Li até a página 100 e... #54 - Jackaby

jackaby william ritter

Autor: William Ritter
Editora: Única 
Número de Páginas: 256


PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:

A pedido do meu chefe, o conteúdo do capítulo 13 foi omitido.

DO QUE SE TRATA O LIVRO?

Jackaby é um livro que mistura uma típica história de detetive com elementos sobrenaturais. Os elementos estão todos lá: o detetive diferentão e muito inteligente, a figura da(o) assistente que está sendo apresentada(o) a este mundo, e um crime macabro. 

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?

Tô meio de cara, mas boa parte da culpa é minha. Por algum motivo eu foquei muito na parte do "detetive" e simplesmente apaguei a ideia do sobrenatural. Então eu estava mirando em um Sherlock Holmes e acabei acertando em um Artemis Fowl. Rolou uma decepçãozinha básica porque eu estava procurando algo no estilo romance policial/detetive, e ser surpreendida acabou abalando minha vontade de ler. Sem falar que embora eu goste do lado sobrenatural, sou mais do perfil vampiros/lobisomens/fantasmas do que do lado feérico e afins.

O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?

Não tenho uma opinião muito formada ainda. A Abigail é interessante, e é meio óbvia a ideia de fazer dela uma personagem empoderada e em busca de viver aventuras ao invés de se contentar com a vida padrão destinada as mulheres da época. Mas ainda não me convenceu muito. O mesmo vale para o Jackaby, falta carisma a ele, e mesmo sua excentricidade não faz valer o destaque que eu esperava no personagem.

MELHORES QUOTES (ATÉ A PÁGINA 100):

"Creio que a maioria dos homens já é mais que feliz em acreditar que uma jovem mulher é uma coisinha frágil. Portanto, tecnicamente, a enganação já estava ali, eu só a empreguei de modo conveniente."

"Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores."

"Ela salvou esta cidade e seu povo de inúmeros monstros vezes incontáveis. O fato de que as batalhas geralmente estejam dentro de sua cabeça não diminui sua bravura. As batalhas mais difíceis sempre estão."

VAI CONTINUAR LENDO?

Vou sim, apesar dos pesares quero saber como a história vai se desenvolver e acredito que ela tem muito a melhorar com o passar das páginas e o aprofundamento dos personagens e do crime.

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA 100:

Abigail Rook.

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Oi, Eduarda!
    Gente, fiquei curiosa agora com essa frase da página 100 hahhahahahha
    Eu fico meio assim de ler, mas vou esperar tua resenha completa.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      nessa brincadeira das frases acabou que caiu em uma muito boa. Confesso que ri quando vi que era essa, :P
      A resenha deve sair na semana que vem!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  2. Oi Duda!
    Eu já li esse livro, no fim das contas dei 4 estrelas pra ele. Gostei muito da Abigail, e o Jackaby é excêntrico demais pra ser amado kkk
    No que diz respeito ao sobrenatural esse lado feérico tbm n é muito minha praia não XD
    Mas continua a leitura sim!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol!
      Pois é menina, são poucos livros em que o lado feérico me atrai. Acho que a única pessoa responsável por me fazer amar feéricos é a Sarah J. Maas, mas só nos livros dela mesmo. hahahaha
      A resenha sai na próxima semana!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  3. Oi Eduarda tudo bem? Puxa que pena que rolou uma decepção, mas é boma gente saber que tem todo esse lance do sobrenatural para alinhar nossas expectativas hehehehehe espero que a leitura num todo agrade.

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Pois é, mas nesse caso a decepção foi culpa minha mesmo. O livro nunca escondeu o lado sobrenatural, eu é que não fiz uma pesquisa antes de comprar. A resenha sai na próxima semana!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!