Resenha: Uma noite para se entregar - Queria Estar Lendo

Resenha: Uma noite para se entregar

Resenha: Uma noite para se entregar

Uma noite para se entregar é o primeiro volume da série Spindle Cove, da autora Tessa Dare - publicado aqui pela Editora Gutenberg. Também é minha primeira aventura oficial como leitora de romance de época, e que começo maravilhoso!
Sinopse: Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos. O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável. Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.
Na trama, Spindle Cove é um refúgio para jovens solteiras pouco aceitas pela sociedade. Aquelas que não se encaixam em meio a etiqueta e refinamento extremo encontram um lar na pequena cidade, e Susanna Finch é a grande responsável por fazer isso acontecer. Convicta e determinada, ela se encontrou em Spindle Cove depois de viver um período muito ruim de sua vida. Cuidar da cidade significa dar uma chance para que outras moças sintam o mesmo que sentiu.

Do outro lado da moeda, temos o tenente-coronel Victor Bramwell, que procura em Spindle Cove uma chance de retornar às atividades militares, mesmo se recuperando de um ferimento em sua perna. Para seu desgosto, o que ele recebe é um título de lorde e a missão de formar uma milícia entre os - poucos - homens da cidade a fim de impressionar possíveis figurões militares que virão para assistir a apresentação. 


Resenha: Uma noite para se entregar

Quando os caminhos dessas duas figuras teimosas e cheias de personalidade se cruzam, aí é só faíscas, discussões e muita atração a ser desenvolvida.

Uma noite para se entregar foi a minha primeira leitura de romance de época realmente focada em me entender com o gênero literário, e foi um começo ótimo! Tessa Dare mistura história, sensualidade e muito bom humor numa narrativa rápida e gostosa de acompanhar, entregando o tipo de livro que você termina sem perceber que estava avançando as páginas tão rápido.
Ela não tinha como voltar no tempo e desfazer as desgraças da sua própria juventude, mas podia ajudar a poupar outras jovens do mesmo tormento.
Susanna é uma protagonista muito fácil de te conquistar. Dona de uma personalidade forte e marcante, com presença e voz na cidade, é uma mulher à frente de seu tempo, ciente do que significa não se encaixar nos padrões. Sua mente, seus gostos e sonhos, sua forma de encarar a vida, nada disso se encaixa ao que a sociedade espera das mulheres, e é por isso que ela resiste. Por isso estende um refúgio para outras que pensem igual a ela, para aquelas que desejam se arriscar por mais.
Talvez o mundo tivesse deixado algumas marcas nela, mas Susanna certamente também imprimia sua marca no mundo.
Eu adorei a construção da personagem e como o livro a apresentou hesitante e assombrada por alguns fantasmas, dando tempo para que ela se acostumasse a mudanças e teimasse contra coisas que não queria ver acontecendo. Susanna é uma personagem excelente para acompanhar em um início de série.


Resenha: Uma noite para se entregar

Bram, por outro lado, demorou um pouco a me conquistar. Eu entendo a construção dele, o arquétipo de "soldado machão que precisa se provar". Entendê-lo não significa passar pano para as babaquices que ele soltou aqui e ali, mas não o detestei como imaginei que faria. Diferente de outro personagem machão que tive a infelicidade de tentar ler num livro da Judith McNaught, Bram tem seu espaço para entender suas falhas e problemas e melhorar para superá-los.

Demorei a gostar dele porque seu desenvolvimento envolvia muito de deixar essa invencibilidade de lado para poder aceitar a própria fragilidade. Um soldado marcado pela guerra que ainda quer marchar e lutar, mas que é impedido de fazê-lo; é um arco muito interessante e com certeza teve seu devido crescimento, uma vez que Bram me conquistou do meio para o final do livro.
As íris dos olhos dela eram azuis como... bem, íris.
O relacionamento dos dois envolve farpas muito divertidas e discussões acaloradas e aquela faísca de atração sexual que logo se torna um incêndio. Eles funcionam bem juntos, com toda a pose determinada e inquebrável, ambos carregando traumas que se completam e se ajudam para que encontrem a superação. Susanna e Bram viveram um começo tumultuado, mas eu fiquei satisfeita em ler um relacionamento que poderia, muito bem, ter inclinado para algo problemático florescer em algo saudável e igualitário.
"Somos todas mulheres aqui, e Spindle Cove é nosso lugar, onde saboreamos a liberdade em pedaços pequenos e doces."
Spindle Cove, quase como uma personagem, é um lugarzinho fascinante, e suas moradoras e moradores ainda vão dar muito o que falar. Minerva, Colin, Kate, Diana, Thorne e tantos outros são personagens carismáticos e bem construídos, almas de personalidades bastante diversificadas que formam um leque interessante de entender.


Resenha: Uma noite para se entregar

Tessa Dare apresenta nomes que vão trazer novas histórias para as sequências e dá pequenas aberturas para que entendamos o que ela tem em mente para as moças que vivem ali; mal posso esperar para ler a sequência, já sabendo de quem se trata, e só posso torcer para que me prenda às páginas tão facilmente quando este livro fez.

A edição da Gutenberg está muito bonita - eu sou APAIXONADA pelas capas da série, é de um cuidado e uma estética maravilhosa. Minha única crítica vai para a revisão, que deixou escapar algumas repetições de palavras e sentenças que soaram um pouco estranhas. Nada absurdo, só válido para umas possíveis correções.

Uma noite para se entregar foi a escolha perfeita para eu me aproximar do romance de época, e pode ter certeza que, depois desse livro, veremos muito da Tessa Dare por aqui.


Título original: A Night to Surrender
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Tradução: A.C. Reis
Gênero: Romance de Época
Nota: 4,5
Skoob

GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!

Amazon | Submarino

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Oi Denise!
    Preciso continuar essa série 😍
    Eu acabei comprando o segundo volume errado e comecei lendo por ele, hahah. Mas já gostei da escrita da autora e fiquei curiosa pelas histórias dos outros personagens!
    Que bom q gostou desse romance de época!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise!
    Esse foi o primeiro romance que li da Tessa e eu gostei apesar de ver algumas diferenças comparado aos outros romances que já tinha lido, principalmente porque as cenas sexuais são mais explícitas e não são cheias de floreios que nem os outros. Eu gostei do livro mas senti que faltou algo, aí peguei birra com a autora que graças a Deus estou corrigindo com os demais livros da série. Espero que goste dos outros!

    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ai já quero ler esse livro!! Vou deixar anotado aqui.
    Eu amo romance de época, é tão legal, queria ter nascido anos atrás haha
    Beijos ❤

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  4. Oi Denise! Ah, romances de época, eu suspiro por eles, então sou super suspeita em falar sobre eles! Tessa Dare me conquistou esse ano na outra série dele, Castles Ever After, e depois de terminar já adquiri esse primeiro volume dessa série, porque não vou deixar de ler um livro dela sequer... arrasa muito!
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amei muito sua resenha, Denise. É impossível não se encantar com os romances de época, né? Ainda não conhecia os trabalhos dessa autora, mas fiquei bem curiosa para conhecer esse livro!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nizz!
    Eu amo a Tessa porque todas as suas mocinhas bem afrontosas para a época e super maravilhosas <3
    O meu livro preferido e o casal é o do segundo. Maravilhosos demais!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!