Minhas expectativas para Rogue One


Quem me conhece bem sabe que Star Wars define a minha vida e tudo o que vai existir dela no futuro. É minha saga favorita, tem meus personagens favoritos e agora que foi revivida nos cinemas, tenho agradecido aos céus todo santo dia.

Nessa quinta-feira estreia Rogue One: Uma história de Star Wars, e o post de hoje é pra falar um pouquinho sobre a hype que estou sentindo (que é de mais de 8 mil) e fazer algumas predições do que eu quero muito ver no filme mais esperado do ano!

Muito, mas muito foco na rebelião


"Rebeliões são construídas com a esperança." é a fala da protagonista, Jyn Erso, quando os comandantes avisam sobre as poucas chances de sucesso na empreitada rebelde. Quem se importa, não é mesmo? Essa é a magia dos revoltosos contra o império; a esperança.

Eu quero muito ver um foco absurdo em cima da rebelião, mais do que a trilogia original já mostrou. Quero aquela sensação de volta, a luta contra uma opressão, a minoria tentando destruir uma maioria monstruosa. Quero ver pessoas comuns se erguendo contra o governo tirano, quero ver as poucas chances se tornarem um sucesso. "Faz dez homens parecerem cem." É isso que eu quero ver! Essa força dos oprimidos contra o opressor. Essa coisa maravilhosa da rebelião!

Sem falar nas batalhas no espaço e em terra e as X-Wings e os Troopers do antigo império e AH, MEU DEUS, QUE DELÍCIA TUDO ISSO!

Outra visão da Força

"Guardem esse momento. A Força é poderosa." Até onde se sabe, não teremos nenhum jedi nesse filme, mas teremos um personagem sensitivo à Força e isso é muito maneiro! Já vimos bastante desse poder místico através dos cavaleiros e mestres nos outros filmes, mas vai ser interessante ter um sensitivo lutando.

Sem falar que tenho lá minha teoria de que a Jyn também pode ser uma sensitiva, uma vez que o trailer final mostrou o que parece ser um cristal Kyber - o mesmo usado pelos jedis para fazer seus sabres de luz.

Darth Vader

Eu não preciso nem falar a minha emoção em finalmente contemplar Darth Vader numa tela de cinema, não é mesmo? Eu cresci vendo essa figura, cresci admirando o poderio desse vilão incomparável e sonhei em ter a oportunidade de viajar no tempo só para vê-lo nas telonas.

Eis que Rogue One vai realizar o meu sonho, e que os céus me ajudem, porque meu coração talvez não aguente!

Mais uma protagonista feminina badass


Eu ouvi um amém? E um aleluia?

Jyn Erso é a personagem principal de Rogue One. Ela é uma mulher, ela é incrível e ela vai ter um baita destaque dentro da trama. O tamanho dessa representatividade é tão importante quanto o da Rey em O Despertar da Força, porque a história existe através delas. A chance da rebelião de roubar os planos da Estrela da Morte residem no recrutamento da Jyn, na presença dela dentro dessa luta. E, pelo que pudemos ver dos trailers, também vai ter um drama familiar delícia que Star Wars adora - o pai da Jyn é o responsável pela construção da arma de destruição em massa.

Ah, e vale lembrar que além da Jyn também teremos a Mon Mothma, uma das líderes da rebelião. Girl power? Está tendo de monte.

Representatividade


Licença porque, além de uma protagonista feminina, não temos um homem branco sequer dentro do elenco principal de Rogue One, e isso é um baita de um avanço. Outro personagem importante na história é Cassian, piloto rebelde, cujo ator é de origem mexicana. Temos também Chirrut, um guerreiro oriental cego interpretado pelo mestre Donnie Yen, Saw Gerrera - que já vimos na animação Star Wars Rebels - ganhando vida através do brilhante Forest Whitetaker. E mais vários atores de etnias diversas marcando presença dentro desse elenco maravilhoso de meus deuses!

Cara, Star Wars

É basicamente isso. Nós ganhamos mais um filme absurdamente incrível desse universo que pode continuar por gerações e vai continuar ganhando o coração de todas elas.

Então que a Força esteja conosco, porque Rogue One vem aí!

Share this:

, ,

COMENTÁRIOS

3 comentários:

  1. Admito, nunca gostei e muito menos senti interesse em ver os filmes. As raras cenas que vi, graças ao meu irmão super fã desde sempre, já não me cativaram. Mas depois desse teu post, acho que irei arriscar e ver esse filme, só por ter uma personagem feminina de principal.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Bom eu não era fã de Star Wars até meu esposo me colocar pra assistir aos filmes, mas aí ele cometeu aquele pequeno erro de me fazer assistir ao primeiro filme, e o resultado? bem eu quase dormi. Após isso assisti ao quarto filme, que na regra deles tinha que ser o primeiro a ser assistido, aí eu amei hahaha interessante como um filme pode nos fazer gostar de toda a série e o outro não, não é mesmo? Mas enfim eu estou louca pra assistir esse do Rogue One, o novo Star Wars, que não é mais novo né, enfim o último que vi foi o episódio VII e gostei muito e acho que aquela menina vai longe.
    Aproveitei pra seguir seu blog e ficar por dentro das novidades e virei mais vezes aqui.
    beijinhos.

    https://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise, tudo bem?

    Estou morrendo de vontade de ver!!! O pessoal que já assistiu adorou e amo a Saga Star Wars <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!