Tag: 5 Coisas - Queria Estar Lendo

Tag: 5 Coisas


Outro dia estava olhando meu perfil no blogger e descobri que já estou há OITO ANOS na blogosfera! Me senti velha e também fiquei pensando que nunca no mundo eu esperava passar tanto tempo aqui. Então nos juntamos aqui no blog e decidimos que já passou da hora de vocês conhecerem mais um pouco da gente. Adaptamos a TAG 8 coisas para 5 coisas - pra ficar rapidinho- e vamos falar 5 coisas sobre 5 coisas que gostamos.

Ficou confuso? Então segura na nossa mão e vem que é só sucesso, tá?

Tag: 5 Coisas
Para quem nunca viu nossa carinha, da esquerda para a direita: Bianca, Denise e Eduarda.

5 Coisas Sobre Mim

Bianca:
  1. Eu sou formada em publicidade e tudo porque eu queria uma profissão onde eu pudesse escrever. Eu sempre considero que escrever é a única coisa que eu sei fazer direito, por isso minha especialidade é geração de conteúdo online.
  2. Eu morro de medo de altura, então não posso sentar na janela dos aviões. A primeira vez que eu voei, me convenceram de sentar na janela e eu tive vertigem e quase um ataque de pânico. Também tenho o maior medo de mar aberto, do fundo do mar sabe? A perspectiva de que a gente sabe tão pouco sobre o que tá lá em baixo me impede de entrar muito no mar e me apavora de fazer chorar só de pensar.
  3. EU TENHO FOBIA DE COBRAS. Não é medo, não. É fobia mesmo. Porque não importa qual seja a cobra, mesmo que meu  lado racional compreenda que elas não são venenosas ou perigosas, eu não sei lidar. Na época que era moda ficar compartilhando cobras com chapeuzinho e coisa do tipo no facebook, eu desfiz amizade/parei de seguir muita gente por lá EU NÃO SEI LIDAR.
  4. Eu AMO maquiagem, eu AMO roupas e eu AMO sapatos, e combato muito fortemente essas ideia - principalmente no meio literário - de que gostar disso te torna fútil, ou que não combina com o perfil de leitor. Uma das coisas que eu mais odeio é aquela imagem "se ela tem mais livros do que sapatos, case-se com ela". Eu queria enfiar meus livros e sapatos todos goela abaixo de quem inventou essa porcaria.
  5. Se você for paternalista, condescendente ou me tratar como se eu fosse burra - especialmente quando tô falando de algo que eu entendo - se prepara porque vou descer o cacete verbalmente em você. Sou assim fofa.
Denise:
  1. Sou assexual. Pra me entender com essa orientação foi muito tempo e muita leitura e muita sensação de "onde é que eu tô? Será que eu estou na Lagoinha eu estou sem saber onde é que eu estou" (usei o meme porque faço piadas quando estou sem saber como reagir).
  2. Tenho ansiedade e um nível baixo de fobia social (e não costumo falar muito sobre isso). É muito difícil para mim interagir em eventos/ com o público em geral. Quando vou como autora convidada participar de algum bate-papo costumo entrar em pânico umas duas semanas antes, meu espírito sai do corpo na hora de falar. É muito mais fácil conversar por texto.
  3. Eu sou escritora. Alguns de vocês já sabem, outros podem estar descobrindo agora, então yey! Já publiquei livros de fantasia, ficção histórica, ficção científica, comédia romântica, e por aí vai. Só não vou me arriscar a escrever hot porque deus me dibre.
  4. Adoro reclamar de livros que me fazem sofrer, mas amo escrever sofrimento. De verdade. Não é aquela coisa chata de "ai gente olha como eu sou sádica e mato meus personagens", matar é fácil. Eu quero ver personagem sofrendo, psicológica e emocionalmente. Se não for pra escrever angst eu nem desço pro play.
  5. Tenho três fobias absurdas além da que eu citei ali embaixo: palhaços, escuro e lugares cheios de gente. Você nunca vai me ver: num circo, dormindo sem uma luz acesa ou na 25 de março em um daqueles dias lotados. É isto.
Eduarda:
  1. Sou a mais chata e desinteressante das três. Por isso vocês me veem menos por aqui e não sou tão lembrada.
  2. Acho que vivo em uma constante crise de depressão que se acentua em alguns momentos. E até que to satisfeita. Não é questão de drama, só não lembro de não ser assim.
  3. Faz um ano que desisti de qualquer coisa relacionada à escrita. Não é pra mim. E eu me nego a jogar mais porcaria no mundo, já basta as que eu leio e resenho aqui as vezes.
  4. Minha sexualidade me confunde. Sou bissexual, mas as vezes nem eu sei como me sinto sobre isso. Eu estou confusa ou a sociedade me confunde? Não faço ideia.
  5. Eu estou desesperadamente procurando meu lugar no mundo, onde eu possa ser feliz. Mas, pra mim, isso significa ficar parada desejando algo e não conseguindo fazer nada a respeito.
5 Coisas Sobre Filmes


