Resenha: A Poção Secreta

  • 09:00
  • 14.7.17
  • Resenha: A Poção Secreta

    A Poção Secreta é o primeiro livro da trilogia O Diário de Um Garota Alquimista, da Amy Alward. Publicado no Brasil recentemente (e cedido para resenha por parceria) pela editora Jangada.
    Sinopse: A Princesa do Reino de Nova toma acidentalmente uma poção do amor, e se apaixona por si mesma! Para encontrar o antídoto que possa curá-la, o rei mobiliza todos numa expedição chamada Caçada Selvagem. Competidores do mundo todo saem em busca dos mais raros ingredientes em florestas mágicas e montanhas geladas, enfrentando perigos e encarando a morte para encontrar a fórmula da poção secreta. Dentre eles, está Samantha, uma garota comum que herdou dos seus ancestrais alquimistas o talento para preparar poções. Esta pode ser a oportunidade para reerguer a decadente loja de poções da família, afinal o mundo todo estará acompanhando a Caçada nas mídias sociais. Será que ela conseguirá descobrir a cura e salvar a Princesa?
    A história acompanha Sam Kemi, que é a aprendiz de alquimista do seu avô. Ela vive em Nova, um reino com uma monarquia parlamentar e muito parecido com o nosso, com exceção da magia e dos seres místicos que existem por ali.

    Outrora os Kemi foram grandes alquimistas, a serviço da família real e com um grande respeito da comunidade novaense. Mas isso foi antes da última Caçada Selvagem -- uma espécie de competição entre os alquimistas do reino, que é convocada quando a vida de um membro da família real corre perigo e precisa de uma poção para sobreviver. Na última Caçada a bisavó de Sam sofreu um revés e quem levou o prêmio foi um poção feita com ingredientes sintéticos. Desde então, as grandes farmácias tem feito muito dinheiro com suas poções sintéticas -- e mais baratas -- levando os alquimistas naturais a fecharem suas portas.


    Resenha: A Poção Secreta

    Quando a princesa de Nova é envenenada por uma poção de amor, uma nova Caçada é convocada e Sam vê nela uma chance para redimir sua família e conseguir dinheiro o suficiente para arrumar a loja e garantir o futuro da irmã. Sam cresceu ouvindo que tinha recebido o dom dos Kemi para poções e agora é a hora de provar que sua família sabe muito bem o que faz.

    Um dos pontos fortes da história, para mim, é justamente a história com os alquimistas e a Caçada Selvagem, o fato de ser um mundo mágico e não cair no clichê de era medieval. É bem legal como tudo funciona e a Amy conseguiu explicar todo o mundo sem ficar cansativo, repetitivo ou informação solta no ar.
    Tem algumas coisas que são tão fortes quanto -- não -- mais fortes ainda do que uma poção de amor. Como a coisa real.
    Toda a parte que envolve a Caçada Selvagem é outro ponto extremamente positivo, toda a aventura e o desbravamento de novos lugares dentro do mundo criado pela Amy é empolgante e um ar novo nos YA's sobrenaturais que estamos acostumados. Existe um foco bem grande na caçada, na conquista e no descobrimento dos ingredientes que completam a poção é empolgante e cria uma dinâmica legal na história.

    Meu único problema -- se é que pode chamar assim -- foi com o interesse romântico. Tinha muita coisa acontecendo na história, com a Caçada Selvagem e a Sam aprendendo a confiar em si mesma, com toda a aventura nas buscas e as viagens e a imersão nesse mundo fantástico, não tinha tempo suficiente para desenvolver um relacionamento amoroso, o que deixou todo o arco muito forçado.


    Resenha: A Poção Secreta

    Sem contar que o Zain é personagem chatooooooooo. Pela Deusa, cada vez que ele aparecia eu rolava os olhos. É o tipo de personagem feito para você gostar, todo bonitão e perfeitinho e só a Deusa sabe porque ele quer a Sam. Até quando ele comete erros, não precisa pedir desculpas. Tá tudo certo porque ele é a crush universal. A única parte boa de tudo isso é que ele aparece pouco, ai a gente precisa aguentar pouco disso.
    E poções do amor nem são sobre amor, né? São sobre a ilusão disso: a fantasia. Elas são sobre a luxúria, a paixão. Eu vi amor de verdade. (...)  É sobre duas pessoas concordando em enfrentarem o mundo -- juntos, não importa os desafios. É sobre respeito. É pessoal.
    Além do Zain, achei completamente desnecessário os capítulos pelo ponto de vista da princesa Evelyn. Não acrescentaram nada a história -- a não ser o primeiro deles -- e parecia que só estava lá enchendo linguiça e ocupando espaço na história. No final, ela poderia ter sido mais curta se tivesse nos poupado disso.

    O final do livro é um pouco previsível, mas não deixa de ser ótimo ver como todas as pontas se amarram e ver aqueles personagens que a gente queria poder estapear levando um tapa metafórico na cara!


    Resenha: A Poção Secreta

    Em um apanhado geral, A Poção Secreta é um livro empolgante, com uma história diferente da que estamos acostumados a ver nas prateleiras por aí. Uma ótima leitura para passar o tempo e, de quebra, conhecer alguns personagens muito legais -- tô olhando para vocês, Kristy e Anita!

