Tem muito livro novo por aí? Tem sim, senhoras e senhores! Tem distopia, ficção e até mais biografia. A editora Novo Conceito está com lançamentos para todos os gostos. Quem aí quer conhecer? Vem com a gente!



Imperfeitos (Cecelia Ahern)
Sinopse: Celestine North vive em uma sociedade que rejeita a imperfeição. Todos aqueles que praticam algum ato julgado como errado são marcados para sempre, rechaçados da comunidade, seres não merecedores de compaixão.
Por isso, Celestine procura viver uma vida perfeita. Ela é um exemplo de filha e de irmã, é uma aluna excepcional, bem quista por todos do colégio, além do mais, ela namora Art Crevan, filho da autoridade máxima da cidade, o juiz Crevan.
Em meio a essa vida perfeita, Celestine se encontra em uma situação incomum, que a faz tomar uma decisão instintiva. Ela faz uma escolha que pode mudar o futuro dela e das pessoas a seu redor.
Ela pode ser presa? Ela pode ser marcada? Ela poderá se tornar, do dia para a noite Imperfeita?

Gênero: Distopia
Onde adquirir



Heróis da Internet (Renan Carvalho e Ítalo Matheus)
Sinopse: Italo Matheus possui a Imaginação Alpha, um tipo de mente capaz de alterar a programação do Mundo da Nuvem. Quando Patrono, um programa de computador, sai do controle e aprisiona praticamente todas as crianças no mundo virtual – inclusive o irmão mais novo de Italo –, ele é escalado para salvar a internet e reestabelecer a ordem nessa outra realidade. 
Para isso, Italo contará com a ajuda de um grupo nada comum: uma cadeirante especialista em artes marciais, um velocista com asma, um obeso que pode carregar toneladas e uma míope com pontaria invejável. Crianças que aparentam ser nerds desajeitados, mas que no Mundo da Nuvem, são verdadeiros heróis.
Agora eles precisam aprender a trabalhar juntos para vencer os jogos de Patrono. E durante a sua maior aventura, Italo perceberá que seus companheiros, apesar de diferentes, poderão ensinar a ele muito mais do que imaginava.

Gênero: Ficção; infanto-juvenil
Onde adquirir



Eu Fico Loko 3 (Christian Figueiredo)
Sinopse: Vocês já conhecem bastante da minha trajetória. Todas as aventuras que relatei no primeiro livro, e boa parte da minha adolescência no segundo. Então, o que faltava? Contar os segredos dos bastidores! E muito mais do que isso, um livro feito sobre os meus fãs!
Mas eu também tenho os meus ídolos e foi muita sorte conhecê-los. Cada um desses encontros foi um grande acontecimento em minha vida, e guardei alguns deles para vocês aqui.
Neste livro, eu conto sobre algumas das minhas viagens, os meus projetos para a televisão, a insegurança de pisar num palco de teatro, um episódio muito louco no hotel, a gravação do meu primeiro filme... Enfim, tudo reunido em páginas que vão mostrar que a vida de um influenciador digital pode ser mais emocionante do que vocês imaginam.
Onde adqurir

Um dos lançamentos da editora Globo Alt, A Garota Dele chegou para nós de cortesia e se mostrou uma grata surpresa. Uma história que aborda temas tensos e importantes com uma narrativa simples e leve.


Sinopse: Vic Salazar é conhecido por quebrar todas as regras. Ele não se importa com as normas sociais e vive causando problemas. Existe apenas um princípio que ele não é capaz de infringir: mesmo que esteja apaixonado por Monika Fox há anos, ele sufoca esse sentimento porque ela é a namorada do seu melhor amigo, Trey. Mas quando uma desgraça acontece, Vic e Monika serão obrigados a romper a distância que mantêm um do outro e será cada vez mais difícil esconder a conexão que existe entre eles. Tentar fazer a coisa certa nem sempre é fácil, ainda mais quando tantos segredos estão sendo escondidos.

O livro se divide entre os pontos de vista do Victor, um encrenqueiro do colégio que não está muito aí para a vida, e a Monika, a garota por quem ele é apaixonado - coincidentemente, a namorada do melhor amigo dele.  Quando um acidente envolvendo segredos de ambos os lados explode na vida dos dois, os dramas sobre aceitação e sobre confiança abalam a amizade e a ligação que existe entre eles, mas também criam um possível novo recomeço.



A história vai muito além de um simples drama adolescente; envolve mentiras e uma trama mais obscura com drogas e tráfico. Os problemas familiares do Vic tratam de abuso, e a Monika tem um drama com saúde e o corpo dela. É uma trama simples mascarando coisas sinistras da vida.

