Resenha: O Falso Príncipe - Queria Estar Lendo

Resenha: O Falso Príncipe

Resenha: O Falso Príncipe

O Falso Príncipe é o primeiro livro da Trilogia Do Reino, da autora Jennifer A. Nielsen, e foi publicado pela editora Verus. Sob a premissa de uma farsa que pode salvar um reino, o livro nos apresenta Sage e conta sua trajetória até o trono de Carthya.
Sinopse: Em uma terra muito distante, a guerra civil é iminente. Para unificar o reino, um nobre chamado Conner trama um plano ousado, procurando por um garoto que se passe pelo filho desaparecido do rei e assuma o trono. Quatro órfãos são forçados a competir pelo papel, entre eles o rebelde e esperto Sage. O garoto sabe que os motivos de Conner são mais do que questionáveis e que sua vida está por um fio - se ele não for escolhido como príncipe na farsa, será morto. Seus rivais tem suas próprias táticas para vencer, e Sage não pode confiar em ninguém. Depois que Sage se muda do orfanato miserável onde vivia para o suntuoso palácio de Conner, os planos de seu novo mestre vão ficando mais e mais claros, até que finalmente a terrível verdade é revelada, provando-se muito mais perigosa do que qualquer mentira na qual ele já acreditou. 
Sage é um órfão que para combater a fome e complementar o pouco que a vida lhe dá na sua vida no orfanato, acaba tendo de recorrer a pequenos furtos. É em meio ao roubo de uma peça de carne que o garoto acaba se deparando com lorde Conner, um dos vinte regentes do Rei, que o compra como um de seus servos. Conner tem uma missão, mas Sage não está nem um pouco inclinado a participar dela.
- Estou unicamente do meu lado. Seu enigma será me convencer de que ajudar o senhor será bom para mim.
Para executar seu plano e impedir que Carthya enfrente uma guerra civil, lorde Conner viajou pelos orfanatos do reino em busca de garotos que pudessem representar o papel principal no seu jogo. O fato é que a família real foi toda assassinada e agora o reino está sem um governante, e ele tem apenas duas semanas para treinar um dos quatro jovens órfãos que ele comprou, para que assuma o papel do príncipe Jaron, há anos perdido e dado como morto.

Sage e os outros três garotos precisam se dedicar e aprender o máximo que puderem durantes essas duas semanas, pois mais importante que vida de luxo e poder que espera o vencedor dessa competição, é o destino terrível daqueles que não forem bem sucedidos. Em um plano onde o trono de um reino está em jogo, não podem existir pontas soltas.
- Espero que Conner escolha você, e acho que, se ele o fizer, você vai ser capaz de convencê-los. Vai ser um bom rei um dia, mas eu sei demais. E não vou me curvar diante de uma fraude.
O Falso Príncipe é uma fantasia com uma narrativa sagaz e sarcástica graças a seu protagonista, que tem uma trama interessante mas que infelizmente peca em seu desenvolvimento raso. A ideia geral da história é muito boa e, se trabalhada de maneira mais aprofundada e com um foco em elementos e situações diferentes dos escolhidos, poderia ter sido uma obra muito melhor. Nada disso, no entanto, tira o mérito do livro escrito por Nielsen.

Uma das incógnitas do livro é seu próprio protagonista, que em um momento você quer matar e no outro você o adora, seus comentários e principalmente a sua atitude e prepotência trazem uma sensação agridoce para a leitura. Em certo ponto é instigante ver Sage desafiar seu patrão e não se subjugar às ordens, mas em outros suas atitudes soam apenas como birra de moleque. Tudo isso se justifica, é claro, ao final do livro. Mas tivesse sido trabalhado melhor, as páginas finais teriam tido um impacto muito mais acentuado no leitor.


