Tag dos 50%

  • 09:00
  • 30 de jun. de 2020

  • Seguindo a tradição de todos os anos nesta indústria vital, eis a gente aqui com outra tag dos 50% pra falar o que foi bom e o que não foi tão bom assim no nosso primeiro semestre de leituras e fangirlizações.


    1. O melhor livro que você leu até agora.
    Denise: Like a Love Story (Abdi Nazemian) definitivamente. É um livro muito divertido, jovem e atual. Fala sobre o amor em duas diversas formas, traz representatividade LGBTQIA+ de forma sensível e tocante e entrega um final de arrancar lágrimas e sorrisos de todo mundo.
    Bianca: Quem teme a morte (Nnedi Okorafor), eu tô apaixonada por essa história até agora. Especialmente pelo fim. A maioria dos autores de fantasia não tem a coragem que a Nnedi teve ao criar ela.
    Eduarda: Os sete maridos de Evelyn Hugo (Taylor Jenkins Reid) porque eu nem sei descrever o quanto amei essa história e o quanto eu não estava pronta para dizer adeus a ela quando o livro terminou.
    Raquel: A casa dos novos começos (Lucy Diamond) Ele é super envolvente, me prendeu do começo ao fim e super amorzinho. Não é só um romance, fala também da união entre amigas.


    2. A melhor continuação que você leu até agora.
    Denise: Eu li poucas continuações esse ano, mas acho que minha favorita foi Uma Duquesa Qualquer (Tessa Dare), quarto volume da série Spindle Cove. Tem tudo que essas histórias têm de mais maravilhoso, mas a Pauline e o Griff roubaram meu coração demais!
    Bianca: Milagre na Quinta Avenida (Sarah Morgan), de fato um milagre que eu tenha lido uma continuação, pois tô lendo quase nada hahahahah Mas adorei esse! O terceiro livro da série Para Manhattan, com Amor é meu preferido dela até agora.
    Eduarda: Nenhuma. Esse ano eu li muitos livros iniciais de séries ou livros solos. Única sequência que eu li foi Trono de Vidro mas nem com uma arma apontada para minha cabeça vocês me veriam falar bem de Torre do Alvorecer, ou até mesmo de Reino de Cinzas que embora não seja ruim - como torre -, também não é lá uma maravilha.
    Raquel: Não li muitas continuações esse ano. Mas Mar de Rosas (Nora Roberts) é definitivamente a minha continuação favorita de todos os tempos.


    3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.
    Denise: Eu comprei De repente uma noite de paixão (Lisa Kleypas) numa promoção de 9,90 lá na Amazon mas tá no meu Kindle desde então. Quero ler num momento de ressaca porque os romances de época sempre me salvam!
    Bianca: O Ano da Graça (Kim Ligget) é o único que eu consigo lembrar agora. Nem sei direito sobre o que é o livro, porém quero muito.
    Eduarda: A Farsa de Guinevere (Kiersten White). Eu vou colocar essa porcaria de livro em tudo que é lista até o dia que eu tiver dinheiro para finalmente conseguir comprar. TÁ COMPLICADO, BRAZEL!
    Raquel: Histórias de um grande amor (Julia Quinn). Eu estava enrolando para comprar, por isso não tinha lido. Mas estou bem curiosa por motivos de Julia Quinn né amores.


    4. O livro mais aguardado do segundo semestre.
    Denise: Eu tô bem perdida em lançamentos gringos porque tenho zero dinheiros pra comprá-los. Por aqui, o que eu mais tô ansiosa pra ter é o terceiro e último livro da série Tons de Magia, da V.E. Schwab. A Record prometeu pro segundo semestre e eu espero que cumpram!
    Bianca: Dear Martin (Nic Stone), que a Intrinseca prometeu publicar agora no segundo semestre. Eu já li, porém não vejo a hora de todo mundo ler e chorarmos juntas.
    Eduarda: O Timbre (Neal Shusterman), já quero para ontem! Ainda não sei como sobrevivi todo esse tempo depois daquele final de A Nuvem!
    Raquel: Definitivamente, Uma Noiva Rebelde (Julia Quinn), é o último do quarteto dos Rokesbys e não vejo a hora de ter ele nas minhas mãos.