Victor é o típico bad boy de mal com a vida. Ele é um jogador de futebol com carreira promissora, conhecido pelo humor explosivo e pelas reações violentas. Ele é melhor amigo do Trey e é apaixonado pela namorada dele. Victor se contém muito quando se trata da Monika, e isso acaba criando vários conflitos entre os dois conforme a trama avança. Ele é um rapaz sombrio pela vida de abusos físicos e psicológicos que sofre na família - o pai é muito exigente e essa exigência acaba transtornando o Vic na maior parte do tempo. Victor não é babaca, o que eu agradeci aos céus conforme avançava a leitura, porque personagens com o tipo de personalidade dele tendem a se esconder atrás de atitudes muito idiotas só pela desculpa de "minha vida é uma merda, então eu também sou".

Ele é só um garoto com medo das consequências de um erro, ainda que o erro não seja dele e você saiba disso durante todo o livro. Victor também tem uma aura sedutora que atravessa as páginas. Ele é o tipo de personagem pra amar e apenas amar até o fim dos tempos.





Sempre dou um jeito. Trey usa suas palavras. Eu uso meus punhos.

É aí que entra a Monika. A garota de futuro promissor é a responsável por segurar o segredo que desenrola o mistério do acidente. Ela é só uma líder de torcida com problemas no relacionamento, mas de repente é a garota consciente do Vic e possivelmente apaixonada por ele também. A amizade dos dois se baseia muito em sutilezas, mas com a trama avançando, se torna mais explosiva e intensa por causa das situações em que são colocados. A Monika é bem forte e gosta de provar essa força para os outros - por causa do seu problema de saúde, ela odeia se passar por frágil - mas às vezes suas atitudes a colocam em risco exatamente por essa necessidade de provação. Eu gostei muito do desenvolvimento da Monika, das escolhas e das respostas dela a essas escolhas.


Alguém precisa ensinar a Victor Salazar que brigar e sorrir não devem se misturar. Nunca.


O ship em si demora a acontecer, até porque tem o drama com o Trey e o Victor se retraindo e se segurando porque a Monika é a namorada do cara que é quase um irmão pra ele. Não encontrei nenhuma forçação de barra durante a narrativa e amei o livro por causa disso; tudo se desenvolve da maneira certa, na hora certa. Monika encontra a própria força e se prova por isso, Victor entende seus traumas e começa a aceitar que precisa deles para crescer. Os dois se aproximam e encontram apoio um no outro. Monika ainda está descobrindo o amor pelo rapaz, mas o Vic é completamente apaixonado por ela - e as trocas de pontos de vista exemplificam isso muito bem.



A única garota que eu quero é a única que não posso ter. A garota dele.

Por ser o segundo da série, o livro já trouxe um casal que se formou no primeiro livro. AMEI OS DOIS E AMEI SABER QUE ELES DERAM CERTO! Outros problemas como a saúde da Monika e a família do Vic ganharam um destaque interessante - e aqui eu tenho que criticar o Victor pela superproteção machista em cima da irmã mais nova. Corazón, eu te amo mais do que lasanha, mas a sua irmã sai com quem ela quiser, tu não tem nada que ficar metendo a fuça nos assuntos dela!

Outra personagem muito interessante foi a Isa, prima do Victor. Ela é dona de uma oficina mecânica, herdada do antigo proprietário porque ele confiava nela para continuar o negócio, e a Isa tem toda essa determinação em colocar a oficina para cima mesmo com tantas dívidas e problemas. Ela foi membro de uma gangue mexicana e tem uma personalidade poderosa, sempre batendo de frente com o Vic. Perder o amor da vida dela deixou a Isa com medo de abrir o coração de novo, e as consequências disso a atormentam, principalmente por ela ter um potencial interesse amoroso muito fofo!





- Um dia você vai acordar e perceber que está desperdiçando sua vida com seu medo.

A edição da Globo Alt é perfeita, diagramação e fonte confortáveis para a leitura. A capa é linda e o trabalho gráfico nela mais ainda. A Garota Dele é um NA agradável e rápido de ler. Conta uma história simples, mas que mascara dramas da juventude de hoje em dia.

Título original: Wild Crush (Wild Cards #2)
Autora: Simone Elkeles
Editora: Globo Alt
Gênero: New Adult / Romance
Nota: 4

Saiba Mais: Skoob | Saraiva
TAG: Que livro é Esse?


Hoje é dia de TAG e a do momento é a Que Livro é Esse? Que eu (Bianca) e Denise gravamos durante a Bienal do Livro de 2016.

