Resenha: As Brumas de Ébano

  • 09:00
  • 11 de dez de 2018
  • Resenha: As Brumas de Ébano

    As Brumas de Ébano é o terceiro volume da quadrilogia Os Mistérios de Warthia, da Denise Flaibam, lançado na Bienal do Livro de São Paulo de 2018 pela editora Mundo Uno. E (vocês não sabem o quanto eu esperei para dizer isso!) traz um inicio arrebatador e desolador para o fim da série, agora que as Trevas ganharam força e territórios para combater o exército da Luz e finalmente reviver a necromante Sharowfox - o que pode mudar para sempre o continente.
    Sinopse: ANTES, FORAM AS FLORESTAS. DEPOIS, O DESERTO. AGORA, O LAR DAS BRUMAS INFINITAS.A Fortaleza do Dragão caiu e, junto dela, a esperança. As forças da Luz não conseguiram derrotar o exército da escuridão, e os heróis se tornaram fugitivos. Serafine e seus guardiões estão marchando para o Sul, para as terras misteriosas do reino invernal, e um acordo será oferecido a eles; a localização do terceiro mestre em troca de uma coisa que só a escolhida dos Deuses pode conseguir. Mas nada é tão simples, não quando se trata da jornada de Serafine. Uma importante figura do passado da garota vai retornar, e a marca da escuridão em seu espírito vai começar a consumi-la. Nem mesmo seus poderes parecem fortes o bastante para enfrentar o que está por vir. Enquanto isso, Jon Tytos, destituído de seu trono, marcha pelo Norte em busca do seu irmão e de respostas para o caos que se instaurou em Warthia. No Reino das Florestas, Jon encontrará ajuda com os corajosos guerreiros orelhudos que agora protegem o Norte. Alianças serão testadas, segredos serão quebrados e a grande guerra finalmente terá seu início.
    No Reino das Brumas, destinos serão confrontados.
    Depois dos acontecimentos de A Fortaleza do Dragão, Serafine e seus guardiões precisam enfrentar as perigosas terras ao sul em busca de seu terceiro mestre. Porém, Sharowfox está cada dia mais poderosa e a marca que as trevas deixaram em Serafine é apenas um dos muitos perigos que a Esperança de Warthia precisa enfrentar em sua jornada.

    Ao mesmo tempo, aliados antigos precisam buscar forças em terras distantes e difíceis, e novos aliados surgem trazendo desconfiança. Quanto mais perto de seu futuro está Serafine, mais ela aprende sobre o seu passado e temos a chance de desvendar alguns vários mistérios sobre a garota, como aqueles que dizem respeito a sua origem e a totalidade da Profecia de Mídria.
    - Estou ficando louca? 
    - E não estamos todos loucos?
    As Brumas de Ébano é um livro que eu já amava quando li há 3 anos, e a versão editada pela Mundo Uno não deixou nadica a desejar. É uma evolução tão natural da saga e, ao mesmo tempo, mostra um crescimento absurdo dos personagens que a gente aprendeu a amar lá no primeiro volume e, também, da escrita e do poder de story telling da Denise Flaibam.

    Resenha: As Brumas de Ébano

    Enquanto A Profecia de Mídria é apenas o riscar da superfície do que está por vir, As Brumas de Ébano é o mergulhar de cabeça. A história ganhou nuances mais sombrios, as personagens tornam-se mais cinzas, a moral deixou de ser uma balança entre o bem e o mal e a narrativa se torna muito mais madura e crítica.

    O crescimento da Serafine é absurdo e uma das coisas que eu mais gosto é que não é totalmente linear. Ela ainda tem muito da garota impulsiva e apaixonada por fazer o certo, por salvar as pessoas, que conhecemos no primeiro livro. Mas aqui nós passamos a enxergar o que significa ser a Esperança de Warthia e o que isso cobra de Serafine. Podemos ver uma personagem mais madura em sua forma de lidar com o seu destino, na forma como controla os elementos e em seus relacionamentos com os guardiões e os aliados. Mas ainda conseguimos ter vislumbres que são a lembrança de que no fundo ela é apenas uma garota apaixonada, com saudade de casa e dos pais.
    As Trevas estavam drenando a esperança as pessoas. E um mundo sem esperança era o lar da escuridão.
    Aqui a gente escuta mais sobre a dualidade que existe dentro da Serafine, sobre lutar contra as trevas para que a luz prevaleça, e também sobre encontrar um equilíbrio entre as duas forças - uma vez que nem tudo que vem da Luz é bom, como a própria profecia acaba por explicar.

