Resenha: Carta de Amor Aos Mortos

Resenha: Carta de Amor Aos Mortos


Essa resenha é uma espécie de carta aberta para a Laurel, a personagem principal do livro Carta de Amor aos Mortos. Ela me tocou de uma maneira tão intensa e vívida que eu não soube como escrever uma resenha, se não dessa forma. Espero que entendam e que encontrem na carta um pouco dos sentimentos que afloraram enquanto Laurel escrevia para seus ídolos, projetava sua dor, raiva e mágoa e tentava a todo custo deixar sua tragédia pessoal para trás.

Sinopse: Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

Querida Laurel,

Estou te escrevendo porque acho que meus amigos se cansariam rápido de ficar me ouvindo falar de você, das suas sombras, dos seus amigos e da May. Enquanto eu lia suas cartas, achei elas profundas, cheias de sentimento e intimas o bastante para me sentir dentro da sua cabeça e com o coração ao lado do seu. Não sei se era isso que você queria quando as escreveu, mas foi incrível!


Resenha: Carta de Amor Aos Mortos


Muitas vezes eu quis entrar nas páginas e abraçar você - como disse que você e May queriam fazer com River Phoenix sempre que viam Conta Comigo. Você era sempre tão sincera e vulnerável quando abria sua alma nas cartas que eu não podia deixar de me apaixonar pelas suas palavras.

Sua inocência, no entanto, me assustou um pouco. E ao mesmo tempo fez com que eu quisesse protegê-la do mundo inteiro - me perguntou se May se sentia assim também. Ver o mundo através dos seus olhos foi um prazer, e a mescla entre a sua maturidade e ingenuidade me conquistou logo no começo. Aliás, me conquistou de tal forma que parecia tão errado o Sky se envolver com você.


Resenha: Carta de Amor Aos Mortos


Você parecia uma criança que estava começando a aprender a andar de bicicleta sem as rodas de segurança, perdida entre querer ser protegida e ter que cuidar de si mesma. E não parecia certo que o Sky pudesse pular no bagageiro e ver você como algo além de uma criança assustada.

Mas no fim das contas ele me convenceu, me ganhou. Acho que não tem problema, já que ele também parecia uma criança perdida. 


Resenha: Carta de Amor Aos Mortos


Queria dizer que senti sua dor, ela ardeu no meu peito como fez no seu. Passei mau e o meu estômago doeu em reflexo ao seu. Acho que chorei o que você não pode chorar. Enquanto lia sua carta ao Kurt, quis poder fugir para um reino onde você voava pelo céu também.

Eu não queria dizer que sinto muito por May, porque sei que você só quer esquecer isso. Mas eu sinto muito que você tenha se culpado por tanto tempo, tenha passado por tudo isso sem poder falar nada. Eu sinto muito por você não ter asas. E eu também sinto muito que May tenha roubado sua inocência, como Kurt roubou a de Frances.


Resenha: Carta de Amor Aos Mortos

As vezes eu acho que com a banalidade que as palavras bonitas e os sentimentos profundos ganharam hoje, as frases perdem o significado. Mas espero que você entenda quando eu digo que você é uma pessoa tão linda. Queria colocar você em um potinho na minha estante, um lugar seguro onde as sombras e as coisas erradas não vão acontecer. Onde tudo vai ser como deveria ser.

Quando terminei de ler suas cartas, me perguntei o que você estava sentindo quando escreveu para Kurt, River, Heath, Amy, com uma raiva tão palpável. Você estava com raiva deles ou de May? Acho que entendo as cartas.

Estou feliz que tenha amigos tão incríveis quanto Hannah, Natalie, Kristen, Tristan e Sky. Acho que eles fizeram a diferença para você e eu queria ter tido amigos assim quando estava no colegial.


Resenha: Carta de Amor Aos Mortos


Graças a você, aliás, voltei a ouvir Nirvana. Ainda não gosto muito de The Doors, mas me encantei com a Janes e a Amy novamente, obrigada.

