Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens - Queria Estar Lendo

Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

A literatura contemporânea tem muitos títulos que são a definição de raio de sol. Simon vs. A Agenda Homo Sapiens é exatamente isso; um livro feliz, cheio de amor e de mensagens esperançosas.
Sinopse: Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu. Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.
Simon é gay, mas por enquanto ninguém além de Blue sabe disso. Blue é seu amigo virtual e crush desconhecido que Simon encontrou sem querer em um Tumblr de fofocas da escola. Mesmo sem saber sua identidade, Simon se identifica com Blue e tem essas fantasias sobre o que o futuro pode reservar para os dois caso Blue aceite sair dos e-mails para a vida real. Em meio a essa comunicação misteriosa, Simon acaba sendo chantageado por um colega de turma - que viu seus e-mails - para aproximá-lo de sua melhor amiga. As confusões estão além da escola e até mesmo da família. Estão no coração e nas incertezas de decisões que podem mudar toda a realidade de Simon.

Aqui novamente temos o caso de o livro é tão bom que eu não sei resumi-lo. Prosseguindo.

Simon vs. A Agenda Homo Sapiens foi uma leitura alegre, divertida e que passou a sensação de que tudo vai ficar bem, não importam as circunstâncias. A Becky tem essa narrativa leve e fácil. Quando você vê, já passou por 200 páginas e não quer que a história termine. Os personagens são ricos, reais e todo o cenário carrega muita representação do que é o dia-a-dia dos adolescentes, seus medos e hesitações, seus sonhos e desejos. 


Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

Simon é um protagonista fantástico. Logo de cara me vi apaixonada pelo humor latente e esse jeito de se entregar à situação, mas não completamente. A questão sobre sua orientação sexual é tratada de maneira natural; não tem drama porque não é um livro sobre isso, mas também tem seus momentos sérios.
Estou cansado de sair do armário. Tudo que eu faço é sair do armário. Tento não mudar, mas estou sempre vivendo essas pequenas mudanças. E, todas as vezes, preciso me reapresentar para o universo.
A relação do Simon com os outros personagens é construída em cima do seu carisma e da maneira com que ele reage às suas personalidades. Leah é sua melhor amiga desde sempre, mas ela anda muito afastada e com um humor pesado e Simon acaba se afastando dela sem querer. Abby, por outro lado - a crush do garoto que tem chantageado Simon - é enérgica e adorável e está presente para o protagonista quando ele precisa extravasar. 

As melhores cenas dele, no entanto, foram com o Blue. E isso através de e-mails, veja bem. Quando o OTP é lindo ele funciona de qualquer jeito.


Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

Blue é uma incógnita. Apesar de eu já saber da identidade dele porque o filme fez questão de divulgar abertamente - se você não quer descobrir, não olhe a página do IMDB! -, ainda assim a narrativa construiu um suspense ótimo. Dá vontade de descobrir mais sobre o Blue. Ele estuda na escola do Simon, mas pode ser qualquer um. Mesmo sabendo tanto sobre ele, uma vez que ele se abre com o Simon sobre a família, seus medos, seus sonhos, suas coisas favoritas, a história te instiga a continuar investigando para ver onde vai chegar.
Ele estava certo: as pessoas são mesmo como casas de quartos grandes e janelas pequenas. E talvez seja mesmo uma coisa boa que a gente nunca pare de surpreender os outros.
E que fofura esses dois são. É um relacionamento à distância, mas é construído em cima de honestidade e aceitação. Eles se descobriram sem querer e de repente se tornaram tão importantes um para o outro. Você lê e torce para que dê tudo certo, torce para que o Blue resolva aparecer ou para que o Simon abra os olhos e perceba que ele sempre esteve ali.

A questão da chantagem envolvendo o colega de turma e a hesitação do Simon - uma vez que o garoto por trás da chantagem não dá a ver se vai realmente entregar o segredo do protagonista ou não - são a parte mais tensa do livro.
Você não acha que todo mundo deveria sair do armário? Por que o comum é ser hétero? Todo mundo devia ter que declarar o que é; devia ser uma coisa bem constrangedora, não importa se você é hétero, gay, bi ou sei lá o quê. Só uma ideia.
A expectativa é de que dê tudo certo, mas, afinal, o que é dar certo? Ele continuar vivendo esse segredo? Ou dar um passo em frente e parar de se esconder? Simon tem uns ótimos questionamentos a respeito do que significa "sair do armário" e como o "normal" é uma colocação tão errada. Como considerar uma coisa padronizada nunca vai justificar a inferiorização que todo o resto sofre.


Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

Em relação à família, Simon tem momentos maravilhosos com suas irmãs e seus pais. São relacionamentos realistas, como eu disse; muito críveis dentro do contexto da trama. Becky entrega personalidades vivas, com qualidades e defeitos que você pode encontrar em qualquer pessoa que conheça. Mesmo Simon não é perfeito. Mesmo o Blue não é o sonho de consumo sem nenhuma falha.

Simon vs. A Agenda Homo Sapiens é aquele tipo de livro para te deixar sorrindo e emocionada durante toda a leitura. É irreverente e simples. É real como todas as boas histórias costumam ser.

Lembrando que o livro foi adaptado e vai chegar aos cinemas dia 22 de Março!

Título original: Simon vs. The Homo Sapiens Agenda
Autora: Becky Albertalli
Editora: Editora Intrínseca
Gênero: Young Adult | LGBT +
Nota: 5 +
Skoob

GOSTOU DO LIVRO? QUER AJUDAR O BLOG? ENTÃO COMPRE ATRAVÉS DOS NOSSOS LINKS!

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

27 comentários:

  1. Oi, Denise.

    Para o Simon que se vê, de repente, chantageado, não deve ter sido fácil essa situação toda, já que com certeza ele não estava preparado para assumir sua sexualidade. E de uma hora para outra tudo ao seu redor pode ruir.

    E temos a oportunidade de acompanhá-lo nesse dilema e saber como ele vai lidar com tudo isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daiane!
      É legal como essa situação de tensão pela chantagem foi desenvolvida na narrativa; mesmo pra um livro levinho, ainda deixa a gente roendo as unhas de nervoso.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi De, tudo bom?
    Menina, estou louca para ler ou assistir esse filme. Ouvi muitos elogios e preciso conhecer a história. Até porque, pelo que vi vão mudar um pouco o livro, mas ficará tão bom quanto.
    Acho que vou gostar, gosto dessa leitura rápida.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alê! Tudo bom e contigo?
      Eu tô morrendo pelo filmeeeeeee. Chega 2019 mas não chega sábado pra eu assistir logo. Tu vai adorar a história, com certeza. É livro pra ler e aquecer o coração <3

      Beijos.

      Excluir
  3. Oi, Denise
    EU vi uma resenha meio bad do livro e por isso tinha perdido o interesse em ler, mas aí vem você com essa resenha e dá vontade de voltar a querer ler hauhsausa eu gosto do assunto, acho que a gente precisa conhecer mais sobre livros assim e estou nessa vibe adolescente ultimamente.
    Com certeza vou colocar na lista!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      O livro não funciona pra algumas pessoas, mas faz parte. Tu que gosta bastante de romance talvez vá curtir muito, é aquele tipo de leitura leve e descontraída pra ler numa tarde só, sabe?

      Beijos.

      Excluir
  4. Oi Denise, eu já vi o filme e adorei, parece que tem algumas mudanças em relação ao livro, mas a essência é a mesma <3 E eu amei, achei mega sensível! Quero ler o livro agora!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      Invejei você só um pouco. Tô MORRENDO por esse filme desde as gravações porque tem meu neném Keiynan no elenco e aaaaaa amo esse menino <3 sábado vou assistir, tô ansiosa.
      Se gostou do filme com certeza vai amar o livro!

      Beijos.

      Excluir
  5. Olá Denise,

    Adorei a tua resenha e fiquei encantada pelo livro. Eu já li um livro da autora: "Os 27 Crushes de Molly" e eu simplesmente adorei a escrita dela. Toda a construção de narrativa e de personagens foi bem feita, e desde então, criei um interesse genuíno para ler Simon vs. A Agenda Homo Sapiens.
    Fiquei sabendo do filme durante essa semana e super me interessei, mas nem me passou pela cabeça que é baseado nesse livro, em primeiro momento. Pretendo adquirir o livro em breve! :)

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica!
      Eu sou apaixonada por Os 27 Crushes de Molly também. O livro do Simon tem essa mesma pegada de narrativa rápida e divertida, de tratar assuntos sérios com a devida importância, mas sem deixar o tom da história pesado demais.

