Resenha: Histórias Extraordinárias - Queria Estar Lendo

Resenha: Histórias Extraordinárias

Resenha: Histórias Extraordinárias

Histórias Extraordinárias reúne dezoito contos do sombrio e espetacular Edgar Allan Poe. A edição especial foi lançada pela Companhia das Letras - que cedeu este exemplar para resenha. Ilustrada e configurada para fazer jus ao legado do autor, é, de fato, uma obra extraordinária.
Sinopse: A edição ilustrada inclui textos de Charles Baudelaire, Jorge Luis Borges e Julio Cortázar, que reverenciam o estilo hipnotizante do escritor mais sombrio de todos os tempos. Histórias extraordinárias reúne dezoito contos assombrosos de Edgar Allan Poe, com seleção, apresentação e tradução do poeta José Paulo Paes. Este livro traz, entre outras obras-primas do mestre do suspense e do mistério, “A carta roubada”, “O gato preto”, “O escaravelho de ouro”, “O poço e o pêndulo” e “O homem da multidão”. O caráter macabro das histórias, dotadas de profundidade psicológica e imersas em uma atmosfera eletrizante, continua a conquistar novos leitores e a afirmar sua condição de clássico. Nas palavras de Paes, “Poe sempre consegue […] provocar-nos aquele arrepio de morte ou aquela impressão de vida que, em literatura, constituem o melhor, senão o único, passaporte para a imortalidade”.
Poe foi controverso e perturbado. Teve uma vida cheia de altos e baixos e sempre carregou a aura sombria e melancólica - e acabou levando isso para suas histórias. Os contos são diversos, com abordagens críticas e tenebrosas do sobrenatural e do cotidiano. Poe tem uma escrita marcante tanto em seus poemas como na prosa; ele não é um autor fácil, mas também não é de toda uma complicação.

Os melhores contos, que já me eram favoritos antes de pegar essa edição especial, foram Ligeia, O gato preto, Berenice e A Máscara da Morte Rubra. As outras histórias se equilibram em boas leituras e outras mais bagunçadas do que satisfatórias. Como grande fã do autor, tenho ciência de que nem tudo que ele escreveu é ouro. Alguns contos foram enfadonhos, sim, ou tão bizarros que não geraram grande comoção em mim.


Resenha: Histórias Extraordinárias
Para Poe, verdade e beleza eram coisas distintas, e não deviam ser misturadas, sob pena de abastardamento.
O interessante nas histórias do Poe é sua abordagem do sinistro, do bizarro e do medo. Ele sabe exatamente onde pisar dentro da narrativa para causar a sensação de desconforto, de que alguma coisa está errada. Seja com olhares por cima do ombro ou descrições prolongadas, monólogos intermináveis ou mesmo personagens caricatos. Edgar Allan Poe não recebeu tanto prestígio como mestre do terror a toa.


Resenha: Histórias Extraordinárias

A Máscara da Morte Rubra é meu favorito dele - além de O Corvo - por ser um conto tão simples e tão arrepiante. Envolve uma praga desconhecida que vem devastando a população, um príncipe que se isola em seu palácio com a nobreza escolhida a dedo e um baile de máscaras, com salas temáticas e uma figura misteriosa invadindo a comemoração. São poucas páginas, mas tem o que é preciso pra causar aquele arrepio na espinha. Entrega uma trama aterrorizante fácil e perturbadora.
Havia muito de belo, de atrevido, de bizarro, algo de terrível, capaz em não pouca medida de provocar aversão. Para lá e para cá, nas sete salas, movimentava-se uma multidão de sonhos.
Ligeia é sobre o amor idealizado, sobre o que é eterno. Sobre a loucura de um homem e da sua musa e do que a perda abrupta fez com a sua sanidade. A trama é totalmente sobre a psiquê desse homem, doentiamente obsessivo com sua Ligeia, a mulher que ele perdeu e, mesmo sonhada, nunca vai voltar. Também mexe com o nosso psicológico; onde é paranoia e onde é sobrenatural?


Resenha: Histórias Extraordinárias

Histórias Extraordinárias ganhou essa edição em capa dura que faz jus ao trabalho do autor. É um livro maravilhoso, ricamente decorado, com textos de admiradores e estudiosos da carreira de Poe. Um prato cheio aos fãs, como eu, e aos curiosos com o que as histórias assombrosas de Edgar Allan Poe carregam.

Título original: The Works of Edgar Allan Poe
Autora: Edgar Allan Poe
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Contos | Terror
Nota: 4

GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!

 Skoob  |  Amazon  |  Submarino

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

23 comentários:

  1. Oi, Denise!
    Eu tenho um problema muito grande com Poe: eu sou super curiosa para ler os contos dele, mas ao mesmo tempo não consigo ler nada de terror. Ou seja, né... hahaha
    Eu assisti o filme O Corvo que é inspirado na obra dele e amei de paixão. Espero que um dia eu consiga deixar esse medo de lado para poder ter uma edição tão bonita quanto essa!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!
      Os contos do Poe são mais perturbadores do que amedrontadores, pra falar a verdade. Ele mexe bastante com a ideia do medo, mas é de um jeito mais abstrato; o que me causou medo de verdade foi Lovecraft, esse sabe como aterrorizar e_e
      Se quiser, pega esses dois contos que eu indiquei na resenha. Eles são os mais leves e mais interessantes da coletânea :D

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá Denise!
    Que livro é esse heim?!!!
    Além da capa ser maravilhosa o enredo é perfeito!
    Eu tinha lido uma resenha da obra só e cada vez que conheço e leio opiniões de outras pessoas me convenço á ler e esperar uma excelente leitura!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Maravilhoso né? Eu babei nessa edição, coloquei até num pedestal.
      Procura pela obra sim, tu vai gostar bastante *-*

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Denise!
    Menina, eu não tive uma experiência muito boa com o Poe.
    Essa edição é linda demais! Eu tenho um fraco por capas roxas.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      AAAAAAAAA que pena ç___ç tem uns contos do Poe que eu fico bem nhé, mas a maioria é favorita.
      Essa edição é aquele tipo que tu coloca num pedestal e louva todos os dias, ô trabalho lindo.