Bianca:
  1. O maior filme que eu já vi foi "E o Vento Levou", com quase 4 horas de duração, e eu amo muito ele.
  2. Eu AMO um bom filme trash no estilo Sexta-Feita 13, quanto mais velho for o filme e mais falso o sangue, mais eu curto.
  3. Eu vejo qualquer porcaria, sério. Sabe aqueles filmes da Lifetime, feito pra TV, que são um show de vergonha alheia? AMO.
  4. MORRO DE MEDO DE FILMES COM ESPÍRITOS. Eu assisto qualquer coisa de terror, menos filmes com fantasmas. Não importa o quão tosco ele seja, eu vou sempre ficar com medo de dormir (na minha cama DE FRENTE PRA UM MALDITO ESPELHO) e de entrar no banheiro. Eu já chorei de medo assistindo Ghost Whisperer, para ter ideia.
  5. Sou apaixonada por drama e romance, quanto mais eu chorar vendo esses filmes, mais eu vou gostar deles.
Denise:
  1. Eu já assisti a trilogia "O Senhor dos Anéis" mais de cem vezes, pelo menos. Costumava assistir um filme por dia, todos os dias da semana.
  2. Comédias românticas nunca existirão em quantidade suficiente pra me fazer feliz. Manda mais que tá pouco! (mas manda mais com roteiros bons tipo Plano Imperfeito e menos escrotidões ambulantes como Barraca do Beijo, tá, universo?)
  3. 10 Coisas que Odeio em Você, Casa comigo? e Sorte no Amor são três das minhas favoritas, guardo no coração.
  4. Pago de corajosa, mas não aguento assistir filme de terror, principalmente aqueles que tem o famoso "baseado em um fato real" ou que lidem com coisas sobrenaturais que fazem sentido existir (demônios, espíritos, etc). Costumo ficar pensando neles por dias ou semanas e aí pra dormir é só abraçada com um travesseiro.
  5. Um fato curioso sobre quando eu tentei ser muito corajosa mais do que deveria: assisti o antigo It - A Coisa com a tela minimizada. Só ouvi o filme. É isto.
Eduarda:
  1. Eu não gosto muito de filmes. Tirando os de super-heróis, assisti pouquíssima coisa que não tenha sido passada na Sessão da Tarde.
  2. Tenho um carinho especial por três filmes, pois são os filmes que eu assistia de noite com o meu pai: Gladiador, O Patriota, A lenda do cavaleiro sem cabeça.
  3. Fui apaixonada pelo Johnny Depp por vários anos da minha vida, dos poucos DVD's de filmes que tenho só um não é dele. Sim, fui trouxa.
  4. Adoro comédias românticas, mas o limite entre comédia e romance é bem complicado e a maioria dos filmes só me faz sentir vergonha alheia ou revirar os olhos.
  5. Nunca assisto filme de terror porque sempre fico traumatizada. Hoje em dia ainda tenho medo de coisas que vi em um filme há mais de dez anos atrás. Por isso que até hoje não sei como me convenceram a ver Anabelle no cinema, passei o filme todo gritando enquanto espiava por entre os dedos e quase sentava no colo do meu amigo.
Tag: 5 Coisas