      Beijos.

      Excluir
  6. Gostei da resenha Denise. O livro realmente parece ser uma graça, além de ter uma temática extremamente contemporânea. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa!
      É adorável e muito gostosinho de ler, sim *-*

      Beijos.

      Excluir
  7. Oi, Denise!
    Menina, eu queria ter gostado tanto desse livro como você gostou, mas pra mim ele falhou em algumas coisas, principalmente no que se trata os personagens secundários. Mas em uma coisa eu concordo: Blue e Simon muito OTP. Achava muito fofo a troca de email entre eles.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Eu vi que tu não curtiu tanto o livro, que pena mesmo ç_ç eu comecei e terminei apaixonadérrima por tudo, é mais meu favorito que o da Molly.
      SIMON E BLUE OTPZÃO LINDO DE MINHA VIDA ASJKFASUOGBUOASGUOASGBO

      Beijos.

      Excluir
  8. Olá De!
    Vou começar a ler hoje e estou com muitas expectativas para essa história e o filme também ♥
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa!
      Espero que curta bastante a leitura *--*

      Beijos.

      Excluir
  9. Oi Denise.
    Vejo muitas pessoas falando bem desse livro. Preciso muito ler.
    Parece aquele livro amorzinho, que deixa um calorzinho no nosso coração. Simon parece um ótimo personagem e já fiquei curiosa para saber quem é o Blue.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pamela!
      Exatamente, essa é a definição do livro. Vai te fazer sorrir e chorar e vai ficar contigo por muito tempo.
      A identidade do Blue é bem misteriosa mesmo, não acho que eu teria adivinhado sem ter fuçado o IMDB e descoberto sem querer :P

      Beijos.

      Excluir
  10. Oi Denise!
    Estou louca pra ler esse livro! Mais uma resenha positiva que leio, e achei a história muito boa, e toda a questão da sexualidade dele, e essa relacionamento fofo a distância.
    Fiquei triste por perder a ótima promoção dele na saraiva (só vi depois de ter comprado alguns livros), mas com certeza irei ler.
    Com relação a adaptação eu também quero muito ver, e provavelmente verei nos cinemas.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catarina!
      Simon é tudo de booooooom, se eu pudesse eu panfletava sobre esse livro pro mundo inteiro. Ele merece toda a hype <3
      Assiste sim! Quanto mais gente assistir, maior a bilheteria e mais o mercado percebe como filmes da temática LGBT são importantes e merecem ganhar as telonas <3

      Beijos.

      Excluir
  11. Esse foi de fato um dos meus livros LGBT favoritos que li Eu adoro a história do Saimon e o livro é uma delicadeza maravilhosa eu quero muito conferir adaptação que vai ter para o cinema mas até porque eu adoro aquele ator desde que vi ele em Jurassic e eu comprei o meu exemplar esse livro agora no dia da mulher por 9 90 na Saraiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      É um livro muito sensível e adorável, fica com a gente por muito tempo, né? Dá até saudade dos personagens.

      Beijos.

      Excluir
  12. Oi Denise, tudo bem?

    Esse livro não me cativou desde quando foi lançado e eu acabei lendo algumas opiniões um pouco negativas sobre ele, o que acabou fazendo com que não nutrisse interesse na leitura, mas que bom que gostou de ler.
    Quem sabe daqui a pouco surge a curiosidade por aqui.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Tudo bom?
      Que pena que não chamou sua atenção :/ quem sabe o filme ajude!

      Beijos.

      Excluir
  13. Denise o filme vai ser lançado e eu ainda nem tive o prazer de ler o livro, que triste rsrs
    Mas vou tentar me segurar pra não ver o filme, preciso ler o livro antes.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!
      AAAAAAAA se tiver como assiste o filme no cinema sim, ele precisa de toda bilheteria possível <3 depois tu lê :P

      Beijos.

      Excluir
  14. Estou louca para ler esse livro e assistir o filme!! Acho que Simon deve sair do armário se ele sentir que quer, muitos tem medo de se assumir por causa da opinião dos outros, principalmente da família. Acho que se ele se sentir bem expondo sua opção sexual, deve assumir e viver sua vida forma que se sentir feliz!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!