Eu sei, eu sei. Estamos atrasadasssssssssss com o vídeo. Mas ainda tem mais material da Bienal passando pela triagem e pela edição (e a gente é péssima nessas coisas, mds!) então, não percam as esperanças. Ainda vem mais coisa para o blog!

A Tag Que Livro é Esse? consiste em descobrir com o livro só passando a mão pela capa, porque você está de olhos fechados -- e aparentemente pode ter até 3 dicas. Dessa vez ele ficou curtinho (dez minutos é curto, né?) então você assiste bem rapidinho!


E se você ficou interessado em algum livro do vídeo, pode comprar pelo menos preço nos links abaixo e ajudar a manter o blog!

O Beijo de Sangue - Legados da Irmandade da Adaga Negra (JR Ward)
Eu Vejo Kate - O Despertar de um Serial Killer (Claudia Lemes)
A Maldição do Vencedor (Mari Rutkoski)
A Princesa da Lapa (Danilo Barbosa) 
Corpo Estranho (MT Dorrenberg)

Só o livro da Thais Lopes que você pode comprar o e-book aqui na Amazon ou o livro direto com a autora, no facebook.


Desejo Insaciável é o primeiro livro da série Os Imortais, da autora Kresley Cole. A história é um romance sobrenatural que mistura sexo e erotismo com diversos seres místicos e sobrenaturais como vampiros, lobisomens, valquírias, demônios e muito mais. No Brasil está sendo publicado pela editora Valentina, que nos cedeu um exemplar para resenha.

Sinopse: A lenda de um feroz lobisomem e uma encantadora vampira – improváveis almas gêmeas cuja paixão testará os limites da vida e da morte.Um incansável guerreiro mítico. Nada o deterá até que possua a... Depois de suportar anos a fio torturas constantes comandadas pela Horda dos vampiros, Lachlain MacRieve, líder do clã dos Lykae, fica enfurecido ao descobrir que sua parceira, há tanto tempo profetizada e pela qual espera há mais de um milênio, é uma vampira, assim como seus captores. Na verdade, Emmaline Troy é metade Valquíria, metade vampira. Jovem delicada e etérea que, com seu jeito todo especial de ser, é a única que pode suavizar a fúria que incendeia o faminto Lykae. Uma vampira prisioneira de sua fantasia mais selvagem... A doce Emmaline decide sair pelo mundo em busca da verdade sobre seus pais desaparecidos. Em Paris, um poderoso espécime Lykae a encontra, determina que ela será a sua parceira por toda a eternidade e a leva para o castelo escocês dos seus ancestrais. Lá, o pavor que Emmaline sente do Lykae – e da sua insaciável fome de prazer – faz com que ele inicie um lento e envolvente jogo de sedução e ela liberte suas mais sombrias fantasias.

Emma é uma híbrida, sua mãe era uma Valquíria e seu pai um vampiro a quem ela nunca conheceu. E é atrás de pistas sobre ele que ela foi quando resolveu se aventurar para longe da proteção de sua família, seu coven, e viajar à Paris. As coisas já não iam muito bem para ela quando tudo pareceu piorar, porque absolutamente do nada e jogando tudo que havia a sua frente para o alto, um homem de quase dois metros de altura se aproximava na direção dela gritando "você". 

A garota podia até ter sangue de Válquiria, ter sido criada e treinada por elas, mas se existe algo que Emma não tinha era o apetite das mesmas para a guerra. Sendo assim, ela fez a única coisa de que era capaz: correu. 

Lachlain é o rei dos Lykae e viveu aprisionado no inferno pelos últimos cento e cinquenta anos, então quando ele sente o cheiro daquela que lhe foi prometida, a sua alma gêmea, sua mente ainda não está totalmente sã quando o lobisomem começa a perseguir sua parceira pelas ruas de Paris. Ela estar fugindo dele, também não é algo que ajude em sua sanidade. Mas o pior de tudo é o que ele descobre quando finalmente consegue a alcançar, sentir suas curvas e tê-la em seus braços: sua parceira era uma vampira. Depois de esperar por mais de um milênio por aquela que o faria feliz, ele finalmente a encontra apenas para descobrir que ela era uma assassina, fria e dependente de sangue. Uma inimiga.

E é neste momento que se inicia toda a aventura e romance do livro, e também a cena que já me fez desgostar da história logo nos primeiros capítulos.

