Resenha: Encruzilhadas - Queria Estar Lendo

Resenha: Encruzilhadas

Resenha: Encruzilhadas

Encruzilhadas foi escrito pelo autor Pedro Viana - que cedeu o exemplar para esta resenha através da nossa parceria com a Aberst. A obra reúne sete contos, e as histórias falam sobre as possibilidades infinitas de casos e acasos, reais e sobrenaturais. Sobre um mundo de escolhas e consequências.
Sinopse: Encruzilhadas é uma coletânea de sete histórias sobre impossibilidades infinitas, conectadas por possibilidades invisíveis. Uma plateia atônita assiste à morte trágica de um mágico. Uma vidente busca o perdão de sua filha. Um investigador paranormal é assombrado pelo espírito de sua esposa. Um policial aposentado se vê preso numa máquina do tempo. O que estas e outras histórias têm em comum?
Eu não sou grande fã de contos, mas alguns conseguiram me prender. O livro é bem rápido, com uma narrativa fluida e tramas bem amarradas. É o tipo de obra que você pode ler em uma tarde ou se dividir para ler em vários dias, uma vez que as histórias são independentes e terminam bem fechadinhas - com exceção do acaso e das possibilidades, são contos livres sobre o real e o sobrenatural e coisas entre eles.

O Grande Clapton e A Coisa no Acampamento foram meus favoritos. Através de elementos de suspense, o autor planta dúvidas dentro das histórias, questionamentos bem orquestrados para te prender à trama principal de ambos os contos.

O Grande Clapton fala sobre um mágico e seu grande truque, um que envolve uma situação de vida ou morte - e as consequências depois do espetáculo. A narrativa não desenvolve muito de seus personagens, mas dá atenção à situação e é isso que importa; nos coloca na plateia, assistindo ao show, e então nos transporta para as perguntas e a falta de respostas que o protagonista confronta. É um conto com um que filosófico, eu diria, e foi um dos que mais mostrou abertamente a situação "escolha e consequência" da proposta principal.

E A Coisa no Acampamento me lembrou um pouco de Aniquilação - aquele filme da Netflix que eu já resenhei aqui e que mexe bastante com o seu psicológico -; todo trabalhado na tensão e no suspense, esse conto me prendeu exatamente pela falta de respostas. Pelas situações absurdas e tensas relatadas nas cartas de um homem ao seu marido, no desespero vivido por ele em um cenário fora do comum. Como isso refletiu no homem e como o marido reagiu às histórias, isso fica no ar. Mas é interessante para pensar a respeito porque mexe com a ideia do medo do irreal, do que não se pode explicar.


Resenha: Encruzilhadas

O motivo da nota é o fato de eu ter escorregado na leitura dos outros contos. Apesar de terem uma narrativa interessante, nenhum deles conseguiu me prender tal como esses dois haviam feito, o que tornou o resto do livro um pouquinho enfadonho de acompanhar. Mas, de novo, esse não é meu tipo de gênero; eu não me sinto "em casa" lendo contos, então por isso é compreensível esse escorregão. Para quem gosta e acompanha livros do tipo, vai ser uma leitura muito mais proveitosa.

No mais, Encruzilhadas é uma leitura interessante para quem gosta de contos rápidos que instigam a refletir sobre a vida e seus infinitos caminhos. A diagramação e revisão estão muito boas, e é um conjunto atraente aos fãs desse tipo de coletânea.

Título original: Encruzilhadas
Autora: Pedro Viana
Editora: Caligo
Gênero: Coletânea
Nota: 3
Skoob

GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!

Share this:

, , , , , ,

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Olá, Denise.
    Eu não sou tão fã de livros de contos. Até leio quando não tem outros para ler, mas se tiver que escolher prefiro histórias "grandes' hehe. E acho que não leria esse porque não me chamou tanto a atenção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi De,
    Ixi, acho que essa dica não me empolgou não. Também não sou uma fã de contos e só se tenho boas recomendações que em arrisco.
    Aliás, deixa eu te falar um pouco sobre Trono de Vidro... Menina, minha mãe também tá falando horrores desse Rowan, espero que vocês estejam certas e ele salve a série para mim. HAHAHAHAHAHAHA
    beeeeeijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com
    P.S.: Estou com saudade do meu Gregório, como faz? <3

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!