Resenha: Inferno

Em poucos dias finalizei o livro Inferno numa leitura regada a surtos e sustos. Afinal de contas, estamos falando de uma obra escrita por Dan Brown, mestre das reviravoltas e de momentos surpreendentes! E afirmo aqui, como grande fã desse escritor, que Inferno foi o seu melhor livro.

Sinopse: Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em "O Código Da Vinci", "Anjos e Demônios" e "O Símbolo Perdido" e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento. No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri. Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Com uma narrativa arrebatadora e uma trama intensa, Dan Brown nos faz mergulhar de cabeça no intrincado poema Inferno, de Dante Alighieri, ao mesmo tempo em que nos apresenta às belezas arquitetônicas de Florença e nos faz correr contra o tempo para acompanhar Robert Langdon nessa sua nova aventura.

Vamos à trama? No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri. Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

-Não importa o que a senhora me diga. Eu não quero ir a Florença. 
- Nem eu. Mas, infelizmente, o tempo está se esgotando.
Já deu pra perder o fôlego com essa sinopse, não é? Garanto à vocês que nem eu, como pessoa fascinada pelos livros do Brown que sou (já li Código cinco vezes, e Anjos e Demônios pelo menos sete) que ninguém estava! O retorno de Robert Langdon foi mais que bem orquestrado nessa obra. Há espaço para um grande enigma, para reviravoltas assombrosas e para um final chocante. Além da escrita perturbadoramente incrível com que Dan nos agracia, claro, temos a construção de uma ótima história.

Os lugares mais sombrios do Inferno estão reservados àqueles que se mantiveram neutros em tempos de crise moral. Para ele, o significado dessas palavras nunca estivera tão claro: Em situação de perigo, não existe pecado maior do que a omissão.
Não dá pra não se afeiçoar aos personagens que nos são apresentados. Conhecemos Sienna Brooks, uma doutora cuja importância na trama é inserida de maneira muito bem pensada. O diretor, dono de uma organização muitíssimo secreta e também essencial para o decorrer da história e outros tantos personagens que aparecem de repente para se mostrarem parte do intrincado enredo de Brown. Todos são importantes, todos são essenciais. Todos estão ali por representarem parte de um grande quebra-cabeça que, no fim, se revelará como o fim mais chocante de uma história igualmente surpreendente.

Na verdade – disse Langdon, abrindo um sorriso de ironia e se encaminhando para a porta -, se você souber onde procurar, Florença é o céu.
Nem preciso dizer que minha vontade de conhecer Florença aumentou consideravelmente, não é? Dan Brown cria praticamente um mapa turístico dos pontos que a gente deveria visitar na cidade! Meu tour pela Itália está garantido depois de ler as obras deste homem.

Indico Inferno com todas as forças da minha alma. Dan Brown criou um livro magistral, perfeito em timing e em trama. Já estou com saudades do professor Langdon, e espero sinceramente que suas aventuras pelo mundo dos símbolos, dos mistérios universais e das aventuras empolgantes não pare por ai.

Título: Inferno
Autor: Dan Brown
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance policial
Nota: +

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

7 comentários:

  1. Dan Brown é muito divo, eu li O código da Vinci recentemente. E Estou louco pra ler Inferno...

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jonathan!
      Dan Brown é vida né? ABIUASPIUABGPUIA gods, como esse homem é foda! E Inferno é incrível, tomara que você leia logo *-*
      Obrigada pelo comentário.

      Beijos,
      Denise Flaibam.

      Excluir
  2. Ai, Denise, eu tenho certos problemas com Dan Brown pq alguns livros dele se tornaram meio óbvios... E ninguem ainda me respondeu se esse segue a receita do vilão que parece bonzinho, ma no fim é malvado!

    Mas ainda assim gosto mto de codigo da vince e anjos e demonios, entao dizer que o livro é melhor que esses, me deixa tentada!

    Adorei a resenha, sua empolgação me animou hahaha!
    http://falaurupes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ó, Ligia, sem spoilers? O vilão desse livro vai te surpreender. Muito. Juro, eu apostava em uma coisa com todas as minhas forças, ai foi lá Dan Brown e PUF-não-era-o-que-você-imaginava UBASIUFSAUIBGIUAGA foi absurdamente surpreendente.
      Vai na fé na leitura de Inferno, te garanto que é muito bom! Venha falar comigo caso leia *-*
      Obrigada pelo comentário.

      Beijos,
      Denise Flaibam.

      Excluir
  3. Enfim alguém que concorda comigo quando digo que este, sem dúvida, é o melhor livro do Dan. Eu já vinha achando que ele não me surpreenderia mais em nenhum livro, mas eis que ele me fez surtar muito, e ficar muito nervoso e aflito.
    Dan traça uma narrativa deliciosa, com surpresas que arrebatam o leitor e que vai surpreender até mesmo aqueles que nunca leram nada dele. Resumindo, necessito de um outro livro dele, porque sei que ele é um autor grandioso, de obras incríveis <3

    Elder Koldney
    http://minhasalaprecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O melhor livro do Dan, né? Depois de Símbolo Perdido, eu também não sabia bem o que esperar dessa nova obra, ainda que tivesse grandes expectativas por envolver Dante e o poema Inferno *-* mas NOSSA, como eu me surpreendi para melhor, que livro excelente! Vai dar um belo de um filme (se eles adaptarem bem e_e)
      Sim, nos dê mais livros, Dan! Ele já disse que tem ideias para doze livros envolvendo o Robert, ENTÃO VÁ EM FRENTE, ESCREVA, HOMEM! AHAHAHAHAHAHA
      Obrigada pelo comentário, Elder *-*

      Beijos,
      Denise Flaibam.

      Excluir
  4. Embora meu preferido seja Anjos e Demônios, achei este livro incrível. Mas dizer que um livro do Dan Brown é incrível é pleonasmo, né?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!