Resenha: No Escuro

Armaria, como falar de um livro que mexeu contigo de tal maneira que você começou a andar na rua e olhar pra trás para ter certeza de que ninguém estava te seguindo? No Escuro foi aquele tipo de leitura perturbadora que você não consegue desgrudar nem um minuto, e depois que você termina, fica te assombrando pelas horas seguintes.


Sinopse: Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo... Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele. Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele. Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo. Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador. 
Intercalando as narrações entre o passado e o presente, a autora nos apresenta a Catherine, a narradora da história. Ela passou por algum trauma muito horrendo (que, dado o prólogo da história, já dá pra ser calculado) e, hoje, carrega essas marcas em seu TOC. Antes era uma mulher badaladeira, que adorava uma festa, passear com as amigas, beber e sair com os homens que achassem interessantes; hoje é reclusa, vive confinada em seu próprio mundo de medo, não sai de casa sem fazer 68967986 verificações muito desesperadas, tudo por causa desse acontecimento horrível em seu passado. Conforme os flashbacks avançam, vemos o retrocesso da personagem e a relação abusiva que a levou até onde está no presente - e, no presente, vemos o avanço dela, graças ao seu novo vizinho, em tentar tratar esses transtornos obsessivos.
"- Não estou sangrando agora. Não dói mais. Acabou, viu? Não podemos mudar o que passou, mas podemos mudar daqui para a frente. Você me ensinou tanto sobre isso, sobre a cura. De agora em diante, só coisas boas."

Consegui esse livro numa super promoção do Submarino (só R$ 3,70, gente!) e foi uma das minhas melhores aquisições. No Escuro é aquele tipo de leitura muito indicada para quem adora um thriller psicológico. Em determinado momento da trama, quando uma coisa tensa acontece para a Catherine (eu não posso falar sobre porque estragaria a surpresa, mas tem a ver com o causador do trauma no passado dela) você percebe que a narração no presente está ali para equilibrar o desespero com o passado. O passado que vai voltar sim para assombrá-la, e o qual ela precisa enfrentar se quiser seguir em frente - como o seu terapeuta costuma dizer.

"Havíamos chegado a um ponto crítico. Era como se a minha tentativa de negar a realidade não pudesse mais se sustentar; eu agora sabia do que ele era capaz, o que poderia fazer e o que esperava de mim. Era como se uma porta tivesse sido batida com força na cara da antiga, ingênua e despreocupada Catherine. O que sobrou fui eu: aquela que sentia medo o tempo todo, que olhava para trás por achar que estava sendo seguida, aquela que sabia que, fosse lá o que o futuro lhe reservava, dificilmente seria algo bom."
Eu gostei muito de como a autora criou esse feeling de "tem alguma coisa atrás da protagonista" sem nunca mostrar exatamente o que é. Alguns detalhes na narrativa te fazem imaginar os sons de passos quando ela pensa estar sendo seguida, ou quando ela chega no apartamento e a cortina que ela verificou dezenas de vezes antes de sair está fora do lugar. São detalhes intercalados com o avanço da trama que criam o desespero ansioso e você só quer chegar logo no final para descobrir O QUE DIABOS TÁ ACONTECENDO AQUI?!



No Escuro foi uma das melhores leituras de 2014 e eu super indico para quem procura um livro genial todo trabalhado no suspense. E o antagonista da história! Gente, aquilo sim é um psicopata! Dá vontade de espiar por cima do ombro só pra ter certeza de que não tem nada de errado aqui em casa.



Título: No Escuro
Autor: Elizabeth Haynes
Editora: Intrínseca
Nota: 3,5

Saiba mais: Skoob | Buscapé

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Oi Denise!
    Quando vi a sua nota, achei que ia encontrar uma resenha não muito boa do livro, mas quando li, era o contrário. Tá certo mesmo esse 3,5 ai? rsrsrs
    Então, um amigo meu querido leu No Escuro e resenhou, e desde então eu morro de amores por esse livro. Perdi esta promoção no Sub, fiquei passada com o valor. Toda vez que eu ia comprar, dava esgotado. Agora está na minha lista de aniversário, que é em fevereiro hahahhahahah Tomara que eu ganhe!

    beijos, Vic.
    Blog Minha Velha Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yep, a nota tá certa :P 3,5 não é ruim aqui pro blog, só te preocupes quando a resenha tiver pra baixo de 3. Eu coloquei isso porque foi bom, mas não foi aquele tipo de livro que me deu feels no estilo Nevermore e cia. Foi uma boa leitura, uma boa trama, mas não pretendo ler de novo, u know?
      UHASUHASUHASUHASUHUHASUHAS ele tá sempre em promoção lá no Sub, só ficar de olho! Certeza que logo cai o preço outra vez. E vai valer muito a pena, se você já tá ansiosa pra ler JKABNSFUASUGAUOAS

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Promoção boa mesmo hein rsrs.
    Pela sua resenha, o livro parece muito bem escrito, mas eu já sou paranoica demais para ler algo do tipo kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale! Santo preço, Batman o_o
      ASHASUHUHASUHASUHASUHASUHAS A Bianca também não quer ler por causa disso. Ela disse que não tá afim de passar nervoso, por mais que a leitura seja boa. Eu entendo o sentimento e_e
      Obrigada pela visita!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. COMO EU NÃO PEGUEI ESSA PROMOÇÃO DA SUBMARINO? QUE ABSURDO!!!!

    Denise, amei a resenha. Super diva.
    Levei esse livro com toda certeza!

    Denise, eu AMO a sua estante (com os livros claro). Não sei se você já fez algum tag mostrando a estante, mas eu gostaria muito de vê-la (e da Bianca e da Duda também).

    Haha, Feliz Natal e um Ótimo Ano Novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O LIVRO TÁ POR ESSE PREÇO LÁ AGORA, COOOORRE! Não to brincando, http://www.submarino.com.br/produto/112727757/livro-no-escuro CORRE ASKUIGBBAUASUOASUOBGAS
      É muito pouco por uma leitura tão boa, sério *-*
      Ahhhh uma tag mostrando a estante? Caraca, adorei a ideia, Gisele! *o* falarei com as meninas, mas já vou preparar a minha <3
      Feliz nataaal e feliz ano novo!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!