Resenha: A Garota Dele


Um dos lançamentos da editora Globo Alt, A Garota Dele chegou para nós de cortesia e se mostrou uma grata surpresa. Uma história que aborda temas tensos e importantes com uma narrativa simples e leve.


Sinopse: Vic Salazar é conhecido por quebrar todas as regras. Ele não se importa com as normas sociais e vive causando problemas. Existe apenas um princípio que ele não é capaz de infringir: mesmo que esteja apaixonado por Monika Fox há anos, ele sufoca esse sentimento porque ela é a namorada do seu melhor amigo, Trey. Mas quando uma desgraça acontece, Vic e Monika serão obrigados a romper a distância que mantêm um do outro e será cada vez mais difícil esconder a conexão que existe entre eles. Tentar fazer a coisa certa nem sempre é fácil, ainda mais quando tantos segredos estão sendo escondidos.

O livro se divide entre os pontos de vista do Victor, um encrenqueiro do colégio que não está muito aí para a vida, e a Monika, a garota por quem ele é apaixonado - coincidentemente, a namorada do melhor amigo dele.  Quando um acidente envolvendo segredos de ambos os lados explode na vida dos dois, os dramas sobre aceitação e sobre confiança abalam a amizade e a ligação que existe entre eles, mas também criam um possível novo recomeço.



A história vai muito além de um simples drama adolescente; envolve mentiras e uma trama mais obscura com drogas e tráfico. Os problemas familiares do Vic tratam de abuso, e a Monika tem um drama com saúde e o corpo dela. É uma trama simples mascarando coisas sinistras da vida.

Victor é o típico bad boy de mal com a vida. Ele é um jogador de futebol com carreira promissora, conhecido pelo humor explosivo e pelas reações violentas. Ele é melhor amigo do Trey e é apaixonado pela namorada dele. Victor se contém muito quando se trata da Monika, e isso acaba criando vários conflitos entre os dois conforme a trama avança. Ele é um rapaz sombrio pela vida de abusos físicos e psicológicos que sofre na família - o pai é muito exigente e essa exigência acaba transtornando o Vic na maior parte do tempo. Victor não é babaca, o que eu agradeci aos céus conforme avançava a leitura, porque personagens com o tipo de personalidade dele tendem a se esconder atrás de atitudes muito idiotas só pela desculpa de "minha vida é uma merda, então eu também sou".

Ele é só um garoto com medo das consequências de um erro, ainda que o erro não seja dele e você saiba disso durante todo o livro. Victor também tem uma aura sedutora que atravessa as páginas. Ele é o tipo de personagem pra amar e apenas amar até o fim dos tempos.





Sempre dou um jeito. Trey usa suas palavras. Eu uso meus punhos.

É aí que entra a Monika. A garota de futuro promissor é a responsável por segurar o segredo que desenrola o mistério do acidente. Ela é só uma líder de torcida com problemas no relacionamento, mas de repente é a garota consciente do Vic e possivelmente apaixonada por ele também. A amizade dos dois se baseia muito em sutilezas, mas com a trama avançando, se torna mais explosiva e intensa por causa das situações em que são colocados. A Monika é bem forte e gosta de provar essa força para os outros - por causa do seu problema de saúde, ela odeia se passar por frágil - mas às vezes suas atitudes a colocam em risco exatamente por essa necessidade de provação. Eu gostei muito do desenvolvimento da Monika, das escolhas e das respostas dela a essas escolhas.


Alguém precisa ensinar a Victor Salazar que brigar e sorrir não devem se misturar. Nunca.


O ship em si demora a acontecer, até porque tem o drama com o Trey e o Victor se retraindo e se segurando porque a Monika é a namorada do cara que é quase um irmão pra ele. Não encontrei nenhuma forçação de barra durante a narrativa e amei o livro por causa disso; tudo se desenvolve da maneira certa, na hora certa. Monika encontra a própria força e se prova por isso, Victor entende seus traumas e começa a aceitar que precisa deles para crescer. Os dois se aproximam e encontram apoio um no outro. Monika ainda está descobrindo o amor pelo rapaz, mas o Vic é completamente apaixonado por ela - e as trocas de pontos de vista exemplificam isso muito bem.



A única garota que eu quero é a única que não posso ter. A garota dele.

Por ser o segundo da série, o livro já trouxe um casal que se formou no primeiro livro. AMEI OS DOIS E AMEI SABER QUE ELES DERAM CERTO! Outros problemas como a saúde da Monika e a família do Vic ganharam um destaque interessante - e aqui eu tenho que criticar o Victor pela superproteção machista em cima da irmã mais nova. Corazón, eu te amo mais do que lasanha, mas a sua irmã sai com quem ela quiser, tu não tem nada que ficar metendo a fuça nos assuntos dela!

Outra personagem muito interessante foi a Isa, prima do Victor. Ela é dona de uma oficina mecânica, herdada do antigo proprietário porque ele confiava nela para continuar o negócio, e a Isa tem toda essa determinação em colocar a oficina para cima mesmo com tantas dívidas e problemas. Ela foi membro de uma gangue mexicana e tem uma personalidade poderosa, sempre batendo de frente com o Vic. Perder o amor da vida dela deixou a Isa com medo de abrir o coração de novo, e as consequências disso a atormentam, principalmente por ela ter um potencial interesse amoroso muito fofo!





- Um dia você vai acordar e perceber que está desperdiçando sua vida com seu medo.

A edição da Globo Alt é perfeita, diagramação e fonte confortáveis para a leitura. A capa é linda e o trabalho gráfico nela mais ainda. A Garota Dele é um NA agradável e rápido de ler. Conta uma história simples, mas que mascara dramas da juventude de hoje em dia.

Título original: Wild Crush (Wild Cards #2)
Autora: Simone Elkeles
Editora: Globo Alt
Gênero: New Adult / Romance
Nota: 4

Saiba Mais: Skoob | Saraiva

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Gostei da sua resenha e vi que será um romance bem fofo e ao mesmo tempo abordando assuntos importantes. Irei ler o primeiro, beijos ♥️

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise!

    Que capa linda! Acho que o ship demorar a acontecer é bom, sempre achei estranho quando tudo acontece de repente. Parece ser um livro excelente e com bons personagens! Gostei da dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!