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá, Denise!
    Ai, eu sou meio paranoica, acho que não conseguiria ler algo do Poe... E se você diz que esse livro dele é arrepiante, sinistro e outras coisas, acho que eu iria querer morrer quando terminasse hahah. Mas apesar disso, amei a resenha e as fotos!

    Já estou seguindo o blog!
    xoxo
    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís!
      ASUHUHASUHASUHASUHASUHAS o terror do Poe é uma coisa mais difícil de explicar do que parece. Não é tão sinistro assim. Dá uns arrepios, mas é muito mais pra tu ficar fissurada e querer acabar logo. Acho o Lovecraft muito mais medonho, em comparação o_o
      Se quiser tentar ler, A máscara da morte rubra é uma ótima pedida.

      Beijos!

      Excluir
  5. QUE EDIÇÃO LINDA <3
    Eu nunca li nada do Poe, mas esse ano isso muda. Eu amo o gênero, e fico até mal de nunca ter lido nada dele. Adorei a resenha, e as fotos. Assim que ler venho aqui te contar o que achei <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Um arraso de edição né? Apaixonei demais!
      Ahhhh se tu gosta de terror então vai adorar as histórias do Poe! Comente comigo tudo que achar, por favor *-*

      Beijos.

      Excluir
  6. Oi Denise.
    Sou uma leitora bem medrosa, então ainda não li nada do Poe.
    Ligeia parece um ótimo conto! Sombrio, mas com uma temática muito curiosa. A mistura de paranoia e obsessão deve ser interessante.
    Achei essa edição linda. Mas provavelmente não lerei esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela!
      Entendo o sentimento. Depois que li Lovecraft fui pra uns young adults fofinhos pra descarregar o medo UHASUASUHUHASUHASUHA
      Ligeia é um dos meus favoritos; é um conto bem simples, mas ainda assim impactante.

      Beijos!

      Excluir
  7. Sabe aquele autor que você tem a maior curiosidade de ler algo? Poe é assim para mim, ainda não tive a oportunidade de conferir nenhuma de suas obras, então já fiquei bem animada em saber sobre este livro de contos. Creio que seria um bom inicio para conhecer a escrita dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli!
      Sei bem como é. Olha que bom, a resenha já ajudou a aumentar um pouquinho tua curiosidade! *-*
      Essa coletânea é um ótimo pontapé inicial se quiser conhecer mais dele, até pelo prefácio que fala bastante sobre o próprio Poe.

      Beijos!

      Excluir
  8. Que edição maravilhosa!!!! Eu já li todos esses contos e tenho dois livros aqui em casa do autor, mas quero muito comprar essa edição nova!!!
    Olha essa capa! Sensacional <3

    Toca da Lebre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda!
      Maravilhosa né? É pra colecionar mesmo, porque ô trabalho bem feito *o*

      Beijos!

      Excluir
  9. Olá!
    Confesso que morro de vontade de ler qualquer coisa do autor, mas ao mesmo tempo sempre acabo ignorando os livros deles e recorrendo a outros da interminável wishlist.
    Essa edição e sua resenha, por outro lado, me deixaram novamente curiosa para conferir!
    Gostei de você dizer que apesar de ser um autor que você adora, nem tudo o que ele escreveu é ouro.
    Acabei de entrar no mundo do blog com minha amiga e segui o seu porque adorei. Parabéns!
    Beijos,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Sei bem o sentimento de wishlist interminável UHUHASUHASUHAS mas o legal é que você já tem interesse, então quem sabe um dia role a oportunidade de ler *-*
      Obrigada pela visita e bem-vinda a blogsfera, flor!

      Beijos!

      Excluir
  10. Oi Dê, eu amei essa edição. Antes eu só tinha lido a HQ de O gato preto, então basicamente foi a primeira vez que leio a narrativa do Poe e foi uma excelente experiência!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Nunca li os contos de Poe, mas tenho muita vontade. Essa edição está muito maravilhosa...

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  12. Gosto muito de livros de contos, e tenho muita curiosidade em ler algum livro do autor Edgar Allan Poe, então acabei me interessando em ler este livro. Pela sua resenha este livro parece ser muito bom. Adicionei Histórias Extraordinárias em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Ainda não li nada do autor, mas tenho visto vários livros dele que me chamam atenção. Quero muito ler estes contos.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Denise!
    Poe é um ícone em terror de terror, medo e suspense. É aquele tipo de leitura que nos deixa tensos e ao final, completamente satisfeito.
    Bacana ver esse livro que reúne 18 dos contos dele.
    Um feriado de alegria e moderação e desejo uma ótima semana!
    “Ninguém é assim tão velho que não acredite que poderá viver por mais um ano.” (Cícero)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!