Li até a página 100 e... #90 - International Guy Paris, Nova York e Copenhague

  • 09:00
  • 24 de jun de 2019

  • Autor: Audrey Carlan
    Editora: Verus 
    Número de páginas: 376
    Primeira frase da página 100:

    "O cheiro de açúcar e especiarias preenche minhas narinas enquanto passo a língua no pescoço de Sophie”

    Do que se trata o livro?

    Parker Ellis tem uma agência com dois de seus amigos de faculdade, Bo e Royce. Eles ajudam mulheres com qualquer problema que elas tenham, qualquer um mesmo. Neste rimeiro volume temos três histórias diferentes. A primeira é em Paris, com a mais nova CEO do Grupo Roland, a herdeira milionária Sophie Rolland. A segunda é em Nova York com a atriz do momento Skyler Paige e a última em Copenhague com Christina Kaarsberg, uma princesa membro da família real da Dinamarca.

    O que você está achando até agora?

    Estou no fim da primeira história. Confesso que achei que Parker ia ser um embuste literário a mais pra minha lista e me surpreendi, ele não é assim tão ruim. Também achei que o livro fosse ser exagerado demais nas cenas eróticas e até agora tudo ok, plausível. Achei até bem tranquilo, um pouco mais apimentado do que ando lendo por aí nos romances de época.

    O que está achando da personagem principal?

    Por enquanto, Parker não pareceu tão ruim quanto pensei que seria no começo. Ele é bem convencido, mas dá pra tolerar. Bo e Royce não apareceram tanto, mas Bo é o típico galinha, cada noite com uma e "não quero compromisso". Sophie, a personagem dessa primeira história é uma mulher surpreendente. Ela inicia com aquela pose de menina tímida e um pouco perdida, mas vai se descobrindo e é muito legal ver ela na frente de uma grande empresa mostrando que não veio a passeio.

    Melhores quotes até a página 100:

    “É como levar um soco na cara de uma princesa da Disney."

    Vai continuar lendo?

    Sim, espero não me arrepender dessa decisão.

    Última frase da página 100:

    “- Linda, baby. Agora exiba esses peitos pra mim.”

    Ps: acho que fiquei desvalorizada nessa página, as frases de início e fim foram péssimas. Mas me renderam boas risadas. Na próxima vou sabotar e fazer um "li até a página 101 e..." 

    1. Oi Raquel, Paker não me parece embuste também. Ele engata um relacionamento no segundo livro que me agrada bastante. É uma série bem levezinha de ler.

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.