Resenha [FILME]: Jumanji - Bem-vindo à selva - Queria Estar Lendo

Resenha [FILME]: Jumanji - Bem-vindo à selva


Eu vou confessar logo de cara que minhas expectativas estavam muito baixas com esse filme. Jumanji é um clássico da minha vida e fiquei com receio de eles não conseguirem construir uma sequência à altura; rapaz, eu errei feio. E tô muito feliz por isso.

Jumanji - Bem-vindo à Selva adapta o famoso (e perturbador) jogo de tabuleiro para os dias atuais. É um jogo que precisa e quer ser jogado, que tem vida e vontades, e a sacada do roteiro para usar isso a favor da modernização foi genial. De um tabuleiro para um cartucho descoberto por quatro adolescentes na sala de detenção, agora nós vemos o outro lado do jogo - aquele em que o Alan ficou preso por muitos anos no primeiro filme, e o mesmo protagonistas vão ter que zerar se quiserem escapar.





Esse filme é hilário do começo ao fim. É o tipo de humor bem pontuado e inteligente que usa absolutamente todas as brechas possíveis para fazer os espectadores rirem; e como eu gargalhei! Com um quarteto de protagonistas extremamente desconexos ao jogo, o roteiro constrói as relações e desavenças da melhor maneira possível, para logo depois começar a construir a união entre essas quatro figuras.

 

 

O elenco é bastante responsável por todo carisma e empatia que os personagens possuem. Spencer - na vida real, um grande nerd, no jogo, um doutor poderoso interpretado por Dwayne Johnson -, é cômico e sensato. Dentro de Jumanji, Dwayne entrega todas as características vistas no adolescente e um bônus para a nova personalidade criada pelo próprio jogo.

A diferença entre adolescente-esquisitão/adulto-poderoso deixa toda e qualquer cena muito engraçada. Fridge - jogador de futebol badass na vida real e um zoólogo Robin-para-o-Batman-do-Dwayne no jogo -, ganha vida através do divertidíssimo Kevin Hart. A dinâmica entre ele e Dwayne foi uma das melhores coisas do filme. Os dois têm muita química em cena, os humores se equilibram e, cara, é de chorar de rir. Todo o embate de ex-melhores amigos, molenga e fortão, diferentes tipos de racionalidade. É maravilhoso de assistir.



Do outro lado, temos Martha, a CDF pouco inclinada a relações sociais - que, no jogo, se torna uma matadora de homens conhecida como Ruby Roundhouse (Karen Gillan dá vida à ela e pense numa mulher poderosa e badass em cada cena, igualmente vulnerável em todas elas). E Bethany, a patricinha viciada em redes sociais que vive na bolha da popularidade - em Jumanji, um cartógrafo que ganha vida através do Jack Black. Ver Jack Black interpretando uma patricinha de 16 anos foi absolutamente uma das melhores coisas que já vi na vida.

Que a deusa abençoe a interação entre as duas garotas. O roteiro consegue trabalhar as diferenças entre elas como estranheza no começo, para então criar empatia e irmandade e entregar uma amizade maravilhosa toda construída em cima de aceitação e apoio.

Não espere nenhum clichê tosco de esteriótipos; os esteriótipos existem, sim, mas eles são só um gancho para o humor, que faz chacota das coisas que videogames e histórias de ação do tipo costumam usar como importância para a história.

E também tem o crescimento formidável que cada personagem e cada relacionamento na trama. Eu sai do cinema apaixonada pela forma com que o roteiro aproximou esses quatro personagens tão improváveis. Aquela coisa de "juntos nós conseguimos", "nossas fraquezas nos tornam mais fortes" é o que os guia no jogo, e o que eles aprendem para levar além dele.

Eu queria tirar só uma frase pra falar sobre como o Nick Jonas está gostoso nesse filme. E atua muito bem. Minha crush ressuscitou.



De volta ao profissionalismo.

Jumanji - Bem-vindo à Selva é nostálgico. Pode prestar atenção porque tem muitas referências ao original. Referências óbvias e outras bem discretas, mas que estão ali. É fiel ao primeiro filme, obedece ao legado deixado por ele. Até porque Jumanji é o clássico de uma geração, mas não é exatamente a obra mais cultuada e perfeita do mundo. O novo respeita tudo que o anterior deixou, adapta para os dias de hoje e não economiza na hora de trabalhar o que seria o terror do jogo de tabuleiro na atualidade.

Ele funciona perfeitamente como um filme de aventura. É engraçado ao extremo, tem ótimos personagens com os quais é muito fácil se relacionar. O elenco é genial, a ação é bem feita e a jornada dos protagonistas é simples, mas é o que a história precisa. Não perde tempo e dá uma chance pra esse novo Jumanji, garanto que não vai se arrepender!

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

21 comentários:

  1. Oi, Denise!
    Minha crush no Nick Jonas nunca morreu e ultimamente só vai aumentando porque olha...
    Não lembro muito bem do filme original, então acho que esse novo não seria tanto problema pra mim. Pra ser sincera, eu nem tinha muita vontade de assistir, mas EM TODAS AS FUCKING SESSÕES DE CINEMAS que fui desde que saiu o trailer desse filme PASSAVA O TRAILER. Acho que é o destino dizendo que tenho que assistir hahahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      Minha crush tinha dado uma assentada com os anos, mas sem or foi só ele aparecer na tela que o coração quase parou.
      OS DEUSES TE MANDARAM MENSAGEM PRA IR ASSISTIR, faça isso! Vale muito a pena. É hilário e uma ótima aventura.