A ideia da autora ficou bem clara e eu entendo que quando você se dispõe a ler determinados gêneros de livros é preciso que você saiba que alguns clichês e padrões existem, e concessões precisarão ser feitas. Mas não existe a mínima possibilidade de que eu - sendo a mulher e leitora que sou hoje - consiga ou queira ignorar determinados fatos sobre esta história: não vou ignorar um relacionamento abusivo, tanto psicológico quanto até mesmo físico em determinados momentos nos quais ele impõe sua vontade à força, não vou ignorar o abuso - novamente, tanto psicológico e emocional quanto físico - e não vou, de modo algum, ignorar estupro.

Forçar uma mulher a ficar nua quando ela não quer não é romântico. Impor sua nudez a alguém não é correto. Tocar uma mulher e induzi-la a um orgasmo - mesmo que isso esteja a dando prazer - sem que ela lhe dê permissão não é sensual. Forçar uma mulher a beber para deixá-la excitada e sem tantas restrições à seu toque não é erótico: é estupro. 

Acredito que as pessoas não tenham muita noção do que é ou não estupro, e esta resenha não está aqui para discutir o assunto em sua íntegra, mas gostaria de deixar claro que estupro não é apenas o ato de penetrar a mulher sem a permissão consensual da mesma. E se você achou qualquer uma das situações citadas acima normais, talvez você devesse pesquisar um pouco mais sobre o tema.


Quanto ao livro posso dizer que finalizei a leitura porque eu queria ver até onde iria e porque a história de fundo é realmente muito interessante. Provavelmente vou ler o próximo livro da série para ver se consigo seguir com a mesma, pela história, e simplesmente fingir que o primeiro livro nunca existiu. Tendo sido minha primeira experiência com a autora não sei se este é o perfil que ela segue no quesito romântico/erótico ou se foi apenas uma abominação e poderei seguir em frente.

Desejo Insaciável tinha todos os pontos para ser o meu mais novo queridinho e uma das melhores leituras que fiz nos últimos meses, mas falhou miseravelmente quando por se tratar de um livro erótico sobrenatural resolveu apelar para o machismo, o abuso e a banalização da violência contra a mulher. 

Não existe prazer em uma leitura onde não existe respeito, e por isso Desejo Insaciável foi simplesmente broxante.

Título original: A hunger like no other - The Immortals After Dark
Autora: Kresley Cole
Editora: Valentina
Gênero: romance sobrenatural, erótico
Nota: 2,5

Saiba mais: Skoob | Buscapé
6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

Sabe quando você adora uma série, mas não consegue mais suportar um personagem por lá? Então, eu separei os 6 personagens mais insuportáveis das séries para a postagem de hoje e não me arrependendo de nada.

Porque se tem uma coisa que eu queria fazer, era dar um belo de um bitch slap com luva de pelica na cara de todos esses seis!

Lembrando que a lista é baseada na minha experiência pessoal com as séries. Quero saber qual a listinha de vocês, também!

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

6. Sid (Skins UK)
Vamos ser sinceros, muita gente amaaaaaaa o ship Sid/Cassie da primeira geração de Skins. Mas não dá pra negar a babaquice inerente a ele né? Primeiro como ele trata a Cassie, do tipo "já que não posso ficar com a menina que eu quero, vou ficar com você mesmo, vai que rola né", sem contar no estado mental frágil em que a Cassie se encontra. Uma pessoa como ela não deveria ter que lidar com alguém como o Sid, que está mais preocupado em conquistar a Michelle do que realmente por algum esforço no relacionamento que tem com a Cassie.
E nem adianta citar o fim deles na última temporada da primeira geração. É romântico nada. Me soou tanto como "não tenho mais ninguém". Aff, não podia ver esse menino aparecer que já me dava uns embrulhos. É fofinho ver a Cassie feliz com ele? É. Mas só shippei mesmo porque acho a Cassie oh, so lovely!

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

5. Matt Casey (Chicago Fire)
Eu já dediquei um pedaço do Up and Down #67 a esse que é o pior personagem de Chicago Fire. Péssimo amigo, péssimo líder. Ele manda o povo engolir o choro e a culpa ou pedir demissão, ele tá nem ai se a depressão vai levar ele ao suicídio, ele compara ser provocado em uma briga boba com assédio sexual (mesmo que verbal), ele deixa a mulher que ele ~ama~ na mão em momentos críticos. Nossa, o que não me falta é crítica ao Matt. Tenho até medo de dizer que mais insuportável não fica, porque né, SEMPRE DÁ PRA FICAR.

