Controle Remoto: La Forèt - Queria Estar Lendo

Controle Remoto: La Forèt


Controle Remoto: La Forèt

La Forèt (O Bosque) é uma minissérie francesa da Netflix, um suspense com uma premissa um tanto quanto batida, mas com um desenrolar que foge do lugar comum. Com a investigação do desaparecimento de uma adolescente, segredos de uma pequena cidade começam a vir a tona ameaçando o andamento da comunidade.

Na noite em que desaparece, Jennifer faz uma ligação para a sua professora de francês, Eve Mendell - uma mulher que não é vista com bons olhos pela comunidade local devido ao seu passado misterioso. Embora a polícia local não acredite que a garota está realmente com problemas, o novo capitão  acredita em Eve e começa uma investigação.

Em menos de 24 horas, no entanto, não resta dúvidas de que Jennifer desapareceu, e a investigação policial não vai deixar pedra sobre pedra, expondo segredos de todos enquanto correm contra o tempo para encontrar a garota com vida. Porém, quando acreditam que aquele é um caso isolado, outras duas adolescentes desaparecem e parece que o responsável é alguém da própria comunidade. Mas quem?

Controle Remoto: La Forèt

Confesso que esses thrillers de domestic noir não são meu tipo de leitura preferida porque me deixam muito ansiosa e eu odeio isso, mas se você me disser que existe uma série dentro do gênero, eu vou estar pronta para assistir. E com La Forèt não foi diferente. Eu estava esperando algo bem dentro do padrão desse tipo de história, mas gostei de uns pequenos twists inesperados.

Diferentemente de La Chalet, La Forèt trouxe uma trama um pouco mais complexa, mais parecida com livros como Pequenas Grandes Mentiras e Os Mentirosos. Embora a gente ainda consiga descobrir a identidade do assassino bastante cedo - se você está acostumado com esse tipo de trama - a história ainda te prende com o drama da Eve e todas as consequências do desaparecimentos.

Um dos pontos que achei interessante foi o fato da série conseguir inserir personagens para servirem de suspeitos, com o interesse de desviar o foco do real assassino, e ainda assim fazer com que eles tenham um papel maior e importante dentro da trama, além de servir apenas como os bodes expiatórios iniciais.

Controle Remoto: La Forèt

Além disso, acho que construíram uma boa atmosfera em torno da ideia de que "o perigo mora ao lado" e de toda a história de "tema o seu vizinho" e que não podemos confiar em ninguém

Minhas ressalvas ficam com pequenos detalhes que parece terem sido adicionados para fechar buracos na premissa. São coisas que, se mencionadas um pouco antes na série, teriam amarrado as pontas sem deixar a sensação de "tapa buraco".

No mais, é uma minissérie que eu recomendo para quem curte leituras do gênero domestic noir como Em Águas Sombrias, A Garota do Trem e Pequenas Grandes Mentiras. São apenas 6 episódios com a trama bem dividida e você não consegue parar de assistir antes de chegar ao fim.

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

12 comentários:

  1. Eu assisti essa minissérie e curti bastante! Ótima produção, história empolgante, elenco afiado!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felipe!
      A série é ótima, né? Fiquei querendo mais. hahahaha

      bjs

      Excluir
  2. Eu não conhecia essa série, mas amo descobrir novas para colocar na lista para assistir. O meu problema é parecido com o seu, mas eu fico ansiosa tanto com o livro quanto com a série, então quando eu começo eu quero terminar logo para acabar com aquela sensação ruim dentro de mim uahsuhu

    Blog Covil Dourado | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jennifer!
      O bom é que são minisséries, então são bem rapidinhas. Essa mesma tem sete episódios, então a gente não fica muito na angústia porque todo episódio tem uma descoberta. Recomendo, viu!

      bjs

      Excluir
  3. Oi, Bianca
    Não conhecia a série mas até fiquei interessada porque gosto do tema, mesmo batido. Só espero que não sejam que nem os filmes franceses porque eu simplesmente detesto toda aquele tédio das cenas.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      Eu sou meio suspeita porque dois dos meus filmes preferidos são franceses UAHSUAHSUHASUHASUHA Mas assim, o ritmo da série é bem bom, como ela é curtinha sempre tem uma nova descoberta e reviravolta no episódio. Se você curte o gênero, pode ir sem medo dela ser paradona :)

      bjs

      Excluir
  4. Oi, Bibs!
    Toda vez que abro a Netflix, essa série é jogada na minha cara. Pra ser sincera, ainda não bateu aquela vontade de assistir, mas quem sabe um dia...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Foi bem por isso que assisti, a Netflix não parava de me indicar. Vi em um dia de preguiça que não conseguia escolher nada, e passei o dia inteiro nela. Recomendo, viu.

      bjs

      Excluir
  5. Eu assisti a série e adorei!
    Gostei bastante de Le chalet, mas acho que La foret conseguiu me prender mais e soube muito bem ser finalizada sem deixar nenhuma ponta solta.
    Estou adorando essas séries que tem saído no catálogo da Netflix!

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nicole!
      Eu gostei de Le Chalet também, mas preferi essa! Achei a outra meio previsível (talvez porque eu tinha visto uma americana com um plot bem parecido recentemente). La Foret me chamou mais a atenção, me prendeu mais. Também estou adorando essas série, ontem mesmo eu terminei a Islandesa Trapped. :D

      bjs

      Excluir
  6. Oi, Bibs

    Eu adoro produções francesas e amei Le Chalet apesar de todas as suas limitações. Estou com esta série na lista e estou só adiantando umas leituras para poder sentar e assistir numa lapada só. Adoro o gênero e creio que vai ser mais uma boa experiência com a dramaturgia francesa.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami!
      Também curti Le Chalet, mas essa foi bem melhor, viu? Achei le chalet meio repetitivo/óbvio, mas esse achei uma pegada mais misteriosa. Depois me conta o que achou!

      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!