    5. O livro que mais te decepcionou esse ano.
    Denise: Eu quebrei a minha cara com Crescent City (Sarah J. Maas) em níveis estratosféricos. Estava cheia das expectativas pra esse livro e meu deus, o horror que foi. Abandonei lá pelos 40%? Algo assim; não aguentava mais tanta chatice indo pra lugar nenhum.
    Bianca: Pôr do Sol no Central Park (Sarah Morgan). Fiquei bem chateada, porque eu amei a Frankie e queria que ela tivesse uma história de amor melhor. Tenho vários probleminhas com as coisas que aconteceram no livro...
    Eduarda: Uma mulher no escuro (Raphael Montes), não foi exatamente uma leitura ruim. Mas foi a segunda leitura "não boa" seguida de um dos meus autores favoritos, e isso mexeu bastante comigo.
    Raquel: Sem você não é verão (Jenny Han), definitivamente. Adoro a série dos garotos dela e fui toda empolaga ler a trilogia, mas ela é um saco. Li o último só pela força do ódio.


    6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.
    Denise: Daqui a cinco anos (Rebecca Serle) chegou no meu Kindle sem nenhuma expectativa e nossa, que história mais linda! É totalmente surpreendente e vai por caminhos inesperados o tempo todo, e vale a pena demais por isso!
    Bianca: Fome (Roxane Gay). Foi nada do que eu esperava e muito melhor do que teria sido se fosse tudo que eu esperava. 
    Eduarda: Kindred (Octavia E. Butler), surpresa até agora sobre como é possível que NINGUÉM adaptou essa história para o cinema ainda. Se existe um livro que ganharia um Oscar, este é o livro!
    Raquel: Vou considerar como surpresa positiva, porque negativa vocês já sabem. Graça e Fúria (Tracy Banghart), enrolei bastante para ler ele e ele é muito bom! Já quero ler o segundo, mas por motivos de quarentena, não posso sequestrar os livros da Denise.


    7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).
    Denise: A Claire Kann de Let's talk about love que eu amei cada personagem, detalhe narrativo e desenvolvimento (e por me dar a história que eu precisava ler pra me entender um pouco mais). Quero tudo que essa mulher for escrever!
    Bianca: ROXANE GAY. Depois de Fome eu quero ler tudo que ela escreveu e vai escrever, especialmente se for de não-ficção.
    Eduarda: Taylor Jenkins Reid na gringa e Gabriel Mar aqui nas terrinhas tupiniquins.
    Raquel: Olha, eu já conhecia, mas nunca tinha lido os livro da Naila Barboni Palú. Li A Troca e fiquei morrendo de amores.


    8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.
    Denise: A Louise de Serpent & Dove (Shelby Mahurin) que eu fiquei JKANFABGAO lendo. Ela poderia pisar na minha cara e eu agradeceria.
    Bianca: Ai gente, tenho que dizer Lucas, de Milagre na Quinta Avenida (Sarah Morgan). Eu sei que a gente não começa no melhor pé com ele, porém eu simplesmente AMEI ele. E ainda mais ele e a Eva, juntos.
    Eduarda: Sherlock sendo interpretado pelo Benedict Cumberbatch. Eu to obcecada, nem é legal mais. Se a quarentena durar muito mais eu corro o risco de lamber meu mangá e/ou a tela do notebook.
    Raquel: Não é uma queda antiga, já citei ele em outras tags aqui. Mas reli esse ano, então conta, né? Jack de Mar de Rosas. Apesar de ficar com raiva dele as vezes, ele é o meu amorzinho literário pra sempre.


    9. Seu personagem favorito mais recente.
    Denise: Eu me apaixonei perdidamente pela Jane de Dread Nation (Justina Ireland). Pela sua força e pelas suas fraquezas e pela postura e eita sobrevivente de um apocalipse zumbi maravilhosa de acompanhar! 
    Bianca: Onye, de Quem teme a Morte (Nnedi Okorafor). Ele tem qualidades que fogem de muitas protagonistas de fantasia, e ela é também bem real. Nem tudo nela são qualidades, mas isso não importa. Você simplesmente se importa com a Onye.
    Eduarda: Acho que nenhum? Ao menos não que seja novo? Ah não, pera! Ansel de Trono de Vidro! Só conheci ela propriamente este ano, e virou uma queridinha minha. Mas, por via das dúvidas, coloca aí meu mozão Aedion também, neném Dorian, a bruxinha do meu coração Asterin, e é claro minha deusa Aelin. Pronto, é isso.
    Raquel: Já gotava dela, mas Eloise Bridgerton de Para Sir Phillip, com amor é maravilhosa. Se você não gosta dela, pode ir reler a série toda, porque leu errado.


