      Excluir
  5. Eu também to meio cheia de livros que se passam na escola! Mas ouvi falar bem desse, acho que a cami do desejo adolescente, não sei!
    Talvez em uma outra ocasião vc tenha vontade de lê-lo né?
    Beijao!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, to na expectativa de que tenha sido apenas o momento, sabe? Aquela coisa de "não era a hora de ler esse livro ainda". Por isso nem tentei forçar muito, que era pra não pegar birra com o livro, :P

      Obrigada pelo comentário!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  6. Oi Eduarda! Sinto muito que foi uma leitura ruim pra você :/ muito chato quando isso acontece! Eu procuro terminar os livros, nem que seja só passar as páginas pra saber o final porque a curiosidade me consome, eu até procuro spoilers pra ver se a minha curiosidade aumenta e eu termino o livro! Mas já aconteceu de isso não dar certo, eu não consegui terminar Cheio de Charme da Marian Keyes, Larguei Um Caso Perdido e o mais recente foi Stepbrother Dearest, livro que me deu nos nervos! Vamos torcer por livros que nos deem só sorrisos haha amém! beijos http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fe, obrigada por comentar! Então menina, sim, muito chato quando a gente não consegue gostar de um livro, e mais chato ainda quando não conseguimos terminar. Eu queria tanto ter gostado dele, que preferi parar de ler pra tentar outra vez do que ler ele meio obrigada, sabe como é. hahahaha

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  7. Oie!!

    Não sabia que o livro abordava um tema assim em uma realidade tão alternativa. Não sei se eu iria me adaptar e curtir também. Uma pena que você não tenha gostado! É horrivel abandonar um livro, dá uma sensação péssima, mas esses dias abandonei O Pacto por enquanto porque não estava no clima. Fazer o que né? Acontece!!

    Que venham outras leituras melhores pra ti!

    Beijos!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Caah, não estava no clima pro livro. Quem sabe no futuro eu goste, certo?

      Mas sim, meu problema foi essa ideia toda de realidade alternativa. Se tem uma coisa que eu não curto em material com essa temática, e que se vê muito em fanfics (que eu adoooro ler, por sinal), é que quando o personagem principal é gay eles fazem como que todo mundo seja e, sei lá, acho isso meio irreal. Não sei, hahahahaha.

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  8. Eduarda!
    Sinceramente nunca abandonei uma leitura, mas não a critico por isso porque entendi seus motivos.
    Quando me deparo com um livro como esse do Leviathan (que quero muito ler) e quem tem um pano de fundo um tanto utópico, procuro ir lendo aos poucos em paralelo com outro livro e daí quando vi, já terminei a leitura, por isso que nunca abandonei nenhum.
    Espero que em outro momento melhor volte a lê-lo...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Rudy, tudo bem?
      Nossa, estou realmente admirada com sua persistência! Infelizmente não sou tão forte e acabo abandonando a leitura em nome de um bem maior, ou isso é o que eu digo pra mim mesma, hahahaha.
      Gostei do teu método, tentarei usar em uma próxima vez! Se der certo eu venho aqui te avisar, e agradecer!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  9. eu tbm nao gosto de abandonar o livro mas ler uma coisa que nao nos prende é muito pior. Gostei da sua sinceridade ^^

    http://jackelinenuit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ninguém gosta, né. Dá um aperto no coração... :(
      Obrigada por ter comentado, e por ter gostado da minha sinceridade (não é todo mundo que curte, hahaha).

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  10. Esse eu não tive muita vontade de ler porque vi várias pessoas dizendo o mesmo que você.
    Mas por mais que esteja odiando, eu me recuso a abandonar um livro. Demoro, mas termino. Questão de honra, haha.
    Um que eu quase quis jogar pela janela ou queimar foi o Um Conto do Destino.
    Ô, chatice de 700 páginas. Argh!

    Beijoooooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Teca? Me sinto menos mal de não ser a única a ter tido problemas com isso, então. hahaha
      E, olha, juro que queria ser como você. Mas, aparentemente, não sou tão honrada assim. Não poderia ser uma Stark, :( hahahahahaha

      Obrigada pelo comentário!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  11. Oi Eduarda!
    Nunca li livros com um casal gay, mas tenho vontade, e vou ler logo.
    Acho também que não iria gostar deste livro. A temática dele, o lugar onde ele contou a história... huuum, acho que eu não gostaria. Não curto muito livros que se passam em colegiais.

    Beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, obrigada pelo comentário!
      Pois é, adoro casais gays, queria mais livros com eles!
      Também não curto muito livros que se passem no colegial, tirando alguns da Meg Cabot e tal que costumam ser bem trabalhados.

      bjinhos

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  12. Eu estava com muita vontade de comprar esse livro, assim como você estava procurando um que abordasse esse tema, mas agora fiquei com um pé atrás '-'

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!