5 Coisas Sobre Séries

Bianca:
  1. Eu odiava séries porque quando era pequena minha irmã assistia elas bem no horário de Sailor Moon e a gente sempre brigava pela TV.
  2. Eventualmente ela me convenceu a ver Gilmore Girls, e aí perdi as estribeiras da vida.
  3. Grey's Anatomy é a série mais antiga que eu acompanho - comecei a ver quando estava no início da terceira temporada. Mas a primeira série que eu descobri e acompanhei do início sozinha foi ER.
  4. Aprendi a contar histórias com Gilmore Girls e Grey's Anatomy, meu objetivo da vida é escrever diálogos como a Amy Sherman-Palladino e desenvolver arcos como a Shonda Rhimes.
  5. A melhor série da minha vida é Spartacus (embora o topo seja sempre de GA e GG, pelo que fizeram por mim). Eu nunca encontrei outra série com atuação, roteiro e direção tão PERFEITA quanto Sparty.
Denise:
  1. Spartacus foi uma das melhores coisas que já aconteceu na minha vida, graças às meninas.
  2. Além dela, tenho outras três séries favoritas pra vida e que nunca vão sair da lista: Penny Dreadful, Friends e Sons of Anarchy. São meus bebês preciosos e vou protegê-los para sempre.
  3. Eu vicio muito fácil em uma série, mas ela tem que me prender no piloto. Se o piloto for enrolado, chato, não me convencer, eu largo. Não importa quão boa seja a série depois dele.
  4. Game of Thrones já foi a minha favorita - mas aí a quarta, quinta, sexta, sétima temporadas aconteceram e blerg.
  5. Eu sei quase todos os episódios de Friends de cor e salteado. Lembra a história de assistir O Senhor dos Anéis mais de cem vezes? Multiplica isso várias vezes mais e é o tanto que eu já vi Friends. Friends é definitivamente a série da minha vida, e Chandler Bing é meu espírito animal.
Eduarda:
  1. Eu queria fazer um item falando sobre não gostar de Friends e odiar o Ross, mas todo mundo odeia o Ross então dane-se. Por isso vou usar esse espaço pra falar da perfeição em forma de série e como o nome dela é Spartacus.
  2. Lost me fez gastar muito dinheiro alugando os DVD's pra assistir em casa. Era R$5 cada DVD, e cada temporada eram uns 4 DVD's... 
  3. Por sinal, Lost foi a primeira série que eu assisti e entendi o que era uma série. Meu choque com o final sem final da primeira temporada foi impagável. Por isso que eu comecei a alugar os DVD's, não dava pra esperar passar na dona Globo.
  4. Supernatural, por outro lado, foi a primeira série que eu aprendi a baixar. Depois dela eu perdi todo e qualquer medo de que meu PC fosse explodir com algum vírus ou coisa do tipo. Talvez por isso eu não tenha largado essa birosca até hoje.
  5. Eu era uma criança viciada em Xena a Princesa Guerreira e O Mundo Perdido. Certeza que aprendi a não ter medo de ser fodona com as mulheres desses seriados.
5 Coisas Sobre Livros

Bianca:
  1. Considero a Agatha Christie a razão pela qual eu acreditei que podia me tornar uma escritora - e hoje tô aí, com Estrelas Perdidas na Amazon.
  2. Cerca de 80% dos livros da minha estante são escritos e protagonizados por mulheres, e eu espero que essa porcentagem aumente porque eu não tenho muito interesse em ler homens, especialmente autores que eu nunca li nada antes.
  3. YA é meu estilo preferido porque geralmente é dosado com humor e temas interessantes.
  4. Crepúsculo é um dos livros da minha vida e eu fui COMPLETAMENTE viciada nele. Foi por causa dele que eu voltei a escrever e que comecei a ler com a frequência que leio hoje em dia.
  5. Ironicamente (pra mim) minha personagem preferida da vida toda é Mariam, de A Cidade do Sol, e o livro é escrito por um homem (Khaled Hosseine, amo).
Denise:
  1. Harry Potter é a série que eu mais reli na vida. Pelo menos umas sete vezes - logo depois vem Vampire Academy. Eu era VICIADA em VA quando estava na adolescência.
  2. Até os onze anos, tinha muita preguiça de ler. Tanto que os primeiros de HP quem lia para mim era a minha mãe - ela lia uns capítulos e me resumia o que tinha acontecido. Esse era meu nível de preguiça. Harry Potter foi que me trouxe de fato para o mundo literário e eu tenho muito a agradecer a J.K. Rowling do passado por isso (a de hoje em dia a gente ignora a existência).
  3. Eu já achei que Belo Desastre era um livro bom.
  4. Muita coisa que eu gostava de ler antigamente eu não aguentaria ler hoje em dia. É a coisa do pensamento crítico evoluindo, graças a deusa.
  5. Minha estante sempre vai ter espaço para livros de Fantasia. Não importa o quão abarrotada esteja minha TBR, títulos de ficção fantástica vão encontrar um espacinho para caber ali.
Eduarda:
  1. Eu não posso falar sobre livros e não citar Harry Potter porque foi aqui que tudo começou, com a leitura de O Cálice de Fogo, só tendo assistido o filme 1 e 2 antes disso.
  2. Eu vendia Avon pra ter dinheiro para comprar livros, por isso tenho muito orgulho do primeiro livro que adquiri: A Casa das Sete Mulheres.
  3. As pessoas na minha família não entendem meu amor pelos livros e alguns acham que "é um dinheiro que nunca vai voltar".
  4. Já olhei pra minha estante e pensei "o que eu vou fazer com tudo isso?", o que me fez ficar mais de ano sem comprar nada.
  5. As vezes eu simplesmente perco o tesão nos livros e nesse universo todo da leitura (o mercado, os leitores, o blog...), fico me questionando onde isso vai me levar e se vale a pena, mas basta uma boa história e eu volto como se nunca tivesse parado.
Tag: 5 Coisas

