Resenha: Nos Bastidores da Fama - Queria Estar Lendo

Resenha: Nos Bastidores da Fama

Resenha: Nos Bastidores da Fama

Nos Bastidores da Fama é o mais recente lançamento da autora Layla Casanova. Cedido em parceria para essa resenha, a história acompanha uma jovem atriz e os dilemas que ela vai enfrentar ao assinar contrato para uma série que promete ser um grande sucesso.
Sinopse: Lucy Rigby tem uma carreira brilhante pela frente, especialmente depois de conseguir o papel principal em Dinastia, a adaptação de uma famosa saga de livros históricos. Mas, como se não bastasse viver a sua heroína preferida na TV, ela terá de contracenar com Jasper Whitman. Britânico, lindo e amado pelo público, Jasper não é apenas o par romântico de Lucy - mas também o ídolo da sua adolescência, famoso pelos romances com suas colegas de elenco. Em um mundo onde todos tem uma opinião online, os paparazzo são como ninjas e os sentimentos de Lucy se confundem entre o ator e a personagem, poderiam eles fazer uma série de sucesso? E estaria Jasper verdadeiramente interessado nela ou Lucy seria apenas outro nome na sua lista de conquistas? Às vezes, os bastidores da fama são mais complicados do que os tabloides fazem parecer.
Lucy já tinha considerável fama antes de receber a proposta de estrelar Dinastia - adaptação de uma série de livros históricos que coleciona uma legião de fãs; Lucy entre elas. A chance de dar vida a Cassiopeia, rainha imperiosa cheia de força e voz, é tudo que a protagonista sempre sonhou. Até descobrir que seu par amoroso será interpretado por ninguém menos que Jasper Whitman; queridinho do público e grande conquistador por trás das telas, de acordo com os tabloides. E aí fica a questão: até onde os tabloides estão certos? Até onde Lucy vai até separar personagem de ator? Os bastidores da fama são mais conturbados do que a mídia e o glamour fazem parecer.

Sabe aquele tipo de livro que aborda justamente um tema que você sempre tem curiosidade em investigar? Tá aqui o que eu queria ler. Os Bastidores da Fama é uma história leve, descontraída e muito bem desenvolvida, e mostra o que existe atrás dos flashes e dos sorrisos e dos vestidos e festas. Mostra o emocional e a humanidade das pessoas que estamos acostumados a ver nas nossas séries favoritas, e desenvolve uma trama que te prende do início ao fim.


Resenha: Nos Bastidores da Fama

Lucy é uma ótima protagonista. Acompanhamos sua história desde a chegada à Irlanda, onde Dinastia vai ser gravada (olá meu sonho de morada) e já somos confrontados com seu nervosismo e com as expectativas de uma fã; pior ainda, Lucy é uma fã e vai ter que entregar conteúdo aos fãs. Ela vai ter que dar vida à heroína que todos aprenderam a amar, e a pressão disso é pra deixar qualquer pessoa maluca.

Assim como Cassiopeia, que conhecemos através de trechos, das gravações e das lembranças da personagem, Lucy é muito forte - só precisa encontrar isso durante sua história. Ela também é uma garota com sonhos, com medos e com fragilidades; a mídia não vê isso, e é quase cruel acompanhar os tweets, notícias e comentários negativos que, convenhamos, a Internet sempre tem a entregar.


Meu cast pra Lucy é minha neném Dianna Agron bc of reasons.
Aliás, mesmo que uma "coadjuvante" da história, Dinastia dita muito do que acontece na trama principal. Como eu disse, Lucy é Cassiopeia e vice-versa, então vemos a jovem atriz entrando e saindo do papel e guardando muito da rainha poderosa consigo; a maneira com que ela enfrenta os problemas, os medos e as indecisões. O pano de fundo tenso da história sobre responsabilidades e amores impossíveis é quase o que encontramos nos bastidores da série - só que de maneira mais amena. Lucy não precisa comandar um reino e protegê-lo de uma guerra, mas precisa entender seus sentimentos e enfrentar o peso de participar de uma mega-produção como aquela.