Ah, e eu acho que você daria uma incrível escritora. Você já sabe como abrir a sua alma. E, como diria E. E. (eu também adoro ele!) vou levar seu coração no meu coração e nunca ficar sem ele. Você vai me acompanhar por toda a vida, me lembrando de ser forte e vulnerável nas horas necessárias.
Obrigada.

Beijos,
Bianca.

Título original: Love Letters to the Dead
Autora: Ava Dellaira
Editora: Seguinte
Gênero: Romance - Young Adult (YA)
Nota: 5+

Saiba Mais: Skoob  |  Site da Autora  |  Buscapé

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

23 comentários:

  1. Eu me emocionei com a resenha/carta.... acho que foi exatamente assim que me senti ao ler esse livro. Fiquei tão emocionada e com meu coração a se expandir e contrair o tempo todo... é um livro sensível, personagens envolvente... lindo. Estou ansiosa pelo filme!


    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    http://www.delivroemlivro.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, mulher, descreveu como eu me senti. Tão forte, eu me senti tão protetora da Laurel. Tinha que me lembrar que era fantasia. Sem querer desmerecer, mas eu achei esse tão melhor que As vantagens de ser Invisível, tão mais sensível. Não sei porque. Eu amei.
      Obrigada pela visita *--*

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  2. Bianca, que lindo!
    Emocionei-me lendo!
    Parabéns pela resenha/carta.


    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele, obrigada <3 Esse livro é incrível, merecia algo que tentasse chegar a altura.
      Obrigada pela visita :)

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  3. MELHOR RESENHA EVER.
    Parece que a May não é a única que sabe abrir a alma ao escrever, senhorita Bianca. Os seus sentimentos nessa carta (resenha) foram tão densos que cheguei a acreditar na possibilidade de tocá-los fisicamente.
    Estou emocionado e comovido porque você expressou muito bem o que eu também senti.
    Um grande abraço do Mark. ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mark seu lindo, obrigada <3 Tô achando lindo que todo mundo tenha se sentido assim também. Achei muito especial o livro.
      Obrigada por passar por aqui e comentar.

      bjão,
      Bibs

      Excluir
  4. Oi Bianca, que resenha é essa? me apaixonei pela sua resenha e pelo livro! fiquei muito tocada com as palavras que você usou e o modo como descreveu, gostei de tudo mesmo. Eu já tinha vontade de ler esse livro, e confesso que fiquei com mais vontade ainda (e não é da boca pra fora), preciso desse livro e preciso mergulhar dentro dessa história!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kétrin!

      Com toda a sinceridade do mundo, fiquei muito feliz com o seu comentário. Leia esse livro, menina. Leia porque ele é incrível, sensível e tocante. Não sei mais o que posso falar que já não coloquei na carta UAHSUAHSUAHSUAHSAUHS
      Obrigada pela visita <3

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  5. Oi Bia!
    Já li várias resenhas desse livro, e estou com mega vontade de ler. Não tinha dito antes, mas o blog tá lindo. O lay tá simples e direto, do jeito que nós leitores gostamos. O livro está na minha lista de ''Desejados''.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vic!
      Espero que tenha a oportunidade de ler logo e muiiito obrigada pelo feedback a respeito do layout. Bom saber que agradou tanto aos leitores quanto a gente. Obrigada mesmo.

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  6. Amei essa sua resenha diferente. Ficou maravilhosa.
    Tenho muita vontade de ler esse livro.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Obrigada por passar pelo blog e deixar um comentário. Espero que possa ler o livro em breve!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  7. BIBS,O QUE FOI ISSO? O QUE FOI ESSA RESENHA/CARTA? ESTOU ENTERRADA!
    Sua resenha foi a melhor que já li em toda minha vida! Sem mimi <3
    Se já me emocionei com SUA carta,imagine com as cartas que a Laurel escreveu !!
    Depois de ler sua resenha,vou largar tudo que eu tava lendo e ler este livro *--*
    Depois do piti que dei,nem preciso dizer que adorei a resenha,e que você ta de parabéns não é?
    BEIJOKAS para você Bibs <3