5 Coisas Sobre Personagens

Bianca:
  1. EU SEMPRE VOU AMAR O BAD BOY CHEIO DE ANGST (a não ser que ele seja um embuste abusivo).
  2. Eu amo uma protagonista que não leva desaforo para casa.
  3. Eu amo aquele ship que é Han x Leia (que começa com uma desavença e vai da briga pro amor).
  4. Mariam (A Cidade do Sol) é minha personagem preferida por causa de toda a angst que ela tem e pelo desejo tão profundo de ser amada, de ser querida por alguém. Ela me machucou muito, eu sofri muito por ela e as vezes tenho vontade de chorar só de pensar nela.
  5. Eu não leio livros com um baixo número de personagens femininas, em relação as masculinas, porque eu fico irritada muito fácil com a exaltação de personagens masculinas. (tô aqui pra ver as minas fodas, amor) Não importa quão bom digam que o livro é, eu só fico "meh" se esse for o caso. (ultimamente isso tem rolado com séries e filmes também, não consigo me conectar)
Denise:
  1. Eu me apaixono muito fácil por um personagem se ele for: sarcástico, sombrio, triste, gótico, sofria agora sou fria (BEM ESCRITO, QUE FIQUE CLARO), awkward, nerd. Se for tudo isso, então, tem meu coração.
  2. Jem Carstairs realmente roubou meu amor eterno. Ele apareceu, gamei. Eu não consigo explicar o nível de paixonite que eu tenho por esse menino, mas é poderoso e já dura sete anos.
  3. Uma das minhas maiores tristezas ultimamente é a falta de personagens assexuais na literatura. Quando tu entende o que significa a frase "se sentir representado" é muito poderoso encontrar esse significado em um livro que está lendo. Sou mulher branca, então representação nesse sentido não me falta e nunca vai me faltar, tô bem privilegiada. Agora, a questão da minha orientação sexual é de dar nervoso.
  4. Eu amo uma protagonista independente, que não leva desaforo pra casa e que inclina pro caos. Gosto bastante das mocinhas da ordem e da justiça, mas, minha deusa, como eu amo personagem feminina que não liga pra nada nem ninguém, que está ali pelo lucro, ou pela vingança, ou pela sede de sangue (oi Manon, oi Adelina).
  5. Meu primeiro crush fictício não foi literário, foi em filme. Han Solo. Eu tinha quatro anos e decidi que me casaria com ele, tenho essa resolução pra minha vida até hoje.
Eduarda:
  1. Me dê uma protagonista foda e bem resolvida, de preferência que faça os outros sofrer e sentir dor, e eu te darei meu amor eterno.
  2. Não tenho problemas com triângulo amoroso, quero mais é que minha protagonista pegue todo mundo do livro mesmo, mas não me venha com aquela coisa de "todo mundo gosta dela, mas ela só gosta do mocinho" ou eu posso assassinar você.
  3. A coisa mais interessante sobre personagens, pra mim, é que eu sempre crio o meu para adicionar na história. A partir disso eu vivo naquele universo sendo o OC que criei e interagindo com os demais. Afinal, pra que escrever uma fanfic se você pode viver ela na sua cabeça?
  4. Atualmente minha definição de personagem "queria ter escrito saporra" é a Aelin, da série Trono de Vidro, pra ela ser mais perfeita só se fosse bissexual e ainda mais assassina.
  5. Não gosto de personagens bonzinhos ou felizes, quero mais é que todos queimem no fogo no do inferno. Me deem caos, profundidade, sexualidade e uma pitada de vingança e estarei em completo êxtase.
E aí, o que achou de nos conhecer um pouco melhor?