Resenha: O Falso Príncipe

Quanto aos demais personagens eles sofrem da mesma falta de profundidade do protagonista, sendo a mais interessante de todas a Princesa Amarinda que fez duas breves aparições mas que causou uma boa impressão. Estou ansiosa para ver qual papel ela irá executar nos próximos livros. Além de Sage outro personagem que merece destaque é lorde Conner, este por sua incrível capacidade de fazer com que eu queira o jogar no foço. Na faculdade onde Sage aprendeu a ser prepotente, lorde Conner dava aulas.
- Então é muito interessante que você tenha escolhido essa espada - disse Mott. - É uma réplica da que o príncipe Jaron tinha. Se Conner pode olhar para você e ver um príncipe, talvez seja hora de você começar a fazer o mesmo.
Jennifer A. Nielsen nos presenteia com um livro de leitura rápida e com uma trama que desperta nossa curiosidade. O ponto alto do livro é o plot twist apresentado em suas 50 páginas finais e que pode ser previsível para os leitores mais atentos, mas que ainda assim não deixa a desejar. O Falso Príncipe é apenas uma prequel do que está por vir, nos apresentando a um reino que está prestes a enfrentar seus piores dias, e a personagens que farão de tudo para defendê-lo.

Título original: The False Prince
Autora: Jennifer A. Nielsen
Editora: Verus
Gênero: Fantasia
Nota: 3,5

Saiba mais: Skoob | Amazon | Submarino

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

26 comentários:

  1. Oi Eduarda!
    Capa maravilhosa!
    Já estou de olho nesse livro há um tempinho, qdo li a sinopse fiquei curiosa pra conhecer, já que adoro o gênero e pela resenha só posso colocar um pouquinho mais de expectativas pra ler, adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, a capa é realmente linda e a história tem uma premissa ótima. Apesar das ressalvas foi uma leitura prazerosa, super indico!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  2. Oi! Achei a capa linda, mas não é o tipo de livro que me interessa muito, sabe? :(

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, a capa é uma delicinha de linda mesmo!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  3. Oi Eduarda.
    Já li esse livro e também fiquei um pouco decepcionada com ele. Todos estavam falando tão bem dele.
    Acho que o problema foi que eu já tinha descoberto qual era o plot twist e não fiquei surpresa com a descoberta.
    Também tive esses sentimentos conflitantes com o Sage. Tinha hora que queria estrangulá-lo e em outra só tinha amor para dar rsrs
    Pretendo ler a continuação, mas não é prioridade. Espero gostar mais dos outros livros.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pam,
      pois é menina, também saquei o plot twist logo no início e isso diminuiu um pouco da mágica do livro. Tenho certeza que teria amado ele se só fosse descobrir tudo no final.
      Sage é complicado mesmo, mas adoro ele, haahhaha

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  4. Não conhecia, mas já considero pacas, hahaha.
    Adoro fantasia e pela sinopse e sua resenha já me pegou, mesmo que por vezes o enredo seja tratado de forma rasa, como você disse.
    Talvez nos próximos volumes aconteça um aprofundamento.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Teca,
      acredito que nesse caso minhas ressalvas sejam principalmente porque já li vários livros de fantasia e/ou semelhantes a esse, então muitos dos elementos e reviravoltas não eram novidades pra mim. Fosse eu uma leitora iniciante no gênero, teria achado genial!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  5. Olá, Eduarda.
    Eu vi essa trilogia em um blog que não me lembro qual e como fiquei bem interessada resolvi ler. Eu gostei bastante dos livros e da história, mas achei ela bem fraca mesmo. Eu achei que era por ser escrita para um publico mais jovem hehe. E o grande suspense do livro dá para ser descoberto logo de cara hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil,
      sabe que eu não sei se ele realmente é para um "público mais jovem"? Digo, tem coisas bem 'pesadas' ali. Acho que, no caso, ele é mais para pessoas iniciantes no gênero, onde um aprofundamento maior seria até mesmo um problema e não uma solução.

