Dicas de sobrevivência para a Bienal - Queria Estar Lendo

Dicas de sobrevivência para a Bienal

Bienal de São Paulo de 2014, todas muito babies

Senhoras e senhores, aquele evento literário maravilhoso chamado Bienal do Livro está chegando! Vai acontecer dos dias 03 a 12 de Agosto lá no Anhembi, em São Paulo - e considerando a quantidade de vezes que já participamos da feira, resolvemos fazer uma listinha com algumas dicas de sobrevivência para a Bienal!

Experiência de vida é assim, a gente passa uns perrengues e aí faz post pra ajudar outras pessoas a não passar pelos mesmos perrengues.

A Bienal do Livro é um evento fantástico pra muita gente. Para nós, são os melhores dias da vida dos leitores e a gente tem mais é que aproveitar completamente, tivemos momentos maravilhosos e encontros com pessoas lindas em todas as edições que participamos, e ficamos muito felizes em ter esses momento para nos encontrarmos pessoalmente e encontrar outras pessoas que gostam tanto de livros e cultura pop como a gente.


Rainha do Norte quem concorda respira.
Então aqui vai algumas dicas que gostaríamos de ter recebido antes de descobrir a necessidades delas na base do susto mesmo.

Use sapatos confortáveis porque você vai andar. Muito. A Bienal de São Paulo não é tão grande quanto a do RJ, mas é tão exaustiva quanto. É coisa de, dependendo do dia, você não achar lugar pra sentar porque tem muita gente em todos os lugares - mas calma, é normal. Bienal lota mesmo, faz parte. O importante é você estar confortável enquanto passeia entre os estandes; a melhor opção é usar tênis, mas sapatos fechados que sejam bastante macios e gostosinhos de usar também são legais pra considerar. Use conforto, é isto.

Beba bastante água; se hidrate o tempo todo! Parece propaganda de Carnaval, mas é de Bienal também. Começo de Agosto não faz tanto calor, mas num lugar fechado cercado de pessoas fica abafado e você vai precisar beber bastante água porque hidratação é essencial. Não vai achando que tu aguenta o dia todo só dando uns golinhos, leva a garrafinha pra encher nos bebedouros e vai esvaziando. E se você for como a gente e perder garrafinha/achar a água do bebedouro quente, procure a Americanas e compre lá, o valor sai pela metade dos outros locais ali dentro.

Tenha lenços umedecidos na bolsa: sério, a melhor coisa que a gente já fez foi carregar lenço umedecido (pode ser aqueles de bebê mesmo, ou os "de adulto"). Porque quando o dia é bem cheio, você vai comendo pelo corredor, senta/se escora em qualquer lugar e não dá tempo de ficar indo no banheiro lavar a mão, então o lenço é super prático. Além do quê, se você tem a pele oleosa/mista como a minha, o calor da bienal deixa bem desconfortável, mas uma passada do lencinho e você já se sente mais fresca e leve.

Saiba o peso da sua mala: se você vai para a bienal de ônibus ou de avião, é sempre bom ter em mente o peso da sua mala, para saber a quantidade de livros que pode levar embora. Ano passado eu e a Denise ficamos com medo de ter que pagar por peso extra e usamos o site da Amazon para saber o peso dos livros e fazer as nossas contas, baseadas no peso da mala de ida, que fica marcado na etiqueta da companhia aérea. Estávamos bem paraoicas e até deixamos de comprar alguns livros com medo de passar, é sempre bom ficar ligada nisso para não acabar com uma surpresa na hora de ir embora.

Lanchinhos: acho que todo mundo fala isso, né? As coisas são muito caras dentro da bienal, então levar lanchinhos de casa vai ajudar a sobrar mais dinheiro para livros! Mas sempre lembre-se de escolher coisas que não estragam fácil (deixa os sanduíches de queijo, qualquer coisa com maionese/margarina/manteiga fora da bolsa) porque ninguém quer passar a bienal com intoxicação alimentar, né? E comer é tão importante quanto beber água. Não vai achando que dá pra adiar muito o almoço (ou pular ele), porque depois você passa mal esperando na fila de autógrafos e azamiga tem que sair correndo pra abanar você, dar comida e água forçada goela abaixo *cofolhaadenisecof*


Na Bienal de 2014 chegou um ponto que a gente era só o elenco da Marvel, digo, pó no chão.
Não tenha vergonha de sentar no chão: sério, regra pra vida. Não fica com vergonha de sentar no chão perto dos estandes ou nas áreas destinadas ao descanso. Você vai andar muito, se exaurir bastante, então NÃO TENHA VERGONHA, senta mesmo, e só toma o cuidado de não ficar em local de passagem ou bloquear completamente o corredor - com respeito e educação todo mundo curte a bienal muito bem.

