Resenha: Cidade dos Ossos

Hoje estou aqui para falar de um livro que eu fui obrigada a ler devido ao  Tumblr! Isso mesmo, senhoras e senhores. Com o inicio das filmagens do filme baseado na serie escrita por Cassandra Clare, meu Tumblr explodiu com gráficos, desenhos, noticias e entrevistas e eu simplesmente me apaixonei! Pelo cast, pelos personagens, pela Cassie... E ficava louca querendo saber detalhes sobre a história.


Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Baixei os pdfs e demorei séculos pra criar coragem e entrar de cabeça em outra série, mas quando me rendi, comprei logo os três primeiros livros. Amor a primeira vista. Ou página, como quiserem.

Em Cidade dos Ossos, primeiro volume da série, somos apresentado a Clary, uma garota ruiva, criativa e até então bastante comum. O problema começa depois que Clary vai a uma boate com seu melhor amigo, Simon, e vê três adolescentes - que só ela consegue ver - matando um quarto jovem. A partir dai, ela mergulha de cabeça em um mundo que nenhuma mundano - humano ordinário - conhece.

Jace, Isabelle e Alec são 3 caçadores das sombras e, o que mataram, não era um menino muito bonito, mas sim um demônio. O único problema é que a ruiva não deveria conseguir enxergá-los.

Clary se depara com o Mundo das Sombras quando sua mãe desaparece misteriosamente e ela precisa encontrá-la. Com Jace, ela descobre que tudo que sempre achou que eram apenas lendas e histórias para fazer as crianças dormirem - ou não saírem de casa a noite - são verdadeiras e que, para manter o equilíbrio no mundo mortal, existe uma raça sem igual. Metade anjo e metade humano, os nefilins possuem poderes que nenhum humano sonharia em ter, que lhes são dados através de poderosas runas negras, desenhadas em suas peles.

Após ser introduzida nesse mundo novo, Clary precisa correr contra o tempo para descobrir quem sequestrou sua mãe, onde encontrá-la e quem ela realmente é. Em meio a perseguição a demônios, a caça aos instrumentos mortais, festas magnificas oferecidas pelo Magnifico Feiticeiro do Brooklyn, amigos virando ratos, Clary ainda encontra tempo para se apaixonar por Jace.

"O tipo de amor que pode queimar o mundo, ou elevá-lo em glória."
Cassie nos dá um mundo muito diferente do que estamos acostumados a ver por ai. Chega de histórias de vampiros, lobisomens, sereias, fadas, demônios.. Porque não juntar tudo isso? Porque não criar uma raça para combatê-los?

Confesso que no inicio eu tive um certo receio pela história ser tão diferente de qualquer outra coisa que eu já tivesse lido antes, mas uma vez que eu abri aquelas páginas, fui sugada para o Mundo das Sombras e, não obrigada, não quero ser tirada daqui!

Em Clary temos uma heroína bastante típica dos YAs atuais: determinada, esquentadinha, forte, apaixonada e com um propósito bem definido. Embora ela não seja minha personagem preferida, tiro o chapéu para Clary em Cidade dos Ossos, por se manter firme em meio a tantas novas informações que recebia.

Já Jace é a formula perfeita para que todos se apaixonem, com o jeito sarcástico e a personalidade que deixa claro, desde o inicio, que toda sua ironia encobre uma história longa e possivelmente perturbadora, uma alma ferida.

Mas é o resto da trupi que me encanta verdadeiramente! Simon é um nerd adorável, que toca em um banda que nunca encontra um nome. Isabelle é poderosa, forte, badass mesmo, mas sem deixar de ser feminina. Alec é o mais velho e, por tanto, o mais cauteloso e bastante introvertido. Um bitch reclamona no primeiro livro, mas que eu amo muito. E o Magnus.. Não existem palavras para descrever o Magnus, ele é apenas ele mesmo. E quando você ler vai entender o que significa.

Junte todos os personagens e misture em um caldeirão cheio de sarcasmo e ótimas tiradas, um pouco de conhecimento a cerca da bíblia, e ai estamos nós com Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos.

O mundo continua na trilogia As Peças Infernais, que se passa na Inglaterra vitoriana (uma espécie de prequel) e vai continuar com The Dark Atiffices, a ser lançado em 2015, e The Wicked Powers e TLH, ainda sem previsão de lançamento.

Título: Os Instrumentos Mortais, vol.1 - Cidade dos Ossos
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Nota: 4

Saiba mais: Skoob | Buscapé 

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

8 comentários:

  1. É incrível como os personagens da Cassandra Clare sempre tem um peso emocional muito grande nas costas, todos eles tem um sentimento intenso que mexe muito conosco.
    Em peças infernais então, não sei como segurar as lágrimas!
    A autora realmente virou minha preferida de fantasia depois da J.K rowling...
    Aliás, se duvidar até passa. Nunca pensei que fosse dizer isso hahaha
    Mas esses livros mexem com meu coraçãozinho de uma maneira que nenhuma fantasia jamais mexeu!
    Eu vi seu blog, lá no grupo blogueiros literários. Resolvi seguir e curtir os blogs que estão lá na divulgação, porque acho que assim vai ser mais legal minha participação no grupo, conhecendo todo mundo e tal :D
    Beiijos,
    Paula
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois do final de Cidade do Fogo Celestial e Princesa Mecânica, A CASSANDRA PODE ESCREVER A DOR QUE FOR que eu vou ler, porque sei que o final vai valer a pena. Estou apaixonada por ela, apenas.
      Obrigada pelo comentário, Paulo!

      bjo
      Bianca

      Excluir
  2. Oi,
    Amo essa série! Também tenho uma quedinha pelo Simon! rs Mas todos os personagem são bem legais...Cassandra conseguiu criar um mundo incrível!
    Bjs!!

    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou do contra! Amo o Jace!
      Tenho um pé atrás com Simon!!s2

      Excluir
    2. Eu estou no meio, então. HAHAHAHA Não gostava do Simon até Cidade dos Anjos Caídos. Mas sou fã de todos os personagens ali, até o Sebastian, de uma maneira distorcida, eu conseguia amar <3

      Obrigada pelo comentário!

      bjo
      Bianca

      Excluir
  3. Seguindo e Curtido!!Retribui??
    http://overdoselite.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/overdoselite
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Amei esse livro até a parte em que Jace começa a ficar idiota (no final).

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!