Resenha: Perigo para um Inglês - Sarah MacLean - Queria Estar Lendo

Resenha: Perigo para um Inglês - Sarah MacLean

Publicado em 6 de abr. de 2021


Perigo para um Inglês é o último livro da trilogia Escândalos e Canalhas, da Sarah MacLean. Nessa história, finalmente vamos conhecer o passado, presente e (talvez) futuro do duque e a duquesa de Haven, que apareceram pela primeira vez em Cilada para um Marquês.

Se você se interessou por Perigo para um Inglês, pode gostar de:


Desde que li Cilada para um Marquês eu estava doida para descobrir essa história. Conhecemos Seraphina e Haven em um momento complicado da vida deles: ela grávida, ele a traindo e um casamento recente caindo aos pedaços.

Nesse primeiro momento, Haven soa como o maior canalha da história e Seraphina como uma mulher conformada com o destino. Mas o tempo passa, situações se agravam e chegamos até Perigo para um Inglês, três anos depois.

É nesse momento que Seraphina retorna para a Inglaterra, depois de passar muito tempo incomunicável na América. Ela está determinada a conquistar sua liberdade, sem conseguir enxergar uma forma de consertar seu casamento ou vivê-lo apesar do passado, e cansada de pedir desculpas pelos erros que cometeu.


Porém, o duque de Haven não está pronto para desistir da esposa e vai fazer de tudo para reconquistá-la. Inclusive convencê-la de que ela tem que passar o verão na propriedade de campo deles para escolher sua substituta.

Confesso que no começo da história eu estava com bastante medo de odiar cegamente o Haven - porque ele é um idiota 100% no começo - e não conseguir apreciar a história. Mas não foi o que aconteceu.

Simplesmente amo o primeiro encontro dele e de Sera e os diálogos dos dois costumam ser sempre no ponto para invocar uma comédia e um angst.

Aliás, eu estava muito empolgada para Perigo para um Inglês justamente por conta do angst e do drama. Eu podia ver o potencial desde o começo e fico feliz de que ele realmente trouxe isso - embora em doses menores do que a dramática em mim gostaria de ver.

Sera e Haven são o tipo de casal que facilmente poderiam ter perdido o timing. Aqueles que se amam muito, mas a dor de ficar junto é tão grande que nunca é o tempo certo para eles. Perigo para um Inglês transita bastante pela linha do "será", o que é o meu tipo de angst preferido.

Como uma leitora formada na dor e drama, gosto quando a narrativa não precisa inventar motivos bobos para separar os personagens. Embora Perigo para um Inglês tenha suas doses de "não posso te amar" - que, sinceramente, eu considero um motivo bobo aqui - ele bate muito mais na tecla de "será que conseguimos superar nosso passado e as nossas perdas?". O que torna tudo ainda mais interessante.

Fora o romance central, ainda tivemos a chance de conhecer - e amar - mais Sesily, a única Talbot solteira remanescente, e Caleb, o amigo americano de Seraphina. E preciso dizer: estou mais do que pronta para vê-los juntos em Bombshell, que sai lá fora em agosto.

De forma geral, Perigo para um Inglês finalmente entregou o drama que eu esperava em um romance de época e me lembrou como eu simplesmente amo o relacionamento e a lealdade das irmãs Talbot. Adorei e favoritei e recomendo muito.

Aliás, se você quiser pular de Cilada para um Marquês (que é tão bom quanto) direto para Perigo para um Inglês, não vejo problema. Amor para um Escocês foi a história mais fraca da trilogia e os personagens nem foram carismáticos o suficiente para garantir uma aparição nesse último.


Malcolm Bevingstoke, o Duque de Haven, viveu os últimos três anos na solidão auto-imposta, pagando o preço por um erro, e perdendo, para sempre, um amor. Mas Haven precisa de um herdeiro, o que significa que ele deve encontrar uma esposa até o final do verão. Há apenas um problema – ele já tem uma… Depois de anos no exílio, Seraphina, a Duquesa de Haven, retorna a Londres com um único objetivo – encontrar a felicidade, livrando-se do homem que partiu seu coração. Mas o marido lhe oferece um acordo: ela poderá ter sua liberdade, assim que encontrar uma substituta. Isso significa que terá que passar o verão com o marido que ela não quer, mas que, de alguma forma, não consegue resistir. O Duque tem apenas um verão para estar com a esposa e convencê-la de que, apesar do passado, ele poderá tornar o felizes para sempre, uma realidade todos os dias...


Título original: The day of the dutchess
Autora: Sarah MacLean
Tradutora: A. C. Reis
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance de época
Nota: 5+

resenha perigo para um inglês

3 comentários:

  1. Olá, Bianca.
    Eu comecei a ler esse livro com muito medo porque ele foi muito canalha no primeiro livro. Mas quem diria que eu ia amar esse livro e se tornar o melhor da série na minha opinião hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim mesmo, Sil! hahahahaha achei que ia odiar e amei muito <3

      Excluir
  2. Oi Bia, realmente o segundo livro eu acho que poderia ser qualquer outra série, inclusive rsrsrsr E eu também gostei da parte da superação do passado, realmente tornou tudo muito melhor!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!



@QueriaEstarLendo