Resenha: Escrito em algum lugar

  • 09:00
  • 15 de ago de 2019
  • Resenha: Escrito em algum lugar

    Escrito em algum lugar é o novo conto do autor Vitor Martins - conhecido por Quinze Dias e Um milhão de finais felizes. Foi lançado na Amazon recentemente e, como todas as suas histórias, existe para te fazer sorrir e ficar com o coração bem quentinho.

    Sinopse: O show mais aguardado do ano! Pelo menos para Antônio, um jovem de 26 anos que não sente vergonha nenhuma em virar a madrugada na rua para conseguir comprar um ingresso para o show de retorno da sua boyband favorita. A noite está fria, os fãs são barulhentos e a calçada está longe de ser confortável, mas quando o acaso coloca Gustavo ao seu lado, passar quinze horas em uma fila não parece mais uma ideia tão ruim assim.

    Antônio está em um momento bastante realizador da sua vida: a banda Triple J, que ele ama desde a sua adolescência, se reuniu novamente. E vão fazer um show aqui no Brasil nessa nova turnê, o que significa que Antônio vai poder realizar seu sonho de ver suas músicas favoritas ao vivo.

    Para isso, ele precisa passar algumas horas numa fila imensa a fim de garantir seu ingresso - e, surpreendentemente, ele não é o único adulto sozinho ali. Antônio conhece Gustavo, e de repente a espera pelo show da banda reserva mais algumas surpresas para o nosso protagonista.

    Eu não canso de exaltar o quanto a narrativa do Vitor Martins é sensacional, hilária e brilhante do início ao fim. Ele tem uma habilidade com as palavras que te coloca dentro da história e te faz pertencer a tudo que está acontecendo ali; é uma conexão imediata com o mundo desses personagens, suas vivências, sonhos e medos que torna a experiência de leitura muito mais emocionante.

    Antônio é um sujeito carismático, sarcástico e extremamente de boas com a vida. Ele já passou por uns perrengues, mas agora só quer viver em paz e comprar seu ingresso; um pouco inseguro por ser o único adulto naquela fila (pelo menos o único adulto que está ali para comprar um ingresso para ele e não para um adolescente), ele se surpreende ao se aproximar e formar uma estranha conexão com seu vizinho de fila, Gustavo.

    Os dois dividem momentos divertidos e inesperados como toda boa história de amor merece; o começo awkward e então as interações amigáveis até aqueles flertes gostosinhos de acompanhar. Onde Antônio é mais aberto e exaltado, Gustavo é contido - e esse contraste entre as personalidades torna a química entre eles bem mais vívida.

    Ah, e bônus pra edição adorável da agência Página 7 e pra essa capa magnífica feita pelo artista Bruno Freire.

    É difícil falar de um conto que passa tão rápido sem dar spoilers, então fica aí a minha indicação de uma leitura fofa, altamente identificável (alô, Jonas Brothers, obrigada pelo retorno apesar de eu não ter curtido tanto as músicas novas! Tô esperando, RBD) e de te deixar sorrindo do início ao fim.

    Título original: Escrito em algum lugar
    Autor: Vitor Martins
    Editora: Agência Página 7
    Gênero: Romance LGBTQ+ 

    Nota: 5
    Skoob

    1. Oi Denise
      Eu nunca li um romance LGBTQ, eu ainda não sai da zona dos livros convencionais, mas tenho curiosidade sabe? Eu já ouvi falar muito bem do Vitor, e suas capas de livros geralmente são lindas.
      Beijo
      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Oi, Nizz!
      Até que curti as músicas novas do Jonas Brothers. Combina muito com o lugar da carreira deles atualmente. Seria meu sonho RBD voltar?
      Sobre o conto, nunca li nada do Vitor, mas com certeza esse aqui eu vou me identificar bastante
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    3. Oi Denise! Fofa? Ouvi falar de história fofa? Já quero. Não conheço a narrativa do autora, mas parece uma boa oportunidade.

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    4. Oi, Denise! Tudo bom? ^-^
      Só leio elogios a respeito da escrita do Vitor, mas até hoje não me aventurei em nenhum de seus romances. Acho que esse conto é uma boa para começar já que, aparentemente, ele possui todos os pontos positivos da escrita do autor, porém, em uma forma compacta e rápida de ser lida. Acredito ser uma ótima "degustação" XD

      Um super beijo e uma ótima semana! :* <3
      www.inconstantecontroversia.blogspot.com

      ResponderExcluir
    5. Amei seu artigo, estou acompanhando seu blog há alguns dias e posso dizer é estou adorando. Sempre tem conteúdo de qualidade com bastante dicas e informações interessantes!

      Parabéns!

      Meu Blog: Resultado Cap Legal

      ResponderExcluir
    6. Ai, que lindezura! Fiquei apaixonada pelos detalhes e a construção do roteiro parece mesmo ser super sagaz. Amei a indicação e a resenha.

      semquases.com

      ResponderExcluir
    7. Nunca tinha ouvido falar dessa editora mas já adorei seus comentários sobre o conto e fiquei com muita vontade de conhecer.

      www.vivendosentimentos.com.br

      ResponderExcluir
    8. Oiii Denise

      Ainda não li nada do Vitor, mas sempre escuto vários elogios sobre a narrativa leve e descontraída dele, estou bem curiosa pra conhecer alguma de suas histórias.

      Beijos, Ivy

      www.derepentenoultimolivro.com

      ResponderExcluir
    9. Oi Nizz!
      Nunca li nada do Vitor mas ambos os livros dele estao na minha lista. Tenho um amigo que se apaixonou totalmente pelo mais novo e a vida dele e indicar. Pretendo da uma chance. Parece um romance muito fofo.

      Abraços
      Emerson
      http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    10. Ah eu amo essas leituras de aquecer o coração, pena que seja tão curtinho como vc mesma disse porque deixa aquela sensação de quero maisssss.
      Não conhecia nada ado autor mas já vou pesquisar mais sobre ele.

      Abraço,
      Parágrafo Cult ★

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.