Resenha: A Outra Sra. Parrish - Queria Estar Lendo

Resenha: A Outra Sra. Parrish

Resenha: A Outra Sra. Parrish

A outra sra. Parrish é o primeiro livro da autora Liv Constantine, pseudônimo das irmãs Lynne e Valerie Constantine, e foi publicado pela editora HarperCollins, que nos cedeu um exemplar para resenha. Em um jogo onde as peças não se resumem a pretas e brancas o leitor vai descobrir que pode existir mais de uma rainha em um mesmo tabuleiro.
Sinopse: Amber Patterson não aguenta mais. Está cansada de ser uma ninguém: uma mulher sem graça e invisível que não se destaca na multidão. Ela merece mais – uma vida de dinheiro e poder como a que Daphne Parrish, a deusa loira dos olhos azuis, tem e não valoriza. Para todos na pequena cidade de Bishops Harbor em Connecticut, a socialite e filantropa Daphne e seu marido Jackson, o magnata do mercado imobiliário, são um casal que parece recém-saído de um conto de fadas. A inveja de Amber poderia consumi-la por dentro... Se ela não tivesse um plano. Amber usa da compaixão de Daphne para se inserir na vida da família – o primeiro passo de um esquema meticuloso para destruí-la. Em pouco tempo, ela se torna a amiga mais próxima de Daphne, vai para a Europa com os Parrish e suas duas belas filhas, e se aproxima de Jackson. No entanto, um fantasma de seu passado pode destruir tudo que ela construiu e, se seu segredo for descoberto, seu plano perfeito pode ir por água abaixo. 
Em uma história que tem sua base formada a partir do sentimento de inveja e de posse, do falso sentimento de merecimento que atinge a todos, da sensação de que "eu merecia mais" e "eu faria melhor", este livro é um deleite para o leitor. Seguindo a história de Amber Patterson, uma jovem bonita, inteligente e muito ambiciosa o plot se desenvolve acompanhando o passo a passo daquilo que a protagonista julga ser o plano perfeito para conquistar tudo aquilo que ela merece.

Amber se orgulha de suas conquistas e não se envergonha do que precisou e precisa fazer para que um dia possa ser a mulher que ela tem certeza de que é, a mulher que ela merece ser. Para isso, ela arquitetou um plano para se aproximar de Daphne, a esposa do multimilionário Jackson Parrish, e conquistar a sua confiança. Pois ela é o elo perfeito para ligar Amber à Jackson, seu pote de ouro no fim do arco-íris. 

Resenha: A Outra Sra. Parrish

Daphne, por sua vez, é uma mulher elegante e extremamente vulnerável à aproximação de Amber, abrindo sua casa, cedendo um espaço em sua família e principalmente em seu coração que a outra não vê problema nenhum em usar para alcançar seus objetivos. O contraponto entre as duas personagens é incrível e muito bem escrito, as personalidades, os comportamentos, e principalmente a forma como elas se desenvolvem com o decorrer da história.

A outra sra. Parrish é um livro que foi escrito para não ser deixado de lado, com seus personagens multifacetados e perturbadores que acompanham o leitor mesmo ao fechar do livro, é improvável que o leitor consiga finalizar a leitura sem que tenha sentido-se inquieto com ela. A representação da psiquê humana trazida no livro é assustadora e nos faz refletir sobre a maldade que é inerente ao homem, e como ela pode ser reproduzida das mais terríveis formas.

Para evitar qualquer possibilidade de spoiler vou deixar de abordar alguns aspectos que me foram muito caros na história, mas gostaria de falar sobre a forma como os abusos e a manipulação emocional e psicológica foram tratadas nesse livro. Me senti incomodada durante vários momentos da leitura com a forma como algumas situações decorreram, e isso só prova o quão bem escrito esse livro é. A dor e a angústia foram tão reais, e o ódio tão forte, que me vi compartilhando o sentimento dos personagens, me vi vivendo aquelas páginas. A construção da narrativa de Liv Constantine foi dolorosamente boa.


Resenha: A Outra Sra. Parrish

É preciso dizer também que o livro tem em seu enredo muito mais do que um olhar superficial pode imaginar. Não se prenda as primeiras impressões, todos os personagens são muito mais densos do que transmitem e a história tem uma lição muito maior a ensinar do que as primeiras páginas possam sugerir. De certa forma podemos afirmar que são praticamente dois livros em um, e cada um deles é melhor do que o outro.