E se quiser ser nossa migs, segue a gente nas redes sociais (algumas mais atualizadas do que outras, fato):
Bianca: Facebook  |  Twitter  |  Instagram  |  Skoob
Denise: Facebook  |  Twitter  |  Instagram  |  Skoob
Eduarda: Facebook  |  Twitter  |  Instagram  |  Skoob

Share this:

, ,

COMENTÁRIOS

14 comentários:

  1. Oi, meninas. Tudo bem com vocês?
    Eu adorei a ideia do post e já vou copiar lá no blog porque sou dessas Se for pra falar de mim, eu vou mesmo haha
    Cara, acho que pareço mais com a Bianca, apesar de não ter quase nada parecido. Faz sentido? Mas me senti representada em alguns momentos. Quem foi que disse que amou Crepúsculo, HP e VA? Bate aqui, eu também o/
    Gente, como assim a Denise é meio anti-social (brinks)? Agora que a gente ia ter a chance de se conhecer na Bienal fiquei com um pé atrás hsuashaus eu também morro de medo de falar com gente que eu não conheço bem pessoalmente, prefiro pela internet.
    Eu não assisto filmes de terror principalmente os baseados em fatos reais então entendo perfeitamente vocês, dá medo pra cacete!!!
    Espero que vocês tragam mais posts assim, é muito divertido ler e conhecer um pouco mais o Queria estar lendo.
    Beijos!

    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Tudo bom por aqui e contigo?
      ASHUHUASUHASUHSAUHSAHUSAUH SOCORRO ANTI-SOCIAL NÃO! Eu sou tímida-social (se é que faz sentido). Sabe a Mônica lidando com situações fora da zona de conforto dela? Eu todinha. Mas depois que passa aquela sensação de 'socorro como faz pra falar cas pessoas HOW DO I WORDS???' é de boas <3
      Que bom que tu curtiu o post! Vamos começar a colocar mais a nossa 'cara' por aqui, com certeza! E tô ansiosa pra te conhecer na Bienal!

      Beijos.

      Excluir
  2. Olá meninas.
    Adorei o post. Sou a loka das Tags e sempre curto conhecer mais uma. Gostei demais de saber um pouco mais sobre vocês e seus gostos. Eu não leio e nem assisto nada sobre terror. Tenho medo mesmo. Sofro com a depressão desde que me entendo por gente, então eu te entendo Eduarda. Sou tímida e pego no tranco para falar em eventos e outras ocasiões do tipo. Também tenho pavor de mar, não gosto de me aventurar e sempre tenho a impressão que vou ser literalmente engolida por ele. E minha fobia é barata! Que me matar, é me mostrar uma ou alguma entrar na minha casa e eu não conseguir ver ela morta. Podes crer que nem durmo. Então é isso, acho que me empolguei e falei demais rsrsrs Beijokas
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, meninas

    Adoreiiiii a postagem, sério. Achei muito bacana mesmo a primeira rodada, pois vocês contaram coisas suoer pessoais e me senti lendo fatos sobre minhas amigas! <3
    E AS TRES TEM PROBLEMINHAS COM TERROR? Eu amo terror! Faço questão de apagar as luzes e tudo; mas quando é filme com o capiroto fico meio impressionada e ando pela casa acendo tudo quanto é luz! Hahahahhahahahhahahaha
    Eu já fui MUITOOOII viciada em série, hoje em dia assisto uma por vez e olhe lá!
    Adorei a postagem, de verdade! <3

