Resenha: Beijo das Sombras


Já é a quarta vez que eu releio esse livro, e nem por isso minhas emoções e surtos diminuem enquanto passo pelas páginas. Não, muito pelo contrário, quanto mais tempo passo na companhia de Rose Hathaway, mais meu amor por essa série cresce.



Sinopse: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.

Por que eu resolvi reler mais uma vez, você deve se perguntar. Porque o elenco do filme que vai adaptar essa obra fantástica foi devidamente confirmado e, tendo todos os atores escalados, resolvi me aventurar nessa história e tentar imagina-los, visto que antes eu tinha um dream cast totalmente diferente para cada um dos personagens. E o que aconteceu? EU AMEI! Já estava feliz com os atores escalados, mas depois de conseguir visualizar cada um deles em cada um dos papéis, oh gods. Minha ansiedade pelo filme só aumentou!

A história de Vampire Academy (acho Academia de Vampiros uma tradução sem magia, sinto muito) segue a trajetória de Rose Hathaway e Lissa Dragomir. Lissa é uma princesa Moroi, mais especificamente, uma princesa vampira. Mas nada de vampiros horrendos e monstruosos; os Moroi são pacíficos, vivem longe dos humanos e se alimentam apenas de fornecedores dispostos a doar sangue para a sobrevivência dessa raça – até porque tais fornecedores adoram mergulhar na dopagem da saliva dos Moroi, porque ela possuí uma substância capaz de causar prazer.


Rose é uma dampira, meio Moroi e meio humana, que cresceu e foi criada para se tornar a guardiã de Lissa. Dampiros se tornam guardiões para proteger os Morois, pois eles estão sempre em perigo constante e não sabem se defender sozinhos dos Strigoi. Strigoi são outra espécie de vampiros, estes malignos.

No primeiro livro, somos apresentados a essas duas garotas e ao fato de que, há dois anos, elas estão fugindo da escola São Vladimir, o lugar seguro para Morois e dampiros. Numa noite, no entanto, Rose e Lissa são apanhadas por guardiões desta mesma instituição e forçadas e retornar para lá. De volta a escola, Lissa deverá aprender a lidar com a realeza Moroi e com poderes que cada vez mais a arrastarão para a insanidade, enquanto Rose terá que treinar com afinco para se tornar uma excelente guardiã, enquanto lida com sentimentos amorosos que começará a nutrir por seu treinador. Já não bastasse isso, ela tentará entender o porquê dos poderes estranhos de Lissa, adentrando um assunto perigoso e cheio de mistérios. Quer mais? Coisas estranhas começam a acontecer na escola, e tudo indica que alguém está atrás da princesa Dragomir.

Muito bem, chega de resumos, vamos aos comentários.

Richelle Mead tem uma incrível habilidade para criar personagens incríveis e apaixonantes numa trama de te deixar roendo as unhas. Começando com a Rose, que é quem narra os acontecimentos. Ela é forte, é destemida e não tem medo de dar a cara à tapa. Sarcástica e bem humorada, não tem como não gostar dessa protagonista.

Temos também o Dimitri, treinador de Rose e guardião mais fodástico de todos os tempos [momento fangirl] EU NUNCA VOU TER PALAVRAS EXATAS PARA DEFINIR MEU AMOR PELO DIMITRI, SINTO MUITO, PESSOA QUE ESTÁ LENDO ISSO, MAS I FUCKING CAN’T.

Falando mais controladamente, Dimitri é incrível. Ele tem uma personalidade semelhante a da Rose, no sentido de ser forte e corajoso, mas é muito controlado e sensato, ao contrário dela na maioria das vezes. A ligação entre os dois é tão forte que, em dado momento do livro, é impossível não ansiar por vê-los juntos casados e felizes para sempre. Mas a Richelle facilita isso? Não, claro que não. Ruiva maléfica.

Temos a Lissa também, claro, mas eu nunca liguei muito para a personagem. Ela tem lá seus destaques durante a história, mas acho que tudo nela é muito “perfeito e adorável e cheio de amor” pro meu gosto. Sou fã de personagens mais vivas e menos dependentes, que não tenham medo do perigo, que se arrisquem pelo que acreditam e que lutem pelo que amam; não vejo isso na Lissa, por mais que ela faça coisas em favor de sua amizade tão forte com a Rose. Acho que a evolução da Lissa acontece, mesmo, lá pelo quarto livro da série – mas isso é coisa para outra resenha.


Fora eles, claro, somos apresentados a tantos outros personagens, mas destaco aqui Christian Ozera e Mason Ashford, outros dois amores da minha vida nessa série. Christian é um Moroi solitário, assombrado pelo passado tenso envolvendo seus pais, e, durante a narrativa, constrói uma relação de atração e confiança com Lissa. Posso não gostar muito da Lissa, mas é inegável que eu amo esses dois juntos. Christian consegue abandonar sua máscara de garoto perturbado e sozinho por ela.

Mason é um dampiro espertinho e divertido, também treinando para ser guardião, e tem uma big crush na Rose – [momento fangirl de novo] E ELE É TÃO RUIVO E ADORÁVEL E EU SIMPLESMENTE GOSTARIA DE PODER ABRAÇÁ-LO E AMÁ-LO PELO RESTO DA MINHA VIDA [fim do surto].

Já deu pra notar o quanto eu fangirlizo VA, certo?

Porque surtos é o que essa série merece! A trama é muito bem trabalhada, os acontecimentos são de tirar o fôlego – vide últimos capítulos de Beijo das Sombras – e um final de deixar todo mundo de queixo caído! Lembro que, quando li pela primeira vez, gritei um sonoro "WHAT?" quando cheguei ao clímax da trama.

Indico esse livro para Deus e para o mundo, e as cinco estrelas são mais do que merecidas. Se você procura um livro do tipo que não dá pra desgrudar, Vampire Academy é o que deve escolher.

Título original: Vampire Academy
Autor: Richelle Mead
Gênero: YA sobrenatural
Editora: Agir
Nota: 5

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

4 comentários:

  1. Li esse livro e acabei de comprar outros dois da série, depois de um século!! kkkkkkkkkkkkkk
    Gosto bastante dessa série, apesar de não amar a mitologia vampiresca,a não ser pela mão Diva de Anne Rice. Contudo, gostei bastante dessa série! Rose continua sendo uma das minhas personagens femininas prediletas.

    Adoro suas resenhas!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh gods, a série é muito muito boa, você vai amar! A partir do segundo livro tem o Adrian e ABFIPUAWBIFUANIODFSANOIFSNA
      Adoro Anne Rice também! Mas o legal dos vampiros da Richelle é que eles são todos baseados em lendas muito fodas, histórias de ciganos e tal, os strigoi e os moroi e etc ''existem'', é muito foda.
      AMO a Rose. Demais *o*
      Obrigada pelo comentário, flor! E obrigada por gostar das nossas resenhas ♥

      Beijos,
      Denise Flaibam.

      Excluir
  2. Primeira resenha positiva que leio!
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wow, Ana, sério?
      Nossa, eu nunca vi uma resenha negativa de Vampire Academy, e olha que eu já li muitas falando do livro! Surpreendente.
      Espero que tenha gostado dela, de qualquer maneira :D
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos,
      Denise Flaibam.

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!