Aquela coisa de "preciso aprender a parar de ler comentários" que a gente tem em mente quando abre uma notícia? Lucy passa muito por isso. E é parte do crescimento dela como profissional e personagem, porque Dinastia é um grande salto em sua carreira. É a oportunidade de ouro para ela fazer seu nome, para mostrar que está ali porque tem talento e tem força de vontade. Eu torci pela Lucy do começo ao fim; tanto profissionalmente, quanto... Cof cof, romanticamente.
- Você está tentando me seduzir, Jasper Whitman? 
- Isso depende. Está funcionando?
Vamos falar sobre Jasper Whitman, esse mocinho inglês que eu não sabia entender, mas queria muito. Entenda como quiser...


Inclusive Richard Madden nasceu pra esse papel.
Jasper é carismático e sempre presente, um verdadeiro lorde inglês charmoso e educado. Lucy vê nele um amigo e confidente, até porque Jasper é mais famoso que ela quando chega nos bastidores e parece saber exatamente o que ela enfrenta sempre que abre as redes sociais ou resolve sair para passear. A pressão e o medo de pisar na bola estão com eles o tempo todo, e isso cria uma conexão.

É um ship amável, mas é também um ship impossível. Jasper está noivo - e Lucy está certa de que está se apaixonando pelo personagem. A gente fica confusa com ela, porque apesar da simpatia e dos sorrisos únicos e da presença marcante, ele entrega algo mais justamente em frente às câmeras. Quanto disso é real? Quanto disso é só fantasia? Quando esse ship vai zarpar, se é que vai?
É o tipo de beijo cândido que apenas séries com censura livre são capazes de oferecer. Um esmagar de lábios bobo, mas que deixa o corpo inteiro de Lucy formigando.
Pode se preparar pra roer as unhas em nervosismo e curiosidade, porque você vai torcer por eles. Vai torcer para que Lucy se entenda com seus sentimentos e para que Jasper deixe de ser um enigma e se torne o quebra-cabeça completo. É aquele tipo de casal que com simples olhares e toques já te causa uns arrepios, que funciona muito bem tanto na parte da amizade quanto no romance. Não tem nada de instalove. A crush da Lucy é uma coisa natural - que atire a primeira pedra quem não tem uma crush fortíssima em um famoso. Conforme ela conhece Jasper, o rapaz apaixonado por Beatles e pelas coisas simples da vida, aí é que lascou-se seu coração. Todos os sentimentos e as indecisões são bem desenvolvidas na história.

Além dos protagonistas, personagens cheios de personalidade compõem o background da história. Os colegas de filmagens, a diretora dos episódios, mesmo a autora de Dinastia. Todo mundo está ali para apoiar os protagonistas, mas também para ter seus desenvolvimentos individuais. Destaque para Mabel, melhor assistente pessoal e amiga que Lucy poderia ter ao seu lado.

As duas dividem momentos de irmandade e apoio, sempre ali uma pela outra. Vai além do trabalho e dos deveres; elas são realmente irmãs e dividem piadas internas, segredos e sabem que podem encontrar conselhos importantes uma na outra. Lucy vê em Mabel a estabilidade emocional que essa vida de estrela não a permite ter, e Mabel se oferece como ombro amigo para todos os momentos.




A parte das gravações e da ambientação de Dinastia dão um toque único para a obra. É realmente como assistir aqueles vídeos dos behind scenes das suas séries preferidas, como acompanhar entrevistas, bloopers e tudo mais. Layla deu vida à Dinastia tanto quanto à história da Lucy, e eu estou quase procurando o canal da série pra ver se não está pra estrear.

Esse é um livro leve e apaixonante para leitores apaixonados por bons romances, bons personagens e uma espiadinha nos Bastidores da Fama.

