Top Thursday: 10 casais sofríveis das séries


Porque eu vivo para esses casais, desde o princípio dos tempos. Minha vida é shippar. Meu coração é dedicado total e completamente à dor que o amor dos outros causa em mim. 

QUANDO SE TORNOU TÃO IMPORTANTE PARA A MINHA EXISTÊNCIA QUE DOIS PERSONAGENS FICTÍCIOS SE BEIJEM? Não sei, mas é verra necessário.

Roxton e Marguerite (O Mundo Perdido)


 

 

Quando penso em séries e em ships, esse é o primeiro que surge para mim porque foi o primeiro que me apresentou ao sofrimento de casais em séries. Eles são meu Han Solo e Leia da televisão; eu era apaixonada por O Mundo Perdido. Assistia todas as tardes na Record, virei as temporadas várias vezes - apesar de nunca ter tido um final oficial - e quando encontrei online ano passado, assisti tudo de novo e mais uma vez.

Roxton e Marguerite são o casal explosivo; eles se amam e se odeiam fortemente. A química é forte, os olhares também, beijos ocasionais acontecem. Marguerite é uma mulher forte e decidida, manipuladora e perigosa. Roxton é um caçador, um aventureiro, um mulherengo. Os dois são o OTP perfeito.

Beth Greene e Daryl Dixon (The Walking Dead)




    


Está para nascer uma cena que eu tenha visto mais vezes de novo e de novo para superar o momento em que o Daryl fica observando a Beth tocar piano, e os olhos dele são tão apaixonados. Eu quase quebrei o drive do meu computador de tanto voltar para ver mais uma vez.

Beth é a luz do sol da escuridão que é a vida do Daryl. Ela é a garota da fazenda cheia de esperança e sonhos e fé de que, mesmo com tudo dando errado, algo tem que dar certo. Se você vive, você tem que fazer valer a pena. Daryl ainda é o cara soturno e misterioso e miserável pelo que o passado fez dele. O fato de ele encontrar na Beth uma nova esperança e um motivo para continuar seguindo em frente é o que torna o ship tão poderoso. "O que o fez mudar de ideia?" ela pergunta, quando ele mostra que quer continuar lutando. O olhar dele responde que é ela.

Mako e Korra (The Legend of Korra)




Não, não foi canon no fim, mas sim, foi canon por duas temporadas. É isso que importa. O ship é meu e eu vou continuar shippando até o fim dos tempos. Se tem iludido que shippa Zutara até hoje, não venha me falar nada contra Makorra.

Korra e Mako formavam o casal estilo Roxton e Marguerite. Tinha as alfinetadas, os humores exaltados tão diferentes um do outro, o começo e o convívio e os entendimentos e de repente eles se amavam e tudo fazia sentido na vida dos dois. Eu amava a devoção do Mako à Korra, a confiança que ele depositava tão fortemente nela, mesmo quando ela estava fazendo escolhas estúpidas e perigosas. E amava mais ainda como a Korra protegia e se importava tanto com o Mako e como o amor deles era tão puro e verdadeiro.

Luther e Alice (Luther)





Ué, de ships problemáticos a vida é feita. Os dois tinham vários problemas, vários desentendimentos, se odiavam e então se amavam loucamente. Desde a primeira cena juntos, estavam destinados a terminar em canon. E eu vou ignorar completamente as decisões dos roteiristas para a quarta temporada, porque o fim da série foi perfeito.

Eu amo o modo como a série trabalhava os transtornos da Alice e como ela era tão poderosa e tão curiosa sobre o Luther, e vice-versa. Os dois se completavam, porque ambos não se entendiam com o mundo, mas compartilhavam um entendimento mútuo.

Vanessa e Ethan (Penny Dreadful)





Abram alas porque tem mais dor chegando! A primeira temporada da série não deu muito espaço ao romance dos dois, até porque ambos estavam envolvidos com outras pessoas, mas a segunda temporada pegou os meus sonhos e falou VAMOS TRANSFORMAR ISSO EM REALIDADE, DENISE, para logo depois pisar em cima deles com salto 18.

O importante é que aconteceu e continuará acontecendo, de acordo com os trailers da terceira temporada. Afinal, um amor que nasce na tragédia e sobrevive a ela não é pouca coisa. Ethan e Vanessa estão quebrados, mas um precisa do outro para se recompor.