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

4. Marissa Cooper (The OC)
The OC foi uma das primeiras séries adolescente que eu vi. Obviamente morri de amores por Seth e Summer, apesar de tudo, gostei muito do Sandy e da Kirsten e também do Ryan. Mas a Marissa...
Ok, eu entendo os problemas dela das duas primeiras temporadas. Realmente ela não podia ser muito diferente da pessoa perturbada que era, mas na terceira temporada foi simplesmente esdrúxulo e desnecessário e foi como se estivessem mesmo tentando ACABAR com a personagem.
Não tinha nem passado a metade da temporada eu já não aguentava mais o drama dela, e todo aquele lance com o Johnny? KILL ME NOW. Foi tão insuportável, mas tão insuportável, que a terceira temporada de The OC é uma das que eu mais odeio na vida, e a culpa é toda dela.
Tanto que a quarta e última temporada do seriado foi a minha favorita.

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

3. Rumple/Mr. Gold (Once Upon a Time)
Vamos soletrar relacionamento abusivo? R-U-M-B-E-L-L-E!
O Rumple começa a série como um ótimo vilão. Até a terceira temporada estava tudo ótimo. Tudo seguindo uma linha coerente e tal. Mas ai começou a palhaçada de mata rumple/traz de volta/mata rumple/traz de volta. Sério?
Once Upon a Time veio para dizer que ninguém é vilão para sempre, que todo mundo pode ser herói. E fez um ótimo trabalho com personagens como a Evil Queen (Regina Mills) e o Capitão Hook (Killian Jones). Mas fez um péssimo trabalho com o Rumple a partir do momento em que eles não desistem de fazê-lo um vilão. Tudo que ele faz tem segundas intenções que vão beneficiar diretamente a ele, mesmo o relacionamento dele e da Belle não é prioridade para ele (e é sim um relacionamento abusivo quando você mente descaradamente e tenta controlar a todo momento a pessoa que você ~ama).  Até a terceira temporada ele era um personagem que vali a pena. No começo da quarta até deram uma engana, mas depois se escumbalhou e NINGUÉM AGUENTA MAIS (ou ao menos, ninguém deveria). 99,9% do fato de eu ter abandonado a série na temporada da Dark Swan foi o Rumple. Não dá mais para suportar.

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

2. Chris (Fear The Walking Dead)
LOOK AT THE FLOWER, CHRIS? Cadê a Carol para acabar com o nosso sofrimento nessa série?
O menino até que começou bem e ai a gente ficou imaginando que talvez ele fosse dar uma de Carl. Mas nop, ele é só um psicopata que, agora, está vivendo em um mundo dos mortos, sem lei e regras. E ao lado de um pai tão ou mais insuportável do que ele (sério Travis? é os mortos ou você, não dá cara). O menino perde as estribeiras no final da primeira temporada e nos primeiros episódios da segunda você até fica "Ok, vamos dar uma chance, é o luto". Mas ai depois você só quer jogar ele do convés do Abigail. Alimentar todos os zumbis com ele. PELO AMOR DE DEUS, ALGUÉM SÓ PARA ESSE MOLEQUE, não aguento mais. SOS.

6 Personagens Mais Insuportáveis da Séries

1. Rachel Barry (Glee)
Ai. Meu. Deus.
Não existe personagem mais insuportável que a Rachel. A patinho feio, sonhadora e super talentosa líder do clube Glee, New Directions. Todo mundo sempre que a Rachel é irritante, mas na verdade ela é insuportável. Ela acha que por ser talentoso, merece mais do que os colegas (que são tão ou mais telentosos que ela) e toda vez que alguém fala alguma verdade para ela, lá vai a Rachel se posicionar como vítima. Meu deus, todo mundo odeia ela! Meu deus, ninguém quer que ela alcance os sonhos dela! O egoísmo e o egocentrismo dela fizeram com que fosse impossível, para mim, sentir qualquer simpatia OU empatia por ela. 
Ganhou o primeiro lugar dessa lista em disparada!
Porque tem muito livro nacional bom que merece destaque, resolvi trazer uma série de posts com indicações da nossa literatura contemporânea! Vai ter fantasia, romance, histórico, tudo e um pouco mais só pra mostrar a riqueza do que nossos escritores e escritoras têm produzido pra gente.

Foto da Keila Gon.
Vou começar essa série indicando a Trilogia Cores, da autora Keila Gon. Cores de Outono, Sombras da Primavera e Luz de Inverno compõe a série. Tem um toque de fantasia urbana, mexe com magia e elementos místicos e tem um romance arrebatador - impossível ler e não se apaixonar pelo casal principal.

Em resumo, a trilogia Cores conta a história da Melissa. Depois da morte dos pais, ela fica encarregada de cuidar da irmãzinha, e se muda para uma cidade à beira da montanha buscando um recomeço. Lá, ela encontra um misterioso homem de olhos violeta e começa a descobrir que existe mais a respeito desse mundo do que é de seu conhecimento.

