Resenha: Graceling - O Dom Extraordinário

Graceling é um livro que se passa em um mundo fictício onde se situam os Sete Reinos: Middluns, Lienid, Nander, Estill, Wester, Sunder e Monsea. Cada um dos reinos é governado por um soberano, e neles são denominados Gracelings pessoas que nascem com um Dom Extraordinário, identificados logo ao nascer: Gracelings possuem um olho de cada cor.
Sinopse: A jovem guerreira Katsa tem olhos de cores diferentes: um azul e outro verde. Esta peculiaridade não ressalta apenas a beleza da jovem, mas também a marca de um verdadeiro graceling, alguém com um dom extraordinário. Alguns são excelentes nadadores, dançarinos, cozinheiros, matemáticos. Mas o dom de Katsa é diferente e único: ela possui a habilidade de lutar e matar. Por causa disto, é usada como assassina pelo cruel rei de Middluns, o seu próprio tio. Consumida pela culpa, Katsa cria o Conselho, uma confraria, a partir da qual passa a promover missões secretas para prevenir injustiças e lutar pela liberdade. Combinando elementos de fantasia e romance, Cashore retrata habilmente as crises, descobertas e angústias de Katsa. Evitada e temida pelo seu Dom, a jovem luta com questões de liberdade, verdade e lealdade enquanto tenta sair do domínio maligno de seu tio. Uma tarefa complicada para quem cresceu sem muitos amigos. A reviravolta na vida de Katsa começa quando conhece um misterioso jovem, durante uma missão de resgate orquestrada pelo Conselho. De volta para Middluns, Katsa descobre que Pó é o mais jovem dos herdeiros do reino de Lienid, neto do ancião que resgatou e também um Graceling. Diferentemente dos outros, Po não a teme e se mostra capaz de olhá-la nos olhos. E com o seu misterioso dom, parece ser o único capaz de enfrentar Katsa em combate. Juntos, os dois Graceling partem numa aventura para encontrar o responsável pelo sequestro do avô de Po e descobrem muito mais do que esperavam sobre seus dons, suas vidas e sobre o futuro de todos os 7 reinos. Com uma escrita elegante e personagens inesquecíveis, Kristin Cashore cria uma fantasia empolgante, uma aventura que desafia a própria morte, e uma belíssima história de amor. 
A história é centrada na protagonista, Katsa, sobrinha do rei Randa, soberano de Middluns. Katsa é um graceling de temperamento forte e duro, que possui um olho verde e outro azul, e seu dom é matar. Seu tio explora copiosamente seu dom, usando-a para  amedrontar a população do reino, que assim como todos, já tem um medo natural dos gracelings. Usando Katsa como justiceira para manter os impostos em dia, ele consegue manter a população sob controle.

Katsa, por outro lado, apesar de obedecer o tio, sente repulsa por seus atos. Ela age pelas suas costas, ajudando quem realmente precisa e contando com o apoio de seu primo, que estuda as artes da medicina e ciência, Raffin; o Capitão Oll, o sub chefe de Randa e Giddon, que juntamente com algumas outras pessoas formam o Conselho Secreto.

É em um das missões do Conselho Secreto que Katsa se envolve no que seria um grande mistério, para resgatar um nobre da isolada ilha do Reino de Lienid, que supostamente fora sequestrado pelo Rei Murgon de Sunder, ela acaba encontrando no meio do caminho alguém que pensou não existir: um graceling capaz de se igualar a ela na luta, deixando-a espantada e surpresa.
- Ouvi falar de uma Dama com esse Dom em particular. – Sua voz era pedregosa e profunda. Havia uma cadência alegre em sua palavras; não era um sotaque que Katsa conhecesse. Ela precisava saber quem era, para que soubesse o que fazer com ele.
Depois do resgate bem sucedido, Katsa pensou que nunca mais encontraria o Graceling que a desafiou. Porém, ao chegar no Reino de Middluns, ela descobre que, para sua surpresa, além de um exímio lutador o Graceling também é esperto e já a aguardava. Ele conhecido como Po, o jovem Príncipe Graceling do Reino de Lienid.

