Resenha: Amor em Manhattan - Queria Estar Lendo

Resenha: Amor em Manhattan

Resenha: Amor em Manhattan

Amor em Manhattan é o primeiro romance da série "Para Nova York, com amor" da autora Sarah Morgan e foi cedido ao blog pela Editora Harlequin. Não conhecia a série e nem o trabalho da Sarah, sendo assim foi uma total surpresa o que encontrei durante a leitura: um livro leve, engraçado e apaixonante. 
Sinopse: Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.
Paige mora em Manhattan e tem a vida com que sempre sonhou, dividindo o apartamento com uma das melhores amigas e tendo sua outra bff um andar abaixo - e seu irmão um andar a cima -, a vida dela não poderia ser melhor. Ah, espera, poderia sim: Paige vai ser promovida! Quer dizer, ela vai, não vai?
Outras pessoas estavam decidindo sobre o futuro dela. A portas fechadas. Pessoas que esperavam que ela ficasse blasée.
Acontece que a chefe de Paige é um tanto quanto cretina, e em um corte de orçamento acaba por decidir que os trabalhos da garota e de suas amigas não é mais necessário. Agora além de não ser mais promovida, ela ainda está no olho da rua e sem previsão alguma de como fazer para sair dessa. É nessa hora que entra em cena Jake Romano, o empresário gostosão que é melhor amigo de Matt - irmão dela - e também o responsável por partir seu coração anos atrás.

Jake é lindo, inteligente e perfeitamente bem sucedido. Então quando ele sugere que Paige e as amigas abram sua própria empresa, é claro que ele deve estar debochando delas. Mas e se ele não estiver? E se essa for mesmo a melhor saída? Será que Paige deve apostar tudo, o seu futuro e de Frankie e Emma, ou ela deveria aquietar o facho e ser realista?
- Ter medo é diferente de ser covarde. É humano. - Calmo, Jack serviu mais champanhe. - Pegue sua taça. É hora do plano B, querida. 
- Eu não tenho plano B. E não me chame de "querida".
E se a ideia inicial da abertura de uma empresa própria partiu de Jake, é dele também que vem o empurrãozinho necessário para colocá-las no mercado. Agora com um evento importantíssimo da empresa de Jake para organizar, Paige se vê cada vez mais próxima dele, e seu coração fraco pode estar se enganando mais uma vez. Ela já sofreu uma desilusão com esse mesmo homem no passado, não deixaria que isso acontecesse novamente. Ou deixaria?
Bondade era a resposta mais cruel de todas a um amor louco de adolescente. Era uma emoção delicada, suave. Um contraste direto com os sentimentos extremos e descontrolados dela.
Resenha: Amor em Manhattan

Amor em Manhattan é um livro delicioso, com personagens incríveis e que farão você se apaixonar. O grupo formado pela protagonista, suas amigas, seu irmão e Jake têm uma química que lembra muito seriados como Friends e How I Meet Your Mother. Você se apaixona pelos personagens, você quer fazer parte daquele grupo de amigos, você quer ser eles. Sarah soube escrever um livro onde o romance, ainda que predominante, não apague o restante da história. A relação entre Paige e Jake é importante, a gente torce para quê de tudo certo, mas entender os momentos da Emma e da Frankie são tão importantes quanto, perceber o carinho e cuidado do Matt é essencial, admirar a amizade e companheirismo que há entre eles é fundamental.
- Quero saber os nomes. 
- Não seja ridículo. Você é o Batman agora, por acaso? Vai dar uma surra neles em uma noite escura? Eu já falei, nós demos conta de tudo.
Paige é uma protagonista maravilhosa, não me deu trabalho em momento algum e, para ser bem sincera, me deu foi muito orgulho. Sua atitude sobre cuidar de si mesma, tomar suas próprias decisões e não permitir que ninguém governe sua vida, ao mesmo passo em que ainda abre espaço e permite que aqueles que a amam se envolvam em suas escolhas, faz dela uma mulher incrível e muito forte. Eu não estava pronta para amar esse livro tanto quanto eu amei.