Já li o primeiro volume e tenho comigo os outros dois para ler em breve. A escrita da Keila é rica em detalhes e em emoções, do tipo que te prende do início ao fim. Os personagens são ricos, bem reais e muitíssimo trabalhados. A Melissa é a típica protagonista perdida, mas nem por isso se mostra irritante. A jornada de crescimento dela é muito grandiosa. Seu interesse amoroso, Vincent, é uma mistura de Fera (da Bela e a Fera) com todos os personagens masculinos de passado obscuro e misterioso que você possa imaginar. SIM, O CARA É APAIXONANTE!


A trilogia ganhou segunda edição pela editora Mundo Uno, parceira aqui do blog. O terceiro volume foi lançado em edição física esse ano, e a editora vai republicar os outros dois em 2017! Por enquanto, se quiser conferir as obras, elas estão disponíveis em e-book lá na Amazon. Abaixo deixarei os links junto às descrições das histórias.

Cores de Outono
Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino...

Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração.
Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração.


Sombras da Primavera
Sinopse: Amor, escolha, compromisso...

No segundo volume da saga, Melissa e Vincent lutam para perseverar em suas promessas e arriscam suas vidas para encontrar uma resposta... Quem controla o coração? O medo ou o amor? 
Conflitos agitam a frágil realidade do Mundo Físico, enquanto intrigas se multiplicam em um Mundo Mágico, inóspito, onde nem tudo é o que parece ser. Amizades improváveis surpreendem com novas alianças; maldições e traições colocam o perigo perto de quem se ama. Sombra e Luz estão em confronto mais uma vez... entre dificuldades e perdas, a esperança renasce com uma surpreendente descoberta e apenas a herança de uma linhagem única poderá mudar o rumo dessa história.
Melissa e Vincent confiaram no destino, agora, precisam confiar na força deste amor.
Sombras da Primavera é a eletrizante continuação de Cores de Outono.
A trama criada por Keila Gon torna-se ainda mais profunda e reveladora neste segundo volume. Com uma narrativa atraente e inspiradora, cenários fantásticos e personagens impactantes, Sombras faz o leitor mergulhar em um território desconhecido, aterrorizante, mas também, encantador. 


Luz de Inverno
Sinopse: Poder, lealdade, esperança... Um amor escolhido pelo destino venceu as sombras e agora descobrirá seu poder.

Cores: uma história que ganhou vida em palavras; almejou o impossível, encantou e emocionou leitores, chega agora ao seu final. No último volume da trilogia, a verdade chegará iluminada por confrontos decisivos. O amor de Melissa e Vincent se fortalece, mas sua união desperta o interesse pelo poder. Esta herança promete ser o novo alicerce para o Mundo Mágico, a diferença entre vitória e derrota... O desejo de que o futuro seja apenas o começo.
Inspire-se com esta jornada entre Sombra e Luz, e descubra, junto com Vincent e Melissa, a magia escondida no amor.

Eu não tenho um, eu tenho vários amores literários. Vocês conheceram os namorados da Bibs na tag do Namorado Fictício, e agora vão conhecer os meus crushs favoritos. Esta lista não tem meus amores literários femininos porque vou fazer outra lista pra falar sobre elas, até porque meu coração é cheio de espaço e de personagens maravilhosos.

Obviamente que esta lista não está em ordem de favoritismo, porque todos são meus favoritos.

Levi - Fangirl
Sensível, compreensível e extremante deslocado. Levi foi uma fofura do começo ao fim. Extremamente dedicado à Cath, ainda que com seus erros e deslizes, Levi era um rapaz apaixonado incrivelmente real. Sua personalidade é a do tipo que pode-se encontrar por aí, em pessoas mágicas que fazem seu dia mais feliz. Levi é doce e inesquecível por ser, basicamente, o Levi.


Dimitri Belikov - Vampire Academy
Ah meu guardião favorito! Dimitri Belikov é um nome que, por si só, já rouba um pouco do seu fôlego e do seu coração. Seis livros, algumas participações em Bloodlines, e eu ainda fico boba sempre que ele aparece em cena. Dimitri é um dos coadjuvantes da série, e se você ainda não leu, não sei o que está fazendo da sua vida! Ele é honrado, responsável, mas extremamente emotivo e dedicado ao seu amor. A força do romance dele com sua Roza é inexplicável, e depois de lê-lo, você só quer ter um Belikov ao seu lado pra chamar de seu.

