#TBT - Trilogia Millennium

O #TBT de hoje traz um pouco da lindeza da trilogia (que deveria ser uma saga, todos choram) criada pelo sueco Stieg Larsson. Os livros, publicados pela Companhia das Letras, receberam críticas entusiasmadas nos diversos países em que foram publicados, além do sucesso estrondoso que a trilogia fez - tão estrondoso que rendeu duas adaptações cinematográficas. Venha conhecer um pouco de Millennium!



Os Homens que não Amavam as Mulheres, A Menina que Brincava com Fogo, A Rainha do Castelo de Ar compõe essa trilogia maravilhosa. Os 3 livros têm tramas absurdamente bem amarradas e contemporâneas, com foco em determinados abusos do universo para com os personagens da história. A violência sexual contra as mulheres, muita corrupção, resumidamente, o abuso do poder no geral. Lisbeth Salander, a protagonista, é uma das melhores personagens que já li na vida. Construída psicologicamente de tal maneira que poderia afirmar que ela está por ai em algum lugar. É uma hacker genial, dona de personalidade soturna e língua afiada, cheia de piercings e tatuagens pelo corpo. O foco principal está sempre nela e nos arredores a ela; a trama dos três livros é relacionada a Lisbeth - ao seu passado e seu presente, mais precisamente.


Rooney Mara, na foto acima, foi a responsável por interpretar Lisbeth na adaptação americana do primeiro livro, Os Homens que não Amavam as Mulheres (na minha opinião, o mais emocionante dos três). Sua atuação foi tão boa que lhe rendeu indicação ao Oscar e ao Globo de Ouro. Tendo já assistido a versão sueca, confesso que tive medo do que os americanos fariam com aquela obra, mas David Fincher adaptou o primeiro livro com maestria - algumas modificações aqui e acolá, mas aceitável, num todo. E a atuação da Rooney foi BRILHANTE. Conseguiu superar a já maravilhosa Noomi Rapace, que tinha dado vida a Lisbeth na outra adaptação.

 

 

No primeiro livro, Mikael Blomkvist, o jornalista co-fundador da revista Millennium, dedicado a investigar e desmascarar escândalos financeiros, se declara culpado de difamar uma importante personalidade sueca. Longe dos holofotes, Mikael recebe a proposta de investigar o desaparecimento de uma jovem ocorrido anos atrás (50 anos antes, se não me falha a memória). Lisbeth, por acaso do destino, une forças com o jornalista para desvendar aquele tenso mistério - e dai pra frente é tudo spoiler. Acreditem quando digo que a mente do Lars vai te jogar em milhares de teorias sinistras pra, no fim, explodir tudo com um final de cair o queixo!

Uma das minhas cenas favoritas, que é a vingança da Lisbeth, é um baita de um spoiler, infelizmente. Queria poder comentar sobre a força e coragem e badassidade da guria ao fazer aquilo, mas para isso precisaria contar toda a situação envolvendo essa vingança. Então marquem meus dizeres! Quando assistirem/lerem, vão saber do que eu estou falando. A Lisbeth, gente, ela é muito fodástica!

E nem vou começar a falar do meu ship porque ele é tão lindo e doloroso. Mikael/Lisbeth é toda uma relação de confiança, carinho - principalmente pra ela, que raramente experimentou isso - e o crescimento de um marcante tipo de amor, porque ninguém me convence do contrário! Esses dois se apaixonaram SIM.



Recomendo não só os livros para quem adora uma boa trama policial - e por boa eu digo cheia de mind-fucks - como também para quem adora uma história próxima a realidade. Os personagens são construídos com uma verossimilhança absurda, e é uma pena Stieg ter morrido e não podido continuar a saga da Lisbeth. Os filmes, também, são MUITO bons! Ainda não há data de estreia para A Menina que Brincava com Fogo (diabos, Hollywood, eu quero a continuação!) mas a trilogia sueca está completa e você pode encontrar online para assistir. Não vai se arrepender, pode confiar.

Para finalizar o post, vou deixar aqui a abertura do filme americano, dirigido pelo Fincher, que é uma das openings mais visualmente geniais que já vi na vida! Duvido você não ficar fascinado assistindo isso.