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, Denise.
    Eu estou louca por esse filme desde que vi que ia sair. Eu amo o filme original e também estava apreensiva. Mas agora fiquei mais animada com sua opinião. Vou prestar atenção a essas referencias ao filme original hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Pois é, meu medo maior era que não fosse fiel ao clássico e como eu fiquei feliz com tudo o que vi!
      Fica de olho que tem umas referências maravilhosas, eu dei um berro numa delas.

      Beijos!

      Excluir
  3. Perturbador é um ótimo adjetivo para o primeiro Jumanji, acho que só vi duas vezes. Se achei bom?Achei ótimo. Mas,pensa em uma bicha medrosa. E olha que nem é terror. Vejo que vou ter que ver novamente para entender as referências no novo filme.Já adorei o trailer e agora com a resenha estou ainda mais animada. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi July! Pois é, eu morria de medo de Jumanji, mas adorava assistir! Até hoje dá uns calafrios em algumas cenas UHASUHUHASUHASUHAS
      Fazer sessão flashback e ir assistir o novo é uma ótima ideia!

      Beijos.

      Excluir
  4. Quando soube do lançamento desse filme fiquei ansiosa e temerosa rs' Também sou uma das que amavam Jumanji na infância. É um alivio ler essa resenha e saber que posso assistir sem medo, que o melhor do filme foi mantido e agora vamos ver uma parte do jogo que não tínhamos visto antes: a selva de Jumanji!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luane! Todo mundo que cresceu com Jumanji tava com um pé atrás, pelo jeito, e com razão. Mexer com clássico é perigoso. Felizmente, esse filme deu muito certo e vale muito a pena assistir!

      Beijos.

      Excluir
  5. Oi Denise!
    Nem me fale do Nick Jonas, peloamor... Que homem! *O* hahah
    Adorei sua crítica, espero poder assistir logo! Acho q vou curtir essa releitura pq o filme original não está entre meus longas favoritos.
    Bjs, te indiquei num prêmio lá no blog <3
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      MENIIIINA NEM FALE, quando ele apareceu quase cai da cadeira.
      Ahh o filme é bem original, mesmo como continuação do primeiro. Pra quem não conhece ou não curte, também vale a aventura!

      Beijos!

      Excluir
  6. Oie
    O filme original marcou minha infância, eu adoroo, desde que vi o lançamento deste eu queria assistir.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Siim, o original é um clássico na vida, esse novo faz muito jus ao legado!

      Beijos.

      Excluir
  7. Eu também a principio tenho medo desse filme. Fez parte da nossa infância como você falou.. e nossa eu amava.. foi tão louco o filme para a época. Mas vendo seus comentários, acho que posso ir para o cinema sem medo agora.. já sei que vou me divertir muito :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monique!
      Pois é, quando tu mexe com um legado sempre vai ter aquele medo de estragar o que existia e era tão bom. Por sorte, esse filme foi muito fiel a tudo que o primeiro filme trouxe e conseguiu acrescentar ainda mais a franquia!
      Pode ir sem medo, vale muito a pena.

      Beijos!

      Excluir
  8. Oie,

    Desde que saiu o anuncio desse filme fiquei curiosa em ver, parece ser muito divertido e com um bom roteiro.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica!
      Vai na fé que esse filme é maravilhoso, vale cada centavo do ingresso :D

      Beijos!

      Excluir
  9. Eu Denise eu tb fiquei feliz por ser bom, eu tb estava com bastante receio. Achei mega divertido e não é filme cult, cheio de reflexão, ele tem uma proposta de ação com comédia e cumpre bem isso! Tb adorei o elenco!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! Pois é, o filme é definição de 'aventura'. É engraçado, passa ótimas mensagens e você nem vê o tempo passar enquanto assiste.
      Fez jus ao original <3

      Beijos!

      Excluir
  10. Oi! Eu achava o Nick Jonas o mais tímido dos irmãos e hoje é o que mais se saiu bem na carreira solo e realmente está lindoooo hahaha quero assistir o filme. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  11. Ai, Denise... nem sua crítica tão linda e elogiosa tira minha cisma com esse filme. Jumanji é o filme da minha infância, cara. Tenho gravado em VHS pra você ter uma noção, e ver que colocaram um videogame na parada me dá até coceira. Sou totalmente avessa à videogames, não curto mesmo, custava deixar as criancinhas acaharem o jogo de tabuleiro, custava? AHHAHAHAHAHAHA
    Então estou aqui nesse impasse de vou não vou, assisto ou não assisto... apesar de gostar da dinâmica deles entrarem no jogo ao invés do jogo sair... espero que eu tome uma decisão antes que o filme saia de cartaz! AHHAHAHAHAHAHA

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami!
      Acredite: eu entendo o sentimento. Fiz até APOSTA com a minha mãe de que ia ser uma bosta, porque ela tava com expectativa bem alta e eu achando que não ia dar certo - quebrei a cara bonito, mas fiquei feliz por isso ASHUUAHSHUASUHSAUHASUHASHSA então, sem spoilar muito, mas alguém acha o tabuleiro. E a reação é exatamente igual o que se espera de uma galera da geração dos consoles novos. É a sacada genial do filme.
      Sério, de fã pra fã, eu te garanto que esse novo é bem fiel ao antigo. Você vai se divertir muito!

      Beijos.

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!