Resenha: Dias de Sangue e Estrelas

  • 18:57
  • 22 de nov. de 2013

  • A escrita da Laini Taylor, dentre todas, de todos os autores que eu li até hoje (e foram muitos) é a mais fascinante possível. A maneira poética e ligeiramente sombria com que ela narra os fatos, nos apresentando aos pontos de vista de Karou e Akiva e vez ou outra de outros personagens (como nesse livro, em que temos Zuzana, além de Madrigal e alguns outros) é eletrizante e apaixonante. 
    Sinopse: Karou, uma estudante de artes plásticas e aprendiz de um monstro, por fim encontrou as respostas que sempre buscou. Agora ela sabe quem é - e o que é. Mas, com isso, também descobriu algo que, se fosse possível, ela faria de tudo para mudar: tempos atrás Karou se apaixonou pelo inimigo, que a traiu, e por sua culpa o mundo inteiro foi punido. Na deslumbrante sequência de Feita de fumaça e osso, ela terá que decidir até onde está disposta a ir para vingar seu povo. Dias de sangue e estrelas mostra Karou e Akiva em lados opostos de uma guerra ancestral. Enquanto os quimeras, com a ajuda da garota de cabelo azul, criam um exército de monstros em uma terra distante e desértica, Akiva trava outro tipo de batalha: uma batalha por redenção... por esperança. Mas restará alguma esperança no mundo destruído pelos dois? 
    A resenha pode conter alguns spoilers do primeiro livro, então estejam avisados!
    Há intimidade na dor. Qualquer um que já confortou alguém que estivesse sofrendo sabe disso : a ternura impotente de quem se consola, o abraço, os gemidos e o lento embalar, quando dois se tornam um contra o mesmo inimigo, a dor.

    Depois daquele final atormentador em Feita de Fumaça e Osso, somos levados até as consequências do que a tragédia envolvendo Akiva e Karou podem chegar. O serafim enfrenta a tormenta de ser deixado para trás e do ódio que Karou nutre por ele. Afinal de contas, ele matou todos que ela amava. O fato dele ser um soldado e seguir ordens me machuca profundamente, então me dividi entre ansiar pelo perdão da Karou e ficar ao lado dela. A garota de cabelo azul está agora lutando pelas quimeras; sob o olhar afiado e perigoso de Thiago, o Lobo Branco, Karou se tornou aquilo que Brimstone a criou para ser: uma ressurreicionista. É graças a ela que o levante rebelde dos quimeras começa a ter uma chance contra o império tirânico dos serafins - mas em meio a isso, dúvidas em relação as certezas que criou em sua mente vão surgir. Karou enfrenta a devastação do amor e da verdade, enquanto um colapso coloca não só em risco o mundo quimera, mas também o humano.

    A morte nem sempre é fim que parece ser.
    Ai senhor, esse livro! Que leitura devastadora. Tantos pontos de vista fantásticos, tantas reviravoltas fascinantes; os personagens crescem tão lindamente que eu só tenho vontade de abraçar a Laini Taylor e agradecê-la por um livro tão perfeito! A narrativa se arrasta entre o monótono da vida perturbada de Karou e a ação e desespero de Akiva, mesclando o humor e preocupação de Zuzana a alguns pontos de vista soltos, com os irmãos do serafim e até mesmo um quimera por quem Karou se afeiçoa. Também temos os flashbacks envolvendo Madrigal, que eu considero uma das personagens mais fascinantes - o que contribui ainda mais pelo meu amor a Karou!
    O silêncio, pensou ela, era incrível: algo perfeito e frágil. Assim como vidro, caso se quebrasse nunca mais voltaria a ser igual.
    Preciso dizer que o final desse livro me matou mais do que o primeiro foi capaz de matar. E agora eu estou desesperada porque não quero esperar uma vida pela continuação - já que Dias de Sangue e Estrelas demorou tanto para ser lançado (insira choro compulsivo aqui).

