[NOVIDADE] A Noiva Devota + Entrevista com a autora!


Olá pessoas! Vocês já devem conhecer a Mari Scotti do tanto que falamos e indicamos ela por aqui, certo? Se ainda não conhecem, então lá vai: a Mari é escritora de uma coleção de títulos incríveis, desde Híbrida e Guardião (romances com vampiros) até O Cobiçado (um romance moderno envolvendo um cantor famoso e um reality show para conquistar seu coração) e o post de hoje existe para indicar o seu livro mais recente, lançado na Amazon no fim de Dezembro.


A Noiva Devota é um romance histórico arrebatador, que lida com preconceito e aceitação e com um amor inesperado bastante bem-vindo para leitores que queiram se apaixonar pelo casal protagonista. É sequência do elogiado Montanha da Lua, e o primeiro de muitos spin-offs.

Sem mais delongas, em vez dos posts usuais de indicação, aproveitamos para trazer uma entrevista exclusiva com a Mari, e você confere ela aqui embaixo:

Começando com um clichê de entrevistas: se apresente para o pessoal!
Apesar do clichê, ainda não aprendi a me apresentar! Haha. Mas, vamos lá! Sou Mari Scotti, escritora de romances, fantasia e tudo o que me der vontade de escrever. Sou adulta, pasmem!, tenho mais de trinta anos, apesar de parecer uma criança quando estou cuidando da minha sobrinha Rebeca. Amo ler, cantar, tocar teclado e escrever. Não saberia viver sem uma destas coisas e sem Deus, claro! Acho que me resumi bem. Haha.

Uma série de romance histórico com protagonistas femininas bem fortes e tramas sobre superação e procura pelo amor. De onde surgiu a vontade de trabalhar esse gênero literário?
Na verdade, não pensei que as protagonistas eram fortes ou que iriam superar traumas. A trama de Montanha da Lua surgiu depois que eu e uma amiga escrevemos parte do prólogo (a escritora Fernanda Reis). Nossa primeira ideia, com a perseguição que a Mical sofre em uma floresta, era uma espécie de releitura de Chapeuzinho Vermelho, mas a Fernanda se mudou para o exterior, não conseguimos mais tempo para escrever e eu estava apaixonada pelo gênero de época. Nesse mesmo período, uma pessoa disse que eu não tinha capacidade de escrever romances. Acontece que eu gosto de me desafiar e, uma coisa puxou a outra e a perseguição virou outra cena, a trama da Mical e de um homem viúvo amaldiçoado, surgiu e tudo se tornou romance de época, porque já que não tenho capacidade de escrever romances, vamos começar pelo gênero mais complicado: o de época.
A sequência é coisa de escritor de série. Não conseguimos deixar de pensar em continuações, mesmo quando escrevemos livros únicos. Desta vez eu tentei não fazer o leitor sofrer e as continuações são independentes entre si. Nesse segundo volume eu quis uma protagonista delicada, mas decidida, no entanto, não pensei que ela seria vista como forte e fiquei feliz com esse retorno. Muito feliz.


Agora queria pedir se pode apresentar a história do primeiro volume, Montanha da Lua. A trama tem aquilo que a gente mais adora: um romance e uma maldição. Conte um pouquinho sobre as provações que os protagonistas precisam enfrentar para se amar!
Me antecipei um pouco na segunda pergunta, mas conto sim: Montanha da Lua conta a história de um duque que acredita estar amaldiçoado. Desde o mais antigo Hallinson até geração atual, todos repassam a mesma história para seu primogênito: não case por amor ou perderá a sua esposa para a Maldição. A relação que estes homens possuem com essa “entidade” é o foco principal, portanto, temos o medo como um dos antagonistas mais fortes da trama. Octávio já sofreu com a Maldição, pois perdeu a mãe ainda bebê e sua primeira esposa, antes mesmo que lhe desse um herdeiro. Ele é o último de sua linhagem e está conformado que levará a sina de sua família para o tumulo. O problema é que depois que conhece a tempestuosa e geniosa Lady Mical, ele só consegue pensar em herdeiros e em um futuro. E só por pensar nela, acredita que a Maldição a tocará.
O medo é o maior obstáculo para os dois. Pois, um precisa superá-lo e o outro suportá-lo para, talvez, serem vencedores no final.

