Resenha: Wires and Nerve - Queria Estar Lendo

Resenha: Wires and Nerve

Resenha: Wires and Nerve

Dando sequência aos acontecimentos das Crônicas Lunares, a HQ Wires and Nerve é o primeiro volume de uma duologia nostálgica aos fãs da saga - e oferece um retorno incrível ao mundo futurístico onde os contos de fadas ganharam novas interpretações.
Sinopse: Em sua primeira HQ, a autora best-seller Marissa Meye, estende o mundo das Crônicas Lunares em uma história nova e cheia de ação sobre Iko, a androide com um coração de ouro (mecanizado). Quando os grupos rebeldes de soldados híbridos lobo ameaçam a tênue aliança de paz entre a Terra e a Luna, Iko começa a caçar o líder desse bando. Ela logo se vê trabalhando ao lado de um belo guarda real que a força a questionar tudo o que conhece sobre amor, lealdade e sua própria humanidade. Com aparições de Cinder e do resto da tripulação da Rampion, é uma história imperdível para os fãs da série.
Essa resenha vai conter alguns spoilers dos quatro livros.

A guerra entre Luna e a Terra acabou, mas ainda não há paz. Os soldados do exército mutante de Levana estão por aí. Cabe ao governo de Luna - comandado por Cinder (ou princesa Selene, como é seu nome verdadeiro) -, conter essa ameaça para garantir que os tratados de anistia continuem valendo, e a tão sonhada paz seja alcançada; é através de Iko, a androide genial e cheia de personalidade, que a caçada aos soldados rebeldes se estende. E é através de Iko que descobriremos uma tramoia para tentar deturpar o equilíbrio conquistado no pós-guerra.

Wires and Nerve foi absolutamente tudo o que eu sonhava para esses quadrinhos desde o anúncio do lançamento. A edição é divina, as ilustrações são incríveis e o roteiro é perfeito. É tudo que as Crônicas Lunares foram e muito mais, uma vez que os quadrinhos nos dão uma perspectiva a mais em cima da história.

Resenha: Wires and Nerve

Marissa Meyer sabe como entregar o melhor dos seus personagens para os leitores. O humor, as personalidades fortes e marcantes, as interações tão naturais; é tudo muito no ponto certo, e é impossível não se apaixonar de novo e de novo por cada rosto familiar - e pelos novos que aparecem.

Iko é a nossa personagem principal, e não tinha personagem que merecia mais destaque em uma história própria do que essa androide. De uma mera serviçal a uma das heroínas da guerra - ainda que não reconhecida - Iko é um robô mas também é a alma desse grupo. Determinada, corajosa e disposta a tudo para honrar a confiança de sua melhor amiga e rainha, Iko está nessa caçada pelos lobos-rebeldes ao mesmo tempo em que vive alguns impasses para se descobrir como pessoa e androide e alguma coisa além desses dois.

Afinal de contas, ela sente. Ela se emociona. Ela tem sonhos bobos e fantasias adolescentes com seus crushs. Ela quer se apaixonar e quer viver e quer experimentar tudo que o mundo tem para oferecer; isso faz dela humana? Engrenagens são o mesmo que nervos? Um chip é o mesmo que um cérebro? São questões interessantes abordadas com simplicidade, mas que passam mensagens poderosas.

Resenha: Wires and Nerve

Os rostos familiares resgatados pela Marissa são todos do grupo que protagonizou os quatro livros, e a cada aparição eu só conseguia gritar e rolar pelo chão porque MEUS BEBÊS! MEUS FILHOS!

Cinder, sempre racional e agora mais madura e cuidadosa, com o peso da coroa sobre sua cabeça. Cress e Thorne, que estão em sua jornada de distribuição da cura para a letumose - e dividem os momentos mais fofos e engraçados que um OTP perfeito desses poderia ter. Inclusive deixa eu puxar só mais um comentário sobre como eu amo tanto a Cress e o Thorne e a dinâmica de confiança e carinho e amor que existe entre eles; é um dos meus casais favoritos da literatura e eu não canso de alardear esse fato.

Resenha: Wires and Nerve

Lobo e Scarlet, ainda que numa aparição mais breve, já deixam crer que terão bastante importância no próximo volume. Kai, também, com sua participação rápida e marcante. Winter e Jacin, os mais responsáveis e adoráveis.

E Kinney, um dos soldados leais a Cinder que se junta a Iko na busca dela pelos transgressores das leis lunares. Não dá pra não amar a postura birrenta e rabugenta do Kinney, ainda mais quando ele é colocado contra todo o bom humor radiante da Iko - e, com licença, mas QUE SHIP LINDO ESSE QUE MARISSA ME DEU.

Resenha: Wires and Nerve

Crônicas Lunares é aquela série que você lê e pensa "minha nossa, tem tanto casal perfeito, acho que vão ser só esses" e aí aparece mais um pra roubar teu coração.

As questões que ameaçam o governo da Cinder e o período pacífico que se estende sobre a Terra criam a tensão na história. A ameaça parece pequena no começo, mas quando você entende o alcance dessa rebelião formada pelos soldados usados nos experimentos de Levana, aí sabe que a coisa vai pegar fogo. 

É aquela questão de o monstro ter sido criado por outro monstro; ele está em busca de salvação. Radicalmente, não como Cinder previu, mas tem uma explicação para o que tem feito. Não justificativa, explicação.

Resenha: Wires and Nerve

O inglês da HQ é muito fácil e a leitura é tão rápida que eu me segurei para não acabar no mesmo dia em que comecei. 

Wires and Nerve é uma história prazerosa, divertida e perfeita para os fãs da saga - e aqui deixo mais um incentivo para você parar tudo que está fazendo e correr atrás de ler essa quadrilogia. Não vai se arrepender!

Título original: Wires and Nerve
Autora: Marissa Meyer
Editora: Feiwel and Friends
Gênero: Ficção científica | YA 
Nota: 5 +
Skoob


GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!

Share this:

, , , , ,

COMENTÁRIOS

3 comentários:

  1. Olá...
    Adorei a sua resenha!
    Quem me conhece bem sabe que não sou muito fã de HQs ou Ficção Científica, porém, você falou de forma tão apaixonada nessa resenha que fiquei tentada a ler também... Gostei muito dos pontos que você apresentou e acho, de verdade, que vou botar nos desejados.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Denise

    Esse livro também foi publicado em espanhol, e parece ser maravilhoso, quero terminar o Winter (o único que falta da série) pra logo embarcar nesse.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nizz!
    Menina do céu, eu devorei as duas hqs em um final de semana e fiquei bem depressiva porque não tinha mais.
    Iko e Kinney shippo desde Winter. Cress e Thorne meus pais lindos!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!