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, meninas.
    Amei a postagem e conhecer mais sobre vocês. Me identifiquei em várias coisas como os filmes de terror. Não assisto nem que me paguem. Até hoje tenho medo de dormir e o Freddy entrar nos meus sonhos e olha que assisti isso uns trinta anos atrás. Já li Harry Potter sete vezes também e Agatha é minha vida hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi, meninas!
    Amei a postagem <3 Eu gosto muito, muito quando vocês respondem uma tag juntas, me sinto mais perto e gosto dessa interação. Espero poder conhecer vocês na Bienal!
    Gente, meu eu literário é muito uma mistura de todas vocês hahaha adorei! Eu amo uma coisa dark igual a Bianca, amo de paixão neném Han Solo igual a Denise e sou viciada em um casal que briga pelo amor igual a Bianca hahahah Adorei isso!
    Eu também sou mega viciada em Friends e sei várias falas de cor. Chandler seria o amor da minha vida se eu vivesse na série haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  6. que tag super bacana! adorei conhecer ainda mais sobre voces e os seus gostos

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Oi meninas, que lindo o post e vocês! Estou há 10 anos na blogosfera, mas na estante apenas desde 2013 rsrsrs Adorei conhecer vocês melhor, às vezes acho que me identifico mais com uma e depois mais com a outra e assim vai, o importante é que amo o trabalho de vcs <3

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Adoreiii essa TAG que acho que vou responder no blog! Eu sou bem Bianca, me identifiquei com várias respostas hahaha adoro Gilmore Girls, Friends, Harry Potter, maquiagem, roupas, e por aí vai. Adorei as respostas das 3!

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAAAAAAAAA MENINAS!! Adorei a tag! Foi ótimo conhecer vocês um pouco melhor.
    Claramente já salvei pra responder porque né... sou a louca das tags.
    Nizz, mulher.. hoje andando pelas escadas escuras do serviço eu me toquei que eu tenho um pouco de medo de escuro. Na verdade não é bem medo do escuro, mas de lugares escuros. Deve ser por conta da minha claustrofobia, que ataca loucamente. Outro dia, fiquei milissegundos presa num elevador, mas meu coração parecia pior que escola de samba
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Oi meninas!
    EITA QUE ESSA TAG E A REVELAÇÃO EM TEXTO KKK.
    Vem cá Denise, eu que você não curte muito interação social, mas velho, me abraça, alguém em entende. Me pelo de palhaço. Não dá. Tenho medo pra caramba dessa galera maquiada.
    Adorei as respostas. Foi otimo. Equipe de peso. Um escritora, outra publicitária, GENTE. La no blog só tem a galera de Letras KKKK, mas eu tenho vontade pacas de fazer publicidade. Acho que nunca fui bom em ensinar, mas tenho uma vontade igual a sua Bianca, de produzir conteudo. As vezes rabiscos alguns textos, mas não tenho coragem pra mostrar em si.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi meninas.
    Vishe estou há oito anos com esse blog também. Nem acredito porque eu sempre fui de largar outros blogs, flogs e afins kkkk
    E pensei em responder algo assim, porque parece que as pessoas nunca conhecem a gente, realmente, apesar do tanto tempo. Posso responder lá? Dou os créditos!

    - Eu também não suporto pessoas que me tratam como se eu fosse burra em determinado assunto. Meu pai costuma fazer isso e me deixa puta da vida.
    - Eu te entendo sobre a ansiedade mais a fobia social, a minha é nesse estado. Chego a surtar com minha mãe, quando ela não avisa as saídas com antecedência. Pois, preciso me preparar mentalmente. Odeio multidões por demais. E eu durmo com alguma luz acesa, desde que senti uma mão puxando meu cabelo no meio da madrugada e quando olhei no espelho, vi uma sombra.
    - Se a gente deseja tem que fazer algo a respeito mesmo. Se for algo negativo, vem um aprendizado positivo.
    - Eu amo filmes de terror, os trash são ótimos haha
    - Amoo Casa Comigo? Mas odeio Matthew Goode. Ele disse que é o filme que ele mais se arrepende de ter feito, acredita?
    - It antigo é trash demais...sos
    - Também fui trouxa do Johnny Depp. Tem livro e poster dele por aqui, ainda, pra dar cabo. Logo taco fogo...amo tacar fogo nas coisas.
    - Sou trouxa de Supernatural também, foi a primeira que aprendi a baixar e acompanhei fielmente. Comprei box até a quinta, pq é até onde dei valor msm.
    - Agatha É MARAVILHOSA
    - Também dou super crédito a Crepúsculo por ter me tornado uma leitora assídua. Mas foi por causa de Sussurro que criei o blog kkkkkk
    - Aqui também meus pais não entendem muito a importância da leitura. Minha mãe fala que vai dar barata no quarto, que é pra jogar os livros no lixo. "Ocupa espaço desnecessário".
    - Eu penso o mesmo quando olho pra estante kkkkkkkkk
    - Personagem feliz demais, também me incomoda. Soa falso e sonso.