    10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.
    Denise: Daqui a cinco anos (Rebecca Serle) de novo. Por me pegar de surpresa, o final me deixou muito emotiva.
    Bianca: A ROSA BRANCA DE REBELDE (Janet Paisley). Maldito seja esse livro, o ano começou a dar errado quando eu não conseguia parar de chorar por ele. Aposto que foi ele que causou o coronga.
    Eduarda: The Nowhere Girls (Amy Reed), primeiro livro lido do ano e me fez chorar de alegria no final. O mesmo sentimento é válido para Moxie. Nada tão lindo quanto chorar de felicidade ao fim de uma leitura.
    Raquel: Confesso que não teve nenhum livro que me fez chorar esse ano. Filme conta? Tenho uma lista haha


    11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.
    Denise: Eu fiquei EUFÓRICA lendo Let's talk about love (Claire Kann). Tem a melhor representatividade assexual que já li (tudo bem que foram poucas até agora, mas né, é sempre bom ser representada) e uma história de amor muito fofa e carismática.
    Bianca: Mensageira da Sorte (Fernanda Nia). Foi um livro divertido, criativo, com personagens cativantes e uma história boa demais. 
    Eduarda: Vermelho, branco e sangue azul (Casey McQuiston) foi uma leitura muito gostosa, que me deu crises de ficar toda "sdfghjklçdgh o que é a vida???".
    Raquel: Eu realmente adorei ler a Troca e a série Quarteto de Noivas dá um quentinho no coração maravilhoso.


    12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2019.
    Denise: Eu acho que não assisti nenhuma adaptação nesse primeiro semestre? Mas revi Em Chamas com as meninas e continua uma das melhores adaptações que o cinema já viu.
    Bianca: Acho que foi PS: Ainda Amo Você. O filme conseguiu corrigir alguns pontos que me dá raiva no livro e seguiu sendo aquela coisa extra-fofa (mesmo que a gente já esteja cansada da cara do Noah Centineo). E também pois, Lara Jean.
    Eduarda: Queria citar Aves de Rapina, mas primeiro que não li a HQ e segundo que o filme tem zero coisas relacionadas à HQ. Não faço ideia do que por aqui, que a deusa da literatura me perdoe caso eu tenha real esquecido alguma adaptação boa que eu tenha visto.
    Raquel: Não vi nenhuma adaptação que me lembre, confesso.


    13. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).
    Denise: Eu adorei meu surto de raiva com A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes (Suzanne Collins) e tô risos pra quem fica pistola pela minha opinião :P
    Bianca: Eu gosto muito, mas muito mesmo, da minha resenha de Aves de Rapina - Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa.
    Eduarda: Bem-vindos à Rua Maravilha (Gabriel Mar), porque é muito feliz poder escrever a resenha de um livro pelo qual você está apaixonada.
    Raquel: A favorita foi Mar de Rosas (Nora Roberts).


    14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.
    Denise: Putz. Esse ano tá tão estranho que eu nem lembro o que comprei nele? Mas vou fugir da resposta aqui porque a edição mais bonita que eu comprei não foi de um livro, foi de um jogo - e foi de The Last of Us II.
    Bianca: Vou continua gritando para quem quiser ouvir que O Mundo Invisível Entre Nós (Caitlin R. Kiernan) é a edição mais linda que eu já tive na minha estante EVER. É uma obra de arte, gente. Honestamente.
    Eduarda: Sherlock, o mangá é lindo e eu quero beijar as páginas e casar com os personagens. 
    Raquel: Mar de Rosas (Nora Roberts). Gosto muito do livro e fazer uma resenha dele também foi muito bom, adoro dividir meus queridinhos com todo mundo. Porque o mundo precisa enaltecer essa série hahaha