A partir daí, para desvendar os mistérios do sequestro do avô de Po, Katsa e o Príncipe se envolvem em uma aventura que os levará a uma longa viajem até o distante Reino de Monsea, governado pelo Rei Leck, o mais amada e adorado de todos os Sete Reinos. Lá eles descobrirão coisas que estavam escondidas durante séculos e que podem mudar a vida de todos nos Sete Reinos, principalmente a da própria Katsa.

Graceling é um dos meus livros favoritos, digo isso com toda certeza do mundo, pois assim que terminei de ler tive que reler novamente, tamanho foi o vício por esse mundo criado pela Kristin Cashore.

Katsa é uma personagem que não tem tempo para dramas. Ela é direta e se sente diminuída pelo tio, não percebe seu grande potencial, como é bela e ou o interesse que desperta nas pessoas, principalmente nos homens. Seus diálogos são diretos, sem enrolação, mas ao passar do livro percebemos como ela realmente é, e passamos a odiar seu tio, por te-la feito sofrer tanto.
Katsa não sabia qual era seu Dom. Alguns levavam mais tempo do que os outros para virem a tona. Mas, mesmo se ela soubesse não gostaria de discuti-lo com esse primo. Ela fez uma carranca para o homem e virou-se para ir embora. Mas então ele deslizou a mão para a sua perna, e a mão dela reagiu, agredindo violentamente seu rosto. Golpeou com tanta força e rapidez que lançou os ossos de seu nariz para dentro de seu cérebro.
E o Po, ah esse Principe de Lienid que mora em uma castelo na beira do mar, que usa um anel em cada dedo pra representar cada pessoa de sua família, como não se apaixonar? Com um olho dourado e um prata, Po é lindo e a simpatia em pessoa.
- Ouvi dizer que tem um olho verde como as relvas de Middluns,e o outro azul como o céu. 
- Sim, Senhor Príncipe. 
- Ouvi dizer que poderia matar um homem com a unha do dedo mindinho. 
Ela sorriu. 
- Sim, Senhor Príncipe. 
- Isso torna as coisas mais fáceis? 
Ela olhou de esguelha para forma curvada na cela. 
- Não te entendo senhor. 
- Ter belos olhos. Isso diminui a carga de seu Dom, saber que a senhora tem belos olhos?
E o desfecho da história, simplesmente fantástico! O leitor tem todos os sentimentos possíveis envolvidos, é de chorar, rir, suspirar, sentir raiva e indignação. É como se fossemos a própria Katsa, tamanha leitura contagiante.

Só pra completar, a capa do livro é linda! E dentro encontramos um mapa que nos ajuda muito durante a leitura e a descrição dos lugares por onde Katsa e Po passam, simplesmente perfeito.

Mapa dos Sete Reinos

Essa trilogia tem cada livro centrado em um personagem, o que me deixou um pouco triste, queria mais de Katsa e Po. Porém estou muito curiosa pra ler a sequência, intitulada Fogo, já publicada pela Editora Rocco e Bitterblue o terceiro volume da série, que ao que tudo indica teremos Po e Katsa!

Espero que tenham gostado e adotem essa super dica de leitura que recomendo muito.


Título: Graceling - O Dom Extraordinário
Autor: Kristin Cashore
Editora: Rocco
Nota: 5

Saiba mais: Skoob | Compre pelo melhor preço

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Poxa Ná sérião nem li toda a resenha, me pareceu que tem muito spoiler e queria ler esse livro, então achei melhor evitar. Não que eu não curta um spoilerzinho ou outro, mas fiquei com medo kkkk Bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju!
      HAHAHAHAH pior que a resenha nem tem spoilers não. Pelo menos não do tipo que revela qualquer ponto remotamente importante aqui. Anyway, espero que tenha lido e, se sim, conta pra gente o que achou.

      bjo

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!