Como foi a CCXP 2017! - Queria Estar Lendo

Como foi a CCXP 2017!


Os quatro dias mais aguardados pela comunidade nerd do Brasil chegaram, enfim! A Comic Con Experience, que acontece em São Paulo, teve início no dia 07 de Dezembro e foi até o dia 10 - e eu estive lá na quinta-feira, na abertura da feira, pra surtar muito e conferir todas as maravilhas que os organizadores trouxeram para o mega evento.

Apesar de ser um dia menos movimentado, tinha muita gente (e só de ver as fotos do sábado eu já dei graças aos céus por ter escolhido ir num dia de semana, minha multidãofobia agradece também). A CCXP ocupou um espaço absurdamente gigantesco. Gigante a ponto de fazer parecer ok guardar uns dragões lá dentro, porque cabia e ainda sobrava espaço. Os estandes dos expositores eram grandes, as praças de alimentação também eram grandes, o Artist's Alley estava enorme. Já deu pra entender, né? Eu parei de sentir minhas pernas umas duas horas depois de começar a andar e ainda estou tentando me recuperar das dores. Riocentro parece brincadeira de criança perto da São Paulo Expo Center.



É meio difícil falar da CCXP com precisão; isso não é uma resenha nem um fangirl, é minha experiência lá na feira. E ela foi ótima. Os estandes tinham desafios e uma diversidade de coisas pra divertir quem estava visitando.



Por exemplo, a Warner trouxe uma parede de escalada para divulgar o filme Tomb Raider (que será lançado ano que vem); tinha espaço pra fazer tatuagens do Deadpool; o BB-8 original da franquia Star Wars estava lá no estande tirando fotos com a galera (infelizmente a fila estava maior do que minha vontade de tirar uma selfie com essa gracinha); um estande gigantesco de Harry Potter, com direito a quadro de quadribol e as vassouras expostas lá para tirar foto.




Tinha de tudo e mais um pouco, de verdade. E, apesar das filas (que são extremamente comuns em eventos de porte assim), tinha todo tipo de lugar pra você se divertir.

O Artist's Alley ganhou mais espaço (essa é a palavra chave da CCXP esse ano, ESPAÇO) e, comparado ao da primeira edição (foi o único que eu vi pra poder comparar!) ficou bem mais organizado e menos claustrofóbico tanto pros artistas quanto para os visitantes. Dava pra parar nas mesas e conversar com a galera; e pense numa vontade de comprar tudo. Absolutamente tudo. O talento daquele pessoal é de mais de 8 mil.




Outra coisa impressionante foi a mega divulgação da Editora Intrínseca pro lançamento Filhos da Degradação, primeiro livro do Felipe Castilho na casa editorial.

Bem fangirl eu mesma.
Ver pôsteres e um estande inteiro dedicado a um livro de fantasia nacional foi uma emoção indescritível - e, sem or, a edição tá absurda de tão bonita!

Vou deixar algumas fotos aqui pra mostrar pra vocês exatamente do que estamos falando em relação ao que foi o evento. 









Os estandes estavam incríveis, com decoração interativa de cair o queixo, espaços especiais para fotos e muita, mas muita coisa legal pra você torrar seu dinheiro.

E o melhor: NEM ESTAVA TÃO CARO ASSIM. Dá vontade né @ Bienal do Livro?



A CCXP foi épica, como prometido, e eu já tô preparada para a próxima edição (pelo menos psicologicamente, meu físico ainda precisa de um treinamento).

Alguém aí também visitou? Foi em algum outro dia? Deu pra se divertir bastante?

Share this:

, , , , , ,

COMENTÁRIOS

14 comentários:

  1. Oi, Denise!
    MEU DEUS EU TO BERRANDO QUE DESENHARAM JESUS NAS VIBES DO REFRIGERANTE AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA NECESSITO
    Eu acompanhei pouco a CCXP desse ano, mas pelos comentários que vi ela foi beeeem melhor organizada mesmo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      MARAVILHOSO NÉ? A Lara fez de várias marcas, tem todas na página dela: https://www.facebook.com/pg/mochirondesu/photos/?tab=album&album_id=450676628599741 GUARANÁ JESUS MEU FAVORITO, tinha até um cara fazendo cosplay dele por lá.
      Eles têm melhorado muito essa questão de organização desde o primeiro ano - como pessoa que dormiu na fila pra ver o Hobbit posso garantir que tá muito melhor :v

      Beijos!

