Resenha: Fraude Legítima - Queria Estar Lendo

Resenha: Fraude Legítima

Resenha: Fraude Legítima

Lançado no Brasil pela Editora Seguinte (que cedeu um exemplar para esta resenha), Fraude Legítima é novo livro de E. Lockhart, e sem decepcionar, apresenta em cada palavra o potencial genial da autora para criar histórias envolventes.
Sinopse: Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.
Nas primeiras partes da leitura, achei que nesse livro a autora cometeria os mesmos erros encontrados em O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks, um dos maiores, é a superestimação da personagem e de como ela é “legal” ou “evoluída”, ou seja, muito melhor do que já foi um dia e reconhece isso de maneira bem forçada. Porém, chegando na metade da história, as coisas começaram a se revelar bem interessantes e lendo mais, percebi que era a autora de Mentirosos que escrevia (porque eu amei Mentirosos). Ainda assim, pode-se dizer que E. Lockhart ainda não decidiu para onde quer pender (espero que penda para o lado de Mentirosos), e Fraude Legítima mostra isso, mas, não decepciona. 
Jule acreditava que quanto mais se suava no treino, menos se sangrava na batalha. Ela acreditava que a melhor forma de evitar ter o coração partido era fingir não ter coração. Acreditava que a forma como se falava era, na maior parte das vezes, mais importante do que qualquer coisa que se tivesse a dizer. 
Resenha: Fraude Legítima

A história começa com Jule, uma menina visitando um resort, mas não temos muita noção de quem ela é ou por que está lá. Começamos a perceber coisas sobre a personagem quando outra entra em cena, querendo saber mais sobre ela, o que deixa Jule nervosa e desconfiada. A partir daí, cada capítulo regressa um pouquinho ao passado, como, uma semana antes do momento em que ela encontrou essa personagem, depois, um mês antes do momento daquele capítulo e assim vai. A história, tirando os primeiros capítulos, é basicamente contada de trás pra frente, o que vou dizer, me deixou ligada e querendo saber o que iria/tinha acontecido. 
Jule assistiu a uma porrada de filmes. Ela sabia que mulheres raramente eram o centro desse tipo de história. Não passavam de um refresco para os olhos, companheiras, vítimas ou interesses amorosos. Em geral, existiam para ajudar o grandioso herói branco e heterossexual em sua jornada épica e muito foda. Quando havia uma heroína, ela era muito magra, usava quase nenhuma roupa e tinha dentes perfeitos. 
Conforme as páginas passam, vemos que grande parte do que acontece com Jule é por causa de sua melhor amiga, Imogen, uma menina rica e fascinante, que atrai admiração e fidelidade por parte de Jule. Eu realmente não posso dizer muito mais sem dar spoiler e essa história (assim como Mentirosos), só pode ser lida sem spoiler. Mas é na hora em que os capítulos se dirigem ao passado que revi a genialidade de E. Lockhart, o poder que ela tem de criar uma história envolvente com reviravoltas interessantes.

Resenha: Fraude Legítima

Nos primeiros capítulos, que ocorrem no presente,  Jule é uma menina que sabe quem é, que tem muita confiança em si o mesma – o que pode ser um pouco irritante do modo que foi colocado, mas quando a história vai se desenvolvendo e o passado é revelado, Jule tem uma base para sua personalidade e é possível perceber o quão bem construída é.  Há suspense, há um clima de espionagem e fuga, há enganação e obsessão, é uma história diferente e dá pra dizer que a autora arriscou muito a escrevê-la, mas chegou a um bom resultado.

Resenha: Fraude Legítima

Apesar disso, pela publicidade da edição original, acredito que se vendessem o livro de outra forma, focando mais no passado de Jule, seria muito mais interessante. Frases como “o oponente a subestimou” – o que é uma ofensa para a Jule do presente -, focam na parte menos cativante da história. Pois a parte notável, é realmente o passado, e também a parte melhor construída. 
Jule não saiu. Quando o elevador começou a descer, pegou um lenço demaquilante e tirou os cílios postiços. Depois de tirar o gloss, abriu a carteira de Shanna, pegou a habilitação e jogou o resto no chão.Era outra pessoa quando as portas se abriram. 
A leitura é muito fluída, li em uma tarde e foi difícil largar nos intervalos. Pelo título e pela capa, eu não consegui adivinhar o conteúdo, mas isso dá um clima relacionado à história, pois pensei que era uma coisa, e na realidade, outra completamente diferente. A capa é mesma que a edição original e a escolha de cores realmente a deixam mais atrativa. As páginas são amareladas e a fonte de um tamanho bom.

Resenha: Fraude Legítima

Esse livro me deixou ansiosa pelas próximas criações da autora e espero, seriamente, que ela consiga seguir no ritmo, no clima de Mentirosos e de grande parte de Fraude Legítima, porque se o fizer, cada história será melhor que a anterior.

E você, já leu Fraude Legítima ou algum outro livro da autora?

Título original: Genuine Fraud
Autora: E. Lockhart
Editora: Seguinte
Gênero: YA
Nota: 4

Saiba mais: Skoob | Amazon | Submarino

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

10 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Camila! Estou ansiosa para ler Fraude Legítima! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Parece ser um livro bem interessante, gostei muito da premissa dele.
    Vou colocar na lista de leitura.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Camila!
    Nunca li nada da autora e pra ser sincera não tenho taaanta vontade assim. Apesar de todo mundo falar super bem, ainda falta alguma coisa para me interessar de verdade nos seus livros.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. Nunca li esse livro mas a capa me causa curiosidade sobre tudo que a história aborda.. eu já me sinto ansiosa e nem comecei a ler kkk

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da autora, esse livro foi lançado em Portugal mas não lhe prestei muita atenção, mas agora fiquei curioso! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  6. Oii Cami, amei a sua resenha, tô louca para ler esse livro da autora, até pq até hoje só li Mentirosos e quando li foi uma das melhores leituras, então estou cm altas expectativas com relação à esse livro, espero gostar.
    - Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Camila!
    Mentirosos é um dos meus livros preferidos e, por isso, estou com muita vontade de ler esse! Fraude Legítima está na minha wishlist e eu espero poder gostar tanto quanto você.
    Sem falar que a sua é uma das pouquíssimas que li até hoje desse livro, então descobrir que a trama é contada de trás pra frente e que ela pende para Mentirosos, já tenho certeza que vou gostar :)
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Camila.
    Eu quero muito ler esse livro. Diferente de você eu gostei tanto de Mentirosos como de O Histórico Infame, achei os dois ótimos. Mas fico preocupada com isso da história ser contada de trás para frente. Acabei de ler Toadas as garotas desaparecidas que é assim e achei bem confuso hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse livro estava há muito tempo na minha wishlist, agora estou mais ansiosa ainda!! Esse livro me conquista pela capa e pelo enredo. E que resenha maravilhosa, hein?! Amei!!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei demais desse livro e concordo em tudo com vc!
    Estou escrevendo a resenha dele e é bem difícil, pois qualquer coisa pode ser considerada spoiler! hahaha

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!