    Título original: The Secret Potion
    Autora: Amy Alward
    Editora: Jangada
    Gênero: YA - Alta Fantasia
    Nota: 3,5

    Saiba Mais: Skoob | Amazon

    1. Olá!
      Que capa mais bonitinha! Gosto de fantasia, mas não de YA, então fiquei na dúvida se eu iria gostar ou não.
      Bjs

      EntreLinhas Fantásticas

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Thalita!
        O maior foco do livro é na Caçada Selvagem mesmo, no desvendar da poção, encontrar os ingredientes... Eu curti muito essa parte. Não desviou para ficar em um vai-e-volta adolescente. Dá uma chance, quem sabe você se surpreende.

        bjs

        Excluir
    2. Oi Bibs!
      A história parece ser bem legal, tenho o livro e fiquei animada com sua resenha, apesar dos porém's, mas n achei tão graves assim, rs.
      Bjs
      http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Carol!
        Os poréns não são graves mesmo, dá pra aproveitar muito a história e se divertir com ela! Sem contar que você pode gostar do Zain e da Evelyn né :P

        bjs

        Excluir
    3. Oi, Bianca!
      Menina, eu te entendo! Dificilmente personagens perfeitinhos me conquistam. Ninguém é perfeito nessa vida. Apesar desse detalhe, parece uma história que eu iria curtir em ler.
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Luiza!
        Super recomendo leeeer! Zain é só um pontinho negro nessa história. Ela é tão diferente e bacana, cheia de aventura, que acho super válido aguentar ele para se maravilhar com a história de A Poção Mágica. Como eu disse, tem o bônus de que ele aparece pouco :P

        bjs

        Excluir
    4. Eu acho essa capa tão fofinha. Muita vontade de ler :)

      www.vivendosentimentos.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A capa é linda, né? Tô muito apaixonadinha por ela. Sem contar que tem hotstamp e verniz localizado, fica um charme só.
        A história é bem bacana também!

        bjs

        Excluir
    5. Olá, Bibs.
      Eu fiquei interessada nesse livro quando vi essa capa linda e li poção no título. Não sei porque a maioria dos autores insistem em enfiar um romance no meio da história. Tem livros que não precisam disso. E ainda mais quando o romance é com um cara perfeito que a gente sabe bem que não existe hehe. Mas ainda assim com essa ressalva é um livro que eu tenho vontade de ler.

      Prefácio

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Total indico ele, Sil!
        A gente pode ignorar todo o lance com o Zain AUSHAUSHAUSHAUSH o resto super vale a pena!
        Tem histórias que realmente valeriam muito mais se o autor só largasse mão do romance, mas acho que aqui ela não ia fazer isso de forma nenhuma, porque é uma série :/
        Mas de toda forma, leiaaaa :D

        bjs

        Excluir
    6. Também achei o romance forçado, nem dá pra gostar direito dele, mas de resto, todos os aprendizados que ela ganha e a dedicação verdadeira pela poção é maravilhoso. Uma obra que realmente não cai no clichê apesar do tema, gostei muito!

      xx Carol
      http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Siiim, Carol!
        Disse tudo. Eu gostei da Sam, do desenvolvimento dela e da trama. Tô até curiosa pelo segundo!

        bjs

        Excluir
    7. Socorro, deu vontade de comprar
      Tempo probleminha com livro enche-linguiça, porque a ansiedade grita pra eu pular a droga toda e aí acabo largando o livro
      Mas parece interessante, me ajuda iojdwoeigbjorjgoifwje

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. mds migo, tive vontade de pular capítulos da Evilyn, mas eles são curtinhos, ai deu certo de continuar auhsuahsuahsaushauhs
        Mas a história é muito legal mesmo.

        bjs

        Excluir
    8. Parece ser ótimo, mas o fato de ter capítulos pra preencher a historia e um romance forçado já me deixa pra baixo! Adorei a resenha e as fotos!

      Beijão,
      Querida Cretina

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Manu!
        Sempre tem a possibilidade de que você ache que os povs da Evie e o romance sejam legais, né. A leitura que eu fiz não foi muito positiva, mas você pode se envolver de forma diferente. Só te digo uma coisa: mesmo com esses poréns, o livro foi uma leitura muito bacana e fugiu bastante dos clichês que a maioria dos YAs tem trazido. Foi bem legal ler ele!

        bjs

        Excluir
    9. Amei !!!

      Estou amando ler seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes...

      Parabéns !!

      Samara Lima

      Colaboradora do Website Resultado da Lotofácil de Hoje

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Samara!

        Fico feliz que tenha gostado!

        bjs

        Excluir
    10. Oi Bibs!
      Por que (por que??!!!) sempre tem que ter um interesse amoroso? A história parecia estar se sustentando bem sem isso. Parece cheia de aventura.
      Ninguém merece personagem perfeitinho feito para todos se apaixonarem. Também me irrito com esse tipo de personagem irreal.
      Beijo,
      alemdacontracapa.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Mariana!
        Não vou mentir, vivo por um romance. Adorooooooooo mesmo, leio pra isso UAHSUAHSUHASUAHSUHAS Mas tem livros que rolam MUITO BEM só retratando uma aventura, tipo Ela Está em Todo Lugar!
        Nesse eu acho que não tinha como escapar, já que é uma série (trilogia?), mas realmente eu achei que saturou a história. Mas tô curiosa pelos próximos, quem sabe melhora esse ponto né? O importante é que o resto (grande parte) da história, foi ótima!

        bjs

        Excluir
    11. Oi Bibs,
      Eu não conhecia a obra, mas fiquei curiosa.
      Parece bem interessante e é uma série?
      A capa é simples, porém eu gostei!
      Beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Alessandra!
        Eu amo essa capa, ainda tem detalhes com verniz localizado e hotstamp, amo amo!
        Relevando os poréns, o livro é muito bom! Estou curiosa pelo dois. Pelo que notei das publicações nos EUA, é uma trilogia. Tem Ainda Royal Tour, que é o segundo, e Going Viral, que é o terceiro. :)

        bjs

        Excluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.