Resenha: Cilada para um marquês #MLV2020

  • 09:00
  • 20 de jan. de 2020
  • Resenha: Cilada para um marquês

    Cilada para um marquês é o primeiro volume da trilogia Escândalos e Canalhas, da Sarah MacLean. Ela me foi muito indicada por quem curte romance de época, então resolvi dar uma chance pra ver se encontrava outra autora queridinha - e encontrei!


    Sinopse: Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares. Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela. No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço. O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada? Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

    A história segue Sophie Talbot. Sua família ascendeu a aristocracia recentemente, o que significa que boa parte da sociedade vê ela e suas irmãs com olhares muito atentos - e as irmãs Talbot respondem construindo um rastro de escândalos, um mais cabuloso do que o outro. Para Sophie, o posto de garota rebelde ainda não foi conquistado, mas acaba caindo sobre ela em um baile.

    Quando confronta uma situação ruim com seu cunhado, Sophie faz um escândalo e resolve fugir para deixar a sociedade - que detesta - e a crise para trás. Sua fuga, no entanto, envolve um marquês com reputação de canalha; e em vez de se afastar de novas crises, ela cria uma maior ainda - e que vai envolver seu coração também.

    Sarah MacLean com certeza ganhou seu espacinho no meu coração de leitora com essa história. Tal como a Tessa Dare e a Lisa Kleypas, ela está aí para provar que dá pra escrever romance de época com personagens femininas fortes e, principalmente, que se envolvem em relacionamentos saudáveis. Com todos os clichês do gênero e mais, mas mantendo um desenvolvimento sensato, que dá alegria de continuar a trama.

    Resenha: Cilada para um marquês

    Sophie, desde o princípio, se mostrou uma protagonista decidida, com personalidade marcante e presença cheia de força. Ela é doce e emocional, extremamente ligada à família e ao passado - quando viviam em uma cidadezinha longe de Londres e da aristocracia problemática - e é lá que espera reencontrar seu lar. É apaixonada por livros e pela liberdade que eles concedem; entende que os escândalos das irmãs são parte de quem elas são, do legado que construíram, e acaba aceitando participar disso se significa que vai ter controle sobre a própria vida.

    "Felicidade! É esse o cheiro dos livros. Felicidade. Por isso eu sempre quis ter uma livraria. Existe vida melhor do que vender felicidade?"

    Sua busca por pertencimento e independência são importantes para seu crescimento. Ela evolui notavelmente desde a primeira página, de uma garota acuada em um canto do salão até uma moça disposta a levar um tiro se puder proteger outras pessoas. Sophie aprende os limites de sua força e de suas escolhas, as consequências e conquistas que vêm com elas.

    Seu parceiro de aventura, ainda que ele não tenha planejado nada disso, é Rei. Um marquês cheio de sarcasmo e de carisma que encanta todo mundo por onde passa, independente dos escândalos que carrega - o que, ironicamente, também mostra a podridão da sociedade em que os dois vivem, já que ele não é diferente das irmãs de Sophie (só é julgado de maneira diferente por causa do seu gênero, como sempre).

    Resenha: Cilada para um marquês

    Rei foi um pouco difícil no começo. Não por ser insuportável ou respondão, mas porque não conseguia me ligar a ele com a Sophie tão em destaque. Conforme se aproximou dela e começou a se abrir, deixando o escudo de provocações e picuinhas de lado para conviver amigavelmente com ela, passei a gostar muito mais dele - para, no fim, estar me importando bastante. Não foi um dos meus mocinhos de época favoritos, mas com certeza tem seu charme e seu encanto; teimoso como uma porta que dá vontade de gritar, mas dá pra gostar.

    "Você não faz ideia do que eu mereço." 
    "Eu sei que você merece mais do que isso."

    O relacionamento entre os dois é o básico de sempre: eles se detestam e não suportam a presença um do outro até que começam a se entender e então flertar e de repente estão se pegando, mas alguma coisa os impede de concretizar isso em forma de amor. O drama foi interessante; diferente do que eu esperava, conseguiu me surpreender com uma revelação ali no fim. Foi um mistério moldado em teimosia e em rancor e serviu para explicar a aura em volta do passado do Rei.

    As irmãs Talbot me ganharam demais, então mal posso esperar para ler mais a respeito delas. Seraphina, principalmente, teve alguns momentos surpreendentes e divertidos, apesar de tudo que ela vem vivendo. A relação da Sophie com as irmãs é muito doce e amável, o tipo de relação familiar gostosa de acompanhar.

    Resenha: Cilada para um marquês

    A edição da Gutenberg é muito linda, com tradução e diagramação impecáveis. Alguns errinhos escaparam da revisão, mas nada incômodo demais - eu AMO as capas da editora para os seus romances de época, e com o box da trilogia não foi diferente.

    Cilada para um marquês é aquele tipo de romance para desestressar, fazer sorrir e emocionar em momentos inesperados. Tem protagonistas simpáticos e uma história de amor escorregadia muito bem desenvolvida.


    Título original: The rogue not taken
    Autora: Sarah MacLean
    Tradutor: A C Reis
    Editora: Gutenberg
    Gênero: Romance de época
    Nota: 4

    1. Oi Denise, eu amo os livros da Sarah, as protagonistas dela são demais. As irmãs são ótimas e eu super me apaixonei pelo casal, mesmo o protagonista sendo idiota rsrsrs O segundo livro é mais morno, mas não desista, o terceiro é o mais intenso de todos, o preferido de muita gente.

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    2. Sophie razão da minha vida!
      Eu amei esse livro, achei ele mega divertido por causa da protagonista, mas confesso que o terceiro é meu favorito, por que conta a história da Seraphine, e eu adoro uma redenção hahaha
      Beijo!
      https://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Sabia que a Sarah não ia te decepcionar! Ainda tenho que conferir essa série, ainda mais agora que fiquei curiosa com esse empecilho deles.
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

      ResponderExcluir
    4. Oi Nizz!
      Confesso que os romances dessa autora nao me chamam atencao, infelizmente. Apesar dos casais fofos, ainda sim, as premissas me parecem bem clichezonas de outros que ja vi. Mas quero muito ler Tessa esse ano.

      Abraços
      Emerson
      http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    5. Eu leio essas resenhas e vejo que você escreve bem porque fico curiosa haha
      Beijinhos ;*

      Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

      ResponderExcluir
    6. Olá, Denise.
      A Sarah era minha autora favorita do gênero até eu conhecer a Tessa hehe. Mas ainda amo ela. E você começou pelo final. Essa é a terceira série dela. E temos crossover em todos os livros da três séries.

      Prefácio

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.