Controle remoto: Mulan (live action)

  • 09:00
  • 4 de dez. de 2020
  • Controle remoto: Mulan (live-action)

    É com muito medo que criei coragem e fui ver o filme novo da Disney: o temido e polêmico live action da Mulan, que estreia oficialmente hoje no Disney+. Depois de vários adiamentos, várias polêmicas envolvendo os personagens, as musicas... enfim o filme saiu. Vem ver o que eu achei.

    O filme é dirigido por por Niki Caro com o roteiro de Elizabeth MartinLauren HynekRick Jaffa e Amanda Silver. Como elenco temos Liu Yifei como Mulan, Donnie Yen como Comandante Tung (no original, esse era o Li Shang)Gong Li como Xianniang, a bruxa, Jet Li como O Imperador, Jason Scott Lee como Bori Khan, o vilão, Yoson An como Chen Honghui, que é para ser o interesse amoroso de Mulan. Tzi Ma como Hua Zhou, pai de Mulan.

    Bom, no início vemos uma pequena Mulan que possui muitas habilidades e um forte "chi", conhecido na cultura oriental como o poder oculto que temos dentro do nosso corpo. Acontece que não é bem visto mulheres da época terem um chi forte como Mulan, elas eram tachadas de bruxas. E assim, logo pequena Mulan foi ensinada a esconder o seu chi e "reconhecer o seu lugar".

    Depois passamos para a uma Mulan já adulta, mas ainda com traços reprimidos daquela pequena que vemos no início do filme. Aqui temos uma diferença do original, Mulan tem uma irmã a Xiu, elas são bem diferentes e Xiu é a o que poderia se considerar a mulher perfeita dentro dos padrões chineses da época.

    Assim seguimos para a cena desastrosa com a casamenteira, diferente do original, a causa do desastre é uma aranha, que Xiu morre de medo. Mulan, como boa irmã mais velha, resolve proteger a mais nova e causa uma confusão e tanto. No original, a causa da confusão é um grilo dado pela avó de Mulan como símbolo de sorte, essa avó não existe aqui.

    Controle remoto: Mulan (live-action)

    Aliás, nenhum dos alívios cômicos existem no live-action, ele tem um aspecto bem mais adulto que o desenho, na minha opinião. Como não é novidade, não temos o dragão aqui como guardião da Mulan e sim uma fênix. Ela não é "animada" ou sequer fala durante toda a trama, ela somente aparece ocasionalmente. Novamente, mais um aspecto que retira o tom infantil do original.

    Não tive problemas em tirarem o dragão da trama, principalmente porque isso gerou uma ofensa enorme deixar um ser que é um deus para a cultura Chinesa sendo uma figura satírica. Mas eu senti muita falta de qualquer alívio cômico no filme.

    O vilão do filme segue o mesmo, o líder Bori Khan que deseja vingar a morte do pai e tomar a China. Mas aqui temos uma vilã nova ao lado de Bori Khan, uma bruxa, que assim como Mulan, ela possui um forte chi e diferente da garota, ela não reprimiu ele. Consecutivamente, ela foi expulsa de sua vila e sua família por não seguir os padrões que a sociedade chinesa impõe. Uma mulher não deve ser guerreira e sim esposa.

    Seguindo a trama, depois do desastre com a casamenteira, o exercito chega na vila de Mulan para recrutar um homem de cada família para lutar, já que Bori Khan está ameaçando o império e dizimando todas as vilas por onde passa.

    Como no original, o pai da Mulan já esteve na guerra e voltou com um ferimento na perna, que dificulta sua mobilidade. Mas ainda assim, ele é o único homem da família, então tem que se voluntariar. 

    Assim como no original, Mulan foge e vai no lugar dele. Os colegas de pelotão de Mulan são bem parecidos com o original, mas não tem o enfoque da amizade deles como no desenho. Somente algumas conversas e momentos juntos, apesar de deixar bem claro que eles são amigos e "um por todos, todos por um".


    Um outro personagem que não temos, é o Li Shang, que acaba sendo o interesse amoroso de Mulan. Achei isso bem triste, afinal sempre achei que Shang se apaixona por Mulan antes de saber que ela é mulher. No live-action, achei que o romance ficou bem de lado, o que não é ruim. Achei bem legal até, afinal, isso dá mais espaço para focar na Mulan em si e no seu valor como guerreira.

    Existem outras diferenças aqui, mas não vou ficar pontuando todas. Algumas são bem interessantes e fazem sentido no enredo, outras não muito.

    No geral, o filme é legal. Eu não fui com a expectativa que estava quando anunciaram o filme, devido a todos os problemas e anúncios que houveram enquanto estavam definindo elenco, roteiro e etc. Acho que isso ajudou bastante para eu não me decepcionar. Sei também que o original vai estar sempre lá, o live action não anula ele. São somente aspectos diferentes e uma visão nova.

    Não acho que foi o melhor live action que a Disney fez, meu favorito segue sendo Aladdin. Principalmente porque não temos as músicas aqui, apesar de escutarmos as melodias das músicas originais no fundo de algumas cenas. Para quem não curte musicais, isso foi uma excelente notícia, mas não é o meu caso.

    Apesar de tudo, a Disney foi bem feliz na escolha dos atores, não tenho o que reclamar do elenco. Apesar de algumas diferenças do original, achei muito legal o cuidado na escolha, principalmente da Mulan.

    1. To até agora devendo esse filme pra mim mesma, mas sou péssima com "o controle remoto", sempre enrolo pra ver séries ou filmes...

      Blog Tagarelando Livros

      ResponderExcluir
    2. Oi, Raquel
      Eu acho que se você ver como um filme independente da história de Mulan, é um filme bem feito no enredo e nos efeitos especiais. Se você compara com a obra original, obviamente terá bastante defeitos, mas eu gostei do filme apesar disso.
      Beijo
      http://www.capitulotreze.com.br/?m=1

      ResponderExcluir
    3. Oi Raquel,
      Vi que lançou na sexta, mas como foi aniversário da minha mãe, acabou que nem deu tempo de assistir. Mas como fã do desenho, vou com poucas expectativas para não me decepcionar.
      Claro, sendo Disney, sei que o filme tem seu mérito, mas não vale ser comparado ao desenho clássico.
      beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    4. Oi Raquel, puxa eu fiquei muito decepcionada... eu até entendi a proposta de deixar tudo mais sério, mas achei que não funcionou, no final ficou tão raso, deixaram de fora muita coisa eu poderia ter beneficiado o enredo... mas paciência rs

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.