Resenha: Sing

sing vivi greene

Sing conta a história de Lily Ross, uma cantora que compartilha toda sua vida amorosa através de suas músicas. Publicado no Brasil pela HarperCollins o livro da autora Vivi Greene é um romance leve, divertido e que vale muito a leitura.
Sinopse: A cantora premiada e ícone do pop Lily Ross apresenta seus maiores hits e piores foras (porque para ela são sinônimos):1. Agonia (O que sentiu quando o ex partiu seu coração em pedacinhos e ela nem sabia o que estava acontecendo.)2. Fantasmas (Porque até pessoas famosas sofrem com namorados que simplesmente desaparecem. E é horrível da mesma forma.)3. Gato Escaldado (Do ditado: “tem medo de água fria”. Ou seja, ela nunca mais vai sair com um ator ou músico na vida.)Mas este verão será diferente. Depois de ter seu coração partido mais uma vez, Lily precisa se afastar dos holofotes, e uma viagem com as melhores amigas parece perfeita. Três meses em uma ilhota perdida no litoral do Maine, com foco total em si mesma, sua música, seu novo disco... Tudo menos garotos. Isto é, até que Lily conhece Noel Bradley, um cara doce, simples e completamente diferente de todos os homens com quem ela já saiu. De repente, o “verão da Lily” dá um giro de cento e oitenta graus, e ela se vê envolvida em uma paixão de verão arrebatadora e inesquecível. O problema é que Noel não está interessado na vida de celebridade, e embora Lily o ame, ela também ama sua música, sua vida e seus fãs. Mais cedo ou mais tarde, ela vai ter que escolher...
Meu primeiro contanto com Sing foi totalmente por acaso, em meio a uma compra. O livro apareceu como sugestão e bastou colocar os olhos na capa, ler brevemente a sinopse e a compra foi efetuada com sucesso. Minhas expectativas se resumiam a um livro simples e com uma história bobinha mas que me deixasse com um sorriso no rosto, e não me senti decepcionada em nenhum momento.

Lily começa o livro com uma decepção amorosa: seu atual namorado, Jed Monroe, resolve terminar o namoro dos dois poucos meses antes da turnê de Lily. Turnê esta em que ela estrearia seu novo disco, Para Sempre, que era uma declaração ao amor dos dois.


sing resenha livro

Agora sem namorado e sem coragem de cantar as músicas que compôs para o ex, a estrela do pop precisa de um tempo para si. Lily quer se afastar dos holofotes por uns dias, tirar umas férias e parar de pular de um relacionamento para outro. Mais do que tudo, ela quer descobrir sua própria voz e escrever músicas que falem sobre algo além de seus relacionamentos amorosos fracassados.
Nunca me considerei alguém predisposta ao vício. Mas agora sei a verdade. Sou viciada em amor, e tive uma recaída.
E é assim que ela e suas duas amigas e assistentes – Tess e Sammy – decidem passar o verão em uma ilha isolada na qual Tess passava as férias quando criança. Não demora muito para a vida pacata da pequena ilha conquistar as três jovens, tão acostumadas a rotina acelerada de NY, e fazer com que elas passem a olhar a vida de uma forma diferente.

Junte tudo isso a uma crise criativa, e Lily acaba conhecendo Noel de modo nada convencional: em um pequeno acidente de carro. Noel é tímido e fechado, e ainda que saiba exatamente quem a cantora é, age como se isso não fizesse diferença alguma.
Baixar âncora, eu vim para ficar.
Em meio a passeios de barco, caminhadas pela ilha e trocas de confidências, Lily e Noel acabam se aproximando cada vez mais. E o inevitável acontece, os dois iniciam um romance. Para Noel, ela é apenas uma garota por quem ele acaba se apaixonando. Mas Lily é uma pop star, e a fama sempre cobra seu preço.

Será que dessa vez vai valer a pena pagá-lo?


sing vivi greene

Sing é tudo que eu esperava e um pouco mais! Os personagens secundários são ótimos e fiquei muito surpresa pela autora não ter recorrido a determinados clichês – como o ex escroto ou a maquinações para separar o casal -. A maturidade de alguns personagens me surpreendeu bastante, e o final foi maravilhoso, quem dera outros livros tivessem a mesma audácia.
Às vezes, a vida nos oferece várias oportunidades ao mesmo tempo, e você precisa fazer escolhas. Às vezes, o que você quer e o que você precisa são duas coisas diferentes. 
Com uma leitura engraçada, rápida e capaz de nos deixar com um sorriso no rosto o livro é uma indicação perfeita para quem busca um livro pequeno e simples, com um romance de verão e a capacidade de te deixar leve ao finalizar a história.

P.S.: A nota baixa no Skoob chega a ser uma ofensa, e sinceramente começo a pensar que o problema pode ser que os brasileiros não estão sabendo ler os livros da HarperCollins, pois já é o terceiro caso em que pego livros maravilhosos da editora e que tenham uma avaliação relativamente ruim no Skoob. Sendo assim, fica o recado: leram errado, leiam de novo!


Título Original: Sing
Autora: Vivi Greene
Editora: Harper Collins BR
Gênero: Romance
Nota: 4,5

Saiba Mais: Skoob | Amazon 

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

4 comentários:

  1. Oi Eduarda! Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro e já super me interessei, não só por fugir dos clichês mas por ser leve e divertido! Do jeitinho que gosto, adorei a indicação <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi! Nossa fiquei curiosa para ler e saber se o romance deu certo. Ser famoso tem seu prós e contra. Eu amo os livros da editora. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oie Eduarda, tudo bem?

    Não sou muito habituada a ler romances, mais por ser um livro mais ao estilo comédia romântica fiquei interessada.

    Dica anotada

    Bjoss

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!