Expectativas com a série de Trono de Vidro - Queria Estar Lendo

Expectativas com a série de Trono de Vidro


Trono de Vidro vai ganhar uma adaptação para a televisão. Os direitos tinham sido vendidos faz um tempo, mas agora as coisas finalmente estão andando! E o post de hoje é pra falar um pouquinho sobre as minhas expectativas com a adaptação da grandiosa série da Sarah J. Maas.

Para começar, dá pra mencionar a mudança no título. Não, não vai se chamar Trono de Vidro - a série recebeu o título de Queen of Shadows (Rainha das Sombras), o mesmo do quarto volume da saga. Dá pra esperar que eles já empurrem mais da trama do terceiro livro pra frente com isso? Dá sim, e acho bem sensato - uma vez que a gente só conhece a amplitude do que é a história no terceiro volume, e talvez a enrolação dos dois primeiros volumes não seja pertinente pra televisão. Ainda mais porque série depende de audiência, e o público adora uma trama de Fantasia grandiosa. Game of Thrones tá aí pra provar.

Queen of Shadows vai ser produzida pelo canal Hulu (o mesmo responsável por The Handmaid's Tale) e conta com a roteirista do próprio Handmaid's (e de The 100) Kira Snyder - a mulher sabe escrever uma treta, graças à boa deusa. Ainda não tem elenco definido, mas a direção do piloto da adaptação ficou a cargo da Anna Foerster (Anjos da Noite - Guerras de Sangue). O time por trás dessa série é espetacular, então dá pra esperar muita grandiosidade.

Minhas expectativas residem em três coisas, principalmente. Fidelidade às personalidades dos personagens, ao esqueleto principal da trama da série e a algumas reviravoltas da história.


Não, eu não me importo com a aparência física dos personagens. Até porque Sarah J. Maas é bem criticada lá fora pela falta de diversidade no elenco principal das suas histórias - Trono de Vidro é uma Fantasia bem branca e ela só percebeu isso quando estava escrevendo Torre do Alvorecer, com aquela saída de escanteio com o novo povo apresentado.

Eu espero, realmente, que mudem a aparência de muitos personagens. Quero ver personagens negros, asiáticos, nativo-americanos, etc. Não me importaria em ver uma protagonista negra, inclusive. Não acho que os traços "loira de olhos claros" sejam essenciais para a Celaena. O que importa é a personalidade; o que eu não quero ver diferente.

Shadowhunters tem meu coração exatamente por isso. Mudou muita coisa? Mudou. Mas manteve a essência dos seus personagens e me fez feliz demais por isso. Consertou o que precisava consertar - dentre todo o seu elenco, a maioria é de atores e atrizes de cor - e manteve o que era interessante manter.

Em relação à trama, eu espero que seja a história de uma assassina em busca de sua vingança, e então de uma herdeira em busca do que pertence a ela. Quero ver todas as tretas feéricas, todas as intrigas políticas e quero que usem e abusem das reviravoltas que só a SJM sabe escrever para colocar no roteiro!


Vejo muita gente usando o famoso "ai mas eu não quero que adapte porque vai estragar a história" e olha, não. Vai mudar. Aceita que dói menos. São mídias diferentes e sempre, absolutamente sempre vai mudar alguma coisa. Talvez transforme a história em uma coisa nova e você desgoste, talvez transforme em algo novo e você ame, talvez se mantenha o máximo fiel possível e ainda assim não te agrade. É a vida. Mas essa coisa de boicote a adaptação porque mudou uma fala do personagem ou uma cena específica ou até porque mudou muito da história é tão anos 2010...

Minha expectativa está lá no alto porque eu amo e respiro Trono de Vidro desde 2012. Ver essa série ganhando vida vai ser um sonho realizado; amo todos os personagens, amo as tramas e as reviravoltas, amo a narrativa e a magia criada pela Sarah J. Maas.

Quero ver mudanças, quero ver coisas iguais, quero ver Trono de Vidro pelos olhos das pessoas que vão adaptá-lo. E espero que seja digno da grandiosidade que é essa saga.

Share this:

, , , , , , ,

COMENTÁRIOS

5 comentários:

  1. Oi, Denise
    Eu fiquei animada com a notícia mesmo nunca tendo lido nada da série porque eu sei que tem gente que é muito fã. Espero que eles consigam fazer um bom trabalho e não estragar de vez algo que já é bom.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dê!
    Eu ainda não tive a coragem de começar essa série pela quantidade de livros. Quero, mas não sei quando isso vai acontecer. Eu não me importo mais com grandes mudanças em adaptações, pois elas vão acontecer. É como você disse, tem que aceitar.
    Eu vou deixar para assistir depois de ler, então vai demorar muito hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Denise.
    Ainda não sabia sobre a adaptação, preciso começar a ler os livros logo hehe. Já nem coloco mais fé nas adaptações porque sempre mudam muita coisa. O jeito é aceitar e assistir como se fosse algo diferente hehe. Não concordo com você sobre ShadowHunters ter mantido as personalidades. De alguns personagens sim, mas o Jace não é aquele da série hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nizz!
    Menina, eu não sei nem mais o que pensar dessa adaptação. Só sei que eu quero que saia logo do papel porque foi sacanagem o Adoro Cinema divulgar aquela notícia de DOIS MIL FUCKING DEZESSEIS como se fosse recente. Foi maldade com meu coração.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Oie Denise =)

    Vejo as pessoas falando super bem dessa série, mas por ela ser longa e eu já ter várias séries pendentes para terminar ainda não tive a oportunidade de ler.

    Adoro fantasias e claro que estou bem curiosa, só que pelo visto é mais provável que eu assista a série antes do que comece a ler os livros.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!