Ships que mais me fizeram sofrer

  • 09:00
  • 22 de out. de 2019
  • Ships que mais me fizeram sofrer

    Depois de surtar com vários posts no Tumblr a respeito de Punisher (e de surtar com a Bianca sobre como shipper sofre demais) resolvi fazer uma listinha de casais que ferraram com o meu emocional de todas as maneiras possíveis porque se tem ship que faz a gente sofrer, tem outros que MEU DEUS DO CÉU, VIU?

    Essa listinha pode conter alguns spoilers das séries e livros mencionados; nada grandioso demais, só umas dicas do porque eu sofri tanto. Fica aí o aviso!

    Frank e Karen (Punisher)




    Já que foram o motivo de todo o surto, nada melhor do que começar o post com eles. O Frank foi apresentado na segunda temporada de Daredevil e já chegou como o tipo de anti-herói que você vai amar e vai sofrer por isso; aí a série resolveu que seria legal ele ter uma ligação emocional com a Karen Page e putz, bastou um olhar entre os dois e eu estava morta no chão.


    A ligação entre eles tem muito a ver com confiança e também com o fato de que os dois foram fodidos pela vida de diferentes maneiras, então se entendem nessas sombras que carregam e que ninguém mais consegue entender. É cada olhar intenso, cada troca de emoções, cada diálogo importante - e isso vai até a segunda temporada de Punisher, quando a série foi cancelada sem me dar um endgame definitivo pra Kastle. EU QUERIA SAIR NA VOADORA COM O EXECUTIVO DA NETFLIX QUE FEZ ESSA BALBÚRDIA!

    Vanessa e Ethan (Penny Dreadful)


    Do ranking de séries que mais pisou em mim e no meu papel de trouxa, PD tá no topo. Foi uma história impecável que merecia mais público e mais amor do próprio roteiro, já que o fim - apesar de ter me deixado satisfeita em alguns aspectos - foi bem aberto e xoxo pra tudo que tinha entregado até então. E Ethanessa entra nessa lista porque eu sofri por TRÊS TEMPORADAS pra ter UM ÚNICO MOMENTO DELES COMO CASAL OFICIAL e foi no MOMENTO MAIS SOFRÍVEL POSSÍVEL.


    Sabe aquele ship que define a palavra slow burn? Se você procurar no dicionário, vai encontrar Ethan e Vanessa. De uma amizade sutil para confiança mútua até um entender o que existe no espírito do outro, foi um dos ships mais lindos e sofredores e dolorosos que eu já acompanhei - e perdi a conta de quantas vezes mordi minha própria mão por frustração ou desespero em relação aos dois.

    Kaz e Inej (Six of Crows)
    Falando em slow burn que pisa em você... Esse aqui representa a nata dos casais que a autora deixa bem claro que NÃO TEM NENHUMA PRESSA em fazer acontecer. É bom e você sofre, mas fica feliz por isso; como todos os outros que citei, Kaz e Inej são esse exemplo de relação que começou na estranheza e de repente encontrou pontos em comum, seja pelo sofrimento ou por se entenderem tão bem.


    E aí o roteiro aponta pra eles e pensa "hm, vou deixar cozinhando aí". E cozinha. E te dá cenas pra rolar no chão. E cozinha mais. E de repente você só implora por um aperto de mãos, um beijo na bochecha, QUALQUER COISINHA PRA QUE ELES AVANCEM PORQUE ESTÁ CLARO QUE SE AMAM mas obviamente não vão fazer nada ainda. Dos ships que me matam, Kazinej tá no topo.

    Adam e Ronan (Os Garotos Corvos)
    Aqui é mais porque um é cabeçudo e teimoso e o outro é sofredor e teimoso além da usual enrolação de narrativa, já que a Maggie deixa bem claro que eles vão acontecer - só não avisa quando.


    Adam e Ronan são bastante marcados pelos seus traumas e isso influencia muito o modo como reagem ao mundo - e um ao outro. Por isso é desesperador e maravilhoso quando eles interagem e as coisas avançam, você grita internamente porque só quer que TUDO DÊ CERTO sem saber como pode dar certo. É aquele tipo de ship construído na base do angst mais puro e doloroso e você agradece aos céus por isso.

    Arin e Kestrel (Trilogia do Vencedor)
    Pra fechar com chave de DEUS DO CÉU POR QUE EU NASCI PRA SOFRER TANTO COM MEUS CASAIS??? meus filhos preciosos, Arin e Kestrel, que pisaram tanto em mim que virei farofa até o fim da trilogia.


    Pega tudo que eu mencionei de surto ali em cima e junta no liquidificador. É esse casal. Tem angst pra dar e vender, tem sorrisos discretos trocados, olhares intensos e significativos, aqueles toques mínimos e então um incêndio absurdo. Tem TUDO e muito mais e aí você junta com um plot de romance proibido porque existe uma rebelião nascendo e eles vivem em lados opostos - e todo um desenrolar de trama com a Kestrel percebendo isso e querendo reverter - e pronto, A DOR ESTÁ COMPLETA. Principalmente o livro 3, SEM OR CRISTO como eu sofri.

    E aí, me conta quais ships mais te fizeram rolar pelo chão de tanto sofrimento! Compartilha a dor com a gente.

    1. ai Vanessa e Ethan em PD, aliás essa série é um hino! estou pensando em rever

      www.tofucolorido.com.br
      www.facebook.com/blogtofucolorido

      ResponderExcluir
    2. Olá, Denise.
      Amei a postagem. Eu já nem sofro mais com isso porque vou lá no final e vejo se eles ficam juntos ou não hehe. Brincadeira. Não tem como escapar. Só conheço o primeiro casal, que com certeza também torcia porque eles tem muito a ver e o ultimo, que eu achei que não iam terminar juntos porque tava bem dificil hehe.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    3. Adorei sua postagem de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui e te agradeço por compartilhar...

      Beijos 😘.

      Meu Blog: Dicas da Web

      ResponderExcluir
    4. Oiii Denise

      Kaz e Inej são meu ship eterno, amo aquele casal memso depois de tantos livros conhecendo outros personagens e casais, aliás todos os casais de Six of Crows foram incríveis.

      Beijos

      www.derepentenoultimolivro.com

      ResponderExcluir
    5. QUEEEEEE
      Como assim a Karen não fica com o Demolidor? Menina, tô chocada! Eu parei na 2ª temporada e enrolei muito pra ver a terceira pq demorou quase dois anos pra sair, ai parei, mas tô CHOCADA!
      Só conheço esses mesmos, até tentei ler Os garotos corvos mas não tava entendendo anda e a narrativa não ajudou muito.
      Beijo
      https://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Oi Denise! Achei o tema do post ótimo! Mas infelizmente não conheço nenhum dos citados rsrsrsrs eu geralmente shippo certo nos livros e erro nas séries, é impressionante rsrsrsrs

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    7. Oi Denise! Tem uns que acabam com a gente mesmo, pior é quando o que você shippa e não dá certo. Eu sou vítima dessa armadilha. Bjos!! Cida
      Moonlight Books

      ResponderExcluir
    8. Vanessa e Ethan meus próprios pais!!
      Inej e Kaz sofro muito!
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.