Resenha: Mar de Rosas

  • 10:25
  • 9 de jun. de 2020
  • Resenha: Mar de Rosas

    Mar de Rosas é o segundo volume da série de aquecer o coração chamada Quarteto de Noivas da Nora Roberts que já temos o primeiro volume resenhado aqui. A série é publicada pela Editora Arqueiro e conta o romance das quatro sócias da Votos, uma empresa de casamentos.

    SinopseEmma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês.Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor.Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso.Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.

    Nesse volume conhecemos melhor a Emma, a florista e romântica incondicional do nosso quarteto. De todas as meninas, ela é aquela que está sempre saindo com alguém, mas ao contrário do que pode parecer, ela não é "galinha". Pelo contrário, ela se importa com os caras que sai, não trata eles como objetos e fica arrasada quando se dá conta que o cara que está saindo não é o cara e se vê "forçada" a terminar.

    Emma é super carinhosa, doce e romântica. Das quatro ela é a minha favorita e curiosamente ela fica com o meu personagem masculino favorito da série também. Então, esse livro é todo amores e o meu xodózinho dos romances.

    Emma vem de uma família extremamente amorosa e, diferente da Mac, nossa protagonista do primeiro volume, ela é fruto de um casamento que deu super certo. A mãe de Emma é mexicana e o pai norte-americano. Seu pai ficou viúvo e acabou se apaixonando pela mãe de Emma quando ela foi trabalhar como babá dos filhos dele. Vindo de uma família adorável como a dela, é fácil entender o porquê a Emma é uma romântica incondicional.


    Resenha: Mar de Rosas

    Já o homem da vez é o Jack, sim senhoras e senhores, o amigo de Del da faculdade e praticamente arquiteto das meninas. Se vocês não entenderam a zona que vai dar nesse livro por causa desse romance, vão entender em breve.

    Como todo bom romance, os dois começam a se apaixonar sem nem mesmo se dar conta. Quer dizer, Emma acho que sempre foi apaixonada pelo Jack enquanto ele foi nutrindo um carinho pela nossa florista e quando se deu conta, era tarde demais e já estava caidinho por ela.

    Para dar um brilho a mais e me fazer ficar ainda mais louca pelo livro, tem um toque de gato e rato no romance. Obviamente, os dois já eram amigos, então não é como se eles se odiassem. Mas acontece que a recusa dos dois de se apaixonar um pelo outro e ficarem juntos é tanta que eles ficam se evitando e se alfinetando.

    - "Se tocaram"! Quantos anos você tem? Doze? Você me beijou!
    - Nós nos beijamos. 
    - Mas foi você que começou.


    Por Jack ser muito amigo das meninas e de Del, isso torna o relacionamento dos dois um tanto quanto complicado. Se o romance não desse certo, eles ficariam estranhos um com o outro e isso afetaria a relação com todos. Os dois não queriam colocar isso a perder, a amizade deles e com as meninas valia mais do que qualquer coisa.

    Fora esse detalhe que os dois contornaram até bem, na minha opinião, temos o fator Del. Ele é extremamente protetor, como mencionei na resenha do primeiro volume, e Emma é sua irmã de consideração. Apesar de Jack ser seu melhor amigo e como um irmão para ele, ele não podia sonhar em encostar nas meninas, romanticamente falando.

    Del diz isso desde sempre, não por ser controlador com elas, nem nada do tipo - tá, talvez um pouco - mas porque ele conhece o amigo. Jack é super divertido, mas não suporta alguém entrando em seu espaço. Uma gaveta com roupas da namorada, uma cópia da chave, morar junto, sem chance nenhuma de acontecer! Como tudo nessa série, tem um motivo familiar envolvido, ele sofreu muito com a separação dos pais quando criança e isso afetou todos os seus relacionamentos. 

    Obviamente não justifica esse tipo de atitude babaca, por mais sofrido que tenha sido. Apesar de gostar muito do Jack, esse lado dele me irrita e assim como Emma, eu ficaria furiosa. 

    - "O amor pode ferrar bastante com você antes que descubra como conviver com ele." - Laurel estreitou os lábios - Sabe, acho que podíamos pôr essa frase no nosso site

    Vemos ainda mais a irmandade das meninas que é o ponto alto desse livro pra mim. Isso só fez com que ele ficasse mais ainda no cantinho dos livros-xodós. Um ponto divertidíssimo desse livro é a cena de Parker com Malcom, o dono da oficina. 

    - Mas não se dá o trabalho de cuidar co próprio carro. Isso aí estava mais uma verdadeira degraça, minha senhora. É provável que a senhora passe mais tempo cuidando desses sapatos do que da manutenção dele.

    Não preciso dizer que recomendo demais esse livro, né? Aproveita que está frio, pega ele, umas cobertas, uma bebida quentinha e vá se aquecer. Garanto um coração quentinho.

    Titulo original: Bed of Roses
    Autora: Nora Roberts
    Editora: Arqueiro
    Tradução: Janaína Senna
    Gênero: Romance
    Nota: 5+
    Skoob



    1. Oi, Raquel
      Essa série é uma das minhas preferidas da autora, porque é divertida e bem leve, famoso romance clichê mas que nos encanta. Tenho até saudades! Eu amo tramas que abordam personagens diferentes mas que envolvem o mesmo trabalho, acho incrível!
      Espero que goste dos outros livros <3
      Beijo
      https://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Olá, Raquel.
      Eu só li o primeiro livro dessa série e acabei desistindo do outros. Não sou tão fã assim da Nora e não achei a primeira história tudo isso. Mas pode ser que futuramente eu volte a ler a série porque sou dessas que muda de ideia de uma hora para outra sobre os livros hehe.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    3. Não estou na vibe de romances kkk. Mas adoro ver resenhas da Nora. Uma hora dessas quero ler um livro dela.

      www.vivendosentimentos.com.br

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.