Título original: Nos Bastidores da Fama
Autora: Layla Casanova
Editora: Independente
Gênero: Romance
Nota: 5
Skoob


GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

14 comentários:

  1. Oi, Denise!
    Menina, eu amei demais esse livro que não consigo nem explicar.
    Eu tinha acabado de largar uma leitura podre e me deleitei com esse. Terminei muito rápido e depois só pude sofrer hahhahaha
    Adorei o seu cast, mas o meu Jasper é o Capitão Gancho de OUAT HAHHAHAHAHHA Sei que pode ser um pouco diferente nas descrições, mas quem disse que meu cérebro quis saber? Fora que desde que disse britânico, cabelo preto e olhos azuis, meu cérebro super condicionou a ele (apesar do Colin ser irlandês, o que é um mero detalhe que podemos ignorar)
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Denise

    Ah esse livro está por todos os blogs e as resenhas são tão empolgantes, eu pessoalmente adoro histórias fofas assim que retratam os bastidores da fama e do mundinho televisivo, acho que é um nicho que tem muito à se explorar e dá pra criar uma trama bem legal, e pelo visto a Layla soube usar o que tinha em mãos muito bem, pois agradou e criou uma história que parece estar conquistando todo mundo. Adorei a personalidade dos dois protagonistas, o romance deve ser bem envolvente, daqueles que deixa a gente sorrindo enquanto lê.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora e nem a sua obra.
    O nome é bem curioso.
    Sempre tive curiosidade para entender melhor isso.
    A história deve ser diferente do que estou imaginando, claro, mas fiquei curiosa.

    Tenha um ótimo final de semana.

    Beijos, Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Denise!
    Adorei a sua sua resenha, e muito obrigada pelo apoio <3 Fico muitíssimo feliz que tenha curtido o livro, e que demais as imagens que fez dos personagens! É sempre muito gostoso receber carinho do tipo <3

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oii Denise, tudo bem? Estou vendo muita resenha desse livro e tá todo mundo falando bem, fiquei curiosa para ler.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Denise,
    Ah, eu não tenho um crush famoso, tenho vários HEHEHEHE pq né...
    Gostei da premissa da história, eu lembro que curtia as fanfics e os bafafás do mundo das celebridades abordados nelas, acho que seria uma leitura bacana também. Ficarei de olho na Amazon.

    Ah, Richard Madden é lindo demais sos. E simpático, já conheci pessoalmente *.*

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise.
    Fiquei bem interessada em ler esse livro.
    A premissa é bem interessante. Os bastidores de uma série deve ser um ambiente bem diferente e estressante. Seria bacana ver como tudo funciona.
    Adorei saber que não tem nada de instalove. Detesto isso.
    Que situação difícil a de Lucy. Mas vou ficar torcendo por um final feliz, mesmo que não seja com o Jasper.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ahhh Deus, preciso logo ler esse livro, adoro a escrita da Layla e já tenho plena certeza de que vou amar essa história <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi, Denise!
    Eu me apaixonei por esse livro <3 Layla acertou em cheio na temática e na construção, né?
    Eu imaginei o Jasper como Sam Claflin, não teve como pensar em outro homem hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  10. Oiie!!
    Já está nos meus desejados, estou louca pra ler e conhecer a história que parece ser mto bacana, fiquei curiosa já que li apenas uma resenha sobre ele e me despertou bastante interesse.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Já disse e vou repetir Adorei a ideia do livro e me lembrou muito com livro meu Romeu da Lisa revela que os atores e acaba se apaixonando e também me lembrou a série Entrelinhas da tammara Webber mas vou dar uma olhada depois desse livro e vou ver se compro ele porque ele realmente me chamou atenção

    ResponderExcluir
  12. Denise!
    Precisando ler um livro assim leve e apaixonante, ainda mais que mostra o que está por trás dos bastidores e coisas que nem imaginamos, não é mesmo?
    E ainda tem essa paixão aí que poderemos acompanhar.
    Deve ser delicinha de ler.
    Uma semaninha plena de amor no coração!
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  13. Este foi um livro que desde que mostrou seu lançamento fiquei bem interessada e depois dessa resenha só fiquei ainda mais curiosa. Creio que esta proposta de falar de atores ainda não tive a oportunidade de ler ainda, e gosto pois creio que a trama seja super leve de se ler. E esta capaé linda demais ♥

    ResponderExcluir
  14. Tenho acompanhado a resenha desse livro, acho que sou uma das poucas pessoas que não foi cativada por essa história. Isso por enquanto. Mas estou acompanhado e tenho certeza que vou mudar de opinião.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!