    15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?
    Denise: Minha meta do ano tá pra ler 60 livros e eu li 26 até o momento. Duvido conseguir completar, mas espero ler pelo menos os seguintes títulos: The Starless Sea (Erin Morgenstern), Archenemies e Supernova (Marissa Meyer), Duna (Frank Herbert), Finale (Stephanie Garber), A Máscara de Prata e A Torre de Ouro (Cassandra Clare e Holly Black) e Cleopatra's Daughter (Michelle Moran).
    Bianca: Eu tenho uma meta ousada, considerando que eu li tão pouco nesse primeiro semestre. Mas livros que eu não quero terminar o ano sem ler, são: Poder (Naomi Alderman), The Thruth About Alice (Jennifer Mathieu), Caçada (Kiersten White), The List (Siobhan Vivian), História da Bruxaria, Todos os Santos Malditos (Maggie Stiefvater), No Badalar da Meia-noite (Tara Sivec), O Complexo de Cassandra ( Laura Layton Schapira) e Falando mais Rápido que Posso (Lauren Graham).
    Eduarda: A farsa de Guinevere, sério gente, começo a ficar desesperada. O Timbre (Neal Shusterman), Nevernight, Wayward Son, os outros mangás de Sherlock que eu ainda não li, Mulheres que correm com lobos, Filha das Trevas e os outros são todos livros gringos que não saíram por aqui e que eu nem quero pensar muito por motivos de o dólar estar alto e eu ser pobre.
    Raquel: Tem alguns. Esse ano está bem estranho em questão de leitura. Estou bem devagar. Mas quero muito ler a trilogia Belvestoke. Estou lendo Nevermoor e espero terminar em breve, queria muito ler ele a um tempo. Minha meta foi bem comedida, então acho que vou cumprir ela pela primeira vez!!

    1. Olá, meninas.
      Já estou preparando a minha postagem dos 50% também hehe. Eu quero chorar ao ver Quem Teme a Morte ali porque eu tinha esse livro na estante e doei sem ler hehe. Quero ler Daqui a cinco anos mas não agora que estou evitando chorar nessa quarentena hehe. Serpent & Dove não vejo a hora de lanarem por aqui. E o ultimo livro de Tons de Magia é o que mais desejo para o próximo semestre. Espero que dessa vez eles lancem hehe.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    2. Amei as respostas de vocês, e me identifiquei com várias da Eduarda hahaha Os 7 Maridos de Evelyn Hugo é TUDO <3 E Sherlock é mesmo apaixonante. <3
      beijos, meninas
      renatavarelaescreve.blogspot.com

      ResponderExcluir
    3. Sério que The Toll virou O Timbre?????????????????????????????/ Enfim... quero muito, assim com Uma Noiva Rebelde
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    4. Oi meninas! Amo demais essa tag e já preparei para responder lá no blog! Eu li Uma duquesa qualquer e é meu favorito da série Spindle Cove. Milagre na 5ª Avenida também quero muito ler, mas como não terminei o segundo estou enrolando pra começar. Todo mundo comenta das obras da Taylor, mas eu não senti muuuuita vontade de conhecer, sabe? Então eu sou aquele 1% que realmente não se importa muito com as obras dela hahaha Daqui a cinco anos me impressionou muito, mas eu tive problemas com a Dannie, então talvez se isso não tivesse acontecido, eu teria aproveitado mais a obra.
      Beijo!
      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Oi meninas! Eu pensei que tivesse sido a única que não achou Por do Sol no Central Park tudo aquilo. O primeiro livro desta série eu amei e esperava muito da Frankie, sem falar no romance que não foi nada confortável na minha opinião.
      Sobre os mais esperados, ansiosa demais por The Toll. Bjos!! Cida
      Moonlight Books

      ResponderExcluir
    6. Oi Meninas,

      Adorei essa tag rs.
      Estou até com medo de ler Crescent City, era uma expectativa tão grande quando foi lançado lá fora.
      The Toll é o livro mais aguardando por mim alem de Aurora Rising, pois com aquele final do segundo não tem como não querer ler esse.

      Bjs
      http://diarioelivros.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    7. Meu Deus do céu que eu não aguento vocês indicando (e não indicando kkk) tantos livros assim :O hahahaha Eu quero muito ler também Daqui a cinco anos, que bom que você gostou Nizz. E Bianca, também quero muito ler A Mensageira da Sorte! Agora pera aí que eu vou abrir meu skoob para acrescentar mais alguns livros kkkkkk Os Delírios Literários de Lex
      Participe do Top Comentarista de Julho ♥

      ResponderExcluir
    8. Olá,
      Gosto tanto de ler essa tag, conhecer melhor as leituras feitas e um resumo sobre a opinião. Tenho lido muitos bons comentários sobre Daqui a cinco anos e gostei de ver na lista, reafirmou tudo que tenho lido sobre.

      Beijo!
      www.amorpelaspaginas.com

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.