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  6. Primeira resenha que leio sobre este livro, já havia visto sua capa e tal, mas a partir da tua resenha que conheci um pouco mais sobre esta historia. Apesar de gostar da premissa da historia, anda fugindo de séries. Pelo que pude perceber a historia tem alguns aspectos a serem melhorados e à serem mais desenvolvidos nos outros livros. Espero que a continuação seja mais do teu agrado e irei ficar de olho para saber mais sobre ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli,
      pois é, esse livro não é muito conhecido por aqui e já faz alguns anos que ele saiu. Estou na torcida para que os próximos sejam ainda melhores!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  7. Helloo, tudo numa nice?!
    Acho muito cool ver uma resenha desse livro por aí. Quase não encontro ninguém que tenha lido a obra. Eu particularmente adorei e acho que cumpre sim com o que propõe. O Falso Príncipe é um livro voltado para o público mais jovem, infanto juvenil, então ele entrega tudo que propõe de acordo com esse parâmetro e é bastante competente nesse aspecto. Adoro essa autora e já li toda a trilogia.
    Beijin...
    Alana Gabriela | Books and Stuff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alana,
      então menina, eu particularmente nunca encarei ele exatamente como um livro pra infanto juvenil. Eu acho, sim, que ele é pra uma galera iniciante na fantasia. O que explicaria a simplicidade e a crueza da narrativa, mas não exatamente a falta de profundidade da história. Ao meu ver, faltou algo que criasse uma maior conexão com o protagonista. Percy Jackson, por exemplo, este sim um livro definitivamente voltado para um público mais jovem, mesmo em seus livros iniciais carregava em si uma profundidade e conexão entre personagem/leitor muito maior. Não preciso nem citar Harry Potter pra dizer o mesmo... Mas sim,no geral curti muito a história e minhas decepções são exatamente por perceber o potencial que existia para ser uma história ainda maior e melhor.

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  8. Oie,

    parece um livro muito bom, não conhecia a série!

    Abraços...

    https://submundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Eduarda, acho que é a primeira vez que leio alguma resenha desse livro! A premissa é boa e gosto de protagonistas que nos fazem amar e odiar hehehehehehe

    Bjs, Mi
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      acho que a editora não investiu muito na divulgação desse livro, porque ele é bem pouco conhecido mesmo, uma pena... Quanto ao Sage, amo odiar essa peste, hahahaha

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  10. Como gosto de livros de fantasia, acabei me interessando em ler este livro, pela sua resenha a história de O Falso Príncipe parece ser muito boa, acabei ficando curiosa para ler este livro e adicionei ele em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele,
      espero que tu curta a leitura, vem falar comigo quando terminar de ler. Vou adorar discutir alguns dos pontos dele!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  11. Eduarda!
    Fico bem triste quando vejo um livro com grande potencial para ser desenvolvido, um protagonista sarcático e inteligente, mas que não tem um bom desenvolvimento no enredo, trazendo uma leitura rasa e sem grande apronfudamento no plot...
    Desejo um final de semana esplendoroso e um mês mais que abençoado!!
    “Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.” (Cynthia Kersey)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem contigo?
      Pois é, também acho triste ver bons personagens e histórias sendo desperdiçados. Aqui, apesar de tudo, ainda acho que a história entregue valeu a pena. E torço para que melhore ainda mais nas sequencias por vir!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  12. oioi, tudo bem?
    Adorei a ideia do livro, uma pena essa falta de profundidade nos personagens, e esses protagonistas que amamos em um momento, e odiamos em outra? haha eu nunca gosto disso, pra mim precisa ser 8 ou 80.
    Adorei a resenha, o modo como falou das coisas boas do livros, e das não tão boas, e a capa é maravilhosa né? Mas vou esperar mais um tempo para ler, ver se no próximo volume as coisas melhoram (o que é muito comum).
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      aah que bom que tu curtiu a resenha! Sempre busco trazer o que achei de positivo e negativo naquilo que leio. Realmente acredito que os próximos livros tenham uma tendência a trazer essa profundidade que ficou em falta neste primeiro, e que possam melhorar muito. Terei de ler pra descobrir!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir
  13. Não são todos os livros de fantasia que curto, depende muito da história. O falso príncipe eu gostei bastante. Por ser o primeiro volume de uma série, acho que pode nos surpreender mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana P.,
      também acredito que os próximos livros possam trazer gratas surpresas. Estou ansiosa para ler!

      Att.,
      Eduarda Henker

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!