A outra sra. Parrish é uma leitura tensa, mas deliciosa. Que vai te deixar perturbado a cada virar de página, mas que não vai deixar você largar o livro em momento algum. Preparem-se para reviravoltas e para conviver com o pior que os seres humanos têm a oferecer. Porque, afinal, algumas pessoas têm tudo; algumas têm tudo o que merecem.

Título original: The Last Mrs. Parrish
Autora: Liv Constantine
Editora: HarperCollins
Gênero: Thriller | Ficção
Nota: 5

GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELO NOSSO LINK!

Amazon

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

14 comentários:

  1. Oi, Duda
    Eu nem gosto de suspense e estou muito disposta a ler esse livro por causa das resenhas lindas que falam maravilhas sobre ele. Acho que o que me incomoda é a manipulação da personagem, de tentar roubar o marido de outra. Isso me deixa com o coração na mão, não saber o que vai acontecer exatamente, mas ainda assim espero ler a obra.
    Beijos

    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina se joga nesse livro que é sucesso! Eu não esperava que fosse ser tão bom assim, foi uma baita surpresa!

      Excluir
  2. Oie,

    Tinha visto o lançamento do livro, mas não tinha parado para ver mais da história.
    Parece ser bem intensa, um livro cheio de ambições e manipulação.
    Nunca li nada do tipo, mas achei bem interessante a trama.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica, manipulação é o que mais tem nesse livro. É cada coisa de cair o queixo, viu.

      Excluir
  3. Oiii Duda

    Eu amei esse livro, principalmente pela reviravolta inesperada que traz depois que muda o narrador, eu nem esperava os rumos que a história tomou.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim Alice, eu ameeei. Fiquei "com dó" de certo alguém no final, porque não acho que ninguém mereça aquilo, maaaas né...

      Excluir
  4. Oi, Duda

    Olha que coincidência, acabei de comprar esse livro! :D Ganhei um sorteio no blog da Sil e pude comprá-lo, estava louca por ele. Amo personagens multifacetados e essa característica do abuso psicológico muito me atrai. Violência não é apenas física, temos que ficar atentos! O enredo me lembra um pouco A Mão Que Balança o Berço e eu espero curtir assim como você! \õ/

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamire,
      aaah corra pra ler ele então, sério. E fique bem atenta a todos os indícios sobre o caráter dos personagens. É um choque atrás do outro.

      Excluir
  5. Oi Duda!

    Esse livro deve ser maravilhoso mesmo! Está na minha lista de desejados.
    Adoro livros que prendem o leitor do início ao fim e te fazem devorar as páginas, mas sei que preciso me preparar para as partes em que enxergamos a maldade dos seres humanos.
    Gosto muito de reviravoltas, acho que quando bem construídas fazem toda a diferença na história e, pelo que tenho lido sobre esse livro, a autora soube fazer isso.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiis
      nem me fale, a forma como as autoras souberam mostrar os diversos tipos e níveis de maldade e sadismo foi incrível. Tirei meu chapéu pra elas, amei o livro!

      Excluir
  6. Olá, Eduarda.
    Eu amei esse livro e é uma pena que não podemos falar muito sobre ele para não soltar spoilers. Mas ele tem muito para ser falado e seus personagens são muito ricos. Eu ficava indignada com a Daphne ser tão tapada, mas depois hehe. E que final, mereceu muito hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Menina essa é a parte ruim da história: qualquer detalhezinho a mais que a gente fala já é um puta spoiler, hahahaha. Hoje eu vendi ele na livraria onde trabalho mas tive de ficar cuidando pra não falar demais ao mesmo tempo que tentava explicar por que a história era tão bom, ahhahahaha

      Excluir
  7. O livro tem uma premissa bem interessante apesar de a protagonista não ter me chamado atenção e sem bem chatinha. Sera que vai haver continuação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, acredito que não vá haver continuação pois a história terminou muito bem fechadinha, não teria por onde seguir. Aliás, até teria como e eu acabei de pensar em algo que eu adoraria ler, mas não acho que seria o estilo das autoras ou que elas fariam algo parecido.

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!