Jake por sua vez tem todos os ingredientes para ser aquele típico mocinho: lindo, bem sucedido, com um passado sombreado por dor e mulherengo de marca maior. Mas acontece que ele tem muito mais do que isso. Fugindo do padrão "protagonista gostoso e cretino", Jake não tem uma ânsia controladora e machista em relação à Paige, ainda que ele queira sim a proteger, ele respeita as vontades dela e principalmente ele a respeita como mulher. Parece estranho que eu tenha que exaltar qualidades tão simples, que deveriam ser consideradas básicas, mas já li muita coisa por aí e sei que o que a Sarah fez com o Jake a gente não vê em muito protagonista de bestseller por aí. Afora tudo isso, Jake também tem diálogos maravilhosos, a interação dele com o Matt e principalmente com as amigas da Paige é maravilhosa, e eu me peguei gostando mais dele a cada página que passava.
- E qual é o seu papel nesse conto de fadas, Jake? O Príncipe Encantado? Pois não me lembro de ter caído no sono. Ou o Lobo Mau? "É pra te comer melhor"?
O romance entre os dois vai ocorrendo gradualmente, embora o interesse já exista desde o início do livro graças ao que aconteceu no passado. Por sinal, não precisa se preocupar pensando sobre dramas bobos e coisas do tipo: a Sarah escreveu algo bem aceitável e que tem o peso que precisa ter, nem mais e nem menos. No que se refere ao quesito erótico, o livro tem sim suas cenas quentes mas elas são bem mais controladas e de bom gosto do que costumamos ler por aí.
- Porque eu me importo com você, Paige. Eu não quero te magoar. Seu coração já sofreu demais. Você não precisa mais passar por isso.
Mas agora vamos falar das estrelas desse livro: Eva e Frankie, que junto com Paige formam o melhor trio de BFF's de todos! Eva é a perfeita princesa da Disney, acredita no amor, vive no seu próprio mundinho de conto de fadas e está eternamente à espera do seu felizes para sempre - ou ao menos de um pouco de sexo, por favor! -. Frankie, por sua vez, não poderia ser mais diferente.

Devido a relação complicada que ela tem com a mãe, Frankie acabou se fechando para os relacionamentos e não está pronta para confiar em ninguém fora do seu grupo de amigos, sem falar é claro que ela está convicta de que todos os homens são uns cretinos e que ela está pronta para chutar qualquer saco que aparecer pela frente. É por isso que Paige, com sua calma e bom senso, consegue equilibrar perfeitamente o extremo das duas e fazer desse trio as minhas mais novas Meninas Super Poderosas. Amo, amo e amo!
Saio pela porta, passo pelas árvores de magnólia, pelos vendedores ambulante, vejo o horizonte de Manhattan cheio de prédios e penso: Uau, eu vivo aqui.
Por fim, antes que essa resenha se torne mais longa ainda, preciso falar no quão amorzinho é o Matt - irmão da Paige - e que eu estou shippando ele com minha neném desde já. Quero esse casal e quero pra logo: Harlequin faça o favor de providenciar o próximo livro AGORA!

Amor em Manhattan é um livro leve, engraçado e maravilhoso. Você vai se apaixonar por cada momento vivido por Paige e suas amigas, vai ficar encantada com Jake, amar Matt e, principalmente: você não vai querer parar de ler.

Título original: Sleepless in Manhattan
Autor: Sarah Morgan 
Editora: Harlequin
Gênero: Chick-lit | Romance
Nota: 5 + 
Skoob


GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELO NOSSO LINK!

Amazon

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

10 comentários:

  1. Olá, Eduarda.
    Eu gostei muito da leitura desse livro. Mas achei o Jake meio irritante com sua teimosia de não querer um relacionamento. Até por isso não dei nota máxima. Mas quero muito o livro do Matt e da Frankie.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sil eu preciso do livro da Frankie NA MINHA MÃO AGORA MESMO! Essa personagem é muito o que eu amo e eu to vendida total pra ela, sem falar que adorei o Matt também e acho ele super amorzinho com ela, JÁ QUERO!

      Excluir
  2. Oi, Eduarda!
    Eu vivo pra exaltar um macho que queira proteger a mulher amada, mas entende a palavra LIMITE!!!!
    Vendo as resenhas desse livro, eu estou achando ele bem estilo de comédia romântica QUE AMO DE PAIXÃO!!!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza vemk e me abraça PQ FINALMENTE UM ROMANCE COM UM MACHO QUE EU NÃO QUERO ARRASTAR A CARA NO ASFALTO QUENTE!
      Tu precisa ler esse livro, menina, eu fiquei apaixonada real oficial!

      Excluir
  3. Oi Eduarda, tudo bem? Lá no blog quem leu foi a Ariane e ela amou a história, parece ser bem divertida e com ótimos personagens, adoro os romances harlquin e já quero conferir esse tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      aaaah corre e confere sim! Eu juro que por algum motivo tava com medinho (traumas de macho escroto), mas meeeeenina o livro é ótimo e eu quero maaaais

      Excluir
  4. Oi, Eduarda
    Eu quero muito ler essa história. Amo enredos assim, que são divertidos, simples e com personagens carismáticos, que conseguem encantar o leitor facilmente e sem muitas pretensões. É daqueles livros que eu tenho certeza que vou querer abraçar haha
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã,
      já disse pras meninas ali em cima: VAI LER ESSE LIVRO, hahahaa
      Sério fiquei apaixonadinha na história, nos personagens, em tuuuudo. Não esperava ter essa surpresa tão boa assim!

      Excluir
  5. Oiii Eduarda

    Esse livro tem cara de Sessão da Tarde, perfeito pra ler quando a gente quer desconectar, dar aquele sorriso sonhador enquanto lê. Adoro histórias leves, que fazem a gente se envolver e deixam uma sensação gostosa ao final. Gostei de conhecer esse primeiro livro da série.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice,
      sim esse livro é bem sessão da tarde,mas no caso uma que eu queria viver pq nossa senhora eu queria muito estar naquela história, sério. Fiquei encantada!!!

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!