Controle Remoto: Unbreakable Kimmy Schmidt


Porque a terceira temporada estreou e porque essa é uma série que todo mundo deveria assistir pra gargalhar à vontade, o controle remoto de hoje é pra falar um pouquinho sobre Unbreakable Kimmy Schmidt


Série original da Netflix criada por Tina Fey e Robert Carlock, acompanha a história de Kimmy Schmidt, uma mulher que permaneceu boa parte de sua vida presa em um bunker subterrâneo, enganada por um reverendo que se dizia enviado por "Gosh" e seu filho "Jeepers". Para Kimmy, o mundo lá fora tinha acabado, até que a polícia encontrou o bunker e, bem, o mundo ainda existe e ela esteve longe dele esse tempo todo. Disposta a se arriscar para conhecê-lo, Kimmy se torna amiga de um ator fracassado chamado Titus Andromedon e de diversos outros personagens excêntricos; o que constrói uma das melhores comédias que já assisti.

O humor é sarcástico ao extremo e trabalha bastante as polêmicas do mundo de maneira inteligente. Eleição do Trump, racismo, machismo, privilégios da elite, tá tudo ali escancarado em piadas bem pensadas e orquestradas no momento certo. É o tipo de série que te deixa chorando de tanto rir porque o humor funciona.


Kimmy é uma protagonista completamente fora da casinha. O mundo é um lugar novo para ela, principalmente morando em uma metrópole como Nova York, e toda essa jornada de descobrimentos por todos os anos presa no bunker te conectam às maluquices inocentes da personagem. Afinal de contas, quando ela foi presa, a internet mal existia, celular era coisa de outro mundo e J.K. Rowling nem tinha pensado em escrever Harry Potter. O fato de a Kimmy ser tão "avoada" em relação a tudo é o que torna o humor dela tão especial; a ingenuidade e a incoerência com as pessoas ao seu redor e como todo mundo reage à Kimmy são as melhores coisas da série.


Até porque essa ingenuidade dela se mostra seu traço mais importante. Sim, é uma série de comédia, mas não impede que ótimas mensagens se passem através dela. A fofura e o altruísmo da Kimmy são fantásticos e bem trabalhados e ela está sempre presente por qualquer pessoa que precise dela.

É tão difícil explicar a Kimmy porque ela é tão bizarra e maravilhosa por isso! Tem todo um girl power nessa personagem, na presença dela e na maneira com que ela é representada se encontrando no mundo.



O melhor da série, preciso dizer, é Titus Andromedon. O melhor amigo egocêntrico, gay até o último fio de cabelo, extremamente determinado e hilário. Titus quer viver seu sonho de ganhar fama com seu talento e carisma, mas os anos passam e nada disso chega até ele. A questão é que ele continua tentando das maneiras mais inusitadas, desde shows fracassados até cópias não autorizadas de O Rei Leão da Broadway. O humor do Titus reside no fato de ele julgar o mundo e suas injustiças da maneira que lhe convém. Ele é bastante egoísta com a Kimmy, mas a relação entre os dois se desenvolve muito bem. A amizade é um ponto muito forte na série e ela segue caminhos inesperados através das tiradas bem pensadas do roteiro. Sem falar que ter um homem gordo, negro e gay representando mais do que um alívio cômico (porque o alívio cômico real oficial da série é a Kimmy) é muito importante!





E com licença que Titus performou o melhor cover de Beyoncé que já existiu nesse mundo nessa terceira temporada. Lemonade já era épico, ficou mais ainda!

Jaqueline, mais uma do núcleo principal, é o esteriótipo exacerbado de mulher-branca-rica. Apesar de eu rir muito com o Titus, os arcos da Jaqueline são sempre os mais geniais. A série acerta em cheio cada momento com ela, especialmente considerando o seu passado: ela não é branca coisa nenhuma, só "embranqueceu" para esquecer sua origem nativo-americana.



Quando tenta voltar atrás, Jaqueline até ganha um momento de redenção. A megera rica é uma personagem deslocada e destrambelhada, se aproveitando da Kimmy como basicamente todo mundo na série faz, e os embates entre as personalidades das duas valem muito a pena.



Outra personagem fixa que tem momentos fantásticos em cena é a Lílian, dona do "apartamento" onde o Titus e a Kimmy moram. Ela é a típica vizinha louca cheia das teorias de conspiração, uma senhora que viu e experimentou tudo que o mundo e o submundo tinham a oferecer. Ela cuida do Titus e da Kimmy e divide com eles suas histórias pouco eloquentes sobre toda e qualquer aventura presente em seu currículo; de novo, o humor é A+ além da conta.




As piadas irreverentes e os personagens caricatos que aparecem no decorrer dos episódios transformam toda essa experiência da Kimmy em uma coisa maluca ao extremo - o bunker até parece normal perto de outras coisas que ela vive. E por isso a série é tão engraçada. Ela usa e abusa do nonsense, critica preconceitos e problemáticas através de tiradas inteligentes; quase uma pegada de Monty Python.

Unbreakable Kimmy Schmidt é o tipo de série que você assiste em um fim de semana e vai ficar feliz por isso. Os episódios são curtinhos - 20 a 25 minutos, no máximo - e são 13 em cada temporada. A terceira acabou de estrear na Netflix, então você pode aproveitar um sábado e um domingo pra ver tudo de uma vez - porque, garanto, vale a pena!

Share this:

, , ,

COMENTÁRIOS

3 comentários:

  1. Olá, Denise.
    Eu não conhecia essa série ainda e apesar da minha lista de séries só crescer a cada dia que passa, vou acrescentar essa a lista e acho que vou furar a fila. Me interessei bastante por ela, principalmente pela protagonista. E os episódios serem curtos, é uma vantagem para eu colocar na frente das outras hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Dê! Tudo bem? Eu AMEI a primeira temporada, meu Deus a série é inteligente demais e chorava de rir com as piadas, mas eis que a segunda foi tão frustrante, mas tão decepcionante que ainda não encarei a terceira! Mas vou conferir em breve <3 Amei o post e a descrição dos personagens.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise! Tudo bem?
    Menina, não sou dada a assistir séries (não, eu não sou um ET), mas confesso que tô doida pra assistir essa! Tudo que eu vejo relacionado a ela é super divertido, por isso tô ficando cada vez mais animada!
    Certamente irei assistir em breve! Hahhaah

    Beijos
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!