      Excluir
  2. AAAAAH, que post mais lindo! Eu não foi à CCXP, aí até me senti um pouco dentro dela! Acompanhei algumas histórias do Instagram também e vi que tinha um cenário do quarto da Jessica Jones, achei muito massa!
    Outra coisa que eu fiquei louca para conferir são as ilustrações dos artistas que expõe os trabalhos deles lá, são muito lindas!
    E por último, que bom que tinha bastante espaço, porque aí dá para respirar, né? Hahaha. Como você disse, a Bienal poderia seguir esse exemplo!
    Beijo.
    Luiza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Que bom que deu pra ver a CCXP mesmo de longe <3 eu queria taaaanto ter tirado foto lá no escritório da Jessica, mas a fila tava muito grande e eu não tava com muita paciência.
      O Artist's Alley foi fantástico, só gente mega talentosa.
      UHASUHASUHASUHASUHASUHASUHA BIENAL PRECISAVA APRENDER. Principalmente a de SP, que é sempre a mais sufocante e_e

      Beijos!

      Excluir
  3. Super legal
    Acho tão incrível esse tipo de evento, qria mt poder participar!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda! Quem sabe ano que vem você consegue ir <3

      Beijos!

      Excluir
  4. MEU SENHOR DO CÉU - Eu adorei essa fanart do Guaraná Jesus <3
    Eu queria muito ter ido nessa CCXP, mas como sempre, me faltam recursos para ir </3
    Pelo visto deve ter sido uma experiencia maravilhosa!

    Beijão,
    Vinicius
    omeninoeolivro.blogpost.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARAVILHOSO NÉ?! A Lara fez ilustrações de vááárias marcas, uma mais adorável que a outra https://www.facebook.com/pg/mochirondesu/photos/?tab=album&album_id=450676628599741 ASJKNAOGBOASGOASGBO
      Foi épico mesmo! Quem sabe ano que vem rola de você ir, pensamento positivo! ;D

      Beijos.

      Excluir
  5. Olá, Denise.
    Nunca fui em nenhuma edição hehe. Mas fiquei aqui babando nas fotos. Imagine como tava ao vivo então. E fiquei besta agora. Nunca vi a Intrínseca dando tanto destaque assim para um nacional. As coisas mudam e ainda bem.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Ao vivo é de cair o queixo, realmente. Os estandes são gigantescos, e é muita coisa interativa legal pra visitar.
      TAMBÉM FIQUEI CHOCADA, e muito feliz por ver tamanho destaque (num evento desses) de um livro nacional <3

      Beijos.

      Excluir
  6. PODE MORAR NO SEU POST? HAHAHAH
    Maior do que o Riocentro? Socorro kkk Meu sonho ir na CCXP, que bom vc aproveitou bastante esses estandes maravilhosos!
    Bjs Denise
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também queria, Carol! UHASUHUHASUHASUHASUHAS já deu saudade.
      MUITO MAIOR. O Riocentro parece pequenininho perto de tudo que eu andei naquilo, socorro.
      Tomara que dê certo pra você ir ano que vem *---*

      Beijos!

      Excluir
  7. Fui no sábado e sem or, fila, fila e mais fila, inclusive entrei em uma fila para entrar na fila para os autógrafos dos irmãos Cafaggi, mas mesmo assim super valeu a pena!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Entrei numa fila pra entrar numa fila" MELHOR DEFINIÇÃO DE CCXP ASUHUHASUHASUHASUHASUHASUH sim, com certeza vale muito a pena!
      Sai de lá sem sentir meus pés, mas tava sorrindo :D

      Beijos!

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!