Resenha: The Unexpected Everything

  • 09:00
  • 20 de mar. de 2020
  • Resenha: The Unexpected Everything

    Mais um livro da Morgan Matson para guardar no coração. The Unexpected Everything é aquela leitura de verão perfeita para quem quer rir e chorar com uma história simples e apaixonante.


    Sinopse: Quando você é filha de um político que praticamente se criou sozinha, aprende que qualquer coisa pode ser planejada ou executada (ou ambas as coisas). Especialmente o seu futuro. Estágio importante? Ok. Amigos incríveis? Ok. Rapazes? Ok (desde que não nos falemos por mais de três semanas). Mas isso foi antes do escândalo. Antes de ter que viver na mesma casa que o pai dela. Antes de ter que passear com um número insano de cães. Isso foi antes de Clark e daqueles poucos meses que podem mudar sua vida inteira. Porque aqui está o problema: se tudo estiver planejado, você nunca poderá viver o inesperado. E onde está a graça nisso?

    Na história, Andie tem tudo planejado para suas férias de verão. Um programa de medicina a espera bem longe de casa, onde ela vai poder se afastar do pai ausente e da sensação sufocante de solidão que a acompanha por causa da carreira política dele. Quando um escândalo de corrupção força o congressista a se afastar do seu cargo, todos os planos da Andie vão pelo ralo.

    A carta de recomendação que a colocou no programa de medicina desaparece e ela é forçada a encontrar um emprego de verão aos quarenta e cinco do segundo tempo; uma oportunidade de levar cachorros para passear é tudo que aparece, e Andie decide que é um risco agradável - afinal de contas, ela precisa ter alguma coisa pra fazer no verão, quando suas amigas estão ocupadas e o pai vai estar o tempo todo em casa. O que Andie não esperava é que esse emprego pudesse não só aproximá-la do pai como também de uma possível paixonite - e até de novas escolhas para o seu futuro.


    Crushes teóricas podem permanecer perfeitas e sem falhas, porque você não precisa realmente descobrir como a pessoa é ou mesmo precisa lidar com a maneira estranha com que elas se portam, e coisas do tipo.

    Morgan Matson tem a incrível habilidade de escrever histórias fofas, doces e com a cara do verão. The Unexpected Everything, como já diz o título, é um tudo de inesperado e agradável.


    Resenha: The Unexpected Everything

    Andie não foi a melhor das suas protagonistas, mas com certeza foi carismática o bastante para carregar essa história. Temos pequenos vislumbres do seu passado, antes do pai entrar para a política e da mãe morrer por causa de uma doença, e as diferenças de realidade moldaram muito do que a Andie é atualmente. Seus trejeitos, suas escolhas, o modo como reage à vida, é tudo consequência do afastamento do pai e de tudo que ela viveu quando ele entrou para o Congresso.

    Morgan introduz a personagem como uma garota solitária, apesar das três melhores amigas. Solitária em pensamento, pelo menos. Com o verão e com todas as mudanças que o acompanham, vemos o desabrochar de uma protagonista mais viva e cheia de sonhos, de dúvidas e de questões típicas desse fim da adolescência. Como toda boa história da autora, a voz da Andie vai mudando com o passar dos capítulos e do tempo; ganha mais energia e indignações.


    Resenha: The Unexpected Everything

    Eu gostei, principalmente, dos seus conflitos com o pai. A relação dos dois começa bastante conturbada, mas a trama desenvolve esse relacionamento carregado em mágoa e ressentimento de uma maneira muito bonita. Andie e o pai têm muito em comum (o humor, os interesses) e muitas diferenças e o modo como a autora escolhe aproximá-los, confrontá-los com suas escolhas e o motivo de terem dado as costas um para o outro, é tudo muito emocionante. O melhor arco da obra, sem dúvida.


    Eu poderia fazer isso. Se galáxias inteiras podiam mudar, eu também poderia.

    Outro ponto maravilhoso da história é a amizade feminina. Andie e suas três melhores amigas - Palmer, Toby e Bri - têm interações tão naturais que é como se você estivesse acompanhando a convivência de pessoas que conhece. Elas são divertidas, espontâneas e cheias de personalidade. Palmer é certamente a "líder" do grupo, mais concisa e com a cabeça no lugar do que as outras.

    Toby e Bri formam essa dupla inquebrável, do tipo "completam as frases uma da outra", e conduziram um arco na trama principal que me surpreendeu e levantou uns questionamentos bem interessantes sobre essa coisa de "amizade é para sempre". Eu gostei muito de como a Morgan não entregou respostas rápidas ou óbvias, de como deixou as histórias caminharam no seu próprio tempo - mesmo que isso signifique que elas não terão o final perfeito ou o que queríamos que tivessem.


    Conforme olhava para Clark à luz da manhã, percebi que o conhecia. Não tudo a seu respeito, nem mesmo perfeitamente, mas eu sabia quem ele era. E eu havia deixado que ele me visse.

    Em relação à parte romântica, Andie conhece Clark e você vai gritar e morrer de amores porque o casal é a coisa mais adorável da vida.


    Resenha: The Unexpected Everything

    Não posso falar muito sobre o Clark, não tanto quanto eu gostaria, porque um detalhe da vida dele tecnicamente é um spoiler. E é o detalhe que eu mais amei e mais queria falar a respeito, maldita seja, Morgan!


    Eu percebi que mesmo sem olhar para ele, sabia dizer que Clark estava sorrindo.

    De qualquer maneira, tudo o que precisam saber é que Clark é o tipo de personagem amável, atencioso e com um humor fofo e awkward que rouba teu coração na primeira aparição. É o tipo de interesse amoroso com quem você se importa bem fácil, e que traz cenas relevantes e diálogos ricos e interações muito amorzinho junto com a protagonista. Ele e a Andie formam um casal doce, que se entende mesmo nas adversidades, que encontra o melhor um do outro.

    O inglês da obra é bem fácil de acompanhar, mesmo para quem não está acostumado a ler nessa língua.


    Resenha: The Unexpected Everything

    The Unexpected Everything pode assustar um pouco pelo tamanho, mas garanto que as 500 páginas vão passar muito rápido. Morgan Matson sabe como conduzir uma história, como desenvolver seus personagens e todas as tramas que se entremeiam entre eles. É o tipo de leitura perfeita para quem quer rir e chorar, para quem quer uma história de amor, amizade e família.


    Título original: The Unexpected Everything
    Autora: Morgan Matson
    Editora: Simon & Schuster
    Gênero: YA | Comédia romântica
    Nota: 5
    Skoob


    1. Estou precisando de histórias fofas. Adorei a indicação.

      www.vivendosentimentos.com.br

      ResponderExcluir
    2. Oi, Denise
      Só li um livro da Morgan que eu gostei bastante, mas tenho um certo toc com histórias que vai e voltam no passado, me cansam demais e eu acabo cansando da história, mas como é a Morgan vou tentar dar uma chance haha
      Beijo
      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Denise, você sempre indica uns livros diferentões hehehe Adorei, não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas fiquei super curiosa para ler. Confesso só que não curti muito essa edição kkkk
      Os Delírios Literários de Lex

      ResponderExcluir
    4. Oi De, tudo bom?
      MEU TIPO DE LIVRO! Já queria começar a ler agora mesmo!
      Deve ser uma delicinha, quero me emocionar e me apaixonar.
      Uma pena que ainda não leia em inglês de maneira fluente...
      beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    5. Oi, Nizz!
      Menina, 500 páginas é muito pra uma história YA pra mim kkkk até porque eu nem ando muito lendo do gênero, mas você fala tão bem dessa autora que um dia eu me arrisco
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.