A Noiva Devota tem um nome muito interessante! Pode nos falar um pouquinho sobre a protagonista e sua jornada nessa história?
Rosalina Acker é a segunda donzela de sua casa e ainda possui uma deficiência de nascença, o que a torna a filha menos importante. No entanto, ela não guarda rancor ou distrata os outros por se sentir inferior, o oposto, trata a todos com devoção, carinho e cuidado. Ela é apaixonada por Samuel Hallinson desde a meninice e o título do livro vem de suas características como mulher apaixonada, entregue e dedicada. No entanto, apesar de ser devotada ao noivo, ela sabe que ele não deseja o matrimônio e é capaz de abrir mão de sua honra para fazê-lo feliz. Nessa jornada, Rosalina terá de ser paciente, firme, delicada e forte ao mesmo tempo. Terá de pensar no outro antes de si mesma. E, mesmo com uma personalidade tão altruísta, não será tão fácil decidir se deixa o amor de sua vida livre ou o força a permanecer ao seu lado.


Pergunta coringa: dos dois romances até agora, qual deles tem o seu casal favorito e por que? :P
É bem difícil escolher, mas ainda amo mais o Octávio e a Mical, casal do primeiro livro. Montanha da Lua possui uma carga dramática mais pesada e eles tiveram de superar muito mais do que apenas o desejo de não se casar. Precisaram vencer e compreender uma Maldição, o que os torna mais fortes para mim. A noiva devota é consequência dessa minha paixão por esse casal. Não queria deixá-los ir, então, escrevi sobre seus herdeiros.

Para terminar, porque só queremos dar o gostinho de curiosidade e fazer todo mundo correr pra Amazon (inclusive a gente): deixe uma mensagem de convite aos seus futuros leitores.
Os convido a visitar Madascócia e se hospedar em um dos inúmeros quartos de Bousquet, a mansão dos Hallinson, para viver, por algumas horas ou dias, com essa linda família. O Senhor Anthony Divergthon se encarregará de suas bagagens. Sejam bem-vindos!
Garantimos: Superação. Amor. Verdadeiro amor. Medo. Força. Traição. Lealdade. Paixão. Carruagens. Bailes. Bailes de máscara. Cavalos. Um homem e a chuva (adoro protagonistas molhados haha). Isso e muito mais durante a leitura!
(depois me contem o que acharam!). Obrigada! 
Denise, amei as perguntas! Obrigada pela oportunidade de falar um pouco mais sobre essa coleção <3. Sucesso para você e o blog. 

Beijão, Mari Scotti


Amorzinho demais essa guria, né? Você pode conferir mais da obra na página oficial lá no Facebook, além de acompanhar a própria autora. A Noiva Devota está entre os mais vendidos da Amazon e o sucesso é bastante merecido; a Mari tem muito que brilhar daqui pra frente, e vale a pena conferir todas as suas obras e ficar de olho no que vem por ai!

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

4 comentários:

  1. Oi Meninas,
    Estou doida para ler esse livro da Mari Scott, ela é um amor, né?
    Uma pena que ainda não consegui dar uma chance aos seus livros.
    Mas de 2017 não passará!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uaua acho incrível que uma escritora brasileira (pelo que eu entendi) tenha um livro tão vendido. Adoro romances épicos, que muito ler esse livro, parece muito bom!
    Amei o blog de vocês, o conteúdo é ótimo.
    Beijos, Gi.
    Blog About Girls

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giii sou brasileira sim! Espero que goste do livro quando ler. Beijoo, Mari Scotti

      Excluir
  3. Meninas!! Amei a entrevista e a chamada e tudo! Vocês são incríveis! Obrigada pelo apoio e todo o esforço e dedicação! Espero que recebam esse carinho em dobro!
    Amo vocês!
    Mari Scotti

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!