Bellamy e Clarke (The 100)



Denise, você não cansa de sofrer? Nunca. Bellamy e Clarke ainda vão acontecer, eu não shippo a toa. De um jeito ou de outro, todos os meus casais se oficializaram; podem não ter acabado juntos, mas aconteceram, é isso que importa ultimamente!

Clarke é rainha, Bellamy é o rei que obedece à rainha e morreria por ela. Os dois governam juntos, se arriscam juntos, tomam decisões juntos. Protegem um ao outro e todos debaixo do seu círculo de convívio. Eles são um casal, só não sabem disso ainda.

Eleanor e Vane (Black Sails)



SABE O SHIP QUE TEM TUDO PRA DAR CERTO MAS NÃO FICA JUNTO DE JEITO NENHUM? São eles.

Os dois são líderes, se importam com as mesmas coisas, amam e se dedicam a elas de corpo e alma. Só acontece de a Eleanor se dedicar um tiquinho mais a Nassau do que o Vane, porque o Vane se dedica à Eleanor. O amor dele por ela foi tanto que o cara traiu o mentor para ajudá-la a tomar a ilha; e o mentor dele era BARBA NEGRA. O ship acontece em um episódio e passa os outros nove brigando e se odiando. O que importa é que ele acontece e continua existindo, porque não é um amor fácil de apagar, tampouco de destruir. É um amor que supera traições e facadas nas costas, eu acredito fielmente nisso.

Merlin e Arthur (Merlin)



Ok, eu juro, é a última dor da vez. É a dor mais ferrada também, mas c'est la vie.

Merlin acabou e levou uma parte do meu coração junto, para sempre. Era uma série maravilhosa, cheia de personagens inesquecíveis e momentos fantásticos. E tinha um dos melhores ships de todos os tempos; Merthur era real. Aconteceu. Foi bom e foi triste. O Merlin amava o Arthur mais do que seus deveres e sua magia e mais do que a própria existência, e o sentimento era recíproco. A Gwen só existiu para ser uma ótima rainha, porque o homem dela pertencia a outro cara.

Honestamente, eu poderia me estender aqui para mais umas vinte séries com todos os ships que causam taquicardia, mas escolhi os principais a terem sido responsáveis pelos meus surtos mais memoráveis.

E você? Quais seus casais favoritos?

Share this:

, , , , , , , , , , ,

COMENTÁRIOS

7 comentários:

  1. Falar que "adorei" o tema da postagem seria muito cruel? haha
    Mas é verdade... alguns casais sofrem tanto em séries e filmes que só nos resta rir (e não chorar).
    Acredito que dê para colocar mais uns 10 na lista.
    Shippar casais também pode entrar na lista "sofrível". haha

    BIO-LIVROS | PÁGINA | Produtos Natura

    ResponderExcluir
  2. Ainnnnn que post lindooooo,

    eu shippo uns casais aí também... Daryl e a Beth acho que foi tudo o que mais pedi e pqp nem beijo rolou, fiquei arrasada...
    mas quem precisa de beijo quando algo é tão lindo e inocente... perfeito demais.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii Denise, tudo bom?
    Os únicos ships que conheço são Mako ♥ Korra e Vanessa ♥ Ethan. Só assisti uns quatro episódios de Penny Dreadful e já comecei a shippar o casal, mas vi que eles começaram a se envolver com outras pessoas e isso me deixou de coração partido Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  4. Oie!

    Adorei seu post! Confesso que só conheço o casal de O mundo perdido. Também passava as tardes assistindo na tv! hahaha
    Não costumo assistir muito a séries, mas teve um tempo que assistia Lost e torcia para a Kate com o Jack. Também para o Damon e a Elena em The Vampire Diaries, isso quando acompanhava.

    beijos
    http://infinitudedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Nossa que post mais sofrível hahaha.
    Quero muito assistir The 100, falam tão bem.
    Bjs
    Diário dos Livros
    Sorteio A 5°Onda

    ResponderExcluir
  6. eu ri de merlin e arthur, eu chamava mais de bromance mesmo mas na real eu shippava o merlin com a morgana
    http://blogradioactive.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Desses eu só conheço a Vanessa e o Ethan e nem vejo a série, conheço bem pelo sofrimento do povo hahaha Mas eu tô aqui compartilhando da sua dor porque minha vida é shippar casal que não vai pra frente, eu sou um caso perdido!!!

    Beijo
    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!