Finais de distopias que desgraçaram minha cabeça - Queria Estar Lendo

Finais de distopias que desgraçaram minha cabeça


Em homenagem à estreia de Maze Runner - A Cura Mortal nos cinemas - e ao fato de eu ter assistido ele nesse fim de semana e ter chorado toda a minha alma naquela sessão - resolvi fazer uma listinha com as distopias que tiveram um final mais desolador. Aquele tipo de fim pra desgraçar a cabeça mesmo.

Esse post não vai conter spoilers, não se preocupe. Eu só vou surtar um pouco, mas sem contar nada que acontece nos livros.


Convenhamos, apesar de a maioria delas terminar falando sobre esperança e 'derrotamos a situação ruim, agora vamos construir um futuro melhor', todas - ou a maioria - terminam de maneira bem tensa e muita coisa ruim acontece aos personagens pra que eles encontrem de fato esperança. Sim, eles se salvam, encontram a liberdade, vão viver até o fim, mas pior que personagem morto é personagem torturado. E distopia é o que mais tem deles.


Já que minha inspiração pro post veio dele, vamos começar com Maze Runner né? Li essa série faz uns anos, fiquei extremamente animada com a estreia do filme, amei todos os filmes. Continuo perturbada pela maneira com que o último livro acaba; é ruim? DEFINITIVAMENTE NÃO. É o segundo melhor final de distopia que eu já li na vida (o primeiro é o próximo da listinha aqui), mas é um final desolador para começar a construir um futuro melhor. Envolve a perda de muitos personagens queridos e as sequelas que essas perdas com certeza vão deixar no emocional de cada sobrevivente. Eu nunca vou parar de chorar por causa desse fim.


Falando em chorar por causa de fim... Legend é minha distopia favorita. De todas. O mundo, a trama, a política, os protagonistas, tudo que a Marie Lu criou é diamante puro. E o fim de Champion, último volume da trilogia, é de quebrar o teu coração em milhões de pedaços. É um final perfeito e muito bem encaixado na história - inclusive bem anunciado desde o primeiro livro - e ainda assim parte seu emocional e te deixa no chão, numa poça de lágrimas.


Não gosto de Jogos Vorazes tanto quanto a hype gosta; acho os livros bem fraquinhos e admito ter gostado bem mais dos filmes (fato é: a Katniss é um porre e a narração dela estragava toda a história, o filme diminuiu isso). Mas não dá pra negar que A Esperança tem um daqueles finais WHAT THE WHAT. É a sensação de ter o livro jogado na sua cara na velocidade de uma montanha-russa. É um final amargo e, apesar de eu ter desejado outras coisas pra ele (tipo que outra pessoa tivesse explodido ali no fim...) é desgraçador de cabeças.


Oi Marie Lu, você por aqui de novo! Jovens de Elite não é uma distopia como as outras, tem mais de fantasia do que de universo pós-apocalíptico, mas tem os elementos e vai entrar aqui porque a lista é minha e eu que mando. Se Legend pareceu cruel, Jovens de Elite riu na minha cara e falou "ha, você achou aquilo cruel? Toma aqui seu coração intacto de novo. Ah, espera, deixa eu jogar ele no triturador antes." Eu nunca tinha ficado tão verdadeiramente triste e ao mesmo tempo querendo coroar o fim de uma história como o melhor de todos até ler A Estrela da Meia-Noite.


Aqui é rage e eu só vou tirar algumas linhas para expressar meu desgosto. Existem os finais que desgraçam a cabeça para o bem e ai existe Divergente. Nunca senti um baque de decepção tão grande na vida até ler Convergente; a autora conseguiu pegar um dos melhores universos distópicos e ARRUINAR TUDO em dois capítulos. Desgraçou minha cabeça sim, PRA RAIVA ETERNA.

Conseguem lembrar mais alguma distopia que causou esse plot-twist emocional? Essas foram as principais pra mim, mas aceito sugestões para novos desgraçamentos!