    Resenha: As Brumas de Ébano

    O romance entre a Serafine e o Jarek também toma novos rumos aqui, e embora o papel de Jarek fique mais relegado a um apoio emocional e a defesa de sua protegida nesse livro, tivemos a oportunidade de enxerga-lo mais vulnerável.

    A gente também tem a oportunidade de conhecer mais sobre o Jon e a Ývela (QUE SÃO OS MEUS BEBÊS ETERNOS, EU PRECISO SURTAR) e a forma como eles colocam o dever antes de tudo, como enxergam suas posições como rei e rainha como um dever para com o seu povo e não um direito concedido pelo nascimento. Ambos estão terrivelmente apaixonados, mas deixam seus sentimentos e até mesmo sua segurança de lado para cumprir com o dever e fazer o possível para salvar Warthia e seu povo inocente.
    Nem tudo que vem das sombras pertence ao mal, assim como nem tudo que serve a Luz estende bondade.
    Eu sou completamente apaixonada pelo relacionamento dos dois, sofro a cada parágrafo em que estão separados e com cada nova tragédia que recai sobre eles (tenho, inclusive, uma raiva cega pela Sibila única e exclusivamente por causa da Ývi) e eu amo como eles se entregam as batalhas e ao povo. Gosto muito da sinceridade do relacionamento deles, como eles perseveram e espero que possam encontrar um momento para fazer algo por si mesmos, uma vez que estão constantemente dando tudo de si por Warthia e pela Esperança.

    Resenha: As Brumas de Ébano

    É, também, em As Brumas de Ébano que conseguimos saber mais sobre Sharowfox e seus planos, sobre sua obsessão com Serafine, o Espírito e Cílion, sobre a origem de seus poderes e a ascensão que planeja. Além de conhecermos terras distantes e um povo que renegou a violência do continente.

    As Brumas de Ébano é um livro curto, apenas 280 páginas, mas que traz o início de um desfecho arrebatador e de parar o coração. É terrível, é cruel, é cheio de esperança e, ao mesmo tempo, é tão desolador. É ir para uma batalha, ciente de que muito provavelmente vai morrer, e desejar fervorosamente que os Deuses te deem apenas mais uma chance. Que te deem mais um dia. Que te deixem lutar só mais um pouco, porque você não pode desistir, provando que a Esperança é, realmente, mais forte que o medo.
    - Não vamos à guerra por um livro. 
    - Não, vocês irão por uma causa.
    Se você ainda não começou a série, aproveita que TODOS os ebooks estão disponíveis na Amazon e no kindle unlimited (onde você lê de graça!). Os livros físicos estão disponíveis na loja da editora Mundo Uno, mas você também os encontra em lojas como Amazon e Saraiva. Então não espera mais e corre comprar os seus.

    Resenha: As Brumas de Ébano

    É uma história cheia de aventura, magia e nostalgia, com um desenrolar empolgante e sombrio, ao mesmo tempo bem humorado e apaixonado, e cruel e desolador. Não me deixa amando esses livros sozinha e faz o favor de surtar comigo!

    Título Original: As Brumas de Ébano, Os Mistérios de Warthia vol. #3
    Autora: Denise Flaibam
    Editora: Mundo Uno
    Gênero: Fantasia
    Nota: 5 +
    Skoob

    GOSTOU DA NOSSA RESENHA? ENTÃO COLABORE COM O BLOG COMPRANDO ATRAVÉS DO NOSSO LINK!

    1. Oi, Bibs!
      Li por alto a resenha porque EU TENHO QUE LER ESSA SÉRIE!!! Eu já tinha interesse antes de conhecer a Nizz; agora virou foi questão de honra!
      Beijos
      Balaio de Babados
      Natal Literário 2018: 5 kits, 10 ganhadores. Participe!

      ResponderExcluir
    2. Olá, tudo bem?
      Preciso com muita urgência ler essa série kkk!
      Já estou seguindo o blog!
      Beijos!
      littlelittlemoon.blogspot.com

      ResponderExcluir
    3. Oi
      quero muito ler ele, preciso compras, vou ver se em breve em compro, só não comprei ainda porque faz tempinho que não compro livros.
      Mas gosto muito da escrita da Denise.

      http://momentocrivelli.blogspot.com

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.