    Se você é fã de ficção fantástica sombria e atormentadora, do tipo que vai te deixar com uma baita ressaca literária, CORRA ler as obras da Laini! Feita de Fumaça e Osso e Dias de Sangue e Estrelas são arrebatadores; e estou contando os dias para ter em mãos o terceiro volume, que imagino ser o último. Sonhos de Deuses e Monstros.
    Ela se perdera nele. O brilho dos olhos dele acendia alguma coisa dentro dela que a fazia perceber que havia passado a vida em meio a uma névoa, que vivia pela metade, na melhor das hipóteses, que sentia pela metade.
    Título: Dias de Sangue e Estrelas
    Autor: Laini Taylor
    Editora: Intrínseca

    Nota: 5 +

    Saiba mais: Skoob | Buscapé

    1. Olá Denise,
      adorei sua resenha, quero muito ler.
      Minha lista de desejados só cresce e o dinheiro nada rsrs

      Beijos!
      Viciados Pela Leitura

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Anne!
        Fico feliz por saber! O livro é maravilhoso, não se arrependerá ;)
        ASUHUHASUHASUHASUHASUH sem dinheiro, só querendo mais livros, sei como é!

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    2. Anônimo26.11.13

      Gente, quase um ano que tenho Ladrão de Almas e não consegui ler ainda (e ainda quero comprar a continuação hahah).

      beijos
      Bia - www.livredujour.wordpress.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Bia!
        Ladrão de Almas é um dos livros que eu mais quero ler, mas cadê tempo e dinheiro? ç_ç
        Obrigada pelo comentário!

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    3. Oi Denise,só li até a parte que pode conter spoiler do primeiro livro,eu ainda não li e não quis acabar com o mistério.

      Conhecendo seu blog,seguindo,curtindo e gostando bastante....

      bjssss

      Bianca

      ApaixonadasporLivros

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Biazinha!
        Obrigadíssima pelo comentário e por seguir a gente, espero que goste da nova cara do blog *-*

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    4. Para falar a verdade eu nem conhecia a autora, e nem a serie, mas talvez eu venha lê-lo algum dia.
      beijos!!!
      seguindo!!!
      seforasilva.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Séfora! Vale muito a pena, dê uma chance!
        A escrita da Laini é uma das melhores que já li *-*
        Obrigada pelo comentário!

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    5. Oi!

      Vi seu blog no grupo Blogueiros Literários e vim aqui te visitar e seguir. :)

      Beijos!

      www.oblogdasan.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada, flor! *---*

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    6. Venho adiando muito a leitura do primeiro livro desta série, acho que não estou pronta para ele e não quero deixar de me envolver só por causa do meu humor hehhe
      Mas com certeza, depois desta resenha cheia de estrelas, começarei a me animar um pouco!

      bjs
      http://www.confraria-cultural.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Alessandra!
        Uhhh, se for adiar, adie pela demora no lançamento do último livro dessa série D: santo deus, nunca sai aquela joça, minha curiosidade não aguenta esperar tanto!
        Que bom que gostou da resenha, confie que o livro vale a pena! *-*

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir
    7. Onde mais eu poderia comentar? Tinha que ser aqui, com certeza!
      Posso dizer que essa série é uma das minhas preferidas (tudo culpa sua, Denise u_u), apesar de achar o segundo livro um pouco depressivo. Não gosto muito de livros que me deixam depressiva no final.
      Mas sem dúvida o ultimo será um livro obrigatório de comprar! <3

      Beijos
      Aline

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu aceito a culpa por isso, Aline :P HAHAHAHAHA a série é muito perfeita né? Deus do céu, como a Laini consegue escrever TÃO BEM? É quase sobrenatural a poesia com que aquela mulher redige as palavras.
        O segundo livro doeu fundo no meu coração, mas adoro coisas depressivas. Ainda mais nessa série, que já tem todo um clima sombrio.
        Surtaremos juntas quando o último livro sair!
        Obrigada pelo comentário *-*

        Beijos,
        Denise Flaibam.
        http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

        Excluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.