Share this:

, , , , , , , , ,

COMENTÁRIOS

15 comentários:

  1. Acho que já to acostumada... distopia com final muito feliz parece fake demaissss.

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise
    Realmente, a autora matou a história toda c o final de Convergente
    Tinha tudo pra ser A melhor mas a autora ACABOU COM TUDO com o final!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Denise!
    Nossa, nem me lembra de Convergente que me sobe um ranço terrível. A mulher tinha uma mina de ouro na mão e cagou tudo.
    Agora Champion MY HEART BLEEDS!!! Nossa, eu já comeceu sofrendo foi desde o final de Prodigy e nesse livro só piorou tudo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Nem lembra de Convergente que já fico triste :/ Ainda não consegui superar!

    sonhoinverossimil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. OLÁ!
    GOSTEI DO SEU BLOG, E JÁ ESTOU SEGUIDO...
    SEGUE-ME TAMBÉM: https://tavaresplugado.blogspot.com.br/
    OBG DESDE JÁ!

    ResponderExcluir
  6. Oie,

    Tenho muito interesse em ler algumas dessas séries.

    Abraços...

    https://submundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nem tenho o que comentar, só que é triste quando bem o final nos decepciona..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum dessas, mas já vou procurar aqui. Adoro coisas que desgraçam a minha cabeça e não me deixam pensar em mais nada mesmo depois de ter lido há semanas atras hehehehe.
    Adorei a postagem, achei super divertida. Beijinhos <3

    https://atocadalebre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oii Denise,tudo bem? eu não li nenhum desses hahahaha eu comecei a trilogia legend mas abandonei no segundo livro, não curti tanto, quem sabe um dia dou outra chance né
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Dê...

    Manooooo eu amo distopias... concordo com você em partes sobre Convergente... na verdade eu acho vai ser um eterno amor e ódio... enfim haha... recentemente postei a resenha de Prodigy e quase morri com o final... agora vendo sua descrição de Chapion é pedir que eu pule todos os livros e passe ele na frente... por que seu eu amei os dois primeiros, nem quero ver ou melhor quero sentir meu coração estilhaçado. Estou com Jovens de Elite aqui também doida pra ler... Eu só li o primeiro de Maze Runner, mas assisti os dois primeiros filmes e pretendo assistir o terceiro e mesmo assim continuar a leitura, afinal só conheci a distopia destes livros pelo filme. Eu gostei do final de A Esperança... mesmo com a explosão que quebrou uma parte do meu coração... mas distopia é isso uma gama de sentimentos controversos que faz a gente sentir tudo de uma vez só.... amei demais a postagem !!!!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise,
    Que postagem animada e divertida, adorei!
    E ainda mais as dicas, pois não sou muito habituada em ler distopias, não sei o motivo, mas é um estilo que ainda não me apeguei. Gostei muito da sua opinião sobre o final de Maze runner me deixou curiosa. Esse de Divergente, lembro da treta no Twitter na época que saiu sos haha.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  12. Por essas e outras que distopia é um gênero que amo, mas as vezes quero matar na porrada.(É eu sei é confuso) Você citou esses livros e eu li apenas A Esperança e Convergente. Maze Runner e Legend eu abandonei não sei a razão acho que não estava na "vibe" e um dos finais de distopia que desgraçou pra mim foi o de 1984. Pior que foi ultimo livro do ano e fim de ano queremos renovar as esperanças, mas não é possível ter esperança com uma leitura daquelas ainda assim eu recomendo muito

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Eu amo distopias. Eu gosto muito do final de Maze Runner - A cura mortal. Eu reli uma distopia recentemente e ele tem aquele final que toca lá no fundinho do coração. O livro em questão é Sombras do medo, nacionalzão.
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  14. Nossa, Convergente foi uma puta de uma desgraça na minha cabeça. Até hoje não acredito que a autora fez aquilo.

    ResponderExcluir
  15. Nem me lembre de convergente. Foi uma pancada na cabeça. Chorei horrores..

    Depois fiquei com ódio, sem acreditar.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!