Resenha: Paraísos Selvagens - Queria Estar Lendo

Resenha: Paraísos Selvagens

Resenha: Paraísos Selvagens

Paraísos Selvagens é o novo título da autora Camila Dornas, que cedeu este e-book para uma resenha sincera; lançado recentemente na Amazon, a história fala sobre um período sombrio da História do nosso país através dos olhos de uma jovem corajosa e de sua história cheia de esperança.
Sinopse: Os anos 70 para Olivia vão muito além de sexo, drogas e rock n' roll. Filha de um jornalista rebelde em plena ditatura militar, Olivia é uma jovem revolucionária. Como se os soldados nos corredores das universidades e livros proibidos escondidos na estante não fossem o suficiente, seu ex violento volta para a cidade em busca de vingança, fazendo com que fantasmas do passado voltem a assombrá-la. Em meio ao caos que o país está vivendo, e seu próprio caos particular, Olivia vê em um homem misterioso que vive intensamente um porto seguro. Em um período tão conturbado, o que poderia salvá-la se não o amor?
Através da personagem Olivia, acompanhamos seus dias entre as incertezas e a repressão absurda em meio à Ditadura Militar; o medo guardado em cada esquina, espalhado pelas ruas através das autoridades. Olívia é um coração cheio de sonhos e de terrores tentando fazer o seu melhor por si mesma e pelas pessoas que ama, se arriscando pela pouca liberdade que as pessoas podiam ter em segredo.

O desenvolvimento da história e da personagem principal foram ótimos. Achei a escolha do período histórico muito corajosa da parte da Camila, e o fato de não haver romantização e nem sutilezas dentro da narrativa me deixou muito satisfeita. A Ditadura foi um terror e nada na narrativa ameniza isso; pelo contrário. Através de Olivia, vemos a opressão e o terrorismo instaurados pelos governantes, o silêncio instaurado nas ruas por causa do medo, e umas poucas vozes se erguendo contra a tirania daqueles que deveriam servir ao povo, mas que tomaram o poder e a liberdade da população.
Às vezes tudo o que nos resta fazer é seguir em frente. 
O que a Olívia vive é o medo em suas mais diversas nuances. Não dá pra não ficar aterrorizada acompanhado as memórias da protagonista, as cenas desoladoras que ela presenciou e viveu. Mesmo as mais sutis, como as escoltas e os vigias e o fato de haver soldados nas salas de aula mapeando o que é dito, tudo isso é assustador. 

Em equilíbrio com esse medo, no entanto, temos as centelhas de esperança nas pessoas que ela ama, nos pequenos atos de liberdade que ela ousa fazer. É uma história muito interessante e bem escrita e dá gosto de acompanhar uma protagonista tão cheia de vida lutando pelo seu espaço e pela sua voz.

Resenha: Paraísos Selvagens

Olivia é resiliente e determinada e bastante cabeça-dura. Vamos descobrindo pouco a pouco sobre um incidente trágico do seu passado, algo que arrancou dela um pedaço de seu coração, que trouxe muita sombra e melancolia para a garota animada que era antes. Olivia convive com esses fantasmas do passado dentro do cenário aterrorizante que é o Brasil sob comando dos militares.

Em contrapartida, como eu mencionei, a narrativa nos dá essas visões de alegria que equilibra com a ambientação tensa. Daniel, o melhor amigo de Olivia, é um dos corações pelos quais ela lutaria até o fim para ver bem. O garoto doce e gentil não poderia ter sido melhor companheiro para seus momentos mais difíceis.

O romance me surpreendeu um pouco, através do misterioso, arrogante e adoravelmente rebelde Lucas. Eu gostei de como a Camila trabalhou a intensidade dos personagens conforme se aproximavam e se entendiam. Foi diferente do que achei que seria, mas deu aquele calorzinho gostoso no peito de quando a gente acompanha um ship adorável.
Não sei por quanto tempo eu o beijei, e não importava, porque enquanto aquela música tocasse, nós éramos infinitos. 
Os conflitos emocionais envolvem principalmente o passado e as consequências que os acontecimentos dele tiveram no seu presente; problemas de relacionamento, tanto familiar quanto amoroso, são os gatilhos para os terrores da garota, e é a trama dela se encontrando e se fortalecendo que rende boa parte da história.

Resenha: Paraísos Selvagens

Os coadjuvantes são importantes para a trama; não só um apoio para a protagonista, mas com histórias individuais que se desenvolvem com o desenrolar do livro. Particularmente, Nina e seus conflitos internos foram o que eu mais gostei de acompanhar. Adorei o que a autora guardou para essa personagem e como foi apresentado na história; uma discussão importante, independente do período em que fosse ambientada.

No mais, Paraísos Selvagens é um romance cheio de emoção e de reviravoltas intensas, com personagens interessantes e uma trama rica e surpreendente. É a pedida perfeita para quem gosta de ler sobre uma protagonista corajosa em um período sombrio, lutando por liberdade e por esperança.


Título original: Paraísos Selvagens
Autor: Camila Dornas
Editora: Independente
Gênero: Ficção | Romance
Nota: 4
Skoob


GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELO NOSSO LINK!

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

5 comentários:

  1. Oi, Nizz!
    Menina do céu, que livro! Acho que nunca li nada que se passasse na época da ditadura militar e só da autora saber realmente representar esse marco negro do Brasil de forma honesta e crua, me conquistou.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Ahh, que resenha linda! Obrigada ❤❤

    ResponderExcluir
  3. Oi Dê, tudo bem? Eu não conhecia o livro, mas li pouca coisa sobre a Ditadura Militar que seria uma leitura bem diferente. Que bom que vc curtiu e que o livro é bem escrito!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Denise
    Eu só li dois livro que se passavam na ditadura militar e foi aterrorizante para mim, até porque precisava fazer uma peça a respeito e acabei sendo uma das garotas que eram mortas por se revoltar contra o sistema. Imagino esse bando de gente que lidou com isso e que não teve a chance de contar a história. É um período triste e assombrado para o nosso país e do jeito que as coisas estão indo, não me assustaria se acontecesse outro.
    Não sei se leria a trama, mas eu sempre quis conhecer mais sobre a época e talvez ver um romance assim seja o que falta.
    Beijos!

    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise,

    Eu gosto de saber sobre fatos da História, mas prefiro que seja feito de uma forma mais fluída. Nunca li nada sobre a época da Ditadura e adorei a dica. Gostei bastante de o livro contar com um "romancezinho", mas também não ser um livro "todo bonitinho" para atender expectativas mascarando a verdade dos fatos.
    Dica anotada!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!