Share this:

, , ,

COMENTÁRIOS

16 comentários:

  1. Olá!!
    Nossa que legal, não conhecia a trilogia, p falar a verdade só conhecia o primeiro livro, mesmo assim por nome, amo tramas policiais e nem sabia que o livro se tratava disto, adorei a dica!!
    Bjoss!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá! :D
      Opa, que bom que curtiu a dica! Se gosta de romance policial, vai na fé em Millennium. O último livro é o mais cansativo, mas vale a pena pelas surpresas e pelo final W-O-W.
      Obrigada pela visita!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Até hoje nem li os livros, nem vi o filme!
    Está na lista há anos!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rízia!
      Tomara que consiga ler/assistir logo, não vai se arrepender :D
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. Realmente essa trilogia parece ser muito boa, porém não é o meu estilo.
    Ainda não assistir ao filme, então quem sabe depois de assistir não fique com vontade de ler..ks

    Abraços!!
    http://macaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Talvez o filme te desperte a atenção pros livros, sim :D não lembro se rola um cliffhanger no final (tanto no americano quanto no sueco) mas o primeiro livro é sussa.
      Obrigada pela visita!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  4. Confesso que não gostei lá muito dos filmes, mas sempre ouço falarem muito bem dos livros, assim como na sua resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "A Ira dos Anjos" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que não curtiu? Poxa, que pena :/
      Os suecos me conquistaram muito por causa da Noomi. Gente, aquela mulher nasceu pra ser a Lisbeth (assim como a Rooney).
      Os livros são excelentes, vale muito a pena! A escrita do Stieg é fodááástica.
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  5. UAU! Que resenha maravilhosa! Eu sempre tive curiosidade para ler os livros e assistir aos filmes mas depois dessa resenha me sinto intimada a ler e assistir todos! Eu amei a sinopse e tudo que envolve a história, espero que que eu não me decepcione. Muita gente comenta sobre os livros, aclamando Stieg Larsson pela obra e eu sempre fico muito curiosa para saber sobre. Espero que logo logo eu consiga ler todos :)
    Beijos

    Por trás das linhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHASUHUHASUHASUHASUHASUHAS sinta-se intimada! Se já tinha a curiosidade, corre, mulher! São muito muito bons e instigantes e cheios de mindfucks e surtos, e a narrativa é A+ <3
      Não vai se decepcionar não, pode ir na fé! O último livro é o mais paradão e talvez tu enrosque um pouco pra ler (eu fiquei um mês pra terminar ele), mas depois dessa parada, a trama se estende e tu precisa desesperadamente terminar! E ai tem aquele final :O SNBAJKBGAUOGBASUOGAS
      Espero que goste quando ler!
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  6. Compartilho de toda essa paixão pela Trilogia Millenium
    Lisbeth é uma das personagens mais fodásticas dos últimos tempos,
    Foi uma pena Larson ter morrido antes de concluir os livros, mas ele deixou o quarto quase pronto e sua parceira ciente de como ele queria que a história acabasse e ela está lutando na justiça com a família dele pelo direito de publicar a obra. Vamos torcer por ela.
    Beijos, ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HIGH FIVE \o/
      Amém, RT nas suas palavras. Lisbeth sabe sambar de uma maneira indescritível, aquela linda.
      Pois é, uma grande perda pra literatura :/ mas sério que ele tinha deixado o quarto quase pronto?! Gente, olha eu não sabendo dos babados. Por favor, parceira, consiga publicar isso - dependendo do final também né, vá que tenha um cliffhanger horrível e_e HAHAHAHAHAHAHA
      Obrigada pela visita!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro da trilogia, mas tenho muita vontade de ler, parece ser ótima, e eu ainda não vi o filme também, me disseram que é muito bom, espero gostar de ambos, livro e filme.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bem e contigo?
      Se você tem interesse, tente ler porque não vai se arrepender, tenho certeza! :D Os filmes são muito bons também; começar pelo americano pode ser bom pra ti (eu sou suspeita pelos surtos, mas é que o elenco ali é mais verossímil aos personagens. Na versão sueca, o Mikael deixa a desejar, por exemplo ç_ç)
      Obrigada pelo comentário, flor!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  8. Adoro livros policiais, apesar de não gostar de filmes desse tema...hahaa, vai entender...uashuashuas
    Sinceramente n conhecia a trilogia..
    Ameia as capas! Aforma em q o fogo vai tomando conta de td!
    Os personagens realmente parecem ser bem fortes e expressivos!
    Millennium acabou de entrar na minha lista de desejados e de pular um monte de livrinhos q estavam na fila!!
    hahaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHASUHASUHASUHASUHASUH ponto positivo pra Millennium então, porque tu pode não gostar do filme, mas sempre vai ter o livro \o/
      Sim, as capas são diviníssimas <3 combinam muito com o clima dos livros.
      Tomara que goste, quando vier a ler *---*
      Bom saber que a indicação ajudou!
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!