Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters


Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters


Vampire Academy - Blood Sisters é o filme que adaptou o primeiro livro da série Vampire Academy da Richelle Mead e uma das séries amorzinho que é unanimamente amada por todas aqui no blog.

Desde o início da produção nós já ignoramos todas as críticas que os fãs vinham fazendo e nos mantivemos firmes e fortes nas nossas expectativas, que foram atendidas de forma magnifica. A começar pelo elenco, Danila e Zoey (Dimka e Rose, respectivamente) dominaram os papéis e entraram na pele dos personagens de uma forma que a gente só tinha visto em sonhos.

A Sarah e o Dominic também estavam ótimos como Natalie e Christian, e para ser bem sincera, a performance de todo o elenco me conquistou -- até da Lucy, na pele da Lissa, que teve alguns escorregões vez ou outra.

Assim como nos livros, o filme começa com Rose e Lissa "na estrada" há cerca de um ano, fugindo de strigois (os vampiros sem alma que se alimentam de monrois como Lissa, os vampiros bonzinhos) e dos guardiões enviados pela St. Vladimir para trazê-las de volta a escola de vampiros.

Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters
Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters
Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters

Rose é uma damphir, metade humana e metade monroi, o que significa que ela está treinando para se tornar uma Guardiã -- ou estava, antes de fugir da escola. Lissa é uma monroi, a última da linhagem Dragomir, uma família pertencente a realeza dos vampiros. As duas fugiram de St. Vladimir pois estavam convencidas de que algo muito ruim aconteceriam se continuassem por lá e, assim, passam um ano misturando-se no mundo humano.

Isso é, até Dimitri Belikov e os demais guardiões encontrá-las e levá-las de volta para a escola.

Agora que estão de volta, além de precisarem lidar com todas as consequencias de sua fuga, também precisam voltar a se reestabelecer na vida social da escola. Se o colegial já é complicado, imagine um colegial cheio de vampiros. E no topo de tudo isso, a ameaça que as fez fugir do lugar ainda paira sobre St. Vladimir e talvez elas não consigam escapar dessa vez.

Muita gente reclamou precisamente do clima Garotas Malvadas encontra Vampiros e eu fiquei bem surpresa ao ver essas críticas partindo de fãs, uma vez que os livros (ao menos o primeiro, antes que toda a história da saga seja apresentada) é exatamente isso: um high school cheio de garotas malvadas, vampiros e a manipulação de elementos.

O filme também soube retratar muito bem a personalidade sarcástica e divertida da Rose, bem como seu desejo de se tornar uma excelente guardiã e sempre proteger sua melhor amiga, Lissa. Além do mais, soube retratar o laço delas de uma forma bem bacana e conseguiu mostrar a ideia de irmandade entre as duas.

As cenas de luta estavam bem bacanas e as alterações que fizeram -- que ficou principalmente concentrada na trupe da Mia -- encaixaram com a história e não acredito que tenha ferido a narrativa de forma alguma.

Controle Remoto: Vampire Academy - Blood Sisters


O principal problema do filme é o tempo dele. Em uma época onde a maioria das adaptações tem, geralmente, duas horas, Vampire Academy tem uma hora e meia e isso prejudicou a narrativa sim. Os acontecimentos ficam um em cima do outro e bem corridos. Então foram muitos acontecimentos para pouco tempo de filme.

Mas nesse departamento, para quem acompanhou a produção, estamos cientes de que foi uma demanda da produtora, que no fim parecia estar mais interessada no fracasso do filme do que qualquer outra coisa.



Apesar de tudo, Vampire Academy - Blood Sisters ainda é um filme/adaptação que eu dou quatro de cinco estrelas e vou sempre amar. Tem um roteiro com diálogos tão afiados quanto a narrativa do livro e entrega uma história que é uma ótima adaptação do material original. Me rende boas gargalhadas e muitos momentos "awnnn" sempre que eu assisto -- e sim, eu já assisti mais de três vezes.

Para quem ainda não conferiu, o filme graças a Deus está no catálogo da Netflix.

Share this:

, ,

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Oi Bibs!

    Bem, eu não curti, achei a produção fraca, sei lá acho que minha expectativas estavam altas demais. Mas fico feliz que vc tenha curtido. Não sei se terá continuação, mas acho que AV merece ter mais destaque nos cinemas.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      Não vai ter continuação D: A produtora floppou total o filme. Os diretores até tentaram um financiamento coletivo para rodar a continuação de forma independente, sem a produtora, mas não alcançou o objetivo.
      Na real, eu queria ver VA como uma série de TV, acho que tem muito material pra isso (ainda mais com Bloodlines). Quem sabe o netflix não salva como fez com shadowhunters? :P

      obrigada pelo comentário.

      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!