Pegue o mapa do evento: nas estações de informação eles sempre dão um mapa do evento, com o nome das ruas e o número dos estantes e o nome das editoras titulares dos estantes. Se você quer MUITO visitar uma, pegue o número do estande na fanpage delas (eles sempre informam, aliás você pode até imprimir o mapa em casa, que fica disponível no site da Bienal). A gente encontra um povo bem perdido pelos corredores, então se você tiver o mapa em mão, ao menos vai ter onde se apoiar para descobrir o caminho. Os mapas são excelentes e eu costumo circular os lugares onde vamos passar mais tempo (que geralmente é no estande da Mundo Uno, vendendo Os Mistérios de Warthia e encontrando os leitores da Denise <3 ). Geralmente eu já estou com os caminhos decorados lá pelo segundo dia de evento.


Tem fila pra entrar em estande siiiiiim

Se prepare para as filas. Principalmente se for em fim de semana. Se for no segundo fim de semana, então, faz aquela reza antes de entrar no evento. A Bienal é conhecida por suas filas - principalmente a de São Paulo - e é bem natural você olhar ao redor e ver gente esperando até pra entrar em estande. Nos fins de semana, por causa da lotação, acaba que pra tudo tem uma fila de espera. Se você nunca foi a uma Bienal, vai preparado porque é bem normal e acontece sempre; não deixa isso te estressar e nem tirar sua diversão. Tenha em mente que você vai esperar um pouquinho mais pra fazer alguma coisa, mas vai valer muito a pena!


Em 2014 a gente ainda chorava por Cassandra Clare.
Pesquise os preços: vá com uma listinha de livros que você quer comprar e tenha em mente os preços de internet deles. A Bienal tem ótimos descontos, mas também é um ótimo lugar pra dar facada no seu bolso. E é aquela tentação de comprar o livro ali naquele momento e pagar muito caro que você pode acabar se arrependendo depois (principalmente quando abre a Internet no hotel/apartamento e vê o livro que pagou 50 reais por 20). Então vá com alguma liberdade de compra, mas se tiver alguns títulos em mente já saiba mais ou menos quanto estão custando. Pode valer a pena se segurar lá pra comprar mais títulos online.


Chorando sobre todos os livros comprados no primeiro dia de Bienal 2014

Fique atento(a) aos descontos progressivos e às promoções. A Plataforma21 já anunciou que todos os livros do catálogo dela vão estar com mínimo de 40% de desconto. QUARENTA POR CENTO DE DESCONTO! Se a gente vai correr pra lá? Mas com certeza. A Record também já deu a entender que vai ter muita promoção e desconto bom por lá, então se atente às redes sociais das editoras e não tenha medo de perguntar para o pessoal que está no estande ajudando! Eles sabem de tudo. A gente descobriu muitos descontos progressivos e maravilhosos conversando com as vendedoras.

Quem aí também vai participar da Bienal do Livro deste ano? Em que dias vocês vão?


Elas são muito amantes de livros elas - Bienal de 2016

Estaremos lá do dia 03 ao dia 07 e queremos encontrar todo mundo! Dá pra nos achar, principalmente, no estande da Editora Rico - que é onde a Mundo Uno vai estar também. A localização é K092! Vem pegar marcador e surtar com a gente.

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

9 comentários:

  1. Oi meninas!
    CARAMBA QUE INVEJA. QUERIA IR T.T Eu me organizei, mas infelizmente não rolou. Acabei saindo do emprego e fiquei sem condições de ir. Mas to sofrendo bastante. Tem muito autores que eu queria conhecer esse ano T.T
    Ótimas dicas. Espero que vocês tenham um bom evento.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse ano será minha primeira Bienal. Planejo ir dia 7 e dia 11. Dia 7 vou pra andar, comprar, abraçar autores e ver se conheço gente. Dia 11, vou pela loucura, porque amigos meus do interior vão, porque vai estar cheio e vai ser loucura. No dia 11, meu filho pequeno vai comigo. Já estou providenciando crachá de identificação pra ele com os meus dados e ele vai ficar colado em mim, mas o medo é gigante. Essa semana já vou providenciar os lanchinhos. Não estou pretendendo gastar muito com livros, mas sei que na hora vou acabar gastando um pouco mais.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Queria muito ir, mas infelizmente acho que não vai dar...
    Mas amei o post, é de utilidade pública XD

    ResponderExcluir
  4. Oi meninas!
    Que delícia participar de uma Bienal, não é?
    Um dia ainda concretizo esse sonho...
    As dicas são importantíssimas para quem vai pela primeira vez.
    Gostaria de saber como é para os portadorres de necessidades especias... será que tem algum direito garantido.
    Sucesso para vocês e tragam muitas fotos, novidades e livros.
    “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Meninas, se tem coisas que não tenho vergonha é de sentar no chão e levar um monte de lanche na bolsa. É como eu digo: vergonha é matar e roubar; o resto é lucro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Que legal! Curti as dicas de vocês, so queria que tivesse uma bienal enorme onde moro, aqui não tem quase nada. Um dia tomo coragem e vou para outros estados para acompanhar o evento.

    ResponderExcluir
  7. Ótimas dicas!
    Queria muito ter ido na bienal, parece ter sido incrível.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!