    Fotos lindas!

    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  12. Casam comigo? As três. A gente vai ser feliz kkkk. Eu adorei tudo na tag de vocês. Eu sou medrosa de mais pra terror. Não vejo de forma alguma, me recuso. Ainda tenho lembranças aterrorizantes de filmes que assisti a mais de dez anos. Eu nunca parei muito pra pensar nas personagens serem certinhas ou sanguinárias. Pra mim varia de livro pra livro.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  13. Eu sou muito parecida e ao mesmo tempo muito diferente de vocês. Eu simplesmente não suporto filme de terror, um livro de terror eu até leio na maravilhosa luz do dia. Kkkkkk, mas filme? Filme não gente. Certa vez estava passando uns dias na minha avó e eu não sabia ligar e desligar a TV aí um belo dia eles saíram, foram lá fora na vizinha e deixaram a TV ligada (Sim isso, não é nada bom) eu nesse momento não estava com eles, mas voltei porque iria dormir e encontrei todos papeando na calçada, dei boa noite e fui pra casa quando eu cheguei lá a TV estava ligada e como eu não sabia mexer deixei, mas... Eu percebi que era um filme de terror e justo: O Chamado que é exatamente aquele que a mulher saí da onde mesmo? Da TV! "Oh que maravilha!" SQN. Pergunta se eu fiquei na casa e fui dormir tranquila com os anjos. Não. Não mesmo eu poderia ir pro quarto e fechar a porta? Claro que sim, mas como é que eu ia dormir sabendo que a qualquer momento "uma mulher" poderia sair da TV? É gente meu problema não é o terror escrito, vivo atrás de contos e lendas o meu problema é com imagens. Eu também tenho medo do mar em todos os sentidos, mas eu amo ele, amo olhar pra ele, sentir as ondas batendo no meu corpo, mas também não vou muito longe, embora as pessoas insistam. Não sei que diferença faz eu estar no inicio ou no meio a água não é a mesma? Tenho horror a barata eu não durmo enquanto a barata não morre. Uma coisa curiosa sobre mim eu sou tímida, tenho dificuldade em puxar assuntos com gente que eu não conheço, se vou numa festa sempre fico nos cantinhos, se apagarem as luzes eu vou lá e danço, se não eu só passo vontade. Na rodinha de amigos eu sou aquela que entra muda e saí calada, mas adivinha quem sempre fazia as apresentações em publico dos trabalhos na escola? Quem até hoje não tem o menor problema de falar em publico? Quem sempre gostou de fazer teatro onde quer que fosse e de preferencia pra muita gente? Aí eu me sentia deslocada, não podia dizer que era tímida, introvertida, mas também estava longe de ser extrovertida. Aí um dia eu vi uma matéria falando dos ambivertidos aí tudo fez sentido. :) Eu fui analisar minha estante pra ver se eu tinha mais autoras mulheres do que homens e está bem equilibrado, tem um pouquinho mais de mulheres, mas eu vou muito por sinopse se a sinopse me atraiu tanto faz se é autor ou autora ou ET *risos.* Eu não suporto mais personagens femininas mimizentas, reclamonas, choronas, teimosas (Como eu odeio mocinha teimosa) e que se comportam como se fossem uma criança de cinco anos que deixou o pirulitão cair na terra. Não ligo se a mocinha for certinha eu até gosto o que me deixa p*** é a falsa certinha, aquela mocinha que é uma sonsa hipócrita, tipo a Abby de Belo Desastre. (Detesto esse livro) Amo mocinhas fodonas, mas vou sempre querer bater na fofa, caso ela faça merda. E eu gosto quando a história tem vários personagens masculinos, especialmente quando eles também são protagonistas solos ou não porque é diferente, mas a verdade mesmo é que eu gosto de bons personagens tanto faz se é masculino, feminino e etc, etc. E falando nisso o bad boy sofredor, nerd, misterioso, sarcástico, enfim sempre ganha o meu coração desde que não seja um babaca. E eu também sou escritora, mas de gaveta. Hahaha.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!