    Cantinho da Bruna | @cantinhodabruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BRUUUNA ALSDAÇKDAÇLSDKALFKJASLFJ Obrigada, obrigada e obrigada! Fiquei tão feliz com as respostas positivas a ela, porque eu estava achando ela tão bobinha HAHAHAHAHAAH
      Larga tudo e CORRE pra esse livro. Você não vai se arrepender. Ele é tão lindo, sensível e tocante. A Laurel precisa dividir a história dela com você também.
      Obrigada por passar por aqui e deixar seu comentário, sua linda.

      bjo, bjo,
      Bianca

      Excluir
  8. Olá!
    Nossa, amei a maneira como você decidiu falar sobre esse livro. Carta de Amor aos Mortos também mexeu muito comigo, acho que foi um dos livros que mais amei em 2014. May e Laurel são fascinantes, são ótimas personagens apesar de sua inocência, como você até chega a citar. Meus parabéns pela ideia e por uma carta tão tocante!
    Beijos!

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Obrigada! Achei que a única forma de conseguir expressar o que eu queria era através de uma carta. Até porque de resenhar sobre o livro a internet já está cheia. Carta de Amor aos Mortos me fez sentir como nenhum livro fez nos últimos anos, acho que foi merecido.

      bjs,
      Bianca

      Excluir
  9. Oi Bianca!!

    Vi no facebook que estava lendo este livro e já fiquei pensando na sua resenha! Adoro ler opiniões de um livro que marcou

    Super adorei o livro também fiquei muito tocada pela história, pelas cartas, pelo que houve com a May. Foi uma das leituras que mais gostei e me envolvi emocionalmente no ano passado, li em algumas horas e virei a noite, e é sem dúvidas um livro incrível mesmo e que deve ser lido por muitas pessoas, fato!!

    Amei a carta que escreveu para a Laurel, me fez relembrar tudo, e foi tão linda a resenha, parabéns! Sério!
    Aposto que muitas pessoas vão se interessar pelo livro após essa resenha :D

    Ai ai, deu saudades, vou reler umas marcações nesse fim de semana!

    Beijooooooooooooo Bianca, excelenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeee resenha! *------*


    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caah!
      O livro foi uma experiência TÃO INCRÍVEL pra mim que eu queria comprar todos e sair distribuindo, porque ele merece ser lido por todo mundo.
      Obrigada, fico super feliz que tenha gostado. Adorei a positividade do pessoal nos comentários, não esperava que tanta gente fosse gostar, mas agora estou bem feliz *-*
      E partiu reler marcações, porque sempre que eu entro aqui dá vontade UHASUHASUAHSUHASUH

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  10. Se na resenha já estou emocionada, imagina lendo o livro? Que coisa mais lindaa!! Ainda curiosa e com vontade de ler o livro.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wislanny!
      O livro é incrível, emocionante e sensível. Tenho certeza que não vai se arrepender! Fico feliz que tenha gostado da carta e espero mesmo que possa ler ele logo.

      Obrigada pela visita!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  11. Ficou perfeita a resenha...

    todo mundo comenta desse livro, inclusive já resenhamos, mas não é o tipo de livros que eu add na lista, mas eu estou repensando seriamente!

    As referencias musicais são ótimas !

    Every Little Book

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lud!
      As referencias musicais são excelentes mesmo, me fez reviver todas elas! Eu recomendo muito para todo mundo, apesar da carinha e da fórmula YA, as palavras tocam, sabe? Não é só "mais um YA", ele realmente tem seu valor. Se eu fosse você dava uma olhadinha pelo menos na primeira carta :D
      Obrigada pela visita!

      bjos,
      Bianca

      Excluir
  12. Uau que lindo, isso me deixou muito mais encantada com a obra. Ainda não li mas já vi tantas resenhas e tantos comentários positivos. Já estou pensando em largar a leitura atual e partir para este livro. Amei a resenha/carta ^.^

    Vanessa | Blog Closet de Livros

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!