MAIS UM FOFO QUE ACABA COMIGO! Levi é deslocado e Cricket é desajeitado, mas ambos são sensíveis e gentis ao extremo. Cricket é um dos poucos, se não o único, que entende Lola completamente. Ele sabe lê-la, sabe analisá-la, sabe compreender tudo o que ela está sentindo, e por isso ele é importante. A sensibilidade e sua empatia com a garota por quem ele está perdidamente apaixonado fazem de Cricket um dos mocinhos mais amáveis de romances que já li.


Varen - Nevermore
Saio dos moços fofos e guardiões fortões para um rapaz gótico totalmente ligado a um mundo obscuro. Não que isso tire o romantismo de Varen; ele é misterioso e charmoso e quebrado, e por isso tão querido. A conexão entre Varen e a Isobel se deve ao fato de ela ser a luz para a escuridão dele. Ela o entende, mesmo quando ele não consegue se entender. Ela o deseja, mesmo quando ele não entende porque é desejável. Ele a ama, mesmo condenado a um mundo de horror. E ele é meu menino sombrio perdido que merece muito amor.


Jem Carstairs - As Peças Infernais
Meu precioso amado por todos apaixonado por muitos sofredor por tudo que existe. JAMES CARSTAIRS é um dos personagens mais dignos já criados por Cassandra Clare, uma das melhores almas que já encontrei na literatura, e definitivamente faz parte dos meus amores literários que nunca morrerão. Jem é puro em todo o seu ser, extremamente atencioso e dedicado às pessoas, em especial à Tessa e Will, que são os donos do seu coração. E tudo isso contribui para que eu o ame mais do que a minha própria vida.

Meu bebê precioso e quebrado pelo mundo, manipulador sombrio carregado de dores que sofreu tanto no passado e aprendeu a responder na mesma moeda! O jovem é considerado quase um rei do crime em Kerch, e é ambicioso a ponto de sonhar sempre com mais. Sua ambição coloca todos os seus seguidores em situações extremas, mas é essa vontade de se arriscar por mais que o torna tão precioso para o mundo; ele viveu o inferno, mas aprendeu a responder a ele. E o Kaz também tem o melhor ship de todos dentro do universo do livro, então pense em mim rolando pelo chão enquanto lia essa criatura.

Remus Lupin - Harry Potter
REMUS JOHN LUPIN, você ganhou o meu amor na primeira página e teve ele until the very end. E muito depois disso. O professor e companheiro de luta, o maroto, melhor amigo e marido, o pai e vítima. Remus é tudo, é um dos personagens que teve uma das mais belas e trágicas construções em todos os livros que já li, e é um dos personagens que eu mais amei e mais vou amar até o fim dos tempos.

E aí, gente? Quais são os seus amores literários?

Autor: Kresley Cole
Editora: Valentina
Número de Páginas: 348

PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:

- Emma sibilou, me deu tapas fortes e me assustou tanto que eu acabei soltando-a.

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
O livro conta a história da Emma que é metade vampira e metade Valquíria e de como ela passou de uma simples viagem à Paris em busca de respostas sobre sua origem até a presente situação: sequestrada por um Lykae extremamente bonito, forte e selvagem, que parece não ter muito controle sobre si mesmo e oscila entre um aparente desejo insaciável por ela e um ódio e nojo incontroláveis.

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Não to sabendo lidar. Quando vi a primeira vez sobre o livro fiquei super empolgada na esperança de que fosse virar minha nova série amorzinho, no melhor estilo Irmandade da Adaga Negra e depois Lords os the Underworld (que é ainda melhor do que IAN!). Mas eu estava tão errada. Os primeiros capítulos meio que acabaram com a história pra mim. Juro que eu entendo que é um romance sobrenatural, que tem o lado erótico, as questões das raças e tudo o mais - por favor eu AMO esse tipo de livro -, mas não dá pra lidar com os acontecimentos das primeiras páginas e achar que tá tudo ok. 

O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
A Emma é um clichê em forma de personagem. Alguém chama a Drew Berrymore porque temos mais um caso de "nunca fui beijada". Gosto do lado medroso dela e de como isso justifica algumas das ações que ela tem, a ideia de que ela faria qualquer coisa para evitar a dor. Mas pelo amor da deusa vá ser trouxa assim longe de mim, por favor. Ou você está sendo sequestrada e vivendo uma situação de abuso ou você decide mandar tudo às favas e abraçar a situação, ficar entre as duas coisas não dá. Sinceramente eu espero melhorias por parte dela, principalmente depois de certo flashback da página 100, porque Emma, amiga, me ajuda a te ajudar!

MELHORES QUOTES (ATÉ A PÁGINA 100):

A audácia criava reis, e chegara o momento de ele recuperar sua coroa.
Mesmo assim, seus olhos continuaram fixos nos dela, como se dissesem: Estou olhando para aquilo que quero. 

VAI CONTINUAR LENDO?
Vou. Eu gosto deste gênero de livro e quero saber como a história vai se desenrolar, principalmente para descobrir se posso continuar apostando na série e fingir que este primeiro nunca existiu (estou na esperança que cada livro seja um casal diferente) ou se vou ter de me dar por vencida. 

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA 100:

"O mal menor pelo qual tinham optado acabara por moldar todos os dias que se seguiram na sua vida."


Recebido em parceria com a Mundo Uno Editora, Guardião? é um spin-off de 136 páginas da série Uma Geração. Todas as Decisões, escrito pela autora Eleonor Hertzog. E devo dizer que estou muito feliz, por motivos de: todas as expectativas que coloquei na escrita da Eleonor foram correspondidas.

Sinopse: Vida e morte
Dia e noite
Sombra e luz
A cada verso, seu reverso.
A cada ação, sua reação.
A cada poder... Seu preço!
Seu poder é gigantesco, meu jovem.
Por isso, você é o Guardião.
Na verdade, você é mais do que um simples Guardião.
Mas...
E se o preço do seu poder for a vida de quem você ama?

Na trama, iremos acompanhar a vida de Steve Breterech, um exímio lutador, dono de olhos furta-cor - que variam a cor de acordo com suas emoções - e de uma beleza fora do comum. Isso tudo somado à inteligência que o fez tirar uma das maiores notas na Escola Avançada de Champ-Bleux (uma escola de ciência superficiana). Não só isso, nosso protagonista também é o guardião do príncipe do Palácio de Sarad, Harmon.


Steve havia demorado a entender que, quando se tratava da segurança do Herdeiro de Sarah, o Guardião estava legalmente à margem da lei. Podia matar, esquartejar e trucidar sem dar explicações. Tinha autoridade para dar ordens a qualquer um."
Mas Steve Breterech era muito mais do que sua aparência extremamente incomum.

E como bem sabemos, as flores acabam quando tudo parece estar bem. Nosso protagonista, na verdade, possui um passado sinistro, cheio de segredos e reviravoltas. Seu sangue pertence a uma antiga linhagem muito poderosa, ameaçada em conflitos que fizeram Steve ser o que é agora. Marcas de seu passado começam a vir à tona e ele retorna para buscar entender o que está ocorrendo. E algo muito doloroso está prestes a acontecer.


Eu queria muito falar mais sobre a história, mas qualquer detalhezinho em excesso pode estragar a leitura e tirar a graça das surpresas que vocês vão encontrar. ENTÃO LEIAM E VENHAM SURTAR COMIGO, POR FAVOR!



A imagem implodiu, ferveu e derreteu, separou e fundiu, tornou-se uma e várias e todas, com sentido e sem sentido - com razão e sem razão - com loucura e sem loucura - vida e morte - dia e noite - sombra e luz - sóis e estrelas  e destruição e criação e serpentes e sereias e Palácios e Talismãs e muito mais que Steve viu sem realmente ver, com a mente e o coração presos (...)


Achei muito legal a forma que Eleonor resolveu contar a história, apresentando passado e presente em capítulos intercalados. Deu pra ver bastante do potencial dela em narrar e deixar todos os capítulos bem ligados e livres de pontas soltas.


O projeto gráfico do miolo ficou muito bacana. Adorei o verniz localizado na capa e a escolha da ilustração (só não curti muito a tipografia escolhida para a parte externa). E existem alguns probleminhas de espaçamento no texto distribuído nas orelhas; são pequenos detalhes que podem ser corrigidos numa próxima edição!

O que resta agora é esperar por mais aventuras no universo criado por Eleonor. E ah, o que me conforta é saber que este um pequeno spin-off, e ainda vou ler a série, ou seja: ALEGRIA! Estou muito ansioso para me tornar um marujo a bordo do barco de pesquisas Cisne; viajar até o mundo de Tarilian na nave mais veloz do Sistema Solar, em Linhagens; e descobrir parte dos segredos que a terra nos reserva, em Talismãs. Estes três livros compõem a série Uma Geração. Todas as Decisões. Então, quem sabe, em breve pego Cisne para ler e trago resenha cheia de surtos para vocês?


Título original: Guardião?
Autora: Eleonor Hertzog
Editora: Mundo Uno
Gênero: Fantasia/Ficção Científica
Nota: 4

Saiba Mais:  Skoob | Amazon