Resenha: O Príncipe e a Costureira

  • 09:00
  • 10 de nov. de 2020
  • Resenha: O Príncipe e a Costureira

    O Príncipe e a Costureira é uma história em quadrinho sensível e extremamente cativante da premiada autora Jen Wang. Lançado aqui pelo selo de HQ's da Darkside, que cedeu este exemplar para resenha, conquistou seu lugar entre os meus favoritos do ano.

    Sinopse: Um príncipe que gosta de usar vestidos. Uma costureira que sonha em fazer suas próprias criações e ter seu talento reconhecido. Um conto de fadas apaixonante para guardar no coração. É com o peito cheio de afeto e orgulho que a DarkSide® Books anuncia o lançamento de O Príncipe e a Costureira, de Jen Wang, obra vencedora do Eisner Award em 2019 nas categorias de melhor publicação juvenil e melhor roteirista/desenhista, além dos prêmios de melhor álbum juvenil em Angoulême 2018, e de melhor livro juvenil no Harvey 2018. Sebastian é o príncipe herdeiro da Bélgica. Ele está em busca de uma esposa ― ou melhor, seus pais estão cuidando disso para ele. Sebastian, na verdade, está mais ocupado escondendo seu segredo de todos: à noite, ele coloca vestidos ousados e sai pelas ruas de Paris como a fabulosa Lady Crystallia, o ícone fashion da capital da moda. Tal façanha é graças ao belíssimo trabalho de Frances, sua melhor amiga e costureira, e uma das duas únicas pessoas que sabem a verdade. Mas Frances sonha com a grandeza e o reconhecimento, e fazer os vestidos de Lady Crystallia significa viver à sombra de um segredo para sempre… O Príncipe e a Costureira é uma história delicada e sensível. Com um traço exuberante e extremamente colorido, Jen Wang dá vida a uma dupla de adolescentes que quer viver a vida ao máximo e aproveitar cada oportunidade, e que encontra apoio um no outro em seus respectivos desafios. Além de apresentar a trajetória de Frances enquanto ela constrói sua carreira como costureira e se depara com alguns percalços na busca pelo caminho certo, Wang narra a história de um menino que por vezes se sente mais como ele mesmo usando vestidos. O Príncipe e a Costureira é uma história sobre identidade e aceitação, sobre uma amizade que acolhe e respeita sem ressalvas, e que mostra como o amor e respeito ao próximo têm muito mais força do que a intolerância. O quadrinho é mais um lançamento do selo DarkSide® Graphic Novel e chega para os leitores em um padrão de qualidade digno da realeza. Um conto de fadas para qualquer idade ― e que, assim como Lady Crystallia encantou os parisienses durante seus passeios noturnos, também vai roubar seu coração.

    A história acompanha Sebastian, príncipe herdeiro da Bélgica. Seus pais estão a procura de uma futura rainha para ele - mas tudo que Sebastian se interessa é na própria liberdade. E, nessa liberdade, ele encontrou felicidade assumindo a identidade de Lady Cristallia, com vestidos fabulosos e perucas impressionantes.

    É por causa de Lady Cristallia que Sebastian contrata os serviços de Frances, uma costureira tímida e esquecida com um talento estrondoso. Juntos, eles desbravam Paris e exaltam a moda como nunca antes, mas tudo isso nas sombras - o que pode colocar o segredo do príncipe e o nome de Frances e seu talento para o mundo em cheque.

    Resenha: O Príncipe e a Costureira

    Eu comecei e terminei a leitura dessa HQ com um sorriso enorme no rosto. É uma trama doce, gentil, com seus momentos que impactam e conseguem algumas lágrimas; é uma trama sobre liberdade de ser quem você ama ser, sobre amar o que você faz, sobre amar quem entende quem você é.

    A relação entre a Frances e o Sebastian é de uma doçura que faz o coração ficar quentinho. A princípio, é tudo sobre o vestido e a Lady Cristallia, até que se torna sobre eles - não o príncipe e a costureira, mas um garoto e uma garota com sonhos e expectativas e amores incompreendidos. Frances, com sua arte ignorada por todos; Sebastian, com o segredo de Cristallia e a importância que ela tem para ele.

    Resenha: O Príncipe e a Costureira
    Resenha: O Príncipe e a Costureira

    A abordagem é sensível e adorável e é um amor acompanhar a aproximação dos dois; os traços que a autora dá para o desenvolvimento do quadrinho contribui para a emoção. Os olhares e os sorriso dizem mais do que todas as palavras da história.

    Eu gostei muito de como o medo do Sebastian da rejeição e do preconceito frente à sociedade foram explorados. Esses receios moldaram seus trejeitos e como ele reage ao mundo como príncipe - mas, como Lady Cristallia, ele se deixa pertencer ao universo. E os vestidos da Frances dão ainda mais vida a isso.

    Sua relação com os pais, o rei e a rainha, também dizem muito sobre responsabilidades e o quanto ele tinha medo de fracassar com as expectativas - não apenas pelo amor aos vestidos, mas também com todo o peso da coroa.

    Resenha: O Príncipe e a Costureira
    Resenha: O Príncipe e a Costureira

    Frances, por outro lado, teve destaque na questão artística e independente. Enquanto Sebastian luta com as mentiras e segredos e as consequências de ter a verdade sobre ele entregue ao mundo, Frances precisa lidar com o quanto esses segredos afetam seus sonhos.

    Afinal de contas, Lady Cristallia é um mistério e tudo que a cerca também. Seus vestidos existem nela, mas não pertencem a Frances. E seu maior sonho é espalhar sua arte pelo mundo, então ficar presa a Sebastian - ainda que os sentimentos entre eles estejam florescendo e a relação, se aproximando - pode ser ruim.

    Resenha: O Príncipe e a Costureira

    Eu amei tudo. Amei o fim, que vem de uma dorzinha no coração para um cena espetacular sobre tolerância e amor e o que significa aceitação e pertencimento; amei as ilustrações, que são vivas e fofas e têm cores exuberantes. Amei a história que a autora resolveu contar e como ela é atual e importante, porque fala sobre se aceitar e mostrar ao mundo que ser quem você é, amar quem você é, é tudo que realmente importa.

    O Príncipe e a Costureira foi uma leitura rápida, do tipo que a gente não vê as páginas passando, e é perfeita para sorrir e ficar feliz. Encontrou espaço entre minhas histórias favoritas sobre amor e liberdade e com certeza vai ficar no meu coração por muito tempo.

    Título original: The Prince and the Dressmaker
    Autora: Jen Wang
    Editora: Darkside
    Gênero: HQ
    Nota: 5+

    1. Ei, Denise, tudo bem? Eu já tinha ouvido falar dessa história por alto, mas lendo a resenha, eu fiquei com vontade de ler eu vou dar uma oportunidade para a história e colocar na minha lista de leituras. Eu achei a capa do hq linda e as fotos que vocês do blog fazem, ficam muito boas.


      Books House

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.