Nacionais para conhecer #3 - A Pistoleira

  • 09:00
  • 15 de nov de 2016
  • Nacionais para conhecer #3 - A Pistoleira


    Bem-vindos a mais um: como assim você não ouviu falar nesse livro? Vem aqui que eu te apresento! Nossa literatura está cheia de títulos incríveis, e esses posts têm a missão de entregar novos títulos para você adicionar na sua estante e chorar pela falência - como todos fazemos sempre.

    Hoje vou falar um pouquinho sobre A Pistoleira, uma fantasia urbana ambientada na cidade de Niterói. Com bastante ação, uma protagonista badass que não leva desaforo para casa e uma mitologia rica, Jorge Castro nos apresenta a todo um universo impressionante que vai render continuações incríveis!

    A Pistoleira é o primeiro livro da saga Navilly Wood. Conta a história da Violet, uma anti-heroína de passado obscuro que viu toda a sua família ser morta em uma guerra sobrenatural. Contratada por uma agência que lida com situações assim, Violet vai começar a trilhar um caminho para verdades misteriosas e para uma possível vingança a respeito do seu passado sangrento. Estaria, a Pistoleira, preparada para enfrentar os seus próprios fantasmas, ou sua maldição falaria mais alto outra vez?

    Violet não é uma heroína. Ela não está nessa história para fazer as escolhas certas ou honradas; ela é uma guerreira, vingativa e perigosa. Na companhia de personagens carismáticos, ela é uma sombra e uma promessa de olho por olho, dente por dente. Ela é diferente de muitas protagonistas que você já leu, e por isso incrivelmente poderosa.

    Além dela, Hyun-Jae e Daniel - ambos simpáticos e extremamente necessários para a evolução da Violet - compõe a trama principal. Bruxas e outras criaturas sombrias compõe o cenário ambientado numa Niterói tomada pelo sobrenatural.

    Vale muito a pena para quem quer uma fantasia urbana de qualidade; dá pra adquirir exemplares físicos diretamente com o Jorge, e o e-book está disponível na Amazon. Todos os links estarão disponíveis aqui embaixo:

    A Pistoleira
    Sinopse: O que se esperar de alguém que nasceu da dor?
    Como confiar em uma heroína que guarda como prazer a morte de terceiros?
    Cinco anos depois de ter presenciado a destruição de sua cidade – da qual escapou no último segundo –, Violet, ou qualquer que seja o seu verdadeiro nome, construiu sua própria carreira na grande Rio de Janeiro.
    Descontando toda a sua angústia naqueles que praticam a injustiça, livrando a cidade dos que se beneficiam às custas dos outros, Violet agora enfrenta um novo dilema: elas estavam de volta.
    Aquelas que, cinco anos atrás, assassinaram cruelmente sua família e amigos e que, sem pena, fizeram uma cidade inteira cair na perdição.
    Estaria, a Pistoleira, preparada para enfrentar os seus próprios fantasmas, ou sua maldição falaria mais alto outra vez?

    1. Genteeeee só o título já me ganhou!! Adorei a descrição da Violet! passada por ainda não conhecer esse livro!!

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, SUAS LINDAS, PRODÍGIOS DE HOGWARTS <3

      Obrigado por toda a ajuda, por confiarem na Violet e passarem a palavra dela adiante. Lembrem-se que a Triqueta estará sempre com vocês, e espero que se apaixonem cada vez mais pela saga da Violet (e as demais que compõem esse universo) XD

      BEIJÃO OIEJROGJEOIJGIOFWJ <3

      ResponderExcluir
    3. Achei a descrição da Violet bem interessante, mas o que mais me interessaria seria as descrições de